Higienização de alimentos, do Produtor ao Consumidor

  Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), como a Covid-19 é uma doença de aquisição por vias respiratórias e a transmissão se dá por contato entre pessoas, a probabilidade de se contrair o vírus de alimentos ou de embalagens de alimentos é improvável. No entanto, por mínima que seja, existe a chance de alguém se infectar ao tocar uma superfície, objeto ou pessoa infectada e tocar posteriormente na própria boca,

Lavar alimentos elimina agrotóxicos?

    EcoDebate] Existe uma crença que boa lavagem, cloro ou iodo possam remover agrotóxicos dos alimentos. Pelo que se depreende, atualmente ocorre absorção dos agrotóxicos pelo metabolismo das culturas vegetais. Por isso, se imagina que seja tarefa impossível a remoção dos agrotóxicos dos alimentos. Por Roberto Naime Receitas caseiras a base de água sanitária, água oxigenada, iodo, hipoclorito, bicarbonato e carvão ativado, podem afetar a tireoide. Os agrotóxicos são substâncias químicas ou biológicas normalmente

Amapá: peixes mais consumidos são também os mais contaminados por mercúrio

  Amapá: Pirapucu, tucunaré e trairão, espécies mais consumidas na região, são também as mais contaminadas por mercúrio Por Sandra Miyashiro Um novo estudo realizado no Amapá sugere que os hábitos alimentares das populações locais, que incluem a preferência por peixes carnívoros, está agravando a contaminação pelo mercúrio usado na mineração artesanal de ouro em pequena escala. Todos os peixes analisados na pesquisa apresentaram níveis detectáveis de mercúrio e 28,7% excederam o limiar de

Isolamento na pandemia dispara consumo de açúcar

  Ingestão excessiva de açucares pode contribuir para desenvolvimento de diabetes e dificuldade no controle de peso Por Fabiano de Abreu O período de isolamento e a incerteza quanto ao futuro da pandemia são fatores que vêm contribuindo para o aumento do estresse na população brasileira. O resultado disso é não apenas um crescimento dos problemas relacionados à saúde mental, mas também uma mudança de comportamento alimentar. De acordo com dados da pesquisa ConVid,

Pandemia exige mais cuidados com a higienização de alimentos nos serviços de alimentação

  Curso gratuito ensina profissionais e população a produzir um alimento seguro para o consumo Por Ana Paula Scorsin Alimentos ou suas embalagens são uma espécie de transporte para o novo coronavírus. A superfície pode ficar contaminada, caso alguém com a doença entre em contato. Para conter essa disseminação, a higienização é uma aliada e saber como fazê-la é essencial. Pensando em auxiliar profissionais de restaurantes e a população em geral, o Centro

Os melhores alimentos para ter mais disposição e encarar o frio do inverno

  Quais são os melhores alimentos para ter mais disposição e encarar o frio do inverno? Durante a época mais fria do ano, tem muita gente que demora bem mais tempo para sair da cama, já que as baixas temperaturas não são nada convidativas. Mas, se eu dissesse que existem alguns alimentos que podem estimular o nosso organismo? Consumindo os alimentos certos é possível manter a mesma produtividade do que nas outras

Higienização correta de frutas, verduras e legumes

  Os cuidados com a higiene na manipulação dos alimentos são fundamentais para controlar a contaminação com micro-organismos e evitar doenças. Essas precauções devem fazer parte da rotina de todas as famílias e estabelecimentos, mas a correta higienização de frutas, legumes e verduras, por exemplo, ainda gera dúvidas. Por Ana Paula Scorsin Os professores do curso de Nutrição do Centro Universitário Internacional Uninter, Thais Regina Mezzomo e Alisson David Silva, explicam que a

Aprenda a reaproveitar sementes e raízes para plantar horta em casa

  Reaproveitar sementes de frutas e raízes de hortaliças pode ser uma boa opção para começar a cultivar pequenas hortas em casa. Segundo pesquisador da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, que atua na Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), José Antonio Alberto da Silva, é possível aproveitar sementes de abacate, jabuticaba, pitanga, manga, jaca, tomate, maracujá, melancia, abóbora e pitaya para gerar novas fruteiras, além de

Covid-19 – Os mitos e as verdades sobre alimentação na pandemia

  Não há nenhum medicamento, substância, vitamina ou alimento específico que possa prevenir a infecção pelo coronavírus Com a chegada do novo Coronavírus (Covid-19), algumas notícias falsas, popularmente conhecidas por fake news, afirmam que há alimentos específicos ou nutrientes milagrosos capazes de prevenir, tratar ou combater a Covid-19. A nutricionista Sabrina Viana Coelho, que atua pela Pró-Saúde no Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, recomenda consumir mais alimentos in natura,

Alimentação: Ultraprocessados ganham espaço e somam 18,4% das calorias adquiridas em casa

  Por Alerrandre Barros - Arte: Brisa Gil - IBGE A disponibilidade de alimentos in natura ou minimamente processados e ingredientes culinários processados nos domicílios brasileiros perdeu espaço para a comida processada e, sobretudo, a ultraprocessada, em 15 anos. A conclusão faz parte do módulo Avaliação Nutricional da Disponibilidade Domiciliar de Alimentos da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2017/2018, divulgada pelo IBGE. Quando se compara a evolução da aquisição de alimentos das pesquisas

Agricultura urbana poderia cultivar frutas e vegetais para 15% da população

  O cultivo de frutas e legumes em apenas 10% dos jardins de uma cidade e em outros espaços verdes urbanos poderia fornecer alimentação a 15% da população local, de acordo com uma nova pesquisa. University of Sheffield* Em um estudo publicado na Nature Food , acadêmicos do Instituto de Alimentos Sustentáveis ​​da Universidade de Sheffield investigaram o potencial da horticultura urbana através do mapeamento de espaços verdes e cinzentos da cidade. Eles descobriram que os espaços verdes,

O que as escolas precisam saber para receber uma criança com alergia alimentar?

