Emergência Climática: Pesquisadores avaliam efeitos generalizados do aquecimento polar

    Com 2019 no ritmo de um dos anos mais quentes já registrados, um grande novo estudo da Universidade da Califórnia, Davis, revela a rapidez com que o Ártico está se aquecendo e examina as consequências globais do aquecimento polar contínuo. Por Kat Kerlin* ** O estudo [The polar regions in a 2°C warmer world], publicado na revista Science Advances, relata que o Ártico aqueceu 0,75 C na última década. Em comparação, a

Diminui a extensão do gelo marinho na Antártida, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “Em nossa opinião, a evidência dos pontos de inflexão sugere que estamos em um estado de emergência planetária: tanto o risco quanto a urgência da situação são acentuados” Timothy Lenton (27/11/2019)   “Por muitas décadas, a espécie humana está em guerra com o planeta. E o planeta está revidando” António Guterres (02/12/2019)   [EcoDebate] Cai uma das últimas desculpas dos negacionistas da crise climática. A extensão de gelo marinho ao redor da Antártida que crescia ligeiramente nas

Emergência Climática – Pesquisadores projetam que o clima em várias regiões do Ártico pode mudar abruptamente

    Pesquisadores da Universidade McGill projetam que, à medida que o permafrost continua se degradando, o clima em várias regiões do Ártico pode potencialmente mudar abruptamente, em um futuro relativamente próximo. McGill University* A pesquisa, publicada na revista Nature Climate Change , também sugere que, à medida que o permafrost se degrada, a gravidade dos incêndios florestais dobrará de um ano para o próximo e permanecerá na nova e mais alta taxa de

Emergência Climática – Porque uma geleira da Groenlândia em crescimento não significa boas notícias para o aquecimento global

  Por Alan Buis, Laboratório de Propulsão a Jato da NASA* Uma grande piscina de águas abertas na borda da Geleira Helheim, no leste da Groenlândia, como vista da aeronave Oceans Melting Greenland (OMG). A equipe OMG lançou com sucesso uma sonda oceânica nesta poça de água e mediu a temperatura da água bem na face da geleira. Em março, uma equipe de pesquisa liderada pela NASA anunciou que Jakobshavn Isbrae, a geleira mais fina e

Relatório do IPCC sobre a degradação dos oceanos e da criosfera, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), divulgou, no dia 25 de setembro de 2019, um novo relatório que analisa e sintetiza as descobertas científicas mais recentes sobre a crise climática, os oceanos e a criosfera (superfície terrestre coberta permanentemente por gelo e neve). O relatório contou com a coordenação de mais de 100 especialistas de 30 países e foi estruturado para apresentar os diversos cenários sobre como o

Emergência Climática – Mudanças climáticas aumentam risco de contaminação por mercúrio pelo derretimento do permafrost

  À medida que as temperaturas globais continuam subindo, o degelo do permafrost nas áreas do Ártico está acelerando e o mercúrio que ficou preso no solo congelado agora está sendo liberado de várias formas nas vias fluviais, no solo e no ar. University of New Hampshire*   Degelo do permafrost De acordo com pesquisadores da Universidade de New Hampshire, esse processo pode resultar na grande transformação do mercúrio em formas mais móveis e potencialmente

Emergência Climática – As geleiras peruanas estão desaparecendo em ritmo alarmante

  Em certas cadeias de montanhas nos Andes, como a Cordilheira Blanca, as geleiras estão se retirando a uma taxa acelerada desde os anos 80. Friedrich-Alexander-Universität* É do conhecimento geral que as geleiras estão derretendo na maioria das áreas do mundo. A velocidade com que as geleiras tropicais nos Andes peruanos estão recuando é particularmente alarmante, no entanto.  Na primeira investigação detalhada de todas as cadeias de montanhas do Peru, uma equipe de pesquisa da

Emergência Climática – Cientistas alertam que mudanças climáticas estão acontecendo ‘antes e pior’ do que o previsto

  ONU A maior geleira dos Alpes suíços, o Aletschgletscher, está derretendo rapidamente e pode desaparecer completamente em 2100. Foto: Geir Braathen Cientistas especializados em clima apresentaram no domingo (22) um relatório que expõe de que forma, nos últimos anos, o aquecimento global, o aumento de nível dos mares, a diminuição das geleiras e a poluição por carbono aceleraram. O relatório, apresentado durante Cúpula de Ação Climática das Nações Unidas na segunda-feira (23), destacou a disparidade

O derretimento da superfície faz com que as geleiras antárticas deslizem mais rapidamente em direção ao oceano

  Estudo mostra pela primeira vez uma ligação direta entre o derretimento da superfície e breves explosões de aceleração de geleiras na Antártica Durante esses eventos, as geleiras da Península Antártica movem-se 100% mais rápido que a média Os cientistas pedem que essas descobertas sejam contabilizadas nas previsões de aumento do nível do mar Geleira Drygalski, Península Antártica. Crédito: Google Earth. A água de derretimento da superfície, que drena através do gelo e

Recorde de degelo nos polos em julho de 2019, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  [EcoDebate] O mês de julho de 2019 bateu todos os recordes de degelo nos polos, contribuindo para a elevação do nível dos oceanos e servindo de alerta para bilhões de pessoas que moram nas áreas litorâneas. Depois de cinco sucessivos anos (2014, 2015, 2016, 2017 e 2018) de recordes de temperaturas globais, o ano de 2019 caminha para ser o segundo mais quente já registrado. Os meses de junho e

Na Groenlândia o gelo derrete em velocidade recorde; rios fluem no permafrost

  Degelo na Groenlândia Rios que aparecem do nada e, a qualquer momento, se estendem a perder de vista, até gerar imprevisíveis lagoas. Fluem, neste momento de pleno verão, sobre a Groenlândia, ou melhor, sobre o que resta do seu gelo eterno, cada vez mais escuro e encolhido, numa palavra, agonizante. As imagens aéreas que acabaram de chegaram da maior ilha do planeta causam impressão. Milhões - bilhões - de toneladas de água

Com calor recorde, no final de julho de 2019, grande derretimento se espalhou pelo manto de gelo da Groenlândia

  Earth Observatory/NASA* 20 a 30 de julho de 2019 PNG 30 de julho de 2019 JPEG No final de julho de 2019, um grande evento de derretimento se espalhou pelo manto de gelo da Groenlândia. Bilhões de toneladas de água entraram no Oceano Atlântico ao longo do mês, contribuindo direta e imediatamente para o aumento do nível do mar. O derretimento foi provocado por uma bolha de ar quente que se deslocou sobre a Groenlândia

Top