EcoDebate: Índice da edição nº 3.130, 2019 [de 18/01/2019]

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394 Informações, notícias e artigos sobre temas socioambientais   A renda per capita do Brasil e do Vietnã, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Assentados e Acampados, em apoio mútuo, resistem a seis despejos, artigo de Gilvander Moreira Populações de mamíferos marinhos e tartarugas marinhas em recuperação após proteção da Lei de Espécies Ameaçadas dos EUA O que ainda precisamos para respirar ar limpo nas cidades? Energia solar produzida na USP poderia abastecer

A renda per capita do Brasil e do Vietnã, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] O Brasil é um país que conseguiu a Independência em 1822 e que apresentou grande crescimento da renda per capita ao longo do século XX, até 1980. O Vietnã é um país que passou a maior parte dos séculos XIX e XX sobre o domínio ou da França, ou do Japão ou dos Estados Unidos. A República Socialista do Vietnã, foi criada em 1976 e enfrentou diversos erros na

Assentados e Acampados, em apoio mútuo, resistem a seis despejos, artigo de Gilvander Moreira

Assentados e Acampados, em apoio mútuo, resistem a seis despejos Por Gilvander Moreira1 No conflito agrário que se arrasta há mais de 20 anos envolvendo diretamente mais de 450 famílias acampadas em 11 acampamentos – Quilombo Campo Grande - no latifúndio da ex-usina Ariadnópolis, em Campo do Meio, no sul de Minas Gerais, as famílias Sem Terra sofreram seis despejos. Em 18 de maio de 2009, ocorreu o mais cruel despejo dos

Populações de mamíferos marinhos e tartarugas marinhas em recuperação após proteção da Lei de Espécies Ameaçadas dos EUA

  Mais de três quartos das populações de mamíferos marinhos e tartarugas marinhas aumentaram significativamente após a listagem do Ato de Espécies Ameaçadas dos EUA (ESA). É o que revela um estudo publicado em 16 de janeiro na revista PLOS ONE por Abel Valdivia, do Center for Biological Diversity na Califórnia e colegas. Por Henrique Cortez*     As descobertas sugerem que medidas de conservação como o manejo de espécies sob medida e regulamentos de pesca,

O que ainda precisamos para respirar ar limpo nas cidades?

Conama atualizou os padrões de qualidade do ar de acordo com recomendações da OMS. Agora é necessário monitorar e ter políticas para reduzir as emissões Por Isis Nóbile Diniz     O Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) atualizou os padrões de qualidade do ar (PQAr) segundo recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), primeiramente publicadas em 2005. A nova resolução trouxe avanços tais como o material particulado fino, responsável por agravar diversas doenças,

Energia solar produzida na USP poderia abastecer 3,2 mil casas

  Jornal da USP O caminho da energia solar na USP Em maio de 2012, o Instituto de Energia e Ambiente (IEE) da USP iniciou as atividades para a implantação da usina fotovoltaica no campus Cidade Universitária, no Butantã, em São Paulo. Os projetos receberam recursos da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP) e da Companhia Energética de São Paulo (Cesp), além do auxílio da Fundação de Apoio à Universidade de São

Com 63.880 casos, Brasil bate recorde de mortes violentas em 2017

  O Brasil bateu recorde de mortes violentas em 2017, com 63.880 casos. O Brasil bateu recorde de mortes violentas em 2017, com 63.880 casos. No mesmo ano, as mortes cometidas por policiais em serviço e de folga cresceram 20% na comparação com 2016. A compilação destes dados faz parte da 29ª edição do Relatório Mundial de Direitos Humanos, divulgado ontem (17) pela organização não governamental Human Rights Watch (HRW), que analisa a situação

EcoDebate: Índice da edição nº 3.129, 2019 [de 17/01/2019]

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394 Informações, notícias e artigos sobre temas socioambientais   Plantas exóticas invasoras, artigo de Roberto Naime O Quênia e seus exemplos inspiradores: da resiliência ao socioambientalismo, artigo de Sucena Shkrada Resk Xadrez da segurança: É possível vencer o crime organizado, artigo de Marco Antônio Barbosa Temperaturas oceânicas recordes apontam para tendências do aquecimento global Confira os problemas de saúde que podem ser causados pela falta de manutenção do ar condicionado Numa sociedade drogada pelo

Plantas exóticas invasoras, artigo de Roberto Naime

    Plantas exóticas invasoras [EcoDebate] Reduzindo a cobertura vegetal do planeta e poluindo rios e mares, os seres humanos já determinaram a extinção de milhares de espécies e atualmente se calcula que mais de 40% da superfície terrestre do planeta já esteja alterada em decorrência das ações antrópicas. Se estima que a velocidade com que as espécies estão se extinguindo atualmente é de 100 a 1.000 vezes maior do que seria se a

O Quênia e seus exemplos inspiradores: da resiliência ao socioambientalismo, artigo de Sucena Shkrada Resk

    Sim. Exemplos inspiradores vêm do leste do continente africano e especialmente de países como o Quênia, e não se restringem a resultados na tradicional corrida de São Silvestre por aqui e chegam à esfera socioambiental, além do fato de Nairobi ser a cidade-sede do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma). É da resiliência contra um cenário de carestia, seca, fome, repressão e violência, que brotam ações proativas,

Xadrez da segurança: É possível vencer o crime organizado, artigo de Marco Antônio Barbosa

    [EcoDebate] Começamos 2019 com mais um Estado sofrendo pela crise da segurança pública. O Ceará está a mais de uma semana sobre fortes ataques de facções, depois que medidas mais severas contra o crime foram anunciadas. Estas organizações mostram a sua força para amedrontar a população e, consequentemente, pressionar os governantes. Realmente, devido a anos de políticas públicas sem a menor efetividade, eles estão em vantagem nesta guerra. Mas é

Temperaturas oceânicas recordes apontam para tendências do aquecimento global

  Temperaturas oceânicas - 2018 é o ano mais quente já registrado para o oceano global Uma equipe internacional divulgou as observações de conteúdo de calor oceânico de 2018 em Advances in Atmospheric Sciences em 16 de janeiro de 2019. Institute of Atmospheric Physics, Chinese Academy of Sciences*     As novas observações disponíveis mostram que o ano de 2018 é o ano mais quente já registrado para o oceano global, como evidenciado pelo seu maior

Top