Recorde de temperatura no sexênio (2014-2019): prelúdio do colapso ecossocial, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“A prosperidade da vida humana e das suas culturas é compatível com um substancial decrescimento da população” (1984) Arne Næss and George Sessions em 8 Princípios da Ecologia Profunda [EcoDebate] Enquanto a roda viva dos eventos sociais gira de maneira alucinante e as atividades antrópicas crescem continuamente, há um desastre ecológico ocorrendo em câmara lenta (para os olhos humanos), mas que segue um ritmo aceleradíssimo para a escala geológica. Aquilo que os

O ‘Piroceno’ chegou e agora? por Sucena Shkrada Resk

  Os incêndios na Austrália são o alerta mais contundente do aquecimento global na atualidade Nem nos longas-metragens mais dramáticos, poderíamos imaginar o roteiro da vida real de incêndios florestais que atingem com mais intensidade até agora especialmente a Austrália, desde setembro de 2019, com um efeito devastador nunca antes visto: mais de 11,8 milhões de hectares e 3 mil casas destruídos e mais de meio bilhão de exemplares de fauna mortos

Emergência climática: incêndios, ondas de calor marinhas e perda de biodiversidade

  2020 é um ano decisivo para lideranças com poder de decisão sobre questões da biodiversidade e das mudanças climáticas, e também para a humanidade como um todo começar a prestar atenção no colapso dos nossos sistemas planetários. O ano sediará dois grandes eventos, conhecidos como "conferências das partes", sobre a biodiversidade e o clima. Na conferência sobre biodiversidade, as partes chegarão a um acordo e apresentarão o novo conjunto de metas para a natureza na próxima

As mudanças climáticas desenham o cenário de urgência em saúde, na próxima década, por Sucena Shkrada Resk

  Inação diante da crise climática pode ter um preço muito alto, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) A saúde pública é, em última análise, uma escolha política e a crise climática é uma crise de saúde. Esta afirmação ecoa um dos principais alertas em relatório divulgado neste mês de janeiro pela Organização Mundial da Saúde, sobre a situação da saúde no mundo na próxima década. A construção de cenários preocupantes

Emergência Climática: Os ‘megaincêndios’ florestais são o novo normal?

  Os enormes incêndios florestais na Austrália, na Amazônia, na Califórnia, na bacia do Congo e na Indonésia chamaram a atenção do mundo para os riscos de longos períodos de clima excepcionalmente quente e seco — um dos efeitos das mudanças climáticas. A temperatura média global está agora 1,1°C mais alta do que no início do século passado. Temperaturas mais altas criam, em algumas partes do mundo, condições mais secas, aumentando a

Organização Meteorológica Mundial (OMM) confirma 2019 como o segundo ano mais quente já registrado

    O ano de 2019 foi o segundo ano mais quente já registrado após 2016, de acordo com a análise consolidada da Organização Meteorológica Mundial dos principais conjuntos de dados internacionais. As temperaturas médias para os períodos de cinco anos (2015-2019) e de dez anos (2010-2019) foram as mais altas já registradas. Desde os anos 80, cada década é mais quente que a anterior. Espera-se que essa tendência continue devido aos níveis recordes de

Estudo da liga disparidades históricas de moradias com impactos climáticos perigosos

O calor extremo mata mais pessoas nos Estados Unidos do que qualquer outro tipo de risco climático e provavelmente se tornará ainda mais mortal devido às mudanças climáticas. No entanto, o calor extremo não afeta todas as pessoas igualmente. As temperaturas da superfície em diferentes bairros de uma única cidade podem variar em 20 graus (F), tornando algumas pessoas mais expostas ao risco de temperaturas perigosas. Por Summer Allen* ** Um novo estudo

Mudanças climáticas aumentam o risco de incêndios florestais, confirma nova revisão de 57 artigos

    As mudanças climáticas induzidas pelo homem promovem as condições das quais os incêndios florestais dependem, aumentando sua probabilidade - de acordo com uma revisão de pesquisa sobre mudança climática global e risco de incêndios publicada ontem. À luz dos incêndios na Austrália, cientistas da Universidade de East Anglia (UEA), do Met Office Hadley Center, da Universidade de Exeter e do Imperial College de Londres, realizaram uma revisão de 57 artigos revisados

Concentração de CO2 na atmosfera bate recorde histórico em 2019, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“Até 2100, 73,9% da população do mundo enfrentará ondas letais de calor, pelo menos 20 dias por ano” IPCC (2018)   [EcoDebate] Nos últimos 250 anos houve um progresso fantástico da humanidade, com redução da mortalidade infantil, aumento da esperança de vida, avanços significativos no nível de educação e melhoria nas condições de moradia e no padrão de consumo. Mas tudo isto teve um custo ambiental terrível. As externalidades econômicas se acumularam neste

Emergência Climática: Estudo confirma que os modelos climáticos estão acertando as projeções de aquecimento futuro

  Por Alan Buis*, Laboratório de Propulsão a Jato da NASA Uma animação de uma simulação de modelo climático do GISS (Instituto Goddard de Estudos Espaciais) feita para o Quarto Relatório de Avaliação do Painel Intergovernamental das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, mostrando anomalias médias de cinco anos da temperatura do ar da superfície em graus Celsius, em graus Celsius, de 1880 a 2100. A anomalia de temperatura é uma medida de

Antropoceno: a Era do colapso ambiental, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

"Estamos em um carro gigante, acelerando na direção de uma parede de tijolos e todo mundo fica discutindo sobre onde cada um vai sentar" David Suzuki [EcoDebate] O Homo sapiens surgiu e se espalhou pelo mundo no período geológico do Pleistoceno, mas foi no Holoceno que floresceu a civilização e a espécie humana se tornou uma força onipresente no território global. A população mundial era de cerca de 5 milhões de

Em 2019, o Alasca experimentou o ano mais quente já registrado

  O Alasca passou pelo ano mais quente da história registrada em 2019, de acordo com os Centros Nacionais de Informação Ambiental.     A temperatura média do estado ficou em 32,2 ° F - 6,2 ° F mais quente que a média de longo prazo. As temperaturas do ano passado superaram o recorde anterior de 2016, que registrou a média estadual em 31,9 ° F. Pela primeira vez em registro, Anchorage registrou um

Top