RJ: Moradores de Barra Mansa temem criação de aterro para resíduos tóxicos

  ABr A criação de novo aterro sanitário em Barra Mansa, no Rio de Janeiro, no sul do estado, está gerando descontentamento entre moradores e organizações ambientais da região. O projeto envolve a construção de uma unidade de tratamento de resíduo industrial, para a qual seriam destinados tintas e óleos, telhas de amianto, solos contaminados, latas e outras embalagens de produtos químicos, os chamados resíduos classe 1. A principal preocupação é com a

Lixo eletrônico representa ‘crescente risco’ ao meio ambiente e à saúde humana, diz relatório da ONU

  O crescente volume de lixo eletrônico, incluindo produtos descartados com bateria ou tomada, tais como celulares, laptops, televisores, refrigeradores e brinquedos eletrônicos, representam uma importante ameaça ao meio ambiente e à saúde humana, alertaram as Nações Unidas em dezembro (13). Em 2016, foram gerados 44,7 milhões de toneladas métricas de resíduos eletrônicos, um aumento de 8% na comparação com 2014. Especialistas preveem um crescimento de mais 17%, para 52,2 milhões de

4 R’s da Sustentabilidade: Repensar, Reduzir, Reutilizar e Reciclar, por Lauro Charlet Pereira e Marco Antônio Ferreira Gomes

4 R’s DA SUSTENTABILIDADE: REPENSAR, REDUZIR, REUTILIZAR E RECICLAR Lauro Charlet Pereira1 Marco Antônio Ferreira Gomes1 1Pesquisadores da Embrapa Meio Ambiente E-mail: lauro.pereira@embrapa.br ; marco.gomes@embrapa.br [EcoDebate] A necessidade contínua de revisar a interrelação “homem-ambiente”, engloba o envolvimento de governantes, setor privado, mídia, comunidade científica e a sociedade civil, como um todo. Nessa perspectiva, tem surgido inúmeras ações frente à crise ambiental, como o jornalismo ambiental e a educação ambiental, por exemplo, que visam principalmente desenvolver

Em 2016, o mundo produziu lixo eletrônico equivalente a 4,5 mil torres Eiffel

  Peso total de resíduos eletrônicos chega a 44,7 milhões de toneladas no ano passado; relatório pede esforços globais para melhorar produção de componentes e equipamentos elétricos e eletrônicos; mundo tem mais assinaturas de celular que habitantes.     Por Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque. O mundo produziu lixo eletrônico equivalente a 44,7 milhões de toneladas em 2016. Segundo o Monitor de Resíduos Eletrônicos 2017, em tradução livre, houve um aumento corresponde

Os Resíduos Sólidos na Região Nordeste do Brasil em 2016, artigo de Antonio Silvio Hendges

[EcoDebate] O Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil em 2016 da Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais – Abrelpe descreve a produção e destino final dos resíduos sólidos urbanos – RSU, resíduos de saúde - RSS, resíduos de construções e demolições - RCD e os previstos nos acordos de logística reversa. Nos meus artigos anteriores publicados no Portal EcoDebate estão informações sobre o país e as

Os Resíduos Sólidos na Região Norte do Brasil em 2016, artigo de Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] A Abrelpe - Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais – divulgou a edição anual do Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil com os dados de 2016, que descreve a produção e destino final dos resíduos sólidos urbanos – RSU, resíduos de saúde - RSS, resíduos de construções e demolições - RCD e os previstos nos acordos de logística reversa no país e nas regiões. Este

América Latina e Caribe despejam 30% de seu lixo em locais inadequados

  ONU A geração diária de resíduos sólidos urbanos nos países da América Latina e do Caribe atingiu cerca de 540 mil toneladas, e a expectativa é de que, até 2050, o lixo gerado na região alcançará 671 mil toneladas por dia. É o que revelam dados apresentados pela ONU Meio Ambiente em evento realizado esta semana (21) pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE), em São

América Latina e Caribe jogam 145 mil toneladas de lixo orgânico por dia em lixões e aterros controlados

  ABr   Todo dia, 145 mil toneladas de resíduos orgânicos são jogadas em lixões e aterros controlados na América Latina e no Caribe. Essa montanha diária de restos de comida não processados, que colocam em risco a saúde e a vida de 170 milhões de pessoas, é um dos temas da 3ª Assembleia do Meio Ambiente da Organização das Nações Unidas (ONU), que será realizada em Nairóbi, no Quênia, de 4 a

Os resíduos sólidos na região Centro-Oeste do Brasil em 2016, artigo de Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] A Abrelpe - Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais divulgou o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil em 2016. Descreve a produção e destino final dos resíduos sólidos urbanos – RSU, resíduos de saúde - RSS, resíduos de construções e demolições - RCD e os previstos nos acordos de logística reversa. Este conteúdo está descrito nos meus artigos anteriores publicados no Portal EcoDebate. Neste artigo e

Aplicação de pneus inservíveis em unidades de coprocessamento, artigo de Fernanda Benato Mezzomo e Janaína C. Ortiz

    APLICAÇÃO DE PNEUS INSERVÍVEIS EM UNIDADES DE COPROCESSAMENTO APPLICATION OF INSERVABLE TIRES IN COPROCESSING UNITS Fernanda Benato Mezzomo - Acadêmica da Universidade de Passo Fundo – UPF. E-mail: 143649@upf.br Janaína C. Ortiz - Professora da Universidade de Passo Fundo – UPF. E-mail: jchaves@upf.br   RESUMO O presente estudo teve como objetivo principal realizar uma pesquisa de cunho bibliográfico à respeito de alternativas de processamento de transformação de pneus inservíveis, em função da composição dos mesmos. Os

Os Resíduos Sólidos na Região Sudeste do Brasil em 2016, artigo de Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] A Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais – Abrelpe divulgou o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil em 2016, obtidos com a soma das projeções de cada região do país em que está descrita a produção e destino final dos resíduos sólidos urbanos – RSU, resíduos de saúde - RSS, resíduos de construções e demolições - RCD e alguns dos previstos nos acordos de logística

Resíduos Sólidos na Região Sul do Brasil em 2016, artigo de Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] A Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais – Abrelpe divulgou o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil em 2016, obtidos com a soma das projeções de cada região do país e que descreve a produção e destino final dos resíduos sólidos urbanos – RSU, resíduos de saúde - RSS, resíduos de construções e demolições - RCD e os previstos nos acordos de logística reversa. Este

Top