Urbanização acelerada aumenta a pressão para a transferência água das regiões rurais para as urbanas

  Uma equipe internacional de pesquisadores realizou a primeira revisão global sistemática de transferência de água das regiões rurais para as urbanas - a prática de transferir água das áreas rurais para as cidades para atender à demanda de populações urbanas em crescimento. Eles descobriram que 69 cidades com uma população de 383 milhões de pessoas recebem aproximadamente 16 bilhões de metros cúbicos de água realocada por ano - quase o fluxo

Água para o desenvolvimento sustentável, artigo de Cleverson V. Andreoli

    [EcoDebate] Um recente relatório publicado pela Organização das Nações Unidas (ONU), denominado “Perspectivas do Meio Ambiente Mundial”, apresenta um quadro sombrio sobre as consequências para a sociedade, da degradação da qualidade ambiental planetária. Com relação a água, o relatório mostra que uma em cada três pessoas no mundo, cerca de 2,3 bilhões de habitantes, não tem acesso ao saneamento. Além disso, aponta que, desde o ano de 1990, está sendo

Estudo da Agência Nacional de Águas (ANA) prevê crescimento de 24% do consumo de água até 2030

  O consumo e o uso das águas no país devem crescer 24% até 2030, diz diz um estudo lançado na segunda-feira (1º) pela Agência Nacional de Águas (ANA). De acordo com a agência, responsável pela gestão dos recursos hídricos no Brasil, o país usa, em média, a cada segundo, 2 milhões e 83 mil litros de água. Em 2030, esse total deve superar a marca de 2,5 milhões de litros por

A água nos quatro cantos do Brasil

    Hoje, dia 22 de março, é comemorado o Dia Mundial da Água. Do leste ao oeste do Brasil, da caatinga à Amazônia. A água é fundamental para o homem, a natureza e a vida. O país detém cerca de 12% de toda água superficial do planeta e talvez seja este fato que torna o Brasil uma potência capaz de integrar conservação da biodiversidade e desenvolvimento sócio econômico. No Dia Mundial da

A mudança climática e o crescimento da população projetam escassez de água em partes dos EUA muito antes do final do século

  Mesmo os esforços para usar a água de maneira mais eficiente nos setores municipais e industriais não serão suficientes para evitar escassez, dizem os autores do novo estudo. Os resultados sugerem que as reduções no uso da água na agricultura provavelmente desempenharão o papel mais importante na limitação da escassez futura de água. Por Lauren Lipuma*     O novo estudo [Adaptation to future water shortages in the United States caused by population growth and

Podemos lidar com as mudanças climáticas sem sacrificar a qualidade da água?

  As estratégias para limitar as mudanças climáticas devem levar em conta seu impacto potencial na qualidade da água por meio da sobrecarga de nutrientes, de acordo com um novo estudo de Eva Sinha e Anna Michalak, da Carnegie, publicado pela Nature Communications . Alguns esforços para reduzir as emissões de carbono podem, na verdade, aumentar o risco de prejuízos na qualidade da água. Carnegie Institution for Science* Chuvas e outras precipitações levam

Contaminação por microplásticos encontrada em fonte comum de água subterrânea, relatam pesquisadores

    Os microplásticos contaminam as águas superficiais do mundo, mas os cientistas apenas começaram a explorar sua presença em sistemas de águas subterrâneas. Um novo estudo é o primeiro a relatar microplásticos em aquíferos calcários fraturados - uma fonte de água subterrânea que responde por 25% do suprimento global de água potável. O estudo identificou as fibras de microplásticos, juntamente com uma variedade de medicamentos e contaminantes domésticos, em dois sistemas aquíferos

A morte do Prof. Ivanildo Hespanhol. Reúso da água perde um vigoroso defensor, artigo de Paulo Afonso Mata Machado

    [EcoDebate] “A prática de reúso para fins não potáveis já está consagrada em uma grande multiplicidade de países desenvolvidos e em vias de desenvolvimento. Atualmente, a proposta evoluiu para reúso potável por meio da utilização dos sistemas de distribuição existentes, eliminando os custos associados a linhas paralelas para distribuir água de reúso.” (Ivanildo Hespanhol) O Prof. Ivanildo Hespanhol estava certo. O reúso para fins não potáveis implica na construção de nova

Stress hídrico, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] "Stress hídrico" ou Estresse hídrico é o nome dado a uma situação em que a procura de recursos hídricos por habitante é maior que a capacidade de oferta ou de disponibilidade de recurso natural. É também quando uma pessoa tem menos de 1.000 m³ de água. Ou seja, quando não há água suficiente para abastecer a população, isto é, quando não existe água suficiente para satisfazer as necessidades de cada

Rio de Janeiro pode economizar R$ 156 mi em tratamento de água com investimentos em restauração florestal

  Restauração Florestal - Estudo mostra que investir no plantio de florestas reduz a quantidade de sedimentos nos rios, diminuindo os gastos da Cedae     A maior estação de tratamento de água do mundo, a ETA Guandu, no Rio de Janeiro, pode reduzir substancialmente seus gastos com investimentos em restauração florestal. Um estudo indica que plantar florestas pode resultar numa economia de R$ 156 milhões em 30 anos. A estação faz o tratamento

Reúso Potável de Água na Região Metropolitana de São Paulo e em outros Países, por Ivanildo Hespanhol e Paulo Afonso da Mata Machado

Reúso Potável de Água na Região Metropolitana de São Paulo e em outros Países Ivanildo Hespanhol, Ph.D. Professor Titular da Escola Politécnica da USP Diretor do Centro Internacional de Referência em Reúso de Água-CIRRA/IRCWR/USP e Mata Machado, Paulo Afonso da Engenheiro Civil e Sanitarista, MS in Environmental Science and Engineering 1. O cenário A Região Metropolitana de São Paulo – RMSP, se situa nas cabeceiras do rio Tietê, cuja disponibilidade hídrica é insuficiente para o abastecimento de

Cientistas revelam perda substancial de água nas bacias sem acesso ao mar (Bacias Endorréicas)

  Juntamente com o aquecimento do clima e a intensificação das atividades humanas, o recente armazenamento de água nas bacias sem acesso ao mar (Bacias Endorréicas) do mundo sofreu um declínio generalizado. Um novo estudo revela que esse declínio agravou o estresse hídrico local e causou potencial aumento do nível do mar. Kansas State University* O estudo, "Recent Global Decline in Endorheic Basin Water Storage", foi realizado por uma equipe de cientistas de seis

Top