Exposição a resíduos químicos pode ser maior causa de mortes no mundo, diz ONU

  Da ONU News / ABr   O relator especial das Nações Unidas sobre gestão e eliminação racional de substâncias e resíduos perigosos, Baskut Tuncak, alertou na quinta-feira (14), em Genebra, que a exposição aos resíduos químicos pode ser a maior causa de doenças e mortes em todo o mundo. Ele declarou que os efeitos da exposição à poluição no ar, na água e nos alimentos têm maior impacto nos grupos vulneráveis. A

Partículas da fumaça de queimadas na Amazônia induzem inflamação e danos genéticos em células de pulmão

    Por Karina Toledo | Agência FAPESP Quando são expostas em laboratório a concentrações comparáveis de poluentes encontrada na atmosfera amazônica em época de queimadas, células do pulmão humano sofrem severos danos em seu DNA e param de se dividir. Após 72 horas de exposição, mais de 30% das células em cultura já estão mortas. O principal responsável pelo estrago? Ao que tudo indica é o reteno, um composto químico pertencente à classe

Microplásticos ameaçam centenas de espécies da fauna marinha em todo o mundo

  Da Agência EFE / ABr     Centenas de espécies da fauna marinha, como peixes, moluscos e outras, estão sendo ameaças pela ingestão do lixo que se acumula no mar em forma de microplásticos, sem que até o momento se saiba a fundo suas causas e consequências. Os últimos estudos apontam que até 529 espécies selvagens já foram afetadas pelos resíduos, um risco mortal que se soma aos outros já enfrentados por dezenas

Na Bahia, na cidade de Cândido Sales, Ibama e PF combatem ação de curtumes que jogam resíduos em rio

    ABr A Polícia Federal na Bahia deflagrou ontem (16) a Operação Dark Water, para combater a prática de crimes ambientais na cidade de Cândido Sales, a cerca de 600 quilômetros de Salvador. A operação foi feita em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Segundo as investigações, a atividade econômica de curtição de couro (curtumes) era feita sem autorização dos órgãos ambientais e isso gerou

O lado sombrio da energia solar: escassez de insumos, lixo e poluição, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  [EcoDebate] O mundo está passando por uma transição da matriz energética, com declínio relativo dos combustíveis fósseis e aumento das energias renováveis. O futuro será das energias renováveis ou não haverá futuro, pois o carvão, o gás e o petróleo são recursos finitos. A energia solar fotovoltaica tem sido o destaque da nova matriz energética e deve ser a fonte com maior crescimento nas próximas décadas. Porém, nem tudo são

Denúncia: Tanques de piscicultura poluem rio em São Raimundo das Mangabeiras (MA)

    Por Mayron Régis Da pista apenas se enxerga alguns tanques de peixes e um pivô irrigando 76 hectares de soja. A fazenda se vale para suas atividades econômicas das águas do Riachão, tributário do rio Balsas que por sua vez desagua no rio Parnaíba. A soja, pelas bandas de São Raimundo das Mangabeiras, é um fenômeno antigo, por mais que sua área seja menor comparada com a área de soja em

As mudanças climáticas deverão aumentar as mortes prematuras por poluição do ar

    The University of North Carolina at Chapel Hill* Um novo estudo da Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill, estima que a mudança climática futura, se não for atendida, deverá causar cerca de 60.000 mortes no mundo em 2030 e 260.000 mortes em 2100 devido ao efeito das alterações climáticas sobre a poluição atmosférica global. O estudo, que aparece na edição de 31 de julho da Nature Climate Change, acrescenta a

La exposición al NO2 (dióxido de nitrógeno) durante el embarazo perjudica la capacidad de atención en la infancia

  Según un estudio del centro catalán ISGlobal, la exposición ambiental al dióxido de nitrógeno durante el embarazo, y en menor medida tras el nacimiento, se relaciona con un retraso de hasta casi dos meses en el desarrollo de la capacidad de atención de niños y, sobre todo, niñas de entre 4 y 5 años. Los vehículos son una de las principales fuentes de este contaminante, y algunas marcas han trucado

O triste legado Olímpico, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A realização da Copa do Mundo, das Olimpíadas e das Paraolimpíadas no Brasil foram vendidas como um sinal de prosperidade e de grandeza de um Brasil, potência emergente, que iria ensinar ao resto do mundo como fazer enormes megaeventos cheios de alegria e desconcentração, próprias de uma sociedade morena, tropical, cordial e em ascensão. Mas a realidade é bem diferente e qualquer pessoa minimamente informada sabe que esses megaeventos são

Contaminantes Emergentes: Sustancias de origen humano y otros componentes químicos afectan a la península antártica

  Los contaminantes emergentes también afectan a la península antártica Sustancias de origen humano y otros componentes químicos como retardantes de llama están cada vez más presentes en la Antártida al llegar a través del vertido de aguas residuales, la incineración de residuos y la generación dispersa de estos restos. Dos estudios analizan la presencia de estos contaminantes en aguas antárticas y advierten de las posibles consecuencias medioambientales. Servicio de Información y Noticias

Cerca de um terço dos solos do mundo está degradado devido a problemas de manejo, diz a FAO

  FAO: poluição contribui para perdas de bilhões de toneladas de solos por ano Um terço dos solos está degradado devido a problemas de manejo; agência da ONU destaca que resolver problema da poluição dos solos é essencial para combater mudança climática.   Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque. A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, está chamando a atenção para o problema da poluição dos solos. A agência organizou

Pesquisadores do IAG-USP destacam que Grande SP precisa controlar a emissão dos veículos a diesel

    Por Maria Fernanda Ziegler - Agência FAPESP Os números continuam alarmantes. Mas o fato é que, mesmo que esteja longe de ser boa, a qualidade do ar na Grande São Paulo melhorou nos últimos 30 anos graças, principalmente, ao controle de emissões. Foi o que constatou a revisão da qualidade do ar na megalópole de São Paulo, publicada na revista Atmospheric Environment. O estudo é um resumo dos resultados alcançados no Projeto

Top