Pessoas, ambientes, desigualdade e doença: um enfoque ecossistêmico, artigo de André Francisco Pilon

  [Jornal da USP] O filósofo francês Marcel Gauchet (da heteronomia à autonomia), ao analisar a evolução, ao longo da história, da crença de que os eventos, antes atribuídos a fatalidades externas, estariam agora sob o domínio humano, chegou à conclusão de que os indivíduos e as sociedades atuais, longe de se emanciparem, tornaram-se impotentes e não dispõem de autocontrole e verdadeira autonomia. A definição dos problemas é fragmentada e reduzida por

Coronavírus, Meio Ambiente e Humanidade: O que temos a (re)aprender? artigo de Wendell Andrade

  Em tempos de Saúde e Economia disputando o Oscar de Melhor Argumento numa "Holiúde" refém da polarização, Meio Ambiente segue há anos-luz de qualquer protagonismo e também muito distante de ser ator coadjuvante. No máximo, um figurante… De luxo. Nem as proporções que a epid… ops, pandemia, do “Novo Coronavírus” está tomando a cada dia têm sido suficientes para fazer com que os olhares do mundo – imprensa, autoridades, grandes corporações,

A desobediência a Gaia e a COVID-19, artigo de Eloy F. Casagrande Jr.

  - Menino, leva um casaco, vai esfriar! - Vem para dentro moleque, não vai ficar no sereno que você pega um resfriado! - Coloca o sapato guria, quer ficar doente! [EcoDebate] Mãe cuida! Sempre foi assim! Atenta, protetora, sábia! Mãe Terra também é assim! Gaia nos avisou! Nos deu todos os sinais, implorou! Foi vendo suas florestas sendo derrubadas, os recursos sendo arrancados do seu ventre, o ar sendo poluído, os rios envenenados, os

Pandemia COVID-19 na Era do Capitaloceno: Racismo ambiental disfarçado de consciência ecológica, artigo de Victor Pinto

[EcoDebate] Estou vendo várias pessoas compartilhando notícias sobre a "recuperação ambiental do planeta" com essa pandemia de Corona vírus e alguns comentários me chamaram atenção e me preocuparam enquanto biólogo e progressista. Então escrevi esse texto baseado nas minhas leituras e espero ajudar na construção de uma reflexão mais adequada dentro do cenário político-econômico-ambiental atual no meio de uma pandemia. Para isso vou trazer à luz alguns conceitos complexos, mas

A COVID-19 é um exemplo a mais de nossa relação tóxica com a natureza

  "A COVID-19 é um exemplo a mais de nossa relação tóxica com a natureza". Entrevista com Pedro Jordano IHU Pedro Jordano (Córdoba, 1957) vive a pandemia do SARS-COVID-2 perplexo pelo alcance que está tendo. Como biólogo, constata como estamos desarmados diante do desconhecido. A biodiversidade dos coronavírus é enorme e este (que gera a doença COVID-19) é novo para nós, do mesmo modo que são novas as 18.000 espécies de organismos superiores (plantas, animais...) para as quais damos nome, a cada

O impacto global da classe média sobre o meio ambiente, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] O impacto das atividades antrópicas sobre o meio ambiente depende do tamanho da população, do volume da produção e consumo de mercadorias e da tecnologia utilizada no processo de desenvolvimento. Antes da Revolução Industrial e Energética, o impacto demográfico e econômico global era relativamente modesto e estava bem abaixo da capacidade de carga do Planeta. Mas tudo mudou a partir do uso de combustíveis fósseis (carvão mineral, petróleo, gás,

As pandemias: uma questão de política ambiental, artigo de André Frota

  [EcoDebate] O trajeto do coronavírus (Covid-19) é ilustrativo da vulnerabilidade ambiental que se encontra a população mundial. Caso as teses sobre a origem do vírus sejam comprovadas, encontramos um rastro predatório e ilegal, que envolve redes de tráfico de animais silvestres e espécies ameaçadas de extinção. A trajetória ecológica do vírus revela essa cadeia e tem início nas populações de morcegos como seu hospedeiro original. As pesquisas recentes mostram, no entanto,

Amazônia e outros grandes ecossistemas podem entrar em colapso dentro de 50 anos

    Grandes ecossistemas, como a floresta amazônica, entrarão em colapso e desaparecerão de forma alarmante rapidamente, quando um ponto crucial for atingido, de acordo com cálculos baseados em dados do mundo real. Por Bangor University* Escrevendo em Nature Comms ( 10.1038 / s41467-020-15029-x ), pesquisadores da Universidade de Bangor, da Universidade de Southampton e da Escola de Estudos Orientais e Africanos da Universidade de Londres, revelam a velocidade com que desaparecerão ecossistemas de

Drawdown: plano para reverter a crise climática, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “O crescimento econômico e populacional está entre os mais importantes fatores do aumento das emissões de CO2 em decorrência da combustão de combustíveis fósseis” Alerta dos cientistas mundiais sobre a emergência climática (05/11/2019)     [EcoDebate] O aquecimento global já traz muitos danos às pessoas e à economia e é uma ameaça concreta à vida humana e não humana na Terra. As perdas econômicas globais, decorrentes das catástrofes climáticas e ambientais, totalizaram US$ 150 bilhões,

Surto de coronavírus é reflexo da degradação ambiental, afirma PNUMA

  As doenças transmitidas de animais para seres humanos estão em ascensão e pioram à medida que habitats selvagens são destruídos pela atividade humana. Cientistas sugerem que habitats degradados podem incitar processos evolutivos mais rápidos e diversificar doenças, já que os patógenos se espalham facilmente para rebanhos e seres humanos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) relata que um animal é a provável fonte de transmissão do coronavírus de 2019 (COVID-19), que

O futuro incerto das crianças e das novas gerações, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“Algumas pessoas dizem que não estamos fazendo o suficiente para combater as mudanças climáticas. Mas isso não é verdade. Porque para "não fazer o suficiente" você tem que fazer alguma coisa. E a verdade é que basicamente não estamos fazendo nada” Greta Thunberg (22/01/2019)     [EcoDebate] As velhas e as atuais gerações são as responsáveis pela crise climática e ambiental, pois, entre 1770 e 2020, a população mundial cresceu 9,2 vezes, a economia global cresceu

Brasil será a sexta economia mais prejudicada por perdas da natureza nas próximas décadas

Relatório do WWF revela pela primeira vez quais países terão suas economias mais afetadas nos próximos 30 anos se o mundo não agir com urgência para lidar com a crise ambiental global Por Rita Silva, AviV, para o EcoDebate O estudo Global Futures, que calculou o custo econômico do declínio da natureza em 140 países, da Índia ao Brasil, mostra que, se o mundo continuar fazendo negócios da forma como sempre fez

Top
Betway Casino Roulette Image Banners
Betway Casino Roulette Image Banners