Bertold Brecht, a Democracia e a Extrema Direita

  Bertold Brecht, a Democracia e a Extrema Direita, artigo de Juacy da Silva [EcoDebate] Sempre é bom a gente tentar entender a realidade atual que nos cerca, sem perder de vista a caminhada da história, os acontecimentos que marcaram a vida de países e de gerações, o surgimento dos conflitos, das guerras e as razões que levam alguns grupos a tentarem impor suas crenças, suas ideologias e suas visões de mundo,

Não dá para esperar as eleições de 2022

    Não dá para esperar as eleições de 2022 Por Gilvander Moreira1 No Brasil, estamos imersos em uma gravíssima crise que afeta de diferentes formas as áreas política, econômica, social, ambiental, religiosa, agrária e urbana, entre outras. Estamos sob o sistema capitalista, máquina de moer vidas, que fomenta de muitas formas o egoísmo, a ganância, a usura, a competição, a concorrência, o egocentrismo, o individualismo e o consumismo, que desumaniza muitas pessoas e

Bolsonaro, a pandemia, o passado colonial e o cenário de 2022

    Bolsonaro, a pandemia, o passado colonial e o cenário de 2022. Entrevista especial com Bernardo Ricupero Professor usa o atual contexto da crise pandêmica para mostrar a relação do bolsonarismo com um passado ainda não resolvido e alerta que, a partir do que houve nos EUA, podemos ter problemas pós-eleições Por João Vitor Santos, IHU O Brasil nasce como uma colônia que é amplamente explorada, à base de trabalho escravo, para suprir as necessidades dos colonizadores europeus.

Biden, esperança e reconstrução

Biden, esperança e reconstrução, artigo de Juacy da Silva [EcoDebate] Nesta quarta feira, 20 de Janeiro de 2021, finalmente, tomarão posse o 46º presidente eleito Joe Biden e sua Vice Kamal Harris, pondo fim a um período tumultuado da vida politica e das relações sociais nos EUA, liderado pelo controvertido Donald Trump, um ou talvez o maior expoente da direita e extrema direita tanto nos EUA quanto ao redor do mundo. Quando

Redes sociais influenciam voto de 45% da população

  Redes sociais influenciam voto de 45% da população Por Rodrigo Baptista, Agência Senado Uma pesquisa de opinião do Instituto DataSenado aponta a influência crescente das redes sociais como fonte de informação para o eleitor, o que pode em parte explicar as escolhas dos cidadãos nas eleições de 2018. Quase metade dos entrevistados (45%)  afirmaram ter decidido o voto levando em consideração informações vistas em alguma rede social. E a principal fonte de informação

Católicos decidem no Rio e evangélicos em São Paulo e Recife

  Eleições 2020 - Católicos decidem no Rio e evangélicos em São Paulo e Recife Artigo de José Eustáquio Diniz Alves [EcoDebate] O segundo turno das eleições municipais de 2020 terminou neste domingo, dia 29 de novembro. Ainda é cedo para se fazer uma análise mais completa, mas os números abaixo objetivam fazer uma breve análise preliminar da intenção de voto, por religião, em 3 capitais. A pauta religiosa teve bastante destaque

As mulheres nas eleições municipais de 2020

  As mulheres nas eleições municipais de 2020 “É muito mais difícil matar um fantasma do que matar uma realidade” Virginia Woolf (1882-1941) Artigo de José Eustáquio Diniz Alves [EcoDebate] O Brasil é um dos países do mundo com maior desigualdade de gênero na política e ocupa o 143º lugar no ranking da Inter-Parliamentary Union (IPU), pois na Câmara Federal há somente 15% de mulheres ocupando os assentos de deputadas federais. Com 50% ou mais

Mulheres são mais de 30% das candidaturas das eleições 2020

  Mulheres são mais de 30% das candidaturas das eleições 2020 Artigo de José Eustáquio Diniz Alves [EcoDebate] O Brasil sempre foi um dos países mais desiguais do mundo, apresentando grandes iniquidades de gênero ao longo da história, pois as mulheres eram relegadas à condição de cidadãs de segunda classe. No período colonial, a economia de base agrária e primária, tinha como fundamento a grande propriedade rural, a mão-de-obra escrava, a família tradicional,

Vote pela democracia, pela justiça, paz e pela vida!

    Vote pela democracia, pela justiça, paz e pela vida! artigo de Gilvander Moreira Vote pela democracia, pela justiça, paz e pela vida! Por Gilvander Moreira1 Que beleza que o povo estadunidense na última eleição derrotou Donald Trump, chefe da barbárie, adepto de Mussolini e Hitler e elegeu os candidatos do partido opositor, Joe Biden e Kamala Devi Harris como presidente e vice, respectivamente, dos Estados Unidos, sendo ela a primeira mulher negra

A derrota de Trump também atinge o bolsonarismo

  A derrota de Trump também atinge o bolsonarismo Artigo de Rodrigo Augusto Prando [EcoDebate] Ao fim e ao cabo das eleições americanas, com a vitória de Joe Biden, um sentimento tomou conta do Presidente Bolsonaro e dos bolsonaristas: medo. Apostaram, indevidamente, todas suas fichas em Trump. Deveriam - o presidente, seus filhos e ministros - manter a salutar distância diplomática e protocolar em relação às eleições de outra nação. Trump foi, para a

