Relatório da ONU pede mudanças na forma como o mundo produz e consome alimentos

    Com a previsão de que a população mundial chegará a quase 10 bilhões em 2050, um novo relatório mostra que o sistema global de alimentos deve passar por mudanças urgentes para garantir que haja comida adequada para todos, sem destruir o planeta. O “Relatório de Recursos Mundiais: Criando um Futuro Alimentar Sustentável” revela que enfrentar esse desafio exigirá o fechamento de três lacunas: uma “lacuna alimentar” de 56% entre o que

A falta de diversidade de culturas e a redução de polinizadores podem ameaçar a segurança alimentar

    Uma nova pesquisa sugere que as tendências globais nas práticas agrícolas estão minando os polinizadores que dependem das culturas e colocando em risco a produtividade e a estabilidade agrícolas, particularmente em alguns países da Ásia e da América do Sul. University of Maryland* College of Computer, Mathematical, and Natural Sciences Uma equipe multinacional de pesquisadores identificou países onde a crescente dependência da agricultura em relação à polinização, juntamente com a falta de diversidade

Para especialistas, investir em agricultura urbana melhoraria a alimentação e reduziria a poluição

  Como é possível produzir alimentos na cidade? Por Denis Pacheco, Radio USP   Foto: USP   Para especialistas, investir em agricultura urbana melhoraria a alimentação e reduziria a poluição, já que com alimentos sendo produzidos mais próximos dos consumidores a logística de transporte e do consumo de combustíveis mudaria drasticamente As primeiras cidades surgiram, entre outros motivos, por causa da produção de alimentos. Foi o excedente dessa produção que deu origem às grandes civilizações antigas. Entretanto,

Mas, afinal, é possível eliminar resíduos de agrotóxicos da água e dos alimentos?

  Após revelação de testes realizados entre 2014 e 2017 que apontaram água contaminada em cidades de todo o Brasil, nossa reportagem buscou entender como purificar seu alimento     Fonte: Agência Pública Por Pedro Grigori, Agência Pública/Repórter Brasil   O brasileiro nunca consumiu tanto agrotóxico quanto hoje. O número de produtores que usam pesticidas na plantação cresceu 20% em 10 anos, segundo o IBGE, enquanto a aprovação para comercialização dos químicos subiu 135% em uma década,

Podemos alimentar 10 bilhões de pessoas sem destruir o planeta? artigo de Jorge Riechmann Fernández

  IHU “Comer luz do sol tem futuro. Comer petróleo e minerais de fosfato como fazemos hoje, quer dizer, consumir uma riqueza mineral que desperdiçamos e que está rapidamente se esgotando, é radicalmente insustentável”, escreve Jorge Riechmann Fernández, professor de filosofia moral e política na Universidade Autônoma de Madri, em artigo publicado por Rebelión, 20-05-2019. A tradução é do Cepat. Eis artigo. Em apenas alguns séculos a partir da Revolução Industrial, a população humana se multiplicou por oito.

‘Extinção do Consea desorganiza sistema que possibilitou ao Brasil sair do Mapa Mundial da Fome’, alerta MPF

  Extinção do Consea - O direito humano à alimentação adequada e os impactos sociais da MP 870/2009 foram discutidos em audiências públicas no Congresso Nacional Os impactos sociais impostos pela Medida Provisória 870/2019 – editada em 1º de janeiro para reestruturação administrativa do governo federal – foram tema de uma série de audiências públicas promovidas nesta semana pelo Congresso Nacional e que contaram com a participação da Procuradoria Federal dos Direitos

Relatório da FAO alerta que desaparecimento da biodiversidade ameaça produção de alimentos

  A expansão de atividades produtivas insustentáveis, como a agropecuária intensiva, é uma das causas do desaparecimento da biodiversidade no mundo, o que por sua vez poderá comprometer a produção de alimentos e o próprio desempenho do setor agrícola no futuro. A conclusão é de relatório divulgado nesta sexta-feira (22) pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). ONU Abelhas podem visitar cerca de 7 mil flores por dia. Foto:

Por que o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA) é necessário? por Patricia Constante Jaime

  Papel do CONSEA na democratização da administração pública e conformação de uma agenda política sinérgica entre agricultura, alimentação, nutrição, saúde, meio ambiente, sustentabilidade e justiça social. Jornal da USP   A Medida Provisória n. 870, de 01 de janeiro de 2019, publicada pelo novo governo federal de modo a estabelecer a organização administrativa dos órgãos da Presidência da República e seus Ministérios, trouxe más noticias para a política pública de segurança alimentar e

A agricultura pode não atender a demanda de alimentos nas próximas décadas, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] Existe um mito de que a Terra tem amplas condições de atender a demanda mundial por alimentos até 2050. Mas a realidade mostra que o quadro alimentar no mundo é mais complexo e há dificuldades crescentes para produzir comida de forma sustentável. Artigo de Chris Clayton (17/10/2018) utilizando o Índice de Produtividade Agrícola Global (GAP, em inglês) - compilado pela Global Harvest Initiative – mostra que a produção de alimentos

Em 2050, quase 10 bilhões de pessoas viverão no planeta. Podemos produzir alimentos suficientes de forma sustentável?

  Transformando nosso sistema alimentar para garantir um futuro sustentável Em 2050, o mundo terá quase 10 bilhões de pessoas. Será impossível alimentar todos sem exacerbar a pobreza, acelerar o desmatamento e aumentar as emissões de GEE, a menos que comecemos a fazer mudanças substanciais em nosso sistema alimentar agora. Esta questão é abordada em um novo relatório, Creating a Sustainable Food Future , publicado em 5 de dezembro na série Relatório

Desmatamento não é solução para produção de alimentos, diz relatório

  Desmatamento e Produção de Alimentos - Estudo recomenda agricultura sustentável para garantir segurança alimentar ABr Especialistas alertam que o desmatamento de florestas para abrir áreas de plantio não é solução para garantir segurança alimentar para a população mundial. Em relatório divulgado nesta quarta-feira (5) durante a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-24), na Polônia, a organização ambiental norte-americana World Resources Institute (WRI) mostra que é possível aumentar a produção de alimentos

Dia Mundial da Alimentação e a campanha pela fome zero até 2030, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “De pé ó vítimas da fome; De pé famélicos da terra” Hino da Internacional Socialista     [EcoDebate] A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) lançou a campanha “Um mundo #fomezero para 2030 é possível” nas comemorações do Dia Mundial da Alimentação que ocorrem no dia 16 de outubro de 2018. A FAO busca sensibilizar a sociedade global para a importância de ações do combate à fome e ao

Top