Fotogaleria mostra o que 100 anos de mudanças climáticas fizeram nas geleiras do Ártico

  Por Stella Muir, em Boredpanda No início do século XX, as geleiras do Ártico eram uma das maravilhas da natureza, misteriosas e por descobrir. Depois de 100 anos de pesquisa, exploração e aproveitamento econômico, as geleiras tornaram-se um testamento evocativo dos efeitos das mudanças climáticas.     Christian Aslund, um fotojornalista sueco trabalhando com o Greenpeace, compilou algumas fotos antigas do Instituto Polar Norueguês de geleiras em Svalbard e, com elas as suas próprias

Expansão ilimitada da produção e consumo já ultrapassou os limites de equilíbrio do Sistema Terra

  A fábrica de ilusões que leva ao colapso civilizacional. Entrevista especial com Alexandre Costa IHU Desmatamento na Amazônia dispara neste ano e chega a quase 8 mil km². A ideia desenvolvimentista, movida pela fome de consumo e necessidade de produção, aliada ao incipiente investimento em energias renováveis, tem nos levado a tempos sombrios. “O Brasil tem sido um fiasco no investimento em energias renováveis”, dispara Alexandre Costa, físico e professor da Universidade Estadual

Recorde de degelo global em janeiro e fevereiro de 2017, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “Para cada mil pessoas dedicadas a cortar as folhas do mal, há apenas uma atacando as raízes”. Duzentos anos do nascimento de Henry Thoreau (1817-1862)     [EcoDebate] Não há mais como contestar. Os negacionistas das mudanças climáticas perderam totalmente seus argumentos, claramente, anticientíficos. O degelo global bateu todos os recordes em janeiro e fevereiro de 2017. Depois de três anos (2014, 2015 e 2016) de temperaturas muito elevadas, sem precedentes no Holoceno

O colapso do gelo da Antártica e o aumento do nível do mar, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A Antártica, depois de um período de ligeiro ganho na área de gelo, está entrando em fase de degelo acelerado. Uma das constatações é que uma imensa rachadura na plataforma de gelo Larsen C cresceu profundamente em dezembro de 2016 e falta pouco para que um imenso bloco de 5 mil km² (equivalente a área do País de Gales ou da Região Metropolitana do Rio de Janeiro) se desprenda

Quer ganhar dinheiro? Invista no aquecimento global, artigo de Aroldo Cangussu

    [EcoDebate] É o que estão fazendo dezenas de empresas e grandes conglomerados empresariais por todo o mundo. Saiu um livro intrigante, instigante, preocupante, soberbo e surpreendente sobre o assunto do aquecimento global. Trata-se da obra “Caiu do Céu – o Promissor Negócio do Aquecimento Global” de McKenzie Funk, 2016, Três Estrelas – selo editorial da Publifolha Editora Ltda. O livro parte da premissa que o aquecimento global e as mudanças climáticas

O alarmante declínio do volume global de gelo no Planeta, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “Não é o que olhamos que importa, é o que vemos” Henry Thoreau (200 anos de seu nascimento)     [EcoDebate] Nunca os olhos humanos (desde o surgimento do Homo Sapiens) viram nada igual. O processo de desglaciação do Ártico, Groenlândia e Antártica está se acelerando em ritmo alarmante. A perda do volume de gelo jamais foi tão grande e isto significa a aceleração do aumento do nível do mar e o naufrágio

Posto Meteorológico da Esalq, em Piracicaba, mostra aumento de 1,48°C no último século

  Estação centenária registra aumento da temperatura no interior     Com 334 mm de chuva, o mês de janeiro encerrou como o 11º janeiro mais chuvoso dos últimos 100 anos. Dados do Posto Meteorológico da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP mostram que o volume de chuva registrado no primeiro mês de 2017 está acima da média, o que ficou claro com as situações de alagamento vivenciadas pela população

O nível do mar pode subir 2,5 metros até 2100, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] Um novo relatório divulgado pela Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), dia 19/01/2017 (último dia da presidência de Barack Obama), apresenta uma série de estimativas atualizadas para o futuro aumento do nível do mar, tanto nos Estados Unidos como em todo o mundo. Sugere que, sob extrema mudança climática futura, os níveis globais do mar poderiam aumentar mais de 2,5 metros (8,2 pés) até o final do século, conforme

Maior aumento da concentração de CO2 da história humana, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “Se uma planta não consegue viver de acordo com sua natureza, ela morre, assim também o ser humano” Henry Thoreau (200 anos de seu nascimento)     [EcoDebate] Estudos indicam que o mundo conseguiu, pelo terceiro ano consecutivo, manter estáveis suas emissões de gases CO2. Os otimistas comemoram o desacoplamento relativo. Mas os números indicam que, se as emissões pararam de subir, elas continuam nos níveis mais elevados da história. Na realidade, a concentração

Aquecimento recorde em 2016 e os seis anos de contínuo aumento da temperatura, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] O ano de 2016 foi o mais quente já registrado. Desde o início da série de medição regular da temperatura do planeta, que começou em 1880, é a primeira vez que a temperatura atinge 0,94º Celsius acima da média do século XX e, ao mesmo tempo, o aquecimento global aumenta por seis anos seguidos. As temperaturas ficaram, acima da média do século XX, em 0,58º C em 2011, 0,62º C

O clima mudou, é a hora de mudarmos também, artigo de André Ferretti

    [EcoDebate] Eventos climáticos extremos, como secas e chuvas fortes, têm se tornado cada vez mais frequentes no Brasil. E junto com eles, prejuízos diretos a diversos segmentos sociais e econômicos, aos quais estão ligados, direta ou indiretamente, os mais de 200 milhões de brasileiros, como a agropecuária, que depende de fenômenos climáticos em certa intensidade e em determinados períodos para garantir sua produtividade. O novo relatório do Banco Mundial “Unbreakable: Building

O ano de 2016 bateu o recorde de ano mais quente desde 1880

  Temperatura global bate recorde e 2016 foi o ano mais quente desde 1880 Da Agência Ansa / ABr  O ano de 2016 bateu o recorde de ano mais quente desde 1880, quando foram feitos os primeiros registros históricos da temperatura, informaram nesta quarta-feira (18) cientistas na Nasa e da Agência Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (Noaa, na sigla em inglês). As informações são da Agência ANSA. Segundo a Noaa, a média da

Top