A Terra perde dois terços dos animais selvagens em 50 anos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “Cada pôr-do-sol que vejo me inspira o desejo de partir para um oeste tão distante e belo quanto aquele onde o sol sumiu” Henry Thoreau (200 anos de seu nascimento)     [EcoDebate] O Antropoceno (Era da dominação humana sobre o Planeta) tem sido péssimo para a sobrevivência das espécies não humanas e para os ecossistemas. Quanto mais crescem as atividades antrópicas mais diminuem as áreas selvagens e a biodiversidade. O relatório Planeta Vivo

Agrobiodiversidade, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] FERNANDES et al (2014) asseveram que rápidas mudanças sociais e os processos de aculturação econômica e social afetam fortemente a agrobiodiversidade de propriedades. A fim de identificar a agrobiodiversidade presente em propriedades em processos de transição agroecológica, investigam as plantas alimentícias, medicinais e condimentares presentes nos sistemas de produção familiares utilizando questionários semiestruturados. Observam ainda que plantas alimentícias são as mais consumidas quando comparadas com medicinais e condimentares. E que espécies

Desmatamento na Amazônia causou morte ou deslocamento de mais de 4 milhões de aves

    Maíra Heinen, da Radioagência Nacional Mais de 4 milhões de aves e cerca de 140 mil macacos foram mortos ou tiveram que se deslocar por causa do desmatamento em unidades de conservação na Amazônia. Os dados são da organização Imazon – Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia. http://audios.ebc.com.br/6b/6bf9b921f91448695c61916f2ce17565.mp3   O estudo divulgado pela instituição, nesta semana, mostra que entre 2012 e 2015, de todo o desmatamento na Amazônia, o percentual das ocorrências

Brasil no Antropoceno: desenvolvimento predatório e políticas ambientais, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  [Tema: Antropoceno] [EcoDebate] O Brasil é o quinto país em extensão territorial e em população. Com uma grande riqueza ecossistêmica possui uma biocapacidade superior à Pegada Ecológica, sendo considerado uma das potências em reservas ambientais mais importantes do mundo. Seu papel geoestratégico nas decisões ambientais têm sido crucial para as negociações globais em curso em torno da mudança climática e do Acordo de Paris. Mas embora o Brasil seja visto internacionalmente como

Proteção da biodiversidade é uma questão de direitos humanos, aponta relator da ONU

  ONU O mundo caminha rumo à sexta onda de extinção global de espécies, ameaçadas cada vez mais pela destruição de habitats naturais, pela caça ilegal e pelas mudanças climáticas. O alerta é do especialista independente da ONU, John Knox, que lembrou nesta semana que (1) que os direitos a alimentação, saúde, água e vida dependem da biodiversidade. “Estamos indo em direção à sexta onda global de extinção de espécies na história do

Plataforma integrará dados sobre a biodiversidade e serviços ecossistêmicos no Brasil

  Por Elton Alisson, da Agência FAPESP     Um grupo de mais de 50 pesquisadores brasileiros, ligados às principais universidades e instituições de pesquisa do país, reunirá e sintetizará os dados disponíveis sobre a biodiversidade e serviços ecossistêmicos (como polinização e proteção de recursos hídricos) no Brasil para elaborar o primeiro diagnóstico nacional sobre esses temas. Eles integram a Plataforma Brasileira sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (BPBES, na sigla em inglês), lançada oficialmente na

A crise pela redução das florestas e da vida selvagem

  Caros colegas, Este breve ensaio (http://voices.nationalgeographic.com/2017/02/08/reversing-empty-forest-syndrome-in-southeast-asia/) e o arquivo anexo [ Wildlife-snaring crisis in Asian forests : 170216 Asian snaring crisis] sublinham uma crescente crise ambiental - um tsunami silencioso - a redução da vida selvagem em muitas florestas do mundo. Tendo acabado de voltar do Congo, posso atestar a rapidez com que este tsunami está se espalhando. Onde uma vez que somente os pigmeus caçaram, hoje, os abatedouros industriais, os construtores

Latest research on habitat fragmentation / Últimas pesquisas sobre a fragmentação de habitats

    Caros Colegas, Gostaria de chamar a sua atenção para uma edição especial da Ecography sobre a perda de habitat e fragmentação - o maior motor global de perda de espécies - editado por Nick Haddad e colegas. Você pode ler ou baixar livremente qualquer dos artigos, incluindo uma excelente síntese de Haddad et al., Neste link: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/ecog.2017.v40.i1/issuetoc Tom Lovejoy, fundador do Projeto de Dinâmicas Biológicas do Fragmento Florestal no Brasil, considerou como

Importância do papel das populações tradicionais nas ações de conservação da agrobiodiversidade

    Do Jornal da Unicamp, nº 677 No Brasil, assim como no restante do mundo, os bancos de germoplasma, unidades que armazenam recursos genéticos de plantas, não constituem instrumentos de conservação da agrobiodiversidade se não estiverem associados a outras ações de preservação que levem em conta o papel das populações tradicionais e os seus sistemas de cultivo. A constatação faz parte da tese de doutorado da antropóloga Laura Rodrigues Santonieri, defendida em

Mudanças climáticas provocam extinção local da biodiversidade, artigo de Reinaldo Dias

    [EcoDebate] Que o aquecimento global está ameaçando a existência de diversas espécies de animais e aves é algo conhecido e apontado por inúmeros estudos. Ocorre que o fenômeno é mais grave do que se supunha, como apontam os resultados de pesquisa recente. Em estudo publicado na revista Plos Biology em sua edição de 08 de dezembro deste ano fica evidenciado que quase a metade (47%) das espécies de animais e plantas

Fragmentação e degradação de habitats reduz a diversidade de insetos polinizadores

  Fragmentação e degradação de habitats reduz a diversidade de insetos polinizadores. Entrevista especial com Cássio Alencar Nunes IHU Apesar de a “crise de polinizadores” no Brasil ainda não ser comparável à situação desses insetos nos EUA e na Europa, “é preocupante que, ao longo de todo o país, adotemos práticas que são extremamente perigosas para esses insetos e que foram apontadas globalmente como as principais causas das crises de polinizadores”, adverte o

Incêndios na Floresta Amazônica acarretam uma redução de 94% das espécies de árvores

  Incêndios na Floresta Amazônica acarretam uma redução de 94% das espécies de árvores. Entrevista especial com Erika Berenguer IHU A área de queimada em quatro municípios do Pará — Santarém, Belterra, Mojuí dos Campos e Uruará — foi de “7.400 km2, afetando 12% da Floresta Nacional do Tapajós, uma das Unidades de Conservação mais estudadas do país”, informa Erika Berenguer à IHU On-Line. Segundo ela, “só a área queimada nesses quatro municípios

Top