Quanto o degelo polar adicionará ao aumento do nível do mar?

  Quanto o degelo polar adicionará ao aumento do nível do mar? French National Centre for Scientific Research* Mais de 99% do gelo terrestre está preso nas camadas de gelo que cobrem a Antártica e a Groenlândia.  Mesmo o derretimento parcial desse gelo devido à mudança climática contribuirá significativamente para o aumento do nível do mar. Mas quanto exatamente?  Pela primeira vez, glaciologistas, oceanógrafos e climatologistas de 13 países se uniram para fazer novas projeções. Seus esforços

Degelo da Groenlândia e da Antártica pode adicionar 38 cm ao aumento do nível do mar em 2100

  Degelo da Groenlândia e da Antártica pode adicionar 38 cm ao aumento do nível do mar em 2100 Um esforço internacional que reuniu mais de 60 cientistas de gelo, oceano e atmosfera de três dúzias de instituições internacionais gerou novas estimativas de quanto do impacto o derretimento das camadas de gelo da Terra poderia ter nos níveis globais do mar até 2100. Se as emissões de gases de efeito estufa continuarem rapidamente,

As consequências da crise climática já chegaram

  As consequências da crise climática já chegaram IHU Os sintomas estão se tornando cada vez mais evidentes. Estamos perdendo a Terra. As consequências do aquecimento global se tornaram irrefutáveis. Os alertas científicos do passado se consolidam com os fatos do presente, os ecossistemas se retorcem e a inação afasta a humanidade de um cenário otimista. Este verão que se encerra [na Europa] ficará para a história devido à trágica pandemia, mas também devido

Pesquisa global mostra crescimento dramático dos lagos glaciais

  Pesquisa global mostra crescimento dramático dos lagos glaciais Pesquisadores descobriram que o volume dos lagos glaciais em todo o mundo aumentou cerca de 50% desde 1990 NASA No maior estudo já feito sobre lagos glaciais, pesquisadores usando 30 anos de dados de satélite da NASA descobriram que o volume desses lagos em todo o mundo aumentou cerca de 50% desde 1990, conforme as geleiras derretem e recuam devido às mudanças climáticas. As descobertas, publicadas

Transformações nos sistemas alimentares podem reduzir 20% das emissões globais

  Transformações nos sistemas alimentares podem reduzir 20% das emissões globais Tomadores de decisão podem melhorar as chances de alcance das metas climáticas e limitar o aquecimento global a 1,5ºC, se assumirem compromissos mais específicos para a transformação de sistemas alimentares nacionais. Melhorando a Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC, na sigla em inglês) para Sistemas Alimentares, um novo relatório publicado hoje pelo WWF, Programa da ONU para o Meio Ambiente (PNUMA), EAT e Climate Focus, aponta que países estão perdendo

Aumento do degelo, na Groenlândia e na Antártica, combina com os piores cenários de aquecimento climático

  Aumento do degelo, na Groenlândia e na Antártica, combina com os piores cenários de aquecimento climático Os mantos de gelo na Groenlândia e na Antártica, cujas taxas de degelo estão aumentando rapidamente, elevaram o nível global do mar em 1,8 cm desde a década de 1990 e estão combinando com os piores cenários de aquecimento climático. University of Leeds* De acordo com um novo estudo conduzido pelo Dr. Tom Slater do Centro de

Calor extremo, incêndios e tempestades indicam que futuro assustador já chegou

  Calor extremo, incêndios e tempestades indicam que futuro assustador já chegou Caos climático: calor extremo, incêndios e tempestades indicam que futuro assustador já chegou IHU Desde a histórica onda de calor e de incêndios florestais no Oeste dos Estados Unidos, passando pela enorme tempestade que atravessou o meio da nação, até o ritmo recorde da temporada de furacões deste ano, as condições extremas sem precedentes e simultâneas se assemelham ao clima caótico do futuro sobre o

O aquecimento global aumenta o risco de furacões extremos no Caribe

  O aquecimento global aumenta o risco de furacões extremos no Caribe Furacões devastadores podem ser até cinco vezes mais prováveis no Caribe se metas mais rigorosas de aquecimento global forem perdidas O aquecimento global está aumentando drasticamente o risco de furacões extremos no Caribe, mas cumprir metas mais ambiciosas de mudança climática poderia reduzir pela metade a probabilidade de tais desastres na região, de acordo com novas pesquisas. O estudo , liderado pela

Emissões globais de metano aumentaram 9% entre 2000 e 2017

  Emissões globais de metano aumentaram 9% entre 2000 e 2017 Fondazione Centro Euro-Mediterraneo sui Cambiamenti Climatici* Metano é o segundo gás de efeito estufa com potencial de aquecimento global maior que o CO 2 . Um estudo internacional realizado no âmbito do Global Carbon Project fornece informações e dados atualizados sobre suas concentrações crescentes na atmosfera. Olhos em muitos setores, como agricultura, resíduos e setores de combustíveis fósseis. Entre os autores, estão os pesquisadores Simona Castaldi

Global methane emissions increased 9% between 2000 and 2017

  Global methane emissions increased 9% between 2000 and 2017 By Fondazione Centro Euro-Mediterraneo sui Cambiamenti Climatici It is the second greenhouse gas with even a global warming potential larger than CO2. An international study realized in the framework of the Global Carbon Project provides updated information and data on its increasing concentrations in the atmosphere. Eyes on many sectors, such as agriculture, waste and fossil fuel sectors. Among the authors, CMCC researchers Simona

