Reúso Potável de Água na Região Metropolitana de São Paulo e em outros Países, por Ivanildo Hespanhol e Paulo Afonso da Mata Machado

Reúso Potável de Água na Região Metropolitana de São Paulo e em outros Países Ivanildo Hespanhol, Ph.D. Professor Titular da Escola Politécnica da USP Diretor do Centro Internacional de Referência em Reúso de Água-CIRRA/IRCWR/USP e Mata Machado, Paulo Afonso da Engenheiro Civil e Sanitarista, MS in Environmental Science and Engineering 1. O cenário A Região Metropolitana de São Paulo – RMSP, se situa nas cabeceiras do rio Tietê, cuja disponibilidade hídrica é insuficiente para o abastecimento de

Cientistas revelam perda substancial de água nas bacias sem acesso ao mar (Bacias Endorréicas)

  Juntamente com o aquecimento do clima e a intensificação das atividades humanas, o recente armazenamento de água nas bacias sem acesso ao mar (Bacias Endorréicas) do mundo sofreu um declínio generalizado. Um novo estudo revela que esse declínio agravou o estresse hídrico local e causou potencial aumento do nível do mar. Kansas State University* O estudo, "Recent Global Decline in Endorheic Basin Water Storage", foi realizado por uma equipe de cientistas de seis

Suprimento mundial de água doce pode ser mais limitado do que se pensava anteriormente

  Água doce : Os EUA têm menos água subterrânea fresca do que se pensava anteriormente, de acordo com pesquisa feita por cientistas da UC Santa Barbara Por Harrison Tasoff* A água subterrânea, que tem sido usada para irrigar colheitas, saciar gado e saciar a sede em geral por milhares de anos, continua a ser um recurso vital em todo o mundo. Mas de acordo com pesquisas de Scott Jasechko e Debra Perrone, professores

ANA e Aesa definem regras para uso da água do rio Paraíba e açude de Boqueirão, na PB. Análise de João Suassuna

    No ano de 2000, publiquei no portal da Fundação Joaquim Nabuco, um breve artigo intitulado, “A gerência da torneira”. Nele, dentre outras preocupações, comparei a busca das águas nordestinas, para o atendimento das necessidades humanas, a uma reação em cadeia de uma explosão atômica. Atualmente, a busca empreendida às águas da represa de Boqueirão de Cabaceiras, por 18 municípios do entorno de Campina Grande, bem reflete aquela minha preocupação de

A água no Brasil e o mito da abundância

  Garantir o acesso à água de qualidade a todos os brasileiros é um dos principais desafios para os próximos gestores do país. ABr Culturalmente tratado como um bem infinito, a água é um dos recursos naturais que mais tem dado sinais de que não subsistirá por muito tempo às intervenções humanas no meio ambiente e às mudanças do clima. Em várias regiões do país, já são sentidos diferentes impactos, como escassez, desaparecimento de

Programa Produtor de Água ajuda a recuperar a Bacia Hidrográfica do Pipiripau, uma das mais problemáticas do DF

  Produtor de Água no Cerrado - Conciliar a atividade agropecuária com boas práticas de preservação e produção de água é uma das estratégias que tem contribuído para fazer a água brotar de novo da terra, nutrir o solo e correr para o rio. A ação tem sido empreendida pelo programa Produtor de Água para recuperar a Bacia Hidrográfica do Pipiripau, que já foi considerada uma das bacias mais problemáticas do Distrito

As águas brasileiras correm para o Neoliberalismo, artigo de Flávio José Rocha da Silva

As águas brasileiras correm para o Neoliberalismo Flávio José Rocha da Silva1 [EcoDebate] O Neoliberalismo é um pensamento econômico também chamado por alguns teóricos de globalização ou mundialização da economia. Elaborado na cidade de Chicago pelo austríaco Friedrich Hayek e pelo estadunidense Milton Friedman, se espalhou para várias partes do mundo. Sua ideia principal é que tudo pode ser resolvido pelo mercado que, acreditam os seus formuladores, pode se autoregular. Teve como

Aquíferos Brasileiros – Cenários atuais e perspectivas de abastecimento às gerações futuras, artigo de Marco Antonio Ferreira Gomes e Lauro Charlet Pereira

    [EcoDebate] No Brasil, o cenário sobre a situação das águas subterrâneas tem se agravado muito e tende a piorar em um futuro relativamente próximo, pois a escalada de exploração dos aquíferos continua de forma irregular, como também intensiva, mesmo com a legislação e fiscalização existentes. De fato, temos uma reserva extraordinária de água subterrânea nos chamados aquíferos – reservas com viabilidade econômica de explotação. Tais reservas até 2010 eram estimadas em

Água contaminada afeta quase 60% dos pacientes com doenças gástricas em Campina Grande, por João Suassuna

    Meus Prezados, Em 2016, publiquei um artigo no EcoDebate intitulado, “A questão hídrica atual do Nordeste seco”, no qual, dentre outras questões, abordei o assunto do acometimento de  doenças em populações abastecidas com águas de má qualidade. Nesse artigo, me referia às águas do Rio São Francisco, quando utilizadas para fins de abastecimento humano. Ao ler a matéria do G1 PB, me deparo com uma situação que já vinha tratando como

Disponível para download, coletânea reúne toda a legislação sobre águas subterrâneas no país

  Coletânea de Legislação das Águas Subterrâneas do Brasil foi organizada por professora da FCA em parceria com geólogo JORNAL DA UNICAMP TEXTO MARCOS DE OLIVEIRA | AGÊNCIA FAPESP FOTOS MIGUEL BOYAYAN | PESQUISA FAPESP EDIÇÃO DE IMAGEM LUIS PAULO SILVA     A Coletânea de Legislação das Águas Subterrâneas do Brasil está disponível para download gratuito. São cinco volumes que tratam das leis estaduais regulatórias do uso e dos cuidados necessários para gestão das águas subterrâneas com

Aquíferos – Cenário atual e perspectivas futuras no mundo, por Marco Antonio Ferreira Gomes e Lauro Charlet Pereira

    O futuro dos aquíferos no mundo estará seriamente comprometido, com perspectivas de escassez cada vez maiores de água, inclusive para consumo humano [Ecodebate] Os aquíferos constituem as únicas reservas estratégicas de água subterrânea para as gerações vindouras, motivo pelo qual a proteção dos mesmos é de fundamental importância para a sobrevivência da humanidade. O maior desafio é manter as reservas protegidas dentro de um ambiente sustentável, exigência essa que está na contramão

Agência Nacional de Águas (ANA) suspende novas outorgas para hidrelétricas na bacia do Rio Paraguai

    A Agência Nacional de Águas (ANA) informou na sexta-feira (14) que vai suspender a outorga de novos empreendimentos hidrelétricos na região da bacia hidrográfica do Rio Paraguai, onde fica o Pantanal. A medida vale tanto para Usinas Hidrelétricas (UHE) quanto para Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e tem por objetivo evitar que futuros empreendimentos prejudiquem outros usos dos rios da região, principalmente a pesca e o turismo. A suspensão vale até 31

Top