Tuberculose: população em situação de pobreza tem um risco três vezes maior de contrair a doença

  Tuberculose: uma doença dos pobres SBMT Moradores de rua, população carcerária, infectados pelo HIV e população indígena, que em geral vive em uma situação de pobreza e tem um risco três vezes maior de contrair a doença, são os grupos mais suscetíveis de adquirir a doença A tuberculose é principalmente um problema social: está relacionada com a extrema pobreza e se dissemina com mais facilidade em grandes aglomerações de pessoas, nas quais a

Rhodia é condenada por expor trabalhador a contaminação por hexaclorobenzeno, substância cancerígena

    A Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho rejeitou agravo da Rhodia Brasil Ltda. contra decisão que a condenou a pagar R$ 100 mil de indenização por dano moral a um empregado contaminado por hexaclorobenzeno, substância cancerígena. A decisão concluiu que a conduta omissiva da empresa ficou amplamente demonstrada. Na Rhodia desde 1974, o trabalhador ficou exposto nos primeiros 19 anos ao hexaclorobenzeno, e desenvolveu doenças que requerem acompanhamento de neurologista

Álcool e trânsito: acidentes geram alto custo para a Saúde

  Por Graça Portela (Icict/Fiocruz) Segundo a definição da Organização Mundial Saúde (OMS), “pela sua característica sedante-hipnótica, o álcool tem uma forte influência nos acidentes de trânsito” e por isso é considerado um fator “acidentogênico”, ou seja, afeta diretamente as habilidades de quem conduz um veículo automotor. Lucas Ribeiro, pesquisador que defendeu o seu projeto de qualificação no Programa de Pós-graduação em Informação e Comunicação em Saúde (PPGICS) do Instituto de Comunicação e

Vitaminas do complexo B podem ajudar a reduzir danos causados pela poluição do ar

    Da Agência Xinhua / ABr Tomar vitaminas do complexo B pode ajudar a reduzir alguns dos efeitos nocivos da poluição do ar, mostra estudo divulgado nessa segunda-feira. A informação é da Agência Xinhua. A pesquisa, coordenada por Jia Zhong, da Escola de Saúde Pública Mailman, da Universidade de Columbia, revelou que as vitaminas do complexo B, como o ácido fólico e as vitaminas B6 e B12, podem desempenhar papel fundamental na redução

Pesquisa da Esalq/USP confirma propriedades farmacológicas da própolis orgânica brasileira

  Própolis produzida no sul do País possui substâncias com ação anti-inflamatória, antioxidante, antibacteriana e até anticancerígena Por Ivanir Ferreira, Jornal da USP Além do seu sabor suave e alto valor comercial, a própolis orgânica produzida no sul do País possui propriedades químicas com potencial farmacológico para várias doenças. As substâncias agem como anti-inflamatório, antioxidante, antibacteriano e até como anticancerígeno. Estas foram as conclusões de um estudo de pesquisadores da Escola de Superior de Agricultura

Relatores de direitos humanos da ONU querem o fim do uso de agrotóxicos na agricultura

  Dois relatores de direitos humanos lembram dos perigos à saúde humana, já que os agrotóxicos causam 200 mil mortes por ano; eles defendem práticas agrícolas sustentáveis. Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque. Dois relatores especiais* da ONU em direitos humanos estão pedindo a criação de um tratado global para regulamentar e acabar com o uso de pesticidas na agricultura. Os relatores defendem práticas agrícolas sustentáveis em prol da saúde humana. Segundo

Conheça alguns dos principais mitos e fatos sobre vacinação

  Com o anúncio de mudanças no Calendário Nacional de Vacinação 2017, feito na sexta-feira (3) pelo Ministério da Saúde do Brasil, a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) aproveita para relembrar alguns dos principais mitos e fatos sobre as vacinas, incluindo o estudo – considerado seriamente equivocado – que as relacionava ao autismo. 1) MITO: Uma melhor higiene e saneamento farão as doenças desaparecerem – vacinas não são necessárias. Por

Poluição mata 1,7 milhão de crianças por ano, alerta a OMS

  Poluição mata mais de três crianças por segundo no mundo Alerta foi feito pela Organização Mundial da Saúde; no total são 1,7 milhão de óbitos por ano; agência da ONU afirma que mais de 25% das mortes de crianças com menos de cinco anos têm como causa ambientes poluídos.     Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque. A Organização Mundial da Saúde, OMS, alertou que a poluição mata 1,7 milhão de crianças todos

Município do interior do RJ introduz fitoterapia no âmbito do SUS

  ABr   A inclusão da fitoterapia no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), a partir do incentivo ao uso de plantas medicinais encontradas no centro-sul fluminense, caminha para se transformar em um projeto comum envolvendo as secretarias de Saúde, Educação, Agricultura e Social do estado do Rio de Janeiro. A iniciativa, utilizada inicialmente na comunidade rural do município de Paty dos Alferes, foi apresentada em Brasília, em dezembro de 2016,  durante

RJ: Moradores de Santa Cruz cobram reparações após venda da TKCSA

Por Gabriel Strautman Foi anunciada na noite desta terça-feira, 21, a venda da ThyssenKrupp Companhia Siderúrgica do Atlântico (TKCSA) para a empresa Ternium. O preço de compra foi de 1,5 bilhão de euros (R$ 4,9 bilhões) e incorpora na cifra a dívida de 300 milhões de euros que a TK tem com o BNDES. A siderúrgica opera em Santa Cruz desde 2009 e só recebeu a licença de operação definitiva no

Comer em excesso também é considerado uma forma de dependência

    Chocolate, hambúrguer, pizza, queijo e sorvete são alguns dos alimentos altamente “viciantes”, segundo estudo Poucas pessoas sabem que comer pode gerar dependência, assim como fazer uso de drogas ilícitas, fumar cigarros ou consumir álcool. Mas, você sabe por que isso acontece? Alimentos ricos em açúcares e gorduras ativam uma área do cérebro chamada “sistema cerebral de recompensa”. Trata-se de uma rede complexa de neurônios que é estimulada quando fazemos algo que

Comunidade científica alerta para mortandade de macacos por causa da febre amarela

    Em nota, especialistas de instituições de pesquisa e conservação sobre primatas disponibilizam informações sobre o ciclo da doença e pedem à mídia – jornais, rádios, TVs e sites de notícias – que ajude na divulgação correta dos dados Representantes da comunidade científica brasileira, ligados à área da conservação dos primatas, expediram na quarta-feira (15) nota à imprensa alertando para um desastre ambiental “gravíssimo” que ocorre neste momento: a mortandade sem precedentes

Top