Baixo Jequitinhonha, MG – Minerar no Parque Alto Cariri deixará Salto da Divisa sem água, artigo de Gilvander Moreira

Minerar no Parque Alto Cariri deixará Salto da Divisa sem água Por Gilvander Moreira1 [EcoDebate] Na cidade de Salto da Divisa, no Baixo Jequitinhonha, MG, e em frente ao portão de entrada da Barragem da Usina Hidrelétrica da empresa Itapebi Geração de Energia S.A, que atinge vários municípios em Minas Gerais e na Bahia, dia 14 de março de 2020, aconteceu a Romaria das Águas e da Terra da Diocese de

Liminar suspende licenciamento ambiental da Mina Guaíba, no Rio Grande do Sul

  A Justiça Federal, através da 9ª Vara Federal de Porto Alegre, determinou na sexta-feira, 21, a suspensão imediata do processo de licenciamento ambiental do projeto Mina Guaíba. Segundo a juíza Clarides Rahmeier, que concedeu a liminar, os procedimentos só poderão seguir após análise conclusiva pela Fundação Nacional do Índio (Funai) do componente indígena. A liminar atendo à solicitação feita através de Ação Civil Pública movida pelo Instituto Arayara e pela

Em nota pública, MPF critica projeto de lei que permite mineração em terras indígenas

  Arte: Secom/PGR Em nota pública divulgada nesta sexta-feira (7), a Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do Ministério Público Federal (6CCR/MPF) manifesta preocupação com as consequências do Projeto de Lei n. 191/2020, que regulamenta pequisa e lavra de recursos minerais e hidrocarbonetos em terras indígenas, além do aproveitamento de recursos hídricos para geração de energia elétrica. A Câmara alerta que a aprovação do projeto pode levar à “destruição de importantes

Quem são os donos da Vale e como cobrá-los por mais fiscalização

Guia dos Bancos Responsáveis mostra se instituição se preocupa com impactos ambientais e sociais de empresas nas quais investe A tragédia de Brumadinho completa um ano no próximo sábado (25). De lá para cá, a Vale, responsável pela barragem que se rompeu, enfrentou uma breve desvalorização no mercado, mas já recuperou seu valor na Bolsa de Valores. Mas como o consumidor pode ajudar a evitar tragédias como essa e cobrar que

Crime da Vale e do Estado cresce em Brumadinho: 1 ano de impunidade, artigo de Gilvander Moreira

Crime da Vale e do Estado cresce em Brumadinho: 1 ano de impunidade Por Gilvander Moreira1 Dia 25 de janeiro de 2020, às 12h28, completa exatamente um ano do crime tragédia da mineradora Vale, com autorização do Estado, em Brumadinho, MG. Em luto e luta, realizaremos a 1ª Romaria da Arquidiocese de Belo Horizonte pela Ecologia Integral a Brumadinho, romaria de solidariedade e luta por justiça, em sintonia com as orientações do

O caso Braskem-Maceió, a mineração e a geologia de engenharia, artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos

  [EcoDebate] Foi definitivamente assinado o acordo, envolvendo, além da BRASKEM, o Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público de Alagoas (MPE Alagoas) e a Defensoria Pública da União (DPU) e de Alagoas (DPE Alagoas), pelo qual a companhia de mineração se compromete a reparar os prejuízos causados a milhares de cidadãos por afundamentos de solo e decorrentes danos estruturais em edificações ocorridos ao longo dos últimos anos nos bairros de

Bolsonaro diz que projeto para exploração de minério em terras indígenas está pronto

  Proposta de exploração de minério em terras indígenas deve ser encaminhada ao Congresso a qualquer momento ABr O presidente Jair Bolsonaro disse, ontem (19), que já está pronto, e em vias de ser apresentado ao Congresso Nacional, o projeto de lei que possibilitará a exploração de minério em terras indígenas. Segundo o presidente, a ideia é dar condições aos índios de arrendar suas terras para pecuária ou para produção de soja ou

Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH) reconhece a tragédia de Mariana como crime contra a humanidade

    O Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH) reconheceu a tragédia de Mariana (MG) como violação "a direitos humanos de excepcional gravidade". A decisão tomada de forma unânime pelos 22 conselheiros foi registrada na Resolução nº 14/2019. Segundo o próprio conselho, trata-se de classificação equivalente a crime contra a humanidade, definido no âmbito do Tribunal Penal Internacional. ABr A tragédia de Mariana ocorreu em 5 de novembro de 2015, quando uma barragem da mineradora

Tragédia de Mariana: Estudo revela poeira com metais em áreas afetadas por lama da Samarco

  Concentrações de ferro, cádmio e cobre acima dos valores de referência estabelecidos pelos padrões de saúde no Brasil foram detectadas na poeira coletada dentro das casas em comunidades de Mariana (MG) e Barra Longa (MG). ABr As duas cidades são as mais afetadas pela lama que vazou da barragem da mineradora Samarco, após a ruptura ocorrida em novembro de 2015. A análise foi realiza pelas empresas Ambios e Technohidro e os resultados

Por territórios livres de mineração, artigo de Gilvander Moreira

Por territórios livres de mineração Por Gilvander Moreira1 Dias 1º e 2 de dezembro último (2019), estivemos no município do Serro, na região do Alto Jequitinhonha, MG, participando da luta para impedir a instalação da mineradora Herculano no município do Serro. Fizemos reuniões com comunidades nos distritos de São Gonçalo do Rio das Pedras e em Milho Verde, duas comunidades que são ainda verdadeiros paraísos naturais, com muitas cachoeiras, ar puro

MPMG e MPF querem impedir licenciamento ambiental de projeto minerário que vai de Minas à Bahia

  Projeto minerário Bloco 8 prevê reservatórios maiores que barragens de Mariana e Brumadinho ABr Em parceria com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação civil pública com objetivo de impedir a continuidade do processo de licenciamento ambiental de um empreendimento minerário a ser instalado no norte de Minas Gerais. Trata-se de um projeto conduzido pela empresa de capital chinês Sul Americana de Metais (SAM), subsidiária

Mina Guaíba e o futuro da saúde de 4 milhões de pessoas em risco, artigo de Eduardo Luís Ruppenthal

  O processo de licenciamento da Mina Guaíba, projeto da maior mina de carvão mineral a céu aberto do Brasil, não dimensiona os reais impactos socioambientais que ameaçam perigosamente toda a Região Metropolitana de Porto Alegre e diretamente as mais de 4 milhões de pessoas que vivem nela, com prejuízos graves à sua saúde, a médio e longo prazos. A mina a céu aberto está projetada entre os municípios de Charqueadas e

Top