Se você não conhece uma criança com alergia alimentar, nunca deve ter se atentado à importância de uma escola estar bem preparada para receber um aluno nessa condição. Pensando nisso, a Dra. Renata Cocco, Coordenadora do Departamento Científico de Alergia Alimentar da Associação de Alergia e Imunologia (ASBAI), preparou dicas importantes que ajudam a deixar o ambiente escolar seguro para a criança. Passo 1 – Documentos sobre Condição de Saúde A

Alimentação pouco saudável começa muito cedo: bebês, crianças pequenas e açúcares adicionados

As principais fontes alimentares de açúcares adicionados para bebês incluem iogurte, lanches, doces e produtos de panificação doce. Para crianças pequenas, as principais fontes incluíam bebidas de frutas, produtos doces assados, açúcar e doces Por Márcia Wirth Um novo estudo publicado no Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics descobriu que quase dois terços das crianças (61%) e quase todas as crianças (98%) consomem açúcar adicionado em suas dietas diárias, principalmente

PANCs: Projeto visa divulgar plantas alimentícias não convencionais

  Estudo da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) mostra que o número de plantas consumidas pelo homem nos últimos cem anos se reduziu de 10 mil para apenas 170. No Brasil, apesar da riqueza e variedade de espécies encontradas na natureza, a demanda do mercado se concentra em algumas dezenas de itens, esquecendo milhares de outras espécies disponíveis. ABr Com base neste comportamento, desde 2013, o Departamento de

Entomofagia, o consumo de insetos por seres humanos, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Entomofagia é o consumo de insetos por seres humanos. A entomofagia é praticada em muitos países ao redor do mundo, principalmente em partes da Ásia, África e América Latina. Insetos complementam o cardápio de aproximadamente dois bilhões de pessoas e tem sido parte da dieta humana desde tempos remotos. Consta que os organismos dos insetos, são enriquecidos em Nitrogênio. Se alimentar de insetos é mera questão cultural e histórica. Contudo, apenas recentemente

Hortas Cariocas e Gastromotiva unem ações para inclusão social no Rio de Janeiro

    A Organização Não Governamental (ONG) Gastromotiva e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente do Rio de Janeiro (SMAC) firmaram ontem (7) parceria para elaborar ações conjuntas para melhoria da qualidade de vida de comunidades carentes. “Quando a gente fala de gastronomia social, o primeiro papel é sentar à mesa e daí poder ver que tipo de conexão sai”, disse à Agência Brasil o empreendedor social David Hertz, responsável pela Gastromotiva. ABr A

Alimentação Macrobiótica, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Existe por vezes a concepção de que a Macrobiótica e o vegetarianismo se regem pelos mesmos princípios, o que não é verdade. O regime macrobiótico, sendo predominantemente de origem vegetal, não é necessariamente vegetariano, pois o uso de produtos animais, principalmente peixe é aceitável. Os seus praticantes consideram este método, uma alimentação adequada ao meio ambiente, acompanhando o ritmo das estações do ano e respeitando a evolução físico-psíquica e biológica

Dieta plant-based: benefícios para a saúde e para o meio ambiente, artigo de Fabiano Lago

  [EcoDebate] Nem vegana, nem vegetariana. A dieta plant-based, ou seja, baseada em plantas, é realizada pela eliminação ou apenas redução do consumo de produtos de origem animal. Durante essa dieta, alimentos processados, industrializados e refinados também são retirados das refeições - o que não acontece, necessariamente, nos cardápios veganos e vegetarianos. Com alimentos em sua forma natural, a plant-based traz inúmeros benefícios para a saúde e é um caminho certo para prevenção

Plantas Alimentícias Não Convencionais (Pancs) são opção para quem deseja incrementar a alimentação de forma benéfica e natural

  As plantas alimentícias não convencionais apresentam alto teor de nutrientes e estimulam a agricultura agroecológica Por Lais Pontin Matos   Pancs. Foto: Tuane Eggers   Se você deseja incrementar seu cardápio de maneira saudável e sem gastar muito, deve considerar o consumo regular de plantas alimentícias não convencionais (Pancs). Apesar de relativamente nova no cenário nutricional, a opção torna-se uma ótima pedida para quem busca variar o consumo de produtos de origem natural e quer

Pesquisa revela que 1 de cada 5 brasileiros é consumidor de produtos orgânicos, artigo de Ming Liu

    [EcoDebate] Recente pesquisa realizada pelo Organis-Brain, nas cinco regiões do país, apontou que 1 de cada 5 brasileiros consome orgânicos e consegue fazer escolhas mais conscientes de produtos mais seguros, com rastreabilidade certificada e em conformidade com a Lei 10.831/2003, garantindo menor impacto ao meio ambiente, quando comparado com a produção de alimentos convencionais, e aumento da cultura de preservação de nossos biomas. Num mundo, com cada vez mais críticas aos

Top