O gelo marinho do Ártico está derretendo mais rapidamente do que se imaginava

O gelo marinho do Ártico está derretendo mais rapidamente do que se imaginava Novo estudo avisa: Subestimamos o ritmo com que o Ártico está derretendo O gelo marinho do Ártico está derretendo mais rapidamente do que se imaginava. Os modelos climáticos de hoje ainda precisam incorporar o aumento acentuado nas temperaturas que ocorreu nos últimos 40 anos. Isso, de acordo com um novo estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Copenhague e

A Groenlândia estabeleceu um novo recorde de perda de gelo em 2019

  A Groenlândia estabeleceu um novo recorde de perda de gelo em 2019 Por Pat Brennan*, NASA's Sea Level Portal A Groenlândia estabeleceu um novo recorde de perda de gelo em 2019, perdendo a maior massa de sua gigantesca camada de gelo em qualquer ano desde pelo menos 1948. A grande perda - 532 bilhões de toneladas - é uma reversão total da taxa mais moderada de derretimento observada nos dois anos anteriores. E excede

Sem frear mudanças climáticas, humanidade sofrerá com desigualdades e novas pandemias

  Sem frear mudanças climáticas, humanidade sofrerá com desigualdades e novas pandemias Sem frear mudanças climáticas, humanidade sofrerá com desigualdades e novas pandemias. Entrevista especial com Wagner Ribeiro Para o professor, a eclosão da covid-19 não surpreende e tem relação direta com a ação do homem sobre o planeta Por João Vitor Santos, IHU “Quem acompanha as discussões socioambientais há décadas não ficou surpreso com a eclosão da pandemia. Ela estava prevista, só não sabíamos exatamente quando ocorreria.”

Mudanças Climáticas – Os trópicos estão se expandindo em direção aos polos

  Mudanças Climáticas - Os trópicos estão se expandindo em direção aos polos Os cientistas notaram nos últimos 15 anos que essas faixas áridas estão se expandindo em direção aos pólos em regiões como o Mediterrâneo, sul da Austrália e sul da Califórnia American Geophysical Union* Os trópicos envolvem o meio da Terra como um cinturão quente e úmido. Esta parte do globo recebe a luz solar mais direta ao longo do ano e

Aquecimento global pode causar maiores danos às nossas economias do que o esperado

  Aquecimento global pode causar maiores danos às nossas economias do que o esperado Aquecimento de nosso clima prejudica nossas economias - estudo revela custos maiores do que o esperado Potsdam Institute for Climate Impact Research (PIK)* O aumento da temperatura devido às nossas emissões de gases de efeito estufa pode causar maiores danos às nossas economias do que sugerido por pesquisas anteriores, mostra um novo estudo. Cientistas do Instituto Potsdam para Pesquisa de Impacto

Pesquisa calculou os máximos de temperatura global e local que as florestas podem suportar

  Pesquisa calculou os máximos de temperatura global e local que as florestas podem suportar José Tadeu Arantes |Agência FAPESP – Até que ponto as florestas tropicais podem resistir ao aquecimento global? Qual é o limite de sua resiliência? Um megaestudo, envolvendo dezenas de pesquisadores de vários países, buscou responder a essas perguntas. Para isso, integrou dados de 590 áreas florestais permanentes, distribuídas pela faixa tropical do planeta, correlacionando as variáveis climáticas

Mais da metade dos oceanos do mundo já são afetados pelas mudanças climáticas

  Mais da metade dos oceanos do mundo já são afetados pelas mudanças climáticas Primeira estimativa do ponto em que áreas dos oceanos do mundo mostrarão evidências dos impactos das mudanças climáticas University of Reading* Mais de 50% dos oceanos do mundo já podem ser afetados pelas mudanças climáticas, com esse número chegando a 80% nas próximas décadas, mostrou um novo estudo. Os cientistas usaram modelos climáticos e observações em áreas mais profundas do oceano

More than half of world’s oceans already being affected by climate change

  More than half of world's oceans already being affected by climate change First estimate of the point at which areas of the world's oceans will show evidence of the impacts of climate change University of Reading More than 50% of the world's oceans could already be affected by climate change, with this figure rising as high as 80% over the coming decades, a new study has shown. Scientists used climate models and observations in

Aquecimento global ameaça o carbono ‘estocado’ em solos de florestas tropicais

  Aquecimento global ameaça o carbono 'estocado' em solos de florestas tropicais Bilhões de toneladas de dióxido de carbono podem ser perdidos na atmosfera devido aos solos das florestas tropicais serem significativamente mais sensíveis às mudanças climáticas do que se pensava anteriormente. University of Edinburgh* As emissões de carbono dos solos das florestas tropicais - que armazenam um quarto do carbono do solo mundial - podem aumentar dramaticamente se as temperaturas continuarem subindo de

Redução da camada de gelo da Groenlândia passa do ponto sem volta

  Redução da camada de gelo da Groenlândia passa do ponto sem volta Mesmo se o clima esfriar, constata o estudo, as geleiras da Groenlândia continuarão a encolher Por Laura Arenschield* Ohio State News Quase 40 anos de dados de satélite da Groenlândia mostram que as geleiras da ilha diminuíram tanto que, mesmo se o aquecimento global parasse hoje, o manto de gelo continuaria diminuindo. A descoberta, publicada hoje, 13 de agosto, na revista Nature Communications

Top