Série ‘Simplifica!’, da TV USP, estreia explicando ciclo do carbono e energia limpa

  Ciclo do carbono e energia limpa No vídeo de abertura da série “Simplifica”, entenda por que as energias não renováveis são as maiores vilãs das mudanças climáticas Todos os dias nos noticiários ouvimos falar sobre dióxido de carbono e que a energia limpa pode reduzir a poluição e o efeito estufa. Mas como esse gás carbônico é gerado? O que ele tem a ver com as mudanças climáticas? E como produzir energia

Ações agressivas e imediatas na redução das emissões de CO2 são fundamentais para garantir um clima tolerável para as gerações futuras

    Restam poucos caminhos para um futuro climático aceitável sem ação imediata, de acordo com estudo Tufts University* Um novo estudo abrangente sobre a mudança climática analisou modelos do futuro potencial da humanidade, e poucos preveem uma Terra que não se aqueceu severamente. Mas com ação imediata e alguma sorte, há caminhos para um futuro climático tolerável, de acordo com uma equipe de pesquisa liderada pela Tufts University. Ao adaptar um modelo computacional popular

O derretimento de permafrost pode aumentar a carga atmosférica de CO2

    As temperaturas no Ártico estão subindo duas vezes mais rápido que no resto do mundo, fazendo com que os solos do permafrost descongelem. University of Eastern Finland * As turfeiras do permafrost são pontos biogeoquímicos no Ártico e armazenam grandes quantidades de carbono. O degelo do permafrost poderia liberar parte desses estoques de carbono imobiliários de longo prazo como os dióxido de carbono (CO2 ) e metano (CH4 ) para a atmosfera,

Sinopse e vídeo sobre a relações entre o crescimento do consumo de energias fósseis, do PIB, da população e do C02

    Por Tomas Togni Tarquinio Podemos afirmar que a modernidade nasce com o emprego das energias fósseis. Antes da revolução industrial a humanidade era tributária de energias renováveis, particularmente da energia humana e a dos animais. Mesmo antes do neolítico, o homem empregou a força dos seus músculos para uma produção de bens e serviços extremamente pequena. O salto na produção ocorre com a revolução industrial. Onde há transformação, há emprego de energia.

Aumenta a concentração de CO2 na atmosfera em 2018, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A concentração de CO2 na atmosfera deveria diminuir para atender as metas do Acordo de Paris, mas, ao contrário do que foi planejado e acordado, continua aumentando em ritmo perigoso. A NOAA (National Oceanic & Atmospheric Administration), por meio da Global Monitoring Division, divulgou os dados do crescimento médio da concentração global de CO2 na atmosfera. Em 2018, o aumento foi de 2,39 partes por milhão (ppm). É um número

Os últimos quatro anos foram os mais quentes já registrados – e o CO2 continua a subir

  Dados mostram que 2018 foi o quarto de uma série de anos excepcionalmente quentes e as concentrações atmosféricas de CO2 continuaram a subir.     Por Silke Zollinger* Dados divulgados pelo Copernicus Climate Change Service (C3S) mostram que 2018 foi o quarto de uma série de anos excepcionalmente quentes e junto com o Copernicus Atmosphere Monitoring Service (CAMS), o C3S relata que as concentrações atmosféricas de CO2 continuaram a subir. O C3S e o CAMS

As mudanças climáticas podem trazer múltiplos desastres simultâneos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  As emissões contínuas e crescentes de gases de efeito estufa (GEE) estão provocando mudanças climáticas desastrosas não só para toda a humanidade, mas também para todos os seres vivos do Planeta.     [EcoDebate] São, cada vez, mais notórios os sinais de caos climático e ambiental, como os furacões, tufões e ciclones que atingiram diversas partes do mundo em 2018 (Jebi no Japão, Mangkhut na Filipinas e China, Florence e Michael nos EUA, etc.),

O custo ambiental das embalagens de comida para viagem

  Cientistas dizem que mais deveria ser feito para combater o crescente impacto ambiental das embalagens de comida para viagem. Por Jordan Kenny * **     Um novo estudo estima que 2 bilhões de embalagens por ano sejam usados apenas na União Européia (UE). Ele também diz que encontrar uma maneira de reciclar recipientes descartáveis para viagem poderia ajudar a reduzir as emissões equivalentes de gases de efeito estufa gerados anualmente por 55.000 carros. Os

Você conhece a pegada de carbono de suas escolhas alimentares?

  Pegada de Carbono - Entre 19% e 29% das emissões globais de gases de efeito estufa são provenientes da produção de alimentos Por Leilah Schubert * ** Os compradores subestimam a diferença que suas escolhas alimentares podem fazer para a mudança climática, mas favorecerão itens com menor pegada de carbono se receberem informações claras sobre o rótulo, de acordo com uma nova pesquisa da Universidade de Tecnologia de Sydney e da Duke

A COP24 diante da emergência planetária e do Armageddon ecológico, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  Emergência Planetária - A afluência e a influência humana sobre a Terra nos tempos modernos têm sido tão significativas (e ambientalmente tão negativas) que pôs fim à estabilidade climática existente nos cerca de 12 mil anos do Holoceno   “É triste pensar que a natureza fala e que o ser humano não a ouve” Victor Hugo [EcoDebate] A Terra é a nossa casa comum. A humanidade é uma das inúmeras formas de vida que

Emissões globais de dióxido de carbono (CO2) aumentam mesmo com a diminuição do carvão e o aumento das energias renováveis

  Emissões globais de dióxido de carbono aumentaram pelo segundo ano consecutivo, impulsionadas pelo crescente consumo de energia Escola de Ciências da Terra, Energia e Meio Ambiente de Stanford (Stanford Earth)* As emissões globais de dióxido de carbono se encaminham para aumentar pelo segundo ano consecutivo, principalmente devido ao crescente consumo de energia, de acordo com novas estimativas do Projeto Carbono Global, uma iniciativa liderada pelo cientista Rob Jackson, da Universidade Stanford. As novas

Setor transporte responde por 25% das emissões globais de gases de efeito estufa

  O setor de transporte contribui com um quarto das emissões globais de gases de efeito estufa e é a área em que as irradiações de carbono mais crescem desde 2000. A informação consta de relatório apresentado na terça-feira (11) na 24ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 24), em Katowice, Polônia. ABr     De acordo com o relatório Situação global do Transporte e Mudança Climática Global (tradução livre), elaborado por mais de

Top