Poluição atmosférica reduz em dois anos expectativa de vida em todo o mundo

  São Paulo supera em quase 3 vezes recomendação da OMS para material particulado no ar ClimaInfo Um relatório lançado ontem (28/07) mostra que a poluição do ar por material particulado reduz em dois anos a expectativa média de vida das pessoas em todo o mundo. O Air Quality Life Index (AQLI) destaca ainda que a poluição particulada era o maior risco para a saúde humana antes da COVID-19 -- e deve voltar

Impact of Covid-19 on carbon emissions

  The emergence of a novel coronavirus towards the end of 2019 that has led to the major ongoing Covid-19 pandemic has already taken its toll on people's lives, healthcare systems, and the commercial world. David Bradley, Inderscience Anecdotal evidence early in the "lockdowns" imposed by many governments seemed to suggest that pollution levels fell as road and air traffic density fell considerably and people began working from home across the world's major

Geoquímica Urbana e Uso dos Solos

Geoquímica Urbana e Uso dos Solos Artigo de Carlos Augusto de Medeiros Filho Figura 1 – Berlim (fonte: Pixabay) [EcoDebate] As Nações Unidas preveem que, em 2050, cerca de 6,3 bilhões de pessoas estarão vivendo em regiões urbanas (Nações Unidas, 2015). O grande crescimento populacional tem diretamente impactado a cobertura e o uso da terra e tem também modificado o ciclo biogeoquímico de muitos elementos. Thornton (1992) assinalou que a geoquímica urbana se refere

Máscaras e luvas, da proteção contra a COVID-19 ao novo impacto ambiental

  Artigo de Augusto Lima da Silveira [EcoDebate] Desde que a pandemia do novo coronavírus mudou a nossa forma de viver em sociedade, podemos observar comportamentos que há pouco seriam impensáveis. As medidas de proteção para minimizar o contágio pela COVID-19 já fazem parte da rotina de uma parcela significativa da população. Produtos como o álcool 70%, máscaras e luvas de proteção integram a lista de compras em lares do mundo todo.

Partículas microplásticas do trânsito chegam aos oceanos por transporte atmosférico

  Um novo estudo, publicado recentemente na Nature Communications , descreve como os microplásticos do tráfego rodoviário são transportados para os oceanos - e para regiões remotas como o Ártico. NILU – Norwegian Institute for Air Research* “Muitos já sabem que os rios depositam muitos microplásticos nos oceanos”, diz o cientista Nikolaos Evangeliou, do NILU - Instituto Norueguês de Pesquisa Aérea. "Neste estudo, descobrimos que uma quantidade semelhante dessas partículas acaba no oceano

Plantas que filtram o ar em ambientes internos

  Conexão com a natureza é fundamental para manter a saúde física e emocional Você sabia que a qualidade do ar é fundamental para manter a saúde e prevenir doenças? Viver e trabalhar em locais fechados podem causar dores de cabeça, irritação nos olhos e alergias. Uma alternativa para evitar desconfortos e elevar o bem-estar em casa ou no escritório é ter plantas naturais no ambiente. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS),

Califórnia bane veículos diesel, artigo de Vivaldo José Breternitz

  [EcoDebate] O estado da Califórnia baixou regras e a partir de 2045 não poderá mais ser vendido, no estado, caminhões movidos a combustíveis fósseis - sendo mais um passo rumo aos elétricos. É o primeiro estado americano a baixar regra desse tipo. A Califórnia já havia determinado que a partir de 2029 somente poderão entrar em circulação ônibus elétricos. A mudança será gradual: em 2035, pelo menos a metade dos veículos vendidos

Poluição microplástica se acumula mais fortemente em habitats costeiros

  A poluição microplástica em ambientes marinhos concentra-se mais em habitats costeiros, especialmente fiordes e estuários, de acordo com um novo artigo de revisão publicado na revista Marine Pollution Bulletin .  GRID-Arendal* Os ambientes do fundo do mar geralmente têm concentrações microplásticas muito mais baixas, embora existam pontos de acesso em que ocorrem concentrações elevadas de microplástico. O artigo foi escrito pelo geólogo marinho Peter Harris, diretor da GRID-Arendal. A cada ano, os humanos produzem 360 milhões de toneladas de

Pesquisadores revelam a conexão da poluição do ar com a mortalidade infantil

  O estudo da África Subsaariana constata que um aumento relativamente pequeno de partículas transportadas pelo ar aumenta significativamente as taxas de mortalidade infantil. Por Rob Jordan* Stanford Woods Institute for the Environment A poeira varrendo o sudeste dos EUA nos últimos dias alerta para um risco crescente de bebês e crianças em muitas partes do mundo. Um estudo liderado por Stanford concentra-se nesta poeira, que viaja milhares de quilômetros do deserto do Saara,

Esforço para combater o coronavírus deve motivar novas medidas para reduzir poluição do ar, artigo de Leo Cesar Melo

  [EcoDebate] Em diversas cidades do mundo, especialmente nas grandes metrópoles, a qualidade do ar melhorou significativamente com a implantação das medidas de isolamento social para conter o avanço da pandemia causada pela novo coronavírus, que em todo o planeta já infectou quase 9 milhões de pessoas e provocou a morte de mais de 400 mil. Antes mesmo de concentrar toda sua atenção na luta contra o Covid-19, uma das principais

