EcoDebate: Índice da edição nº 3.287, de 20/09/2019

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Rebelião da Extinção, Emergência Climática e a Greve Global pelo Clima, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Em ambiente de polarização, o caminho do meio é o maior, artigo de Gaudêncio Torquato Pesquisa revela que 1 de cada 5 brasileiros é consumidor de produtos orgânicos, artigo de Ming Liu Desmatamento na Amazônia aumenta 63% em agosto deste ano, segundo Imazon Amazônia: Comunidades ribeirinhas criam animais em modelo alinhado com conservação

Rebelião da Extinção, Emergência Climática e a Greve Global pelo Clima, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “Eu clamo não já por governo nenhum, mas imediatamente por um governo melhor.” Henry Thoreau (1817-1862)   Greta Thunberg em protesto em Nova York em frente ao prédio da ONU https://www.facebook.com/gretathunbergsweden/   [Ecodebate] O movimento “Rebelião da Extinção”, inspirado nas ideias de Henry Thoreau, utiliza a resistência pacífica (não-violenta) e a desobediência civil para engajar as pessoas na luta contra o colapso climático e ambiental, evitando o holocausto ecológico e o risco de extinção da raça

Em ambiente de polarização, o caminho do meio é o maior, artigo de Gaudêncio Torquato

    [EcoDebate] As tendências parecem fortes: a polarização entre direita e esquerda, mais precisamente, entre os polos extremos do arco ideológico, não será atenuada. Ao contrário, a probabilidade é que se expanda sob a hipótese de que é do alto interesse do bolsonarismo manter a chama acesa como forma de manter permanente mobilização de exércitos simpatizantes do capitão. No contraponto, os enclaves oposicionistas, divididos entre partidos, tentarão integrar suas forças e apostar

Pesquisa revela que 1 de cada 5 brasileiros é consumidor de produtos orgânicos, artigo de Ming Liu

    [EcoDebate] Recente pesquisa realizada pelo Organis-Brain, nas cinco regiões do país, apontou que 1 de cada 5 brasileiros consome orgânicos e consegue fazer escolhas mais conscientes de produtos mais seguros, com rastreabilidade certificada e em conformidade com a Lei 10.831/2003, garantindo menor impacto ao meio ambiente, quando comparado com a produção de alimentos convencionais, e aumento da cultura de preservação de nossos biomas. Num mundo, com cada vez mais críticas aos

Desmatamento na Amazônia aumenta 63% em agosto deste ano, segundo Imazon

  A partir deste mês, o Sistema de Alerta de Desmatamento começa a monitorar também a parte da Amazônia que pertence ao estado do Maranhão Por Stefânia Costa Em agosto deste ano, o Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), divulgado pelo Imazon, detectou 886 km² de desmatamento em toda a Amazônia Legal. Esse número representa um aumento de 63% em relação a agosto de 2018, quando o desmatamento somou 545 km². No último

Amazônia: Comunidades ribeirinhas criam animais em modelo alinhado com conservação da biodiversidade do bioma

  Com as queimadas que ainda afligem flora e fauna de parte da Amazônia, o impacto ambiental da indústria agropecuária brasileira veio à tona em noticiários e meios de discussão.   Em contraste com as grandes áreas desmatadas para a criação de gado e cultivo de monoculturas, comunidades ribeirinhas de regiões do interior da Amazônia também criam bois e cultivam vegetais. Surge, então, o questionamento: seria possível uma criação de gado de menor

O inédito respaldo do Planalto a garimpeiros ilegais em áreas protegidas na Amazônia

  IHU Representantes de garimpeiros, que atuam em exploração ilegal em áreas da floresta nacional do Crepori, no Pará, receberam um inédito respaldo do Governo Federal, ao se reunir com várias autoridades do primeiro escalão do Planalto. Entre elas estavam o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, e do Meio Ambiente, Ricardo Salles. O grupo conseguiu o encontro em Brasília, realizado nesta segunda-feira, 16 de setembro, após bloquear, na semana passada, trecho

EcoDebate: Índice da edição nº 3.286, de 19/09/2019

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Ecologia dos Saberes segundo Boaventura Santos, Parte 4/4 (Final), artigo de Roberto Naime Menos mortes violentas não quer dizer mais segurança, artigo de Marco Antônio Barbosa A poluição por fungicidas pode ter consequências imprevisíveis para o funcionamento dos sistemas aquáticos A 'Amazônia sem Lei' e a Greve Mundial pelo Clima, 20/9 Documentário 'River of Gold' [Rio do Ouro] denuncia mais uma ameaça à Amazônia: a mineração ilegal de ouro Secretaria de

Ecologia dos Saberes segundo Boaventura Santos, Parte 4/4 (Final), artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] SANTOS (2007) relaciona que a ecologia de saberes é basicamente uma contra-epistemologia. O impulso básico resulta das novas emergências políticas de povos do outro lado da linha como parceiros da resistência. Em termos geopolíticos, trata-se de sociedades periféricas do sistema-mundo moderno onde a crença na ciência moderna é mais tênue, onde é mais visível a vinculação da ciência moderna aos desígnios da dominação colonial e imperial, onde conhecimentos não-científicos e

Menos mortes violentas não quer dizer mais segurança, artigo de Marco Antônio Barbosa

    [EcoDebate] Neste mês foi divulgada a 13ª Edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, feito por pesquisadores do Fórum e do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). O documento aponta uma queda de mais de 10% no número de mortes violentas em 2018 se comparado com o ano anterior. A menor taxa de criminalidade desde 2014. Então, temos motivos para comemorar, certo? Infelizmente ainda não é bem assim. Apesar da melhora,

A poluição por fungicidas pode ter consequências imprevisíveis para o funcionamento dos sistemas aquáticos

  Os fungicidas são usados mundialmente na agricultura. Grandes quantidades de fungicidas aplicados vazam para as águas superficiais próximas. Os efeitos dessas substâncias nos organismos aquáticos são pouco compreendidos e não são abordados especificamente nos quadros regulamentares da UE no que diz respeito à proteção das águas superficiais. Forschungsverbund Berlin e.V.*   Foto: Pixabay/FV-Berlin   Cientistas do Leibniz-Institute of Freshwater Ecology and Inland Fisheries (IGB) descobriram que a poluição por fungicidas pode ter consequências imprevisíveis, mas

A ‘Amazônia sem Lei’ e a Greve Mundial pelo Clima, 20/9

  Prezadas e Prezados, Envio abaixo notícia sobre o Relatório do Human Rights Watch. Bolsonaro e seus cúmplices devem responder por crimes contra a humanidade e ecocídio nos tribunais nacionais (se ainda houver Justiça entre nós) e internacionais. É dever nosso divulgar esses fatos à sociedade e envidar esforços organizados para que a destruição cesse e para que esses crimes não fiquem impunes. O primeiro passo é marcar presença maciça no dia 20, em

Top