Aumento de temperaturas na Antártica pode ter efeitos em todo mundo

  Aumento de temperaturas na Antártica pode ter efeitos em todo mundo Como resultado do derretimento das camadas de gelo e geleiras, a taxa de aumento global do nível do mar cresceu desde que as medições de altímetro por satélite começaram em 1993, atingindo um novo recorde em 2021 Temperaturas cada vez mais extremas, juntamente com chuvas incomuns e desprendimentos de plataformas de gelo na Antártica, preocupam especialistas da Organização Meteorológica Mundial (OMM). Para

Aquecimento Global – Temperatura pode atingir o pico em cerca de 10 anos

  Aquecimento Global - Temperatura pode atingir o pico em cerca de 10 anos O aquecimento global não para. Se as pessoas em todos os lugares parassem de queimar combustíveis fósseis amanhã, o calor armazenado ainda continuaria a aquecer a atmosfera. Por Richard B. (Ricky) Rood, Professor de Ciências e Engenharia do Clima e do Espaço, Universidade de Michigan Imagine como um radiador aquece uma casa. A água é aquecida por uma caldeira e a

Resumo do Sexto Relatório de Avaliação do IPCC

  Resumo do Sexto Relatório de Avaliação do IPCC B.1 As emissões antropogênicas líquidas totais de GEE 6 continuaram a aumentar durante o período de 2010–2019, assim como as emissões líquidas cumulativas de CO2 desde 1850. As emissões médias anuais de GEE durante 2010-2019 foram maiores do que em qualquer década anterior, mas a taxa de crescimento entre 2010 e 2019 foi menor do que entre 2000 e 2009. ( alta confiança ) [NOTA 6]: As emissões líquidas

Principais destaques e alertas do novo relatório do IPCC

  Principais destaques e alertas do novo relatório do IPCC As políticas públicas de clima adotadas no mundo até 2020 levarão a Terra a um aquecimento de 3,2°C, mais do que o dobro do limite do Acordo de Paris Por Claudio Angelo (Observatório do Clima) O IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática) lançou nesta segunda-feira (4) o terceiro e último tomo de seu Sexto Relatório de Avaliação (AR6). O documento traz as contribuições do

Alerta do IPCC – Limitar o aquecimento global a 1,5°C pode ficar fora de alcance

  Alerta do IPCC - Limitar o aquecimento global a 1,5°C pode ficar fora de alcance Summary for Policymakers of the IPCC Working Group III, Climate Change 2022: Mitigation of Climate Change - Sem reduções imediatas e profundas de emissões em todos os setores, limitar o aquecimento global a 1,5°C está fora de alcance No entanto, há evidências crescentes de ação climática, de acordo com o novo relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas

Soluções climáticas baseadas na natureza podem mitigar o aquecimento global

  Soluções climáticas baseadas na natureza podem mitigar o aquecimento global Investir na proteção e restauração da natureza oferece benefícios sociais e ambientais para comunidades locais e indígenas, além de armazenar carbono para mitigar as mudanças climáticas Um novo estudo descobriu que a remoção temporária de carbono baseada na natureza pode diminuir os níveis de aquecimento global, mas somente se complementada por ambiciosas reduções de emissões de combustíveis fósseis. Simon Fraser University* As soluções climáticas

Entenda aquecimento global e mudança climática

  Entenda aquecimento global e mudança climática Nesta matéria, você vai entender melhor a diferença entre o que acontece hoje e outros momentos em que houve alteração no clima e conhecer o debate científico atual sobre o tema Por Cátia Guimarães - EPSJV/Fiocruz Quando esta matéria chegar a você, provavelmente isso não será mais notícia nem post nas redes sociais. Mas no exato momento em que esta reportagem estava sendo escrita, mais de 200

Emergência climática: Temperaturas extremas no oceano são o novo normal

  Emergência climática: Temperaturas extremas no oceano são o novo normal Nova análise descobre que os eventos extremos de aquecimento no oceano aumentaram em relação ao passado distante, com quase 60% do oceano experimentando calor extremo em 2019. Por Krystal Vasquez* Temperaturas marinhas extremas que antes eram consideradas raras se tornaram oficialmente a norma para a maioria dos oceanos do mundo. De acordo com um novo estudo (1) , mais da metade da superfície

Ainda há tempo para reverter as mudanças climáticas?

  Ainda há tempo para reverter as mudanças climáticas? Dia Nacional de Conscientização sobre as Mudanças Climáticas: Data serve para alertar a sociedade dos impactos causados pelo desequilíbrio ambiental No dia 16 de março é celebrado o dia da Conscientização para as Mudanças Climáticas. Diante de todo o cenário e impactos que o planeta tem sentido, a data serve como uma pausa para refletir sobre os impactos que as ações humanas têm causado

Frequência de eventos do El Niño deve aumentar até 2040

  Frequência de eventos do El Niño deve aumentar até 2040 As flutuações climáticas globais chamadas eventos El Niño provavelmente se tornarão mais frequentes até 2040, mostra um novo estudo. University of Exeter* El Niño – o aquecimento incomum das águas superficiais no leste do Oceano Pacífico tropical – afeta o clima, os ecossistemas e as sociedades em todo o mundo. O estudo examinou quatro cenários possíveis para futuras emissões de carbono e encontrou um

