Desmatamento na Amazônia aumenta emissões e ameaça metas climáticas do Brasil

  Desmatamento na Amazônia aumenta a emissões e põe em risco metas climáticas do Brasil Derrubada de florestas para conversão em pastagens tem impulsionado as emissões de gases de efeito estufa do país, apontaram participantes de webinário promovido pela FAPESP Elton Alisson | Agência FAPESP – O aumento do desmatamento ilegal na Amazônia põe em risco as metas de redução das emissões de gases de efeito estufa (GEE) estabelecidas na Contribuição Nacionalmente Determinada

A maioria não reconhece a ligação da pecuária com doenças infecciosas

  A maioria não reconhece a ligação da pecuária com doenças infecciosas As pessoas culpam o comércio de animais selvagens ou a falta de preparação do governo para surtos epidêmicos, em oposição à pecuária e ao consumo global de carne Por Olivia Miller*, University of Kent Uma nova pesquisa liderada pela Escola de Psicologia da Universidade descobriu que as pessoas não reconhecem o papel da agricultura industrial em causar doenças infecciosas. O estudo publicado pela

Reflorestamento não é capaz de reduzir sozinho temperatura do planeta

    Reflorestamento não é capaz de reduzir sozinho temperatura do planeta Qualquer habilidade que as soluções baseadas na natureza tenham para baixar as temperaturas globais não ameniza em nada a necessidade de que o mundo atinja o mais rapidamente possível o pico de emissões Pesquisadores de Oxford examinam papel da natureza em planos de emissão zero de empresas e países e alertam para a necessidade de ações de curto prazo Por Cínthia Leone*, Instituto

A mudança climática ameaça um terço da produção global de alimentos

  A mudança climática ameaça um terço da produção global de alimentos Novas estimativas mostram que, se os gases de efeito estufa continuarem crescendo nas taxas atuais, grandes regiões correrão o risco de serem empurradas para condições climáticas nas quais nenhum alimento é cultivado hoje Sabe-se que as mudanças climáticas afetam negativamente a agricultura e a pecuária, mas há pouco conhecimento científico sobre quais regiões do planeta seriam afetadas ou quais seriam os

EcoDebate: Índice da edição nº 3.662, de 14/05/2021

  EcoDebate: Índice da edição nº 3.662, de 14/05/2021 Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394 Texto e Áudio Racismo Ambiental e Violência Estatal-Corporativa: A Flexibilização do Licenciamento Ambiental Imunologia, natureza e saúde: reverberações fisiológicas de um problema ecológico Paulo Guedes é o ícone da 'economia que mata' Como os ácidos orgânicos são formados na atmosfera Emissões de carbono de barragens são subestimadas Derretimento do manto de gelo da Antártica pode desencadear reação em cadeia Grilagem de florestas públicas responde por um

Racismo Ambiental e Violência Estatal-Corporativa: A Flexibilização do Licenciamento Ambiental

  Racismo Ambiental e Violência Estatal-Corporativa: A Flexibilização do Licenciamento Ambiental, artigo de Karine Agatha França São as populações da terra, com suas sabedorias e conhecimentos saqueados pela branquitude no processo de colonização que sustentam a única possibilidade de vida neste planeta Na madrugada desta quinta-feira (13/05), a Câmara dos Deputados aprovou o texto-base do projeto de lei nº 3729/2004, que flexibiliza as regras de licenciamento ambiental. A discussão do projeto ocorre desde

Imunologia, natureza e saúde: reverberações fisiológicas de um problema ecológico

  Imunologia, natureza e saúde: reverberações fisiológicas de um problema ecológico, artigo de Lázaro Araujo Santos A destruição da biodiversidade leva à menor interação entre as microbiotas ambiental e humana. Por sua vez, isso pode levar à disfunção imune e à perda de mecanismos de tolerância em humanos   Imunologia, natureza e saúde: reverberações fisiológicas de um problema ecológico Lázaro Araujo Santos¹ Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Formação de Professores – UESB Quando

Paulo Guedes é o ícone da ‘economia que mata’

  Paulo Guedes é o ícone da 'economia que mata', artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Se existe alguma virtude no atual governo é que ele é absolutamente transparente nos seus propósitos, ainda que seja uma perversa transparência. Como diz Jesus sobre os mercenários em uma de suas falas: “O ladrão vem apenas para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente” (João 10,10). Bolsonaro avisou na campanha que

Como os ácidos orgânicos são formados na atmosfera

  Como os ácidos orgânicos são formados na atmosfera A acidez da atmosfera é cada vez mais determinada pelo dióxido de carbono e pelos ácidos orgânicos, como o ácido fórmico. O segundo deles contribui para a formação de partículas de aerossol como precursor de gotas de chuva e, portanto, impactam no crescimento de nuvens e no pH da água da chuva. Em modelos anteriores de química atmosférica de formação de ácido, o ácido fórmico

Emissões de carbono de barragens são subestimadas

  Emissões de carbono de barragens são consideravelmente subestimadas Barragens liberam duas vezes mais carbono do que armazenam. Os pesquisadores reavaliam o papel das barragens no ciclo global do carbono Entre outras coisas, as barragens servem como reservatórios de água potável, irrigação agrícola ou operação de usinas hidrelétricas. Até agora, presumia-se que as barragens agiam como estoques líquidos de carbono. Pesquisadores do Centro Helmholtz de Pesquisas Ambientais (UFZ), juntamente com cientistas espanhóis do

