Vozes do Direito indígena refletem sobre cenário atual, artigo de Sucena Shkrada Resk

    Compreender os conceitos de bem-viver, de patrimônios imaterial e espiritual, do significado holístico da terra, do ecossistema e do território como casa (mãe “pachamama”) e local sagrado, é o grande desafio das visões herméticas dos Estados que ainda se estabelecem na lógica de commodities e de uma cultura colonizadora por séculos. Este universo que abriga polos opostos resulta atualmente na cobrança cada vez maior de respeito ao direito internacional de

Papa Francisco vai aos ‘índios’, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Dia 18 de janeiro de 2018 o Papa Francisco irá a Puerto Maldonado, Peru, encontrar-se exclusivamente com povos originários da Amazônia. Tudo indica que sequer haverá reuniões particulares com autoridades, sejam elas políticas ou mesmo eclesiásticas. Essa ida a Amazônia para encontrar-se com “indígenas” já estava programada para quando ele viesse aos 300 anos de Aparecida. O golpe modificou a vinda do Papa. Embora as razões oficiais alegadas sejam outras,

Conjuntura Político Indigenista – Retrocesso e Ameaça aos Direitos dos Povos Indígenas, por Chantelle Teixeira

CONJUNTURA POLÍTICO INDIGENISTA RETROCESSO E AMEAÇA AOS DIREITOS DOS POVOS INDÍGENAS Por Chantelle Teixeira. Revisão: Lígia Apel     Este documento foi elaborado com a participação financeira da União Europeia. O seu conteúdo é de responsabilidade exclusiva de Cáritas de Tefé e CIMI Tefé, não podendo, em caso algum, considerar que reflita a posição da União Europeia.   Outubro 2017 Da Constituição de 88 aos primeiros anos do terceiro milênio: Há resistência enquanto há vida!! Ailton Krenak é uma liderança

Os impactos da construção da usina hidrelétrica de Belo Monte na vida dos indígenas que vivem na região

  Em três semanas de viagem, a reportagem da Pública encontrou indígenas vivendo em palafitas insalubres em Altamira e visitou os Arara na terra indígena mais desmatada recentemente no país Por Ciro Barros, Iuri Barcelos, da Agência Pública Lentamente Altamira desperta de seu sonho de barragem. Seis anos após o início das obras, a Usina Hidrelétrica de Belo Monte ainda tem um enorme passivo socioambiental a ser encarado. O leque de desafios é

As mudanças climáticas sob o olhar indígena, artigo de Sucena Shkrada Resk

    [EcoDebate] Subestimar os conhecimentos tradicionais que se perpetuam por gerações é um ato de ignorância que tem se repetido por décadas. No contexto das mudanças climáticas, essa constatação se torna mais evidente, pois a vivência dos povos indígenas e suas relações cosmológicas ancestrais são experiências que dialogam de forma concreta com a Ciência e trazem aprendizados a um campo político e econômico controverso, cujos interesses conflitam com o que a

Situação dos povos indígenas no Brasil é tema de audiência na Comissão Interamericana de Direitos Humanos (OEA)

  ABr A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) da Organização dos Estados Americanos realizou na segunda-feira (23) audiência para discutir a situação dos povos indígenas no Brasil. Na ocasião, as organizações autoras do pedido de reunião apresentaram um relatório com denúncias e questionamentos sobre a falta de atuação do Estado brasileiro em relação a problemas como a violência contra povos tradicionais, a lentidão nos processos de demarcação de terras e a

A força das experiências e dos conhecimentos indígenas

  DOCUMENTO FINAL DO ENCONTRO REGIONAL DE FORMAÇÃO E TROCA DE EXPERIÊNCIAS COM AS LIDERANÇAS DAS ORGANIZAÇÕES E COMUNIDADES INDÍGENAS DO MÉDIO RIO SOLIMÕES E AFLUENTES. TEMA: A FORÇA DAS EXPERIÊNCIAS E DOS CONHECIMENTOS INDÍGENAS.     Nós, lideranças dos povos Kokama, Kambeba, Tikuna, Miranha, Madija Kulina, Kanamari, Deni, Mayoruna, Maku Nadëb e Kaixana, representantes das comunidades indígenas Porto Praia de Baixo, Pavão, Boará, Boarazinho, Boará de Cima, Projeto Mapi, Nossa Senhora de Fatima do

Relatório do Cimi aponta que 118 indígenas foram assassinados no Brasil em 2016

  ABr   A violência contra os povos indígenas no Brasil levou à ocorrência de 118 assassinatos em 2016, segundo relatório lançado nesta quinta-feira (5) pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi). Ao todo, 106 indígenas se suicidaram no ano passado. Apenas nesse período, 735 crianças indígenas menores de 5 anos morreram por causas diversas, como em decorrência da desnutrição infantil. O maior número de vítimas, 44, foi registrado em Roraima, entre o povo Yanomami, que,

Apesar de acordo assinado, empresas se recusam a pedir desculpas a indígenas por danos de usinas no Teles Pires

  MPF-PA Apesar de acordo assinado com MPF e Funai durante a ocupação aos canteiros de obras da usina de São Manoel, representantes não compareceram   Cerca de 150 indígenas da etnia Munduruku se reuniram semana passada na aldeia Missão Cururu, no rio Cururu, em Jacareacanga, no Pará, a cerca de 1,7 mil quilômetros da capital, Belém. Mulheres, caciques, guerreiros, pajés, cantores e crianças se dividiram em dezenas de embarcações que partiram de vários

Manifestação em repúdio aos ataques contra o Cimi no Acre

    Feijó, Acre: Indígenas, Ribeirinhos, Seringueiros e Trabalhadores Rurais repudiam carta de ataques e perseguição do Conselho Missionário Indigenista no Acre Carta de repúdio e Solicitação de Esclarecimentos Nós povos indígenas de quatro povos das diferentes etnias, Shanenawa, HuniKui, Ashaninka e Madiha, em parceria com Colonheiros, Seringueiros e Ribeirinhos do alto e baixo Rio Envira,junto também com as comunidades do Rio Jurupari: Santo Antônio, Paumaripé e Valparaíso, Associação MASSIPIRA e Novo Oriente, ramais

STF determina volta à prisão de fazendeiros envolvidos em ataque a indígenas no Mato Grosso do Sul

  Prisão havia sido solicitada pela Força-Tarefa Avá-Guarani Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a prisão preventiva de cinco fazendeiros acusados de envolvimento em um ataque a indígenas no Mato Grosso do Sul, em junho do ano passado. O ataque à comunidade Tey Kuê, na Fazenda Yvu, localizada em Caarapó/MS deixou um morto e oito feridos. Na decisão desta terça-feira (26), os ministros

CIDH e ONU cobram ações de proteção do Brasil para indígenas isolados na Amazônia

  A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) e o Escritório Regional para América do Sul do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) emitiram nota, ontem (21), instando o Estado brasileiro a desenvolver políticas para a proteção de indígenas que optam por viver isolados. O posicionamento decorre de denúncias sobre assassinatos de dez índios que vivem nessas condições no Vale do Javari, no oeste do Amazonas, por um

Top