Aquecimento global aumentará o risco de morte relacionada à temperatura

  Aquecimento global aumentará o risco de morte relacionada à temperatura A taxa de mortalidade ligada a temperaturas extremas aumentará significativamente sob o aquecimento global de 2°C, segundo um relatório de pesquisadores da UCL e da Universidade de Reading University College London* A mortalidade relacionada à temperatura – onde uma morte está diretamente ligada à temperatura climática – na Inglaterra e no País de Gales durante os dias mais quentes do ano aumentará 42%

Relatório do IPCC indica que alguns impactos serão irreversíveis

  Relatório do IPCC indica que alguns impactos serão irreversíveis Muitos caminhos para parar as mudanças climáticas envolvem ultrapassar temporariamente 1,5°C. A última síntese de 34.000 referências diz que é uma má ideia. Por Jenessa Duncombe*, American Geophysical Union Incêndios florestais, mortes relacionadas ao calor, perda de empregos e infraestrutura costeira destruída: esses são apenas alguns dos danos que as temperaturas acima de 2°C causariam, de acordo com um relatório escrito por 270 cientistas

6º Relatório de Avaliação do IPCC – Impactos, Adaptação e Vulnerabilidade

6º Relatório de Avaliação do IPCC - Impactos, Adaptação e Vulnerabilidade A contribuição do Grupo de Trabalho II para o Sexto Relatório de Avaliação do IPCC avalia os impactos das mudanças climáticas, analisando os ecossistemas, a biodiversidade e as comunidades humanas nos níveis global e regional. Também analisa as vulnerabilidades e as capacidades e limites do mundo natural e das sociedades humanas para se adaptar às mudanças climáticas. B.1 As mudanças climáticas induzidas

Mudança climática ameaça a natureza e a vida de bilhões de pessoas

  Mudança climática ameaça a natureza e a vida de bilhões de pessoas Mudanças Climáticas 202 2 : Impactos, Adaptação e Vulnerabilidade. Contribuição do Grupo de Trabalho II para o Sexto Relatório de Avaliação do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas IPCC As mudanças climáticas induzidas pelo homem estão causando perturbações perigosas e generalizadas na natureza e afetando a vida de bilhões de pessoas em todo o mundo, apesar dos esforços para reduzir os riscos. Pessoas

Mudança climática – Ondas de calor atingem os maiores lagos do mundo

  A ocorrência global de ondas de calor severas em lagos desde 1995. Mostrado no painel (a) é o número total de eventos de ondas de calor severas observados em cada lago estudado de 1995 a 2019. No painel (b), mostramos o número total de ondas de calor severas em lagos observadas nos lagos estudados a cada ano durante o período de estudo. In 'Severe Lake Heatwaves Attributable to Human-Induced Global

Jovens, Urgência Ecológica e Conferências do Clima (COPs)

  Jovens, Urgência Ecológica e Conferências do Clima (COPs), artigo de Tomás Togni Tarquinio A cada dia, aumenta o número de jovens preocupados com o fato de que o aquecimento global não mais bate à nossa porta. Que ele já está confortavelmente instalado em nossa antessala Quatro meses após a Conferência do Clima (COP-26) de novembro de 2021, em Glasgow, os temas “candentes” tratados estão novamente relegados a um terceiro plano. Retornarão seguramente

Aquecimento global suprime arbustos no Ártico e no Tibete

  Aquecimento global suprime arbustos no Ártico e no Tibete Um novo estudo liderado pelo Prof. LIANG Eryuan do Instituto de Pesquisa do Planalto Tibetano (ITP) da Academia Chinesa de Ciências (CAS) mostra que o aquecimento global suprimiu o recrutamento (capacidade de uma espécie em ocupar nichos disponíveis - nota do Editor) de arbustos na Groenlândia e no Planalto Tibetano. Este artigo foi publicado na PNAS em 21 de fevereiro. Institute of Tibetan Plateau

Mudança climática acelera a erosão costeira do Ártico

  Foto: AWI/P.Overduin Mudança climática acelera a erosão costeira do Ártico A erosão está destruindo as costas do Ártico. O aquecimento do solo, provocando rupturas e quedas, pode pôr em perigo importantes infraestruturas e ameaçar a segurança das populações locais. Além disso, esses processos liberam no oceano o carbono armazenado nos solos, o que pode alterar o papel do Oceano Ártico como um importante depósito de carbono e gases de efeito estufa. Eles também

Diminui a extensão do gelo marinho na Antártida em janeiro

  Diminui a extensão do gelo marinho na Antártida em janeiro, artigo de José Eustáquio Diniz Alves O gelo marinho ao redor da Antártida apresenta um comportamento complexo. Essa camada que congela sobre o Oceano Antártico diminuiu na primeira metade do século passado, mas depois aumentou nas últimas décadas do século XX. Enquanto o gelo no resto do mundo diminuía devido às mudanças climáticas o bloco de gelo ao redor do continente meridional

Meta do Acordo Climático de Paris ainda é possível

  Meta do Acordo Climático de Paris ainda é possível O objetivo do Acordo Climático de Paris de limitar o aquecimento global neste século a 2°C acima das temperaturas pré-industriais ainda está ao alcance, mas os piores cenários apocalíptico são plausíveis, sugere uma nova análise da CU Boulder. University of Colorado at Boulder* Publicado na Environmental Research Letters , o novo estudo encontra um subconjunto de cenários climáticos do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas

Top