Pandemia escancara necessidade de diminuição na emissão de poluentes

  Mesmo com o mundo todo parado, as atividades industriais em brusca queda e a circulação de veículos terrestres extremamente abaixo do normal por vários meses, em consequência da pandemia, a diminuição na emissão de gases poluentes ainda não chega perto dos níveis ideais. A estimativa é que, no mundo inteiro, a redução seja de 6% durante este ano. Porém, o cenário ideal de acordo com a Organização das nações unidas

Lições sobre o óleo que manchou o litoral do Brasil, por Alexander Turra e Robson Capretz

  [EcoDebate] As imagens das manchas de óleo que invadiram a costa brasileira e borraram nossas praias e mangues continuam vivas em nossas memórias. Mais de nove meses depois, muitas perguntas seguem sem respostas. Ainda não se sabe o local do acidente, quando o vazamento começou, nem a quantidade ou a origem do óleo. As investigações conduzidas pela Marinha trabalham com as hipóteses de derramamento acidental, intencional, operação ship to ship

Descarte de resíduos e proteção dos oceanos em tempos de pandemia COVID-19

  A pandemia de coronavírus (COVID-19), anunciada em março deste ano pela Organização Mundial da Saúde (OMS), ficará marcada por consequências ainda difíceis de mensurar. Inclusive para a saúde dos oceanos. O cenário é de incertezas e o afastamento social recomendado pelas autoridades sanitárias tem se transformado em um período de reflexão e mudança de hábito para a população. Por Camilla Valadares e Alethea Muniz Um dos principais problemas que já existia mesmo

Poluição do ar em São Paulo diminui 50% em virtude da quarentena

  Material particulado lançado ao ar é um poluente crítico e imperceptível ao olho nu Por Isabella Araújo O isolamento social para controlar o avanço do novo coronavírus vem ajudando a reduzir a emissão de poluentes como CO e NOx nas grandes cidades, segundo dados da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). A mudança na rotina dos paulistas reduziu a quantidade de veículos circulando na cidade e, consequentemente, a diminuição do

Plástico, pra que te quero!? artigo de Rodrigo Silva

  [EcoDebate] A Organização da Nações Unidas (ONU) estabeleceu o ano 2020 como o ANO DOS OCEANOS. Cobrindo cerca de 75% da superfície do planeta, eles são responsáveis por três serviços ecossistêmicos fundamentais à nossa sobrevivência: vasta biodiversidade, fornecimento de alimento e produção de oxigênio para o planeta (sim, os oceanos são o pulmão do planeta! Mas isso é assunto para outro momento). Apesar dessa importância fundamental, as ações antrópicas têm degradado

The Ocean Day – Evento on-line discute a preservação dos oceanos e o combate do lixo no mar

    The Ocean Day será realizado entre os dias 6 e 8 de junho com palestras de especialistas nacionais e internacionais. Programação será 100% on-line e gratuita. Por Carla Lins O período entre os anos de 2021 a 2030 foi instituído pela ONU como a Década dos Oceanos com o objetivo de elevar a consciência das pessoas sobre a extrema importância da conservação e uso sustentável dos oceanos. E foi inspirado neste objetivo

A estreita relação da qualidade do ar com o Coronavírus

  Como a poluição do ar agrava a pandemia e o que esta pode nos ensinar para enfrentar o problema Por David Tsai* Por cerca de um mês até o presente momento, a cidade de São Paulo tem vivido uma situação inusitada de drástica redução no nível da atividade de transporte em resposta ao advento do coronavírus. Assim como observado ao redor do mundo, aqui também começamos a perceber que a pandemia tem

O coronavírus mata mais em áreas com maior poluição do ar

  IHU As áreas geográficas e territoriais com uma atmosfera mais poluída são as que estão registrando uma maior mortalidade pela Covid-19. Isso é indicado por um estudo da Universidade de Harvard, no qual, pela primeira vez, é observada uma associação direta entre a poluição do ar e a incidência dessa doença. A reportagem é de Antonio Cerrillo, publicada por La Vanguardia, 08-04-2020. A tradução é do Cepat. O estudo conclui que pacientes com coronavírus em áreas que apresentavam altos níveis

O crescimento da pandemia de coronavírus e a redução da poluição ambiental, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“Só tenho para oferecer sangue, suor e lágrimas” Winston Churchill (às vésperas da entrada na segunda guerra mundial) [EcoDebate] A epidemia de coronavírus assustou a China nos meses de janeiro e início de fevereiro de 2020 e provocou a paralisação das atividades econômicas do gigante asiático. O resto do mundo olhou com curiosidade e certa angústia, mas não imaginou a possibilidade de um surto global. O índice Dow Jones da Bolsa de

Partículas em nanoescala – Plásticos invisíveis na água potável

  Por Jakob Thorington, Faculdade de Engenharia e Arquitetura de Voiland* Uma equipe de pesquisa da Universidade Estadual de Washington descobriu que as partículas em nanoescala dos plásticos mais usados tendem a se mover pelo suprimento de água, especialmente em água doce, ou se instalar em estações de tratamento de águas residuais, onde acabam como lodo, em aterros sanitários e frequentemente como fertilizante. Nenhum dos cenários é bom. "Estamos bebendo muito plástico", disse Indranil

Top