Design ecológico ou ecodesign, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Design ecológico ou ecodesign é a expressão para uma crescente tendência mundial nos campos da arquitetura, engenharia e no próprio design. O objetivo principal é desenvolver produtos, sistemas e serviços que reduzam o uso de recursos não-renováveis e minimizem o seu impacto ambiental, sendo assim amigáveis para o meio ambiente. Mas a relação do design com a ecologia, não é nova. O primeiro designer a ter consciência do impacto ambiental da

Água para o desenvolvimento sustentável, artigo de Cleverson V. Andreoli

    [EcoDebate] Um recente relatório publicado pela Organização das Nações Unidas (ONU), denominado “Perspectivas do Meio Ambiente Mundial”, apresenta um quadro sombrio sobre as consequências para a sociedade, da degradação da qualidade ambiental planetária. Com relação a água, o relatório mostra que uma em cada três pessoas no mundo, cerca de 2,3 bilhões de habitantes, não tem acesso ao saneamento. Além disso, aponta que, desde o ano de 1990, está sendo

Mercantilização ambiental, Parte 4/4 (Final), artigo de Roberto Naime

    Mercantilização ambiental [EcoDebate] Finalizando a reflexão de Paulo Kliass no site cartamaior, vale ressaltar que outros elementos da natureza já estão submetidos ao regime de mercantilização ou correm o risco de virem a passar pelo mesmo processo. É o caso da terra e do solo para atividades agropecuárias, extrativas e as demais no espaço urbano. A água, em sua condição de bem essencial para a vida, começa a dar os sinais de

Assembleia Ambiental das Nações Unidas adota compromissos por um futuro mais sustentável

    ·         No encontro ambiental mais importante do mundo, ministros acordaram um novo modelo para proteger os recursos degradados do planeta ·         Líderes concordaram em enfrentar a crise ambiental por meio de inovações e do consumo e produção sustentáveis ·         Delegados se comprometeram a reduzir de maneira significativa os plásticos descartáveis até 2030 ·         A quarta Assembleia Ambiental da ONU aconteceu em uma atmosfera de luto após a queda de avião da Ethiopian Airlines

Mercantilização ambiental, Parte 3/4, artigo de Roberto Naime

    Mercantilização ambiental [EcoDebate] A realidade das dinâmicas econômica, política e social operam em uma velocidade bem superior à das negociações diplomáticas. E isso é até natural e compreensível. Portanto, se aproveitando dessa distância, o conceito de “economia verde”, já está há um bom tempo sendo utilizado pelos governos, implementado pelas grandes empresas e divulgado pelos meios de comunicação como a grande panaceia para todos os males que o consumismo tem provocado sobre

Mercantilização ambiental, Parte 2/4, artigo de Roberto Naime

    Mercantilização ambiental [EcoDebate] Prosseguindo as reflexões de Paulo Kliass no site cartamaior, porém, parece claro que a questão ambiental não é uma questão isolada. O arranjo não pode estar dissociado da questão econômica e da questão social. A degradação da Terra ocorre justamente pelos interesses envolvidos no atual modelo de civilização. A autopoiese sistêmica dominante necessita ser alterada. Pois hoje só o consumismo garante a manutenção dos círculos virtuosos da sociedade. Aumento

Mercantilização ambiental, Parte 1/4, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Paulo Kliass aborda a mercantilização ambiental no site cartamaior. A História da humanidade está marcada por um processo contínuo e crescente de desenvolvimento das forças produtivas e de avanço do ser humano sobre o espaço natural. E isso se deu desde os primeiros registros de organização social, ainda sob a forma de coletores ou caçadores até o quadro atual de atividades que colocam em risco a sobrevivência do planeta e da

Inevitável mundo novo, artigo de Claudia Sá

    [EcoDebate] Não sei quando tudo isso começou, se foi com a Revolução Industrial ou com a “invenção” do ser humano, neste ou naquele momento da História, o certo é que vem de longe o racha entre o bicho homem e tudo o que o envolve. Note, que nem bicho aceitamos ser. Quando falamos dos animais, estamos nos referindo aos outros, claro, os inferiores. Quanto à Terra, sim, ela foi nos

Crimes socioambientais e o modelo de educação cartesiana, artigo de Eloy F. Casagrande Jr

    [EcoDebate] Muita reflexão pode ser feita sobre os crimes ambientais da Vale em Brumadinho e da Samarco em Mariana, em Minas Gerais. Quando um “acidente” que poderia ser evitado acontece, não existe somente uma causa, geralmente é um escalonamento de erros técnicos e humanos, negligencia e excesso de confiança. Podemos citar outros casos semelhantes, sem a grande perda de vidas como estes, mas com enormes impactos socioambientais, quando houve vazamentos

Uma Visão Onírica sobre a Questão Ambiental Planetária, artigo de Luiz Eduardo Corrêa Lima

Ponto de Vista: Uma Visão Onírica sobre a Questão Ambiental Planetária Luiz Eduardo Corrêa Lima (Professor Titular de Biologia – UNIFATEA/Lorena/SP) “Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma, todo o universo conspira a seu favor.” Johann Goethe “O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos.” Eleanor Roosevelt INTROITO Após ter sido convidado para proferir uma palestra na abertura de um grande evento

Por que um planeta saudável e uma economia saudável andam de mãos dadas, artigo de Cristiana Pasca Palmer

  Em artigo, a chefe da Convenção da ONU sobre Diversidade Biológica, Cristiana Pasca Palmer, ressalta que os ecossistemas naturais oferecem serviços de importante valor para a humanidade, como a polinização feita pelos insetos e animais, associada a mais 75% dos cultivos alimentares do mundo. Florestas, como a Amazônia, também desempenham um papel crítico na preservação do equilíbrio climático e na absorção de gás carbônico, afirma a dirigente. Por Cristiana Pasca Palmer, secretária-executiva

O Quênia e seus exemplos inspiradores: da resiliência ao socioambientalismo, artigo de Sucena Shkrada Resk

    Sim. Exemplos inspiradores vêm do leste do continente africano e especialmente de países como o Quênia, e não se restringem a resultados na tradicional corrida de São Silvestre por aqui e chegam à esfera socioambiental, além do fato de Nairobi ser a cidade-sede do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma). É da resiliência contra um cenário de carestia, seca, fome, repressão e violência, que brotam ações proativas,

Top