Derretimento do manto de gelo da Antártica pode desencadear reação em cadeia

  Derretimento do manto de gelo da Antártica pode desencadear reação em cadeia A camada de gelo da Antártica era ainda mais instável no passado do que se pensava e, às vezes, possivelmente chegou perto do colapso, sugerem novas pesquisas . As descobertas levantam preocupações de que, em um clima mais quente, expor a terra sob o manto de gelo, à medida que ele recua, aumentará as chuvas na Antártida, e isso poderia

Grilagem de florestas públicas responde por um terço do desmatamento na Amazônia

  Grilagem de florestas públicas responde por um terço do desmatamento na Amazônia Um novo estudo do IPAM (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia) mostra que a invasão de florestas públicas não destinadas impulsiona o desmatamento ilegal e as queimadas na região. No primeiro trimestre de 2021, um terço da derrubada registrada na Amazônia aconteceu nessas áreas, segundo dados do sistema Deter. Por Cristina Amorim, IPAM Um dos indícios da grilagem é o aumento do

Reação de organizações da sociedade civil à aprovação do PL 3729

  Reação de organizações da sociedade civil à aprovação do PL 3729 Por Solange A. Barreira A nova Lei Geral do Licenciamento Ambiental foi aprovada na madrugada desta quinta-feira, 13/5, pelo plenário da Câmara dos Deputados. O deputado federal Neri Geller (Progressistas-MT), vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, foi o relator do substitutivo do Projeto de Lei 3729, de 2004. A proposta do texto principal teve 300 votos a favor e 122 contra. A

EcoDebate: Índice da edição nº 3.661, de 13/05/2021

  EcoDebate: Índice da edição nº 3.661, de 13/05/2021 Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394 Texto e Áudio   Covid-19 e a Transição do Mercado do Agronegócios para Sistemas Alimentares Sustentáveis Bahia: Autoridades ainda não se pronunciaram publicamente sobre os frequentes tremores de terra em Jacobina Não se combate a corrupção sem combater o garimpo ilegal Manter corpos d'água despoluídos produz benefícios econômicos locais e globais Apenas 17% dos rios globalmente fluem livremente e são protegidos Reação de organizações da sociedade

Covid-19 e a Transição do Mercado do Agronegócios para Sistemas Alimentares Sustentáveis

  Covid-19 e a Transição do Mercado do Agronegócios para Sistemas Alimentares Sustentáveis, artigo de José Rodrigues Filho Nesta Pandemia devastadora, o governo brasileiro e a elite empresarial levaram nosso povo a tamanha crueldade desumana, diferentemente de outros países, priorizando a economia em detrimento da saúde e proteção da vida. Muitos países adotaram medidas de lockdown, isolando pessoas com o vírus e seus contatos, distanciamento social, trabalho em casa, dando um sinal claro

Bahia: Autoridades ainda não se pronunciaram publicamente sobre os frequentes tremores de terra em Jacobina

  Bahia: Autoridades ainda não se pronunciaram publicamente sobre os frequentes tremores de terra em Jacobina Por Gervásio Lima Jornalista e historiador De acordo com o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis), a terra está tremendo desde o mês de fevereiro deste ano em Jacobina. Até o dia 10 de maio já foram registrados dez tremores de magnitudes que vão de 2.OmR até quase 3.0mR (houve dois tremores

Não se combate a corrupção sem combater o garimpo ilegal

  Não se combate a corrupção sem combater o garimpo ilegal, artigo de Jefferson Kiyohara O que o ouro ilegal e a lavagem de dinheiro têm a ver com o ESG e o Compliance Sustentável? De tempos em tempos aparecem notícias falando sobre o garimpo ilegal no Brasil. Estaríamos falando de proteção de terras indígenas e de uma questão ambiental, dentro do tema ESG (ambiental, social e de governança)? Sim, mas estamos também

Manter corpos d’água despoluídos produz benefícios econômicos locais e globais

  Manter corpos d'água despoluídos produz benefícios econômicos locais e globais Uma nova pesquisa descobriu que os benefícios financeiros globais do investimento em manter a água limpa podem ajudar a desacelerar as mudanças climáticas, economizando trilhões de dólares Uma única temporada de um lago ou corpo de água com uma proliferação de algas prejudiciais que resulta em ordens públicas de não beber, danos à atividade de pesca, oportunidades de recreação perdidas, valores de

Apenas 17% dos rios globalmente fluem livremente e são protegidos

  Apenas 17% dos rios globalmente fluem livremente e são protegidos Estudos sobre o destino dos ecossistemas de água doce, divulgados pela revista Sustainability, descobrem que apenas 17 por cento dos rios globalmente fluem livremente e estão dentro de áreas protegidas, deixando muitos desses sistemas altamente ameaçados - e as espécies que dependem deles - em risco. “As populações de espécies de água doce já diminuíram 84% em média desde 1970, sendo a

EcoDebate: Índice da edição nº 3.660, de 12/05/2021

  EcoDebate: Índice da edição nº 3.660, de 12/05/2021 Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394 Texto e Áudio   Menos é mais: como o decrescimento salvará o mundo Pós-pandemia: o que está em jogo na 'economia verde'? Ciências Humanas versus Ciências Exatas: Os Grandes Riscos de uma Falsa Disjunção Mudanças no estilo de vida durante o início da pandemia de COVID-19 não tiveram impacto nas mudanças climáticas Desperdício energético no Brasil Entenda a relação entre o aquecimento global e o aumento

Top