RJ: Moradores de Barra Mansa temem criação de aterro para resíduos tóxicos

  ABr A criação de novo aterro sanitário em Barra Mansa, no Rio de Janeiro, no sul do estado, está gerando descontentamento entre moradores e organizações ambientais da região. O projeto envolve a construção de uma unidade de tratamento de resíduo industrial, para a qual seriam destinados tintas e óleos, telhas de amianto, solos contaminados, latas e outras embalagens de produtos químicos, os chamados resíduos classe 1. A principal preocupação é com a

Lixo eletrônico representa ‘crescente risco’ ao meio ambiente e à saúde humana, diz relatório da ONU

  O crescente volume de lixo eletrônico, incluindo produtos descartados com bateria ou tomada, tais como celulares, laptops, televisores, refrigeradores e brinquedos eletrônicos, representam uma importante ameaça ao meio ambiente e à saúde humana, alertaram as Nações Unidas em dezembro (13). Em 2016, foram gerados 44,7 milhões de toneladas métricas de resíduos eletrônicos, um aumento de 8% na comparação com 2014. Especialistas preveem um crescimento de mais 17%, para 52,2 milhões de

Em 2016, o mundo produziu lixo eletrônico equivalente a 4,5 mil torres Eiffel

  Peso total de resíduos eletrônicos chega a 44,7 milhões de toneladas no ano passado; relatório pede esforços globais para melhorar produção de componentes e equipamentos elétricos e eletrônicos; mundo tem mais assinaturas de celular que habitantes.     Por Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque. O mundo produziu lixo eletrônico equivalente a 44,7 milhões de toneladas em 2016. Segundo o Monitor de Resíduos Eletrônicos 2017, em tradução livre, houve um aumento corresponde

América Latina e Caribe despejam 30% de seu lixo em locais inadequados

  ONU A geração diária de resíduos sólidos urbanos nos países da América Latina e do Caribe atingiu cerca de 540 mil toneladas, e a expectativa é de que, até 2050, o lixo gerado na região alcançará 671 mil toneladas por dia. É o que revelam dados apresentados pela ONU Meio Ambiente em evento realizado esta semana (21) pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE), em São

América Latina e Caribe jogam 145 mil toneladas de lixo orgânico por dia em lixões e aterros controlados

  ABr   Todo dia, 145 mil toneladas de resíduos orgânicos são jogadas em lixões e aterros controlados na América Latina e no Caribe. Essa montanha diária de restos de comida não processados, que colocam em risco a saúde e a vida de 170 milhões de pessoas, é um dos temas da 3ª Assembleia do Meio Ambiente da Organização das Nações Unidas (ONU), que será realizada em Nairóbi, no Quênia, de 4 a

Governo do Distrito Federal (GDF) deve garantir inclusão de catadores antes de fechar o Lixão da Estrutural

    A Defensoria Pública da União enviou recomendação ao Governo do Distrito Federal e ao Serviço de Limpeza Urbana para assegurar que os direitos dos trabalhadores sejam respeitados. Objetivo é cumprir as determinações da Política Nacional de Resíduos Sólidos. O Grupo de Trabalho (GT) Catadores e Catadoras, da Defensoria Pública da União (DPU), encaminhou na terça-feira (17) recomendação ao Governo do Distrito Federal (GDF) e ao Serviço de Limpeza Urbana do Distrito

Crise econômica diminui geração de lixo pela primeira vez em 13 anos

    A geração de lixo no Brasil reduziu 2,04% em 2016 na comparação com 2015, segundo panorama divulgado ontem (31) pela Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe). Foram gerados 78,3 milhões de toneladas de resíduos sólidos no ano passado. Carlos Silva Filho, presidente da Abrelpe, não atribuiu a redução do lixo à conscientização ambiental da população, mas à crise. “É a primeira vez que temos decréscimo de

7 anos da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS): Como tirar o Brasil do lixo? artigo de Paulo J. P. Mancini

    POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS: COMO TIRAR O BRASIL DO LIXO? [EcoDebate] No último dia 02 de agosto completaram 7 anos da sanção da lei federal 12.305/10 que instituiu a PNRS - Política Nacional de Resíduos Sólidos, que por 20 anos tramitou no Congresso Nacional. No último levantamento realizado pela ABRELPE – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais – realizado entre 2014 e 2015 e publicado na edição

MPF quer impedir danos ambientais no transporte do lixo coletado em Ilha Grande, no Rio

    Da Agência Brasil* O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação civil pública para obrigar o município de Angra dos Reis a regularizar o transporte do lixo coletado em Ilha Grande, na Costa Verde fluminense. Também respondem à ação a empresa Limppar Coletas e Serviços, contratada para realizar o serviço, a La Bull Serviços Marítimos, responsável pelo transporte dos resíduos, suas sócias administradoras e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea). No documento, o

Substituindo peixes nos oceanos por plástico; análise de Luiz Marques (IFCH/Unicamp)

  Jornal da UNICAMP Uma economia ecoeficiente, com generalização da engenharia reversa, reciclagem, reutilização e refabricação, permitiria reduzir tendencialmente a zero a extração de novos recursos naturais e o descarte. Tal é o sonho do capitalismo “sustentável”, do qual a figura 1 brutalmente nos desperta. Fonte: Daniel Hoornweg, Perinaz Bhada-Tata, Chris Kennedy, “Environment: Waste production must peak this century”. Nature, 30/X/2013; Joseph Stromberg, “When will we hit peak garbage?”. Smithsonian.com 30/X/2013 http://www.smithsonianmag.com/science-nature/when-will-we-hit-peak-garbage-7074398/ O lixo

Um planeta literalmente coberto de plástico

  O ecologista industrial Roland Geyer mede a produção, o uso e o destino de todos os plásticos já fabricados, incluindo fibras sintéticas Por Julie Cohen*, University of California, Santa Barbara     Mais de 8 bilhões de toneladas métricas. Essa é a quantidade de plásticos, de origem humana, criados desde que a produção em grande escala de materiais sintéticos começou no início dos anos 50. É suficiente para cobrir todo o país da Argentina

Ações para a gestão eficiente dos resíduos sólidos nos municípios, artigo de Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] Com a entrada em vigor da Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS, Lei 12.305/2010 são estabelecidos os princípios, diretrizes e objetivos para a gestão do lixo no Brasil. Um dos objetivos, a extinção dos lixões até o ano de 2014 não foi alcançado, ainda persistindo a existência 2.976 lixões e aterros irregulares utilizados por aproximadamente 3.300 municípios, com impacto direto na vida de 77 milhões de brasileiros, de

Top