Mudanças climáticas: considerações necessárias, artigo de Isabel Grimm

    [EcoDebate] Considerada um desdobramento da crise ambiental, a mudança climática pode ser um dos maiores desafios globais que a sociedade hodierna enfrenta. Ela exerce pressão sobre a estrutura social e política, de comunidades no mundo inteiro, em face ao cenário de incertezas sobre o escopo exato e a velocidade dos próximos passos necessários para remediar suas causas e efeitos, especialmente no plano global. Previsões destacam que, para cada grau de aumento

Mudanças Climáticas: ‘Não peçam aos seus filhos respostas para a bagunça que vocês fizeram’, argumenta a ativista Greta Thunberg

  IHU Mudanças Climáticas “As pessoas continuam me perguntando ‘qual é a solução para a crise climática’. E como podemos ‘resolver esse problema’. Elas esperam que eu saiba a resposta. Isso é um absurdo, porque não há ‘soluções’ dentro dos nossos sistemas atuais.” A reportagem é de La Repubblica, 17-03-2019. A tradução é de Moisés Sbardelotto.     Depois da grande marcha pelo clima que levou às ruas mais de um milhão de pessoas, sobretudo jovens, a

Mudanças Climáticas: risco de ataque cardíaco induzido pelo calor em ascensão

  Risco de sofrer um ataque cardíaco induzido pelo calor aumentou significativamente nos últimos anos Ataque cardíaco, ou infarto do miocárdio, é a causa número um de morte em todo o mundo. Um estudo publicado no European Heart Journal por cientistas do Helmholtz Zentrum München e colegas de uma série de outras instituições da Baviera mostra que o risco de sofrer um ataque cardíaco induzido pelo calor aumentou significativamente nos últimos anos.

Assembleia Ambiental das Nações Unidas adota compromissos por um futuro mais sustentável

    ·         No encontro ambiental mais importante do mundo, ministros acordaram um novo modelo para proteger os recursos degradados do planeta ·         Líderes concordaram em enfrentar a crise ambiental por meio de inovações e do consumo e produção sustentáveis ·         Delegados se comprometeram a reduzir de maneira significativa os plásticos descartáveis até 2030 ·         A quarta Assembleia Ambiental da ONU aconteceu em uma atmosfera de luto após a queda de avião da Ethiopian Airlines

A relação entre aquecimento global, doenças e mortes

  Matéria na Revista Poli nº 63 traz relação entre aquecimento global, doenças e mortes Por Maíra Mathias - EPSJV/Fiocruz De um dia para o outro, 52 ursos polares famintos apareceram em uma cidade na Rússia. Aconteceu em fevereiro, quando ainda é inverno no hemisfério Norte. Após decretar estado de emergência, as autoridades de Belushya Guba fizeram o que estava ao seu alcance: ergueram cercas no entorno de escolas e parques, escoltaram pessoas

Estudo sugere que as mudanças climáticas limitam a recuperação florestal após incêndios florestais

  Nova pesquisa sugere que a mudança climática torna cada vez mais difícil a recuperação florestal após incêndios florestais, o que poderia contribuir para a perda abrupta de florestas. University of Montana*     O estudo, "Wildfires and Climate Change Push Low-elevation Forests Across a Critical Climate Threshold for Tree Regeneration", foi publicado em 11 de março nos Anais da Academia Nacional de Ciências e está disponível online em http://bit.ly/2HeZc8t . Kimberley Davis, pesquisadora de pós-doutorado

Fridays for Future – Uma geração que crê no amanhã do planeta, artigo de Carlo Petrini

  Fridays for Future A questão ambiental é “uma urgência que continuou crescendo entre uma geração que talvez seja a primeira a sentir ‘nas entranhas’ essas demandas. Esses jovens sentem dentro que não podem mais esperar, sabem que devem exigir respostas agora.” A opinião é do chef italiano Carlo Petrini, fundador do movimento Slow Food, em artigo publicado em La Stampa, 15-03-2019. A tradução é de Moisés Sbardelotto.     Eis o texto. Em uma época de

Mudanças climáticas: A Suíça está se tornando mais seca, mais quente e menos nevada

  Cenários Climáticos CH2018 A Suíça está se tornando mais seca, mais quente e menos nevada, e vai lutar com chuvas mais pesadas no futuro - estas são as conclusões alcançadas pelos pesquisadores climáticos da MeteoSwiss e da ETH Zurich.Estes formam a base para a estratégia de adaptação às mudanças climáticas do governo federal.     Os Cenários Climáticos CH2018 descrevem como o nosso clima pode mudar até meados deste século e além. "Verões secos", "Precipitação

Pesquisa revisa os impactos das ondas de calor em humanos e animais selvagens

    Ondas de calor: "O verão está rapidamente se tornando uma estação mortal para a vida na Terra", diz o professor de biologia Jonathon Stillman Por Patrick Monahan*, San Francisco State University A mudança climática é frequentemente discutida em termos de médias - como a meta estabelecida pelo Acordo de Paris de limitar o aumento da temperatura da Terra a 2 graus Celsius. O que esses números não conseguem transmitir é que a mudança

Ações agressivas e imediatas na redução das emissões de CO2 são fundamentais para garantir um clima tolerável para as gerações futuras

    Restam poucos caminhos para um futuro climático aceitável sem ação imediata, de acordo com estudo Tufts University* Um novo estudo abrangente sobre a mudança climática analisou modelos do futuro potencial da humanidade, e poucos preveem uma Terra que não se aqueceu severamente. Mas com ação imediata e alguma sorte, há caminhos para um futuro climático tolerável, de acordo com uma equipe de pesquisa liderada pela Tufts University. Ao adaptar um modelo computacional popular

15/3 – A greve global dos adolescentes pelo clima; análise de Luiz Marques (IFCH/Unicamp)

  Esse movimento é o ponto de luz no cenário de chumbo em que estamos. Ele se insurge contra a apatia ou mesmo a cumplicidade dos adultos no que se refere à aceleração em curso das mudanças climáticas. No âmbito desse movimento, que vem crescendo e que esperamos cresça cada vez mais, ocorrerá no próximo dia 15, sexta-feira, uma greve global dos adolescentes pelo clima. Também os estudantes brasileiros começam agora

Comunidades rurais da China são mais vulneráveis a eventos climáticos extremos do que as pessoas que vivem em áreas urbanas

  Quente ou frio, os moradores rurais são mais vulneráveis a eventos climáticos extremos International Institute for Applied Systems Analysis (IIASA)*   Temperaturas extremas, tanto frias quanto quentes, trazem maior risco de mortalidade para as pessoas que vivem nas comunidades rurais da China do que nas áreas urbanas, de acordo com um estudo recente publicado na revista Environmental Health Perspectives. A disparidade entre o risco de mortalidade urbano e rural foi encontrada em toda

Top