EcoDebate: Índice da edição nº 3.206, de 20/05/2019

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   A problemática da destinação final e coleta seletiva dos resíduos sólidos na cidade de Teresina – PI, por Jonathas Macedo, Samya Neves e Djailson Malheiros Quantidade de carbono armazenado nas florestas é reduzida à medida que o clima se aquece Aprendizado infantil depende da interação com outras crianças Contingenciamento no MEC será desastroso para a educação profissional Uma semana de filmes e debates sobre segurança nuclear - 25 de maio

A problemática da destinação final e coleta seletiva dos resíduos sólidos na cidade de Teresina – PI, por Jonathas Macedo, Samya Neves e Djailson Malheiros

A PROBLEMÁTICA DA DESTINAÇÃO FINAL E COLETA SELETIVA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NA CIDADE DE TERESINA – PI Macedo, Jonathas H.1; Neves, Samya de A.2; Malheiros, Djailson R.3. 1 Aluno do Curso de Medicina da Faculdade de Medicina Estácio - FMJ Juazeiro do Norte; 2 graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Ceará(1995), mestrado em Bioquímica pela Universidade Federal do Ceará(1999) e doutorado em Bioquímica pela Universidade Federal do Ceará(2005). Atualmente é Professor

Quantidade de carbono armazenado nas florestas é reduzida à medida que o clima se aquece

  O crescimento acelerado das árvores causado pelo aquecimento do clima não se traduz necessariamente em maior armazenamento de carbono, sugere um estudo internacional. University of Cambridge* A equipe, liderada pela Universidade de Cambridge, descobriu que à medida que as temperaturas aumentam, as árvores crescem mais rápido, mas elas também tendem a morrer mais jovens. Quando essas árvores de crescimento rápido morrem, o carbono que armazenam é devolvido ao ciclo do carbono. Os resultados,

Aprendizado infantil depende da interação com outras crianças

O avanço tecnológico e as transformações no estilo de vida das famílias estão fazendo com que as crianças troquem, cada vez mais cedo, os brinquedos e brincadeiras tradicionais por aparelhos eletrônicos que oferecem uma diversão virtual, algo muito diferente das experiências vividas pelos pais, por exemplo. Se, por um lado, a tecnologia traz vantagens quando se trata de ensino e aprendizado, por outro, quando o foco é a primeira infância,

Contingenciamento no MEC será desastroso para a educação profissional

  O professor da Universidade Feevale e especialista em financiamento da educação Gabriel Grabowski fala sobre o impacto do contingenciamento no MEC para a educação profissional e alerta para o projeto de sucateamento da educação pública em curso no Brasil Cerca de um milhão de pessoas saíram às ruas na quarta-feira (15) em mais de 170 cidades do país para protestar contra os contingenciamentos orçamentários feitos pelo governo federal na educação, na

Uma semana de filmes e debates sobre segurança nuclear – 25 de maio começa o 9° Internacional Uranium Film Festival, na Cinemateca do MAM Rio

UMA SEMANA DE FILMES E DEBATES SOBRE SEGURANÇA NUCLEAR     Tiros num comboio de combustível nuclear, risco de rompimentos de barragens com rejeitos radioativos, aparelhos de césio radioativo abandonados, um carro com elementos radioativos roubado, uma usina nuclear e um submarino nuclear no centro da Lava Jato e da corrupção: A segurança nuclear é um assunto para todos, porque todos podem ser afetados. De 25 de maio a 02 de junho de 2019,

EcoDebate: Índice da edição nº 3.205, de 17/05/2019

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   No Brasil, o racismo é 'coisa rara'? O posicionamento presidencial e os reflexos de uma abolição inconclusa, artigo de Sheila de Carvalho CPT, em MG, 40 anos de luta por justiça agrária ao lado dos/as camponeses/sas, por frei Gilvander Moreira Mudanças Climáticas - Estudo revela que 24% do gelo da Antártica Ocidental é agora instável Quando o plástico biodegradável não degrada mais rápido que o polietileno convencional Alastra-se o rechaço

No Brasil, o racismo é ‘coisa rara’? O posicionamento presidencial e os reflexos de uma abolição inconclusa, artigo de Sheila de Carvalho

    [EcoDebate] O atual Presidente da República, Jair Bolsonaro, em entrevista para uma rede de televisão nacional, alegou que “o racismo no Brasil é coisa rara”, e que “isso já encheu o saco”. A enfática afirmação presidencial nos obriga a olhar o que foi e o que é ser negro no Brasil. E todos os dados e pesquisas aqui apontam que o racismo não somente existe na sociedade brasileira, como é

CPT, em MG, 40 anos de luta por justiça agrária ao lado dos/as camponeses/sas, por frei Gilvander Moreira

CPT, em MG, 40 anos de luta por justiça agrária ao lado dos/as camponeses/sas. Por frei Gilvander Moreira1 No Brasil, a Comissão Pastoral da Terra (CPT) nasceu em junho de 1975, em plena ditadura militar-civil-empresarial. Em Minas Gerais, a CPT foi criada em 1979. Em 2019, a CPT-MG celebra 40 anos de luta por justiça agrária ao lado dos camponeses e das camponesas. Segundo Ivo Poletto, o primeiro secretário da CPT, "os

Mudanças Climáticas – Estudo revela que 24% do gelo da Antártica Ocidental é agora instável

  Mudanças Climáticas - Em apenas 25 anos, o derretimento do oceano fez com que o afinamento do gelo se espalhasse pela Antártida Ocidental tão rapidamente que um quarto do gelo de sua geleira foi afetado, segundo um novo estudo. American Geophysical Union* Cientistas do Centro de Observação Polar e Modelagem (CPOM), sediado na Universidade de Leeds, no Reino Unido, combinaram 25 anos de medidas de satélites satélites da Agência Espacial Européia e

Quando o plástico biodegradável não degrada mais rápido que o polietileno convencional

    O onipresente saco de plástico é útil para transportar mantimentos e outros itens para casa da loja. No entanto, essa conveniência prejudica o meio ambiente, com detritos plásticos cobrindo a terra e os cursos de água. Os fabricantes oferecem sacolas plásticas biodegradáveis ou compostáveis, mas em muitos casos, essas alegações não foram testadas em ambientes naturais. Agora, os pesquisadores relatam na Environmental Science & Technology da ACS que os sacos não

Alastra-se o rechaço a Bolsonaro; análise de Luiz Marques (IFCH/Unicamp)

  Alastra-se o rechaço a Bolsonaro JORNAL DA UNICAMP TEXTO LUIZ MARQUES FOTOS REPRODUÇÃO EDIÇÃO DE IMAGEM LUIS PAULO SILVA Bolsonaro deflagrou uma Blitzkrieg contra a sociedade brasileira e a natureza. Mas a sociedade começou a se mobilizar para derrotá-lo, política, científica e ideologicamente. O dia 15 pode e deve vir a ser mais um passo importante na demonstração para a sociedade de que, como escreve Jânio de Freitas, “a vida pública de Bolsonaro é demarcada pela ideia

Top