Belo Monte: A sociedade brasileira não tem consciência do seu custo social e ambiental

  Belo Monte - A sociedade brasileira não tem consciência do seu custo social e ambiental. Entrevista especial com Sônia Magalhães IHU Entre todas as violações geradas pela construção de Belo Monte nos últimos cinco anos, quando as obras foram iniciadas no Rio Xingu, a maior delas, “a partir da qual várias outras foram desencadeadas, eu diria que é o não reconhecimento da população tradicional”, diz a antropóloga Sônia Magalhães, membro da Sociedade

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros perdeu 90% da sua extensão em cinco décadas

  Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros perdeu 90% da sua extensão em cinco décadas. Entrevista especial com Mercedes Bustamante IHU     Criado com uma área de 625 mil hectares em 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, localizado em Goiás, mantém apenas 10% da sua área original, e hoje está reduzida a 65 mil hectares, informa a bióloga Mercedes Bustamante à IHU On-Line, na entrevista a seguir, concedida por e-mail. Diante desse

A rápida ratificação do Acordo de Paris é um bom problema. Entrevista com Carlos Rittl

  IHU “Se o mundo terá que se adaptar a Donald Trump à frente da presidência, na agenda de clima e em vários outros temas, Trump também terá que se adequar à realidade, que é indiscutível, da transição energética”, diz Carlos Rittl à IHU On-Line, na entrevista concedida por telefone, após participar da COP 22, em Marrakesh. Segundo ele, a avaliação entre os membros da Conferência Climática é de que possivelmente a eleição do

O império dos lixões e o custo Brasil do lixo

    O império dos lixões e o custo Brasil do lixo. Entrevista especial com Maurício Waldman Por Patricia Fachin, IHU A notícia divulgada pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo – TCE, de que uma em quatro cidades paulistas tem lixões a céu aberto, evidencia que “estamos diante de um problema estrutural e institucional de gestão, demonstrando a inoperância do Estado em nível local, regional e nacional, à qual eu também

Acordo de Paris é mais sólido que o de Kyoto

  Acordo de Paris é mais sólido que o de Kyoto. Entrevista especial com Pedro Telles “A discussão sobre mudanças climáticas já atingiu um grau de importância geopolítica internacional importante, e vários países, como China, França e Brasil, se manifestaram dizendo que seguirão adiante com o Acordo de Paris. Disseram também que um retrocesso dos EUA em relação ao acordo não será bem-vindo”, diz Pedro Telles à IHU On-Line, na entrevista a seguir, concedida

Negligência e corrupção explicam o desastre de Mariana. Entrevista com Apolo Heringer Lisboa

  A denúncia de homicídio qualificado feita pelo Ministério Público Federal - MPF à Samarco por conta do desastre envolvendo o rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, Minas Gerais, evidencia e contextualiza “a relação de promiscuidade que existe entre o estado de Minas Gerais e a atividade privada das mineradoras no estado”, diz Apolo Heringer  Lisboa à IHU On-Line, na entrevista a seguir, concedida por telefone. Segundo ele, a denúncia

Grandes obras: impacto e retratos da desigualdade do acesso à água no Semiárido brasileiro. Entrevista com João Suassuna

  Há décadas, os efeitos da seca no Semiárido brasileiro têm sido pauta no debate de ações governamentais que objetivam sanar os efeitos da escassez de água para a população que vive na região. Neste contexto, a açudagem, irrigação e perfuração de poços são algumas das obras que costumeiramente são promessas de resolução do problema nos tantos municípios que compõem o Semiárido. Além destas, há ainda a transposição do Rio São Francisco cujas

Mudanças climáticas poderão aumentar o quadro de doenças tropicais nos próximos 40 anos

  Mudanças climáticas poderão aumentar o quadro de doenças tropicais nos próximos 40 anos. Entrevista especial com Ulisses Confalonieri O aumento de temperatura associado a períodos de chuvas e secas extremas, conforme projetam os estudos sobre as mudanças climáticas, poderão gerar um impacto na proliferação de doenças causadas por mosquitos transmissores. Segundo o professor Ulisses Confalonieri, “em 2040 se estima que a temperatura aumentará 2,5 graus em alguns municípios do Paraná” e, por

A construção de outro modelo de financeirização depende de uma governança ambiental. Entrevista com Amyra El Khalili

  Para construir um modelo de finanças diferente, que esteja a favor da vida, é preciso antes de tudo distinguir o significado de dois termos: “financiar” e “financeirizar”, diz a economista Amyra El Khalili à IHU On-Line. Financiar, exemplifica, consiste em “proporcionar um empréstimo para que a costureira compre uma máquina de costura e consiga pagá-la nas condições de sua produção”. Financeirizar, de outro lado, “significa emprestar o dinheiro para a

Vivemos uma ‘ordem de guerra contra a Terra’. Entrevista com Vandana Shiva

  Vandana Shiva, física, filósofa, ativista ecofeminista, nasceu no vale de Doon, no Himalaia. Seus pais faziam parte do movimento independentista da Índia. Apesar das dificuldades por ser mulher, estudou física e depois filosofia. Nos anos 1970, somou-se ao movimento Chipko, constituído por mulheres que se abraçaram às árvores de uma mata para evitar que fossem cortadas. Em fins dos anos 1980, criou o Movimento Navdanya, para defender as sementes nativas

O Brasil precisa de uma revolução no que tange ao saneamento ambiental

    “O Brasil precisa de uma revolução no que tange ao saneamento ambiental”. Entrevista especial com Fernando Rosado Spilki “Lamentavelmente tanto a água de poço quanto amostras de água mineral engarrafada apresentam contaminantes. À luz da regulação atual, muitas dessas amostras passariam como seguras, mas quando se analisam outros parâmetros que não os previstos em legislação, apresentam contaminação”, adverte o pesquisador. Quando se trata de analisar a qualidade da água que consumimos, “a inclusão

Pulverização de pesticidas por aeronaves não é solução para combater o Aedes Aegypti

  Pulverização de pesticidas por aeronaves não é solução para combater o Aedes Aegypti. Entrevista especial com Wanderlei Pignati “O uso de veneno não é indicado para erradicar o mosquito Aedes Aegypti; é preciso combater os criadouros, os focos e fazer saneamento básico”, adverte o pesquisador. Imagem: Leve Bem   A Lei 13.301/2016, sancionada pelo presidente interino, Michel Temer, a qual autoriza o uso de aviões para a pulverização de substâncias químicas a fim de

Top