Índice da edição nº 2.759, 2017 [de 22/05/17]

    A Terra com 'pressão alta' e hipertermia, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Reciclagem: você conhece, mas você pratica? artigo de Fabrício Previatto Gimenes Denúncia: Indígenas, Missionários e Servidores da Saúde são atacados por piratas no rio Japurá, AM Pesquisa contribui para redução de danos e conservação da floresta africana na Nigéria Suíços aprovam em referendo futuro com mais energias renováveis e sem usinas nucleares Homicídios de ambientalistas na América

A Terra com ‘pressão alta’ e hipertermia, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “É triste pensar que a natureza fala e que a humanidade não a ouve”. Victor Hugo (1802-1885)     [EcoDebate] A hipótese Gaia, elaborada inicialmente por James Lovelock, diz que a Terra é um organismo vivo que tem um metabolismo natural capaz de regular seu clima e temperatura, promovendo um equilíbrio homeostático global. Eventos externos, como choques de meteoritos, podem provocar perturbações neste equilíbrio. Também forças internas, como vulcões, podem perturbar a estabilidade.

Reciclagem: você conhece, mas você pratica? artigo de Fabrício Previatto Gimenes

  [EcoDebate] A reciclagem é uma das práticas sustentáveis mais conhecidas pelas pessoas. Em algum momento de sua vida todos já tiveram contato com o termo: na escola, nas embalagens dos seus produtos, no jornal... Mas será que quem conhece também pratica? O Brasil é líder mundial em reciclagem de alumínio, passando de 98%, mas não recicla nem 10% do total dos resíduos que gera. Nós já temos o potencial para

Denúncia: Indígenas, Missionários e Servidores da Saúde são atacados por piratas no rio Japurá, AM

    O indígena José Sales de Oliveira, do povo Mayoruna, juntamente com outros três ocupantes de uma pequena embarcação, foram atacados e espancados por seis homens fortemente armados. José Sales é morador da aldeia Marajaí, do município de Alvarães (AM), distante 531 quilômetros de Manaus. O fato aconteceu na última sexta-feira, 12/05, no rio Japurá, região do Médio Solimões no Estado do Amazonas. Um barco com motor de 15HP foi tomado no

Pesquisa contribui para redução de danos e conservação da floresta africana na Nigéria

    Caros colegas, Estou muito satisfeito em enviar-lhes a nossa pesquisa “Alternative routes for a proposed Nigerian Superhighway to limit damage to rare ecosystems and wildlife”, publicada na Tropical Conservation Science, Volume 10: 1–10. Na Nigéria, uma autoestrada de seis pistas e 260 quilômetros de extensão seria cortada através do coração dos países mais críticos em termos de ecossistemas e habitats florestais, abrindo uma caixa de Pandora de desmatamento, exploração madeireira, incêndios, caça

Suíços aprovam em referendo futuro com mais energias renováveis e sem usinas nucleares

    Da Agência EFE / ABr Os suíços aprovaram no domingo(21) em referendo, por 58,2% dos votos, a chamada Estratégia 2050, que visa a reduzir o consumo de energia, aumentar a eficiência energética, promover as energias renováveis e proibir a construção de novas usinas nucleares. A informação é da Agência EFE. Apenas quatro regiões, Argóvia, Glarus, Obwalden e Schwyz, rejeitaram a nova lei, na qual o governo da Suíça começou a trabalhar após

Homicídios de ambientalistas na América Latina chegam a 122, denuncia jornal do Vaticano; o Brasil é o país mais perigoso

  IHU Pode-se morrer de clima, e não apenas por causa da poluição. Os ativistas que defendem o ambiente, muitas vezes comprometidos com o combate de interesses que os dominam, arriscam a vida. Em 2015, foram assassinados 185 no mundo, 122 deles na América Latina. A reportagem é do jornal L’Osservatore Romano, 17-05-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto. Quem divulgou os dados foi a organização internacional Global Witness, que, em 10 anos, documentou

Índice da edição nº 2.758, 2017 [de 19/05/17]

    A nova invasão do Vietnã e o naufrágio do Delta do Mekong, artigo de José Eustáquio Diniz Alves O dia em que a hipocrisia perdeu, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Dossiê do WWF-Brasil denuncia perigoso retrocesso na legislação ambiental brasileira SOS Parque Ricardo Franco: uma prioridade socioambiental da sociedade civil em Mato Grosso Nova edição da Revista Poli (Nº 51 - mai./jun. 2017) aborda mercantilização da água Pesquisa revela que

A nova invasão do Vietnã e o naufrágio do Delta do Mekong, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] O Vietnã vai sofrer uma segunda invasão. Mas ao invés da entrada de tropas estrangeiras vindas de países imperialistas, vai ser uma invasão de água salgada, provocada pelo aumento do nível dos oceanos. O delta do rio Mekong pode naufragar e desaparecer debaixo das águas marinhas. Não haverá Vietcongues suficientes para barrar a invasão aquática. A população do Vietnã era de 28,3 milhões de habitantes em 1950 e passou para

O dia em que a hipocrisia perdeu, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Finalmente o barco Temer afundou. Uma hipocrisia monumental como essa não tinha como durar, ainda que protegida pela mídia e pela justiça de Curitiba. Se Temer continua aí como um cadáver ambulante, um walking dead, tanto fez como faz. Seu governo morreu e ele também. O estrago é incalculável e só a história dirá em que abismo os golpistas meteram o povo brasileiro. Aécio suspenso do mandato, irmã dele presa,

Dossiê do WWF-Brasil denuncia perigoso retrocesso na legislação ambiental brasileira

    Ofensiva abrange unidades de conservação federais de Norte a Sul. Grilagem de terras e mineração são vetores do desmanche. Um desmonte de quase 80 mil quilômetros quadrados – equivalente ao território de Portugal – em áreas protegidas federais no Pará, Amazonas e Santa Catarina é o que está prestes a acontecer no Brasil. São parques nacionais, reservas biológicas e florestas nacionais que deveriam estar sob o mais rigoroso cuidado devido à

SOS Parque Ricardo Franco: uma prioridade socioambiental da sociedade civil em Mato Grosso

  Por Sucena Shkrada Resk/ICV O combate ao processo de desmonte das unidades de conservação estaduais no Mato Grosso se tornou, neste ano, prioridade da agenda de mobilização da sociedade civil. Uma das atuais bandeiras é a defesa do Parque Estadual Serra de Ricardo Franco, por meio do movimento SOS Ricardo Franco e do Ministério Público Estadual (MPE). Esta área de 158.620 hectares fica localizada no município de Vila Bela da Santíssima

Top