Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.575, de 20/04/2012

  Envelhecimento da população mundial: O tsunami grisalho, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Crack: Pedra midiática, artigo de Montserrat Martins Sistemas Agrícolas Resilientes Como Forma Eficiente De Enfrentar As Mudanças Climáticas e Garantir a Produção de Alimentos, artigo de João A. Mangabeira Desmatamento na Amazônia Legal no mês de março foi 15% maior, registra Imazon Relator na Câmara apresenta parecer e definição de faixas de proteção de rios fica fora

Envelhecimento da população mundial: O tsunami grisalho, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  [EcoDebate] A população mundial atingiu a maior taxa de crescimento da história da humanidade na década de 1960, cerca de 2,1% ao ano. Foi nesta época que se começou a se difundir a visão catastrófica da “bomba populacional”. De lá para cá, o ritmo de crescimento demográfico tem diminuído, estando em torno de 1,1% ao ano, no quinquênio 2010-15. Ou seja, a chamada “bomba populacional” está sendo desarmada. A população

Crack: Pedra midiática, artigo de Montserrat Martins

  Adolescentes usam pilastras como abrigo para fumar crack Foto: Marcello Casal Jr./ABr [EcoDebate] O tratamento aos dependentes de crack ('pedra', para os usuários) no RS receberá 103 milhões do governo federal, nos próximos dois anos. O que não está incluído neste programa (que integra políticas públicas de 4 Ministérios), no entanto, é tão importante quanto tudo o que consta dele. O que não faz parte dessas políticas públicas é a experiência

Sistemas Agrícolas Resilientes Como Forma Eficiente De Enfrentar As Mudanças Climáticas e Garantir a Produção de Alimentos, artigo de João A. Mangabeira

SISTEMAS AGRÍCOLAS RESILIENTES COMO FORMA EFICIENTE DE ENFRENTAR AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS E GARANTIR A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS João A. Mangabeira1 Introdução O presente artigo procura fornecer, de forma sucinta e de maneira geral, uma abordagem de como enfrentar as mudanças climáticas e garantir a produção de alimentos, tendo como base sistemas de produção que se mostrem resilientes frente às tão visíveis mudanças do clima. Para tanto, o artigo encontra-se organizado da seguinte

Desmatamento na Amazônia Legal no mês de março foi 15% maior, registra Imazon

  Desmatamento na Amazônia. Imagem de arquivo. O desmatamento da Amazônia Legal em março atingiu 53 quilômetros quadrados, área 15% maior que a de março de 2011, quando foram desmatados 46 quilômetros quadrados. Os dados são do Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). Cerca de 60% do desmatamento ocorreu em Mato Grosso. O Pará está em segundo lugar, com 25% e Rondônia em terceiro, com 9%. Entretanto, houve redução de

Relator na Câmara apresenta parecer e definição de faixas de proteção de rios fica fora do Código Florestal

  Piau garantiu mais uma vez que a votação do projeto começa na próxima terça-feira (24). Luiz Alves Piau: a definição das faixas de recomposição será prevista em medida provisória ou projeto de lei posterior. Apresentado nesta quinta-feira (19), o substitutivo do deputado Paulo Piau (PMDB-MG) ao novo Código Florestal (PL 1876/99) elimina a definição das faixas de áreas de preservação permanente (APPs) com atividades produtivas a serem recuperadas para todos os tamanhos de

RJ: Secretaria do Ambiente fecha fábrica de balões e apreende 50 kg de explosivos junto ao parque da Pedra Branca

  Foram encontrados 20 balões, armas de vários calibres, explosivos e animais silvestres como aves da espécie trinca-ferro e curió, e três jabutis. Em megaoperação de fiscalização deflagrada hoje (19/04) nos limites da subsede Piraquara do Parque Estadual da Pedra Branca, em Realengo, na Zona Oeste do Rio, agentes da Cicca (Coordenadoria Integrada de Combate aos Crimes Ambientais; órgão da Secretaria de Estado do Ambiente) fecharam uma fábrica clandestina de balões. No

MPF/MA quer audiências públicas para discutir impactos da implantação de indústria no Baixo Parnaíba

  Para o MPF, os grupos tradicionais da região devem participar do licenciamento ambiental O MPF/MA encaminhou solicitação à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) para a realização de audiências públicas nos municípios do Baixo Parnaíba, como parte do licenciamento ambiental para implantação de indústria de pellets (biomassa) de eucalipto, pela Suzano Energia Renovável Ltda, em Chapadinha. Suzano e Sema já respondem a uma ação civil pública proposta pelo

Comitê Popular Rio, Copa e Megaeventos lança dossiê sobre impactos das obras da Copa

  O Comitê Popular Rio, Copa e Megaeventos lançou ontem (19) o dossiê Nacional Megaeventos e Violações dos Direitos Humanos, no Auditório do Clube de Engenharia, no Centro. Além da apresentação do documento ocorreu o debate público Esporte, Paixão e Negócio. De acordo com o professor do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Ippur/UFRJ) Carlos Vainer, que colaborou para a elaboração do levantamento,

Integração regional, drogas, exploração de madeira e petróleo ameaçam índios isolados no Acre

  Os projetos desenvolvimentistas de integração viária até o Oceano Pacífico, a exploração de madeira e a extração de petróleo no Peru e o tráfico de drogas pressionam índios isolados no Acre, aponta o Conselho Indigenista Missionário (Cimi). Há o temor de que o impacto dessas atividades possa afetar a população de indígenas ainda não contatados da região, seja pela contaminação por doenças infectocontagiosas ou em função de conflitos por terra. Segundo

PA: MPF e Funai pedem retirada de invasores da Terra Indígena Kayapó

  Serraria ilegal embargada pelo Ibama, em agosto/2011, na Terra Indígena Kayapó em Cumaru do Norte, no sudeste do Pará. Grupo liderado por uma mulher foi retirado quatro vezes, mas continua resistindo em sair da área indígena e chegou a ameaçar equipes da Funai e da Polícia Federal O Ministério Público Federal e a Fundação Nacional do Índio pediram à Justiça Federal de Redenção que determine a reintegração de posse, em favor dos

MPF/PA denuncia madeireiros em assentamento de extrativistas assassinados

  Três madeireiras que haviam sido acusadas por Zé Cláudio e Maria, além de seus sócios administradores à época, podem ser réus em processo de crimes ambientais O Ministério Público Federal (MPF) denunciou à Justiça Federal em Marabá (PA) as empresas Tedesco Madeiras Ltda, Madeireira Eunápolis Ltda e Madeireira Bom Futuro Ltda pela exploração ilegal dos recursos florestais do assentamento Praialta Piranheira, em Nova Ipixuna, Pará, onde foram assassinados no ano passado

Top