A cueca do senador e o foro privilegiado

A cueca do senador e o foro privilegiado Artigo de Juacy da Silva [EcoDebate] “O foro privilegiado é o guarda-chuva dos malandros de colarinho branco”, assim se pronunciou o Senador Álvaro Dias, em entrevista concedida ao programa Entrevista CNN, na madrugada/manhã de 20 de Outubro de 2020, quando a referida entrevista versava sobre o “imbroglio” do Senador Chico Rodrigues e sua cueca, recheada de dinheiro vivo. Disse ainda o referido Senador (Álvaro Dias)

A normalização do anormal

  A normalização do anormal Artigo de Rodrigo Augusto Prando [EcoDebate] Desde os primórdios da Sociologia há uma fundamental preocupação com a normalidade social, com temas ligados à ordem social, a harmonia funcional das instituições. Assim, o já famigerado termo "novo normal" reclama atenção especial, pois há implicações sociais e políticas em seu uso e desdobramentos. Vejamos. Lá por meados de março, com a certeza da chegada da pandemia no país, houve, inicialmente, afirmações

Eleições Municipais e Meio Ambiente – Responsabilidade de todos

Eleições Municipais e Meio Ambiente - Responsabilidade de todos Artigo de Juacy da Silva [EcoDebate] Estamos em vias de substituir os velhos paradigmas de desenvolvimento que não levavam em conta nem a exclusão de milhões de pessoas e nem a degradação ambiental, por novos paradigmas da sustentabilidade, da economia verde, do combate sem tréguas `as mudanças climáticas, ou seja, pela ECOLOGIA INTEGRAL, conforme tem enfatizado o Papa Francisco. Esses novos paradigmas devem estar

Inibir lutas necessárias é erro político grave, artigo de Gilvander Moreira

Inibir lutas necessárias é erro político grave Por Gilvander Moreira1 [EcoDebate] O dia 07 de junho de 2020, um domingo, poderá entrar para a história do povo brasileiro como o dia do início das lutas massivas e organizadas que puseram fim ao desgoverno federal de Jair Bolsonaro genocida, ao fascismo, ao racismo e à engrenagem capitalista superexploradora, machista, homofóbica, ecocida, etnocida e antiecológica. Houve lindas e inspiradoras manifestações populares em vinte capitais.

A falácia da MP de Bolsonaro, que previa a suspensão de contratos de trabalho, artigo de Maria Inês Vasconcelos

    [EcoDebate] Dentro do pacote de medidas que visam conter os abalos econômicos causados pelo efeito coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro, em 22 de março, editou uma medida provisória (MP 927) que permite, entre tantas mudanças nas relações empregatícias, que contratos de trabalho e salários sejam suspensos por até quatro meses - período que dura a declaração de calamidade pública. No entanto, frente às fortes críticas recebidas, o presidente voltou atrás

Motivos e consequências da aceleração da transição religiosa no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  Motivos e consequências da aceleração da transição religiosa no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Transição religiosa - Todo grande processo de mudança de comportamento de massa gera dúvidas, anseios e medos... “É o momento de a Igreja ocupar a nação. É o momento de a Igreja dizer à nação a que viemos. É o momento de a Igreja governar” (Damares Alves, maio de 2016) [EcoDebate] O jornal Folha de São Paulo

O avanço dos evangélicos, artigo de Gaudêncio Torquato

  O avanço dos evangélicos, artigo de Gaudêncio Torquato [EcoDebate] BBB: bancadas do boi, da bala e da bíblia. A sigla é bastante conhecida e tende a ganhar mais fôlego nos próximos tempos. Fiquemos com esta última, começando com a hipótese: a bancada evangélica vai se fortalecer no governo Bolsonaro, na esteira do crescimento do evangelismo no Brasil. Um conjunto de elementos sinaliza nessa direção: vínculo forte que os evangélicos têm com os

Presidencialismo de Coalizão e o poder de quem tem caneta cheia, artigo de Gaudêncio Torquato

  Presidencialismo de Coalizão e o poder de quem tem caneta cheia, artigo de Gaudêncio Torquato [EcoDebate] O presidencialismo de coalizão no Brasil terá vida longa? A interrogação leva em conta a propensão do atual governo em manter certa distância dos representantes políticos temendo pressão por espaços e cargos na estrutura. A esfera parlamentar, observa-se, quer ganhar proeminência e maior independência do Executivo. Aliás, nessa direção age o presidente da Câmara, Rodrigo

Pequenas lições de grandeza, artigo Gaudêncio Torquato

   [EcoDebate] Em Seis Propostas para o Próximo Milênio, palestras que pronunciaria durante o ano letivo de 1985-86, na Universidade de Harvard, se a morte súbita não interrompesse sua obra, Ítalo Calvino, o grande escritor italiano nascido em Cuba, tratou de objetos literários que gostaria que a humanidade preservasse na nova era.     Trata-se de uma das mais belas coletâneas de pensamento a respeito da complexidade das estruturas narrativas. Apesar de

Em ambiente de polarização, o caminho do meio é o maior, artigo de Gaudêncio Torquato

    Em ambiente de polarização, o caminho do meio é o maior, artigo de Gaudêncio Torquato [EcoDebate] As tendências parecem fortes: a polarização entre direita e esquerda, mais precisamente, entre os polos extremos do arco ideológico, não será atenuada. Ao contrário, a probabilidade é que se expanda sob a hipótese de que é do alto interesse do bolsonarismo manter a chama acesa como forma de manter permanente mobilização de exércitos simpatizantes do

Top