Tuberculose volta a crescer no Brasil e exige atenção

  A tuberculose, com grande porcentagem de óbitos, atinge anualmente mais de 70 mil pessoas no país Por Stphnny Pfaffenzeller     Poucas doenças são tão assustadoras quanto a tuberculose. Mesmo que sem a letalidade que a tornou conhecida em todo planeta em séculos passados, a enfermidade continua com números alarmantes, que atingiram recordes históricos nos últimos anos, e exige muita atenção. Anualmente, mais de 70 mil pessoas são diagnosticadas com tuberculose no Brasil, cerca

Lutando contra a depressão, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Campeã mundial de Muai Thay, a gaúcha Simoni dos Santos tem uma história inusitada: há apenas dois anos atrás, era uma dona de casa de 30 anos de idade, criando 4 filhos e uma sobrinha, pesando 100 quilos e com depressão, que “só queria chorar e ficar na cama”. Um amigo lhe emprestou um saco de areia para dar socos como uma forma de extravasar frustrações e, vendo que

Atividades ao ar livre, em contato com a natureza, trazem benefícios para saúde e bem-estar

  Atividades ao ar livre - Pesquisas comprovam que estar em contato com áreas naturais reduz as chances de desenvolver ansiedade, depressão e estresse, além de prevenir contra doenças cardíacas     O agito dos grandes centros urbanos prejudica a saúde física e mental. As poluições sonora, visual e atmosférica somadas ao enclausuramento do dia a dia contribuem com o desencadeamento de problemas pulmonares, cardíacos e emocionais. Diante deste contexto, a ciência vem mostrando

Exposição a metais pesados e riscos de doenças cardiovasculares; Centro da Unesp alerta população vulnerável após rompimento da barragem em Brumadinho-MG

  Exposição a metais pesados e riscos de doenças cardiovasculares Por Vitor Engrácia Valenti* | Professor da Unesp em Marília     O rompimento da barragem ocorrido em Brumadinho/MG desencadeou gravíssimos prejuízos para diversas famílias. De acordo com uma pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz, a área das populações afetadas abrange dezenas de quilômetros no raio do Rio Paraopeba. A possibilidade de um surto de doenças já foi levantada, incluindo febre amarela, dengue, leptospirose e esquistossomose.

Aumentam os casos de sífilis em grávidas; Se não for tratada a doença pode ser fatal para o bebê

  A sífilis é uma Doença Sexualmente Transmissível (DST) que atinge mais de 12 milhões de pessoas segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Por Bianca Smolarek e Maria Emilia Silveira     Nos últimos dois anos foi declarada como um grave problema de saúde pública no Brasil e o último Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde mostra que os casos de sífilis continuam aumentando. Chama atenção o crescimento dos casos em grávidas, o que

02 de abril é dia mundial de conscientização do autismo. Entenda o transtorno

  A ONU (Organização das Nações Unidas) definiu o tema central do atual Dia Mundial de Conscientização do Autismo (no original, em inglês: World Autism Awareness Day), celebrado todo 2 de abril (desde 2008): “Tecnologias assistivas, participação ativa”. Por Flávia Vargas Ghiurghi     A ONU argumenta que, para muitas pessoas no espectro do autismo, o acesso a tecnologias assistenciais a preços acessíveis é um pré-requisito para poder exercer seus direitos humanos básicos e reduzir

Aquecimento Global: Um bilhão de pessoas serão expostas a doenças como a dengue com o aumento da temperatura mundial

  Até um bilhão de pessoas poderiam ser expostas a mosquitos portadores de doenças até o final do século devido ao aquecimento global, diz um novo estudo que examina mensalmente as mudanças de temperatura em todo o mundo. Georgetown University Medical Center*     Os cientistas dizem que a notícia é ruim mesmo em áreas com um pequeno risco de ter um clima adequado para mosquitos, porque os vírus que carregam são notórios por surtos

Agrotóxico e câncer, não; agroecologia, sim, artigo de Gilvander Moreira

Agroecologia aponta para um modelo de produção popular e livre da 'epidemia' de câncer com o uso e a aplicação de agrotóxicos nas lavouras Agrotóxico e câncer, não; agroecologia, sim. Por Gilvander Moreira1 Já está acionada a luz vermelha sobre a relação da ‘epidemia’ de câncer com o uso e a aplicação de agrotóxicos nas lavouras de monoculturas do café, da cana, do eucalipto, do feijão, da soja e outras.     Está comprovado pelo Programa

Pesquisa indica que exposição a agrotóxicos durante a gravidez aumenta o risco de autismo nas crianças

  Agrotóxicos e autismo: relação demonstrada - Maior pesquisa já feita sobre a exposição a venenos agrícolas, durante a gravidez, conclui que ela aumenta risco de desenvolver transtorno. Dados parecem devastadores A reportagem é de Raquel Torres, publicada por Outra Saúde, 21-03-2019.     Durante a gravidez e na primeira infância, a exposição a alguns dos agrotóxicos mais usados no mundo está ligada a um maior risco de as crianças desenvolverem o Transtorno do Espectro

Mudanças Climáticas: risco de ataque cardíaco induzido pelo calor em ascensão

  Risco de sofrer um ataque cardíaco induzido pelo calor aumentou significativamente nos últimos anos Ataque cardíaco, ou infarto do miocárdio, é a causa número um de morte em todo o mundo. Um estudo publicado no European Heart Journal por cientistas do Helmholtz Zentrum München e colegas de uma série de outras instituições da Baviera mostra que o risco de sofrer um ataque cardíaco induzido pelo calor aumentou significativamente nos últimos anos.

A relação entre aquecimento global, doenças e mortes

  Matéria na Revista Poli nº 63 traz relação entre aquecimento global, doenças e mortes Por Maíra Mathias - EPSJV/Fiocruz De um dia para o outro, 52 ursos polares famintos apareceram em uma cidade na Rússia. Aconteceu em fevereiro, quando ainda é inverno no hemisfério Norte. Após decretar estado de emergência, as autoridades de Belushya Guba fizeram o que estava ao seu alcance: ergueram cercas no entorno de escolas e parques, escoltaram pessoas

Pesquisa demonstra que falta tratamento para criança de escola pública com transtorno mental

  De 2.511 crianças analisadas em estudo, 652 foram diagnosticadas com, pelo menos, um tipo de transtorno mental Por Ivanir Ferreira, Jornal da USP Levantamento realizado com 2.511 crianças mostra que 80% daquelas com transtornos mentais (ansiedade, fobias, déficit de atenção, hiperatividade, esquizofrenia, etc.) não recebem nenhum tipo de tratamento médico ou psicológico. A pesquisa envolveu crianças com idades entre seis e doze anos, oriundas de escolas públicas de duas metrópoles brasileiras, São

Top