Descarbonizando o setor de energia: a energia renovável oferece mais benefícios para a saúde e o meio ambiente

  O fornecimento de eletricidade é um dos maiores emissores de CO2 do mundo. Para manter o aquecimento global bem abaixo de 2 ° C, vários caminhos levam a zero emissões no setor de energia, e cada um tem seus potenciais impactos ambientais - como poluição do ar e da água, uso da terra ou demanda de água. Potsdam Institute for Climate Impact Research (PIK)* Painéis de energia solar em campo. Foto: istockphoto Usando

Emergência Climática: Mudanças climáticas já afetam a saúde das novas gerações

  Doenças infecciosas, enchentes, incêndios florestais e escassez de alimentos pintam futuro sombrio para uma criança nascida hoje caso o ritmo de emissão de carbono continue nos níveis atuais Por Matheus Souza, Jornal da USP Ninguém mais duvida que as mudanças climáticas trazem consequências catastróficas para o meio ambiente. Agora, um estudo elaborado por 120 especialistas de diferentes países estima quais são os efeitos dessas mudanças para a saúde dos seres humanos, e

Cientistas alertam para a emergência climática e o crescimento populacional, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“Ainda crescendo em torno de 80 milhões pessoas por ano, ou mais de 200.000 por dia, a população mundial precisa ser estabilizada e, idealmente, reduzida gradualmente” Alerta dos cientistas mundiais sobre a emergência climática (05/11/2019) [EcoDebate] Mais de 11 mil cientistas de todo o mundo, de maneira reiterada, alertam a humanidade sobre a ameaça de uma iminente catástrofe ambiental e declararam que o Planeta está enfrentando uma emergência climática. O manifesto diz

BRICS ultrapassam a OCDE em emissões de CO2, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“No ano de 2078 eu farei 75 anos. Se eu tiver filhos, talvez eles passem o dia comigo. Talvez eles me perguntem sobre vocês. Talvez me perguntem por que vocês não fizeram nada enquanto ainda havia tempo para agir” Greta Thunberg [EcoDebate] O mundo vive uma emergência climática devido ao aumento imemorial da temperatura do Planeta. A temperatura média da Terra, se nada for feito urgentemente, caminha rumo ao maior valor em

Estudo revela aumento nos impactos de carbono devido a perdas de florestas tropicais intactas entre 2000 e 2013

  Wildlife Conservation Society, Global Conservation Program* LEIA O ESTUDO:  https://advances.sciencemag.org/content/5/10/eaax2546 Novos números revelam um aumento impressionante nos impactos de carbono - 626% a mais do que se pensava anteriormente - devido a perdas de floresta tropical intacta entre 2000 e 2013 O valor é equivalente a aproximadamente dois anos de emissões globais de mudanças no uso da terra O aumento dramático nos números vem do fatoramento da contabilidade total de carbono

Entenda as emissões de gases de efeito estufa do Brasil em 2018

Brasil tem emissões estáveis em 2018 - Aumento foi de 0,3% em relação ao ano anterior, segundo novos dados do SEEG; queda no setor de energia, puxada por renováveis, compensou alta no desmatamento da Amazônia. Observatório do Clima As emissões brasileiras de gases de efeito estufa se mantiveram estáveis em 2018, segundo nova estimativa do SEEG, o Sistema de Emissões de Gases de Efeito Estufa do Observatório do Clima. No ano passado, o

Cientistas alertam para a urgência em declarar emergência climática

  O consenso científico sobre a ameaça da mudança climática está bem estabelecido, remontando a 40 anos da Primeira Conferência Mundial do Clima, realizada em Genebra em 1979. Nas décadas seguintes, participantes de assembleias semelhantes mencionaram a crescente ameaça de uma mudança climática e governos advertidos e outros órgãos de formulação de políticas para agir. American Institute of Biological Sciences* Escrevendo em BioScience , membros de uma coalizão mundial de cientistas argumentam que

Impacto da perda de florestas tropicais intactas é devastador para o clima

    University of Queensland* O estudo internacional revelou entre 2000 e 2013 que a derrubada de florestas tropicais intactas resultou na emissão de um nível muito maior de carbono na atmosfera do que se pensava - resultando em um aumento de 626% no impacto calculado sobre o clima. O cientista de conservação da UQ, Dr. Sean Maxwell, disse que essa diferença equivalia a dois anos de emissões globais de mudanças no uso da

Políticas existentes de precificação de carbono não garantem o cumprimento dos objetivos do Acordo de Paris

    Levantamento publicado pelo Banco Mundial aponta que apenas 20% das emissões no mundo são cobertas por uma política de precificação de carbono e menos de 5% desses atendem aos objetivos do Acordo de Paris Por Willians Ribeiro Cresce a utilização de instrumentos de precificação de carbono como maneira de lidar com o desafio de limitar as emissões de gases de efeito estufa (GEE). O objetivo dos instrumentos de precificação é incorporar na

Os países pobres e de renda média lideram a emissão global de CO2 no século XXI, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

[EcoDebate] O mundo vive uma emergência climática. A temperatura da Terra já subiu mais de 1º C desde o início da Revolução Industrial e o ritmo do aquecimento global tem se acelerado. Uma temperatura de 1,5º C acima do nível médio do século passado pode ser atingida na década de 2030 e a marca de 2º C (prevista como limite máximo do Acordo de Paris) pode ser atingida até meados

Não há futuro que valha a pena sem a natureza

    “Não há futuro que valha a pena sem a natureza”. Entrevista com Sandra Myrna Díaz IHU Um dos momentos favoritos de Sandra Myrna Díaz (Bell Ville, 1961), na Universidade de Córdoba (Argentina), onde trabalha no Instituto de Biologia Vegetal, ocorre quando questiona seus alunos, parecendo detetive, sobre a procedência de muitas folhas selecionadas para adivinhar suas características e estilo de vida. “Isso me apaixona. Gosto de ver como as plantas que evoluíram em lugares muito diferentes, isoladas umas das outras, acabam tendo síndromes

Emergência Climática – Emissões de gases de efeito estufa subiram 1,6% ao ano entre 2008 e 2017

  A ONU Meio Ambiente divulgou uma retrospectiva de dez anos de seu Relatório de Emissões — uma publicação que compara os níveis de emissão de gases de efeito estufa para evitar os piores impactos das mudanças climáticas. O mundo parece ter passado a última década fazendo exatamente o oposto do que deveria. Apesar dos avisos nos relatórios anuais, as emissões de gases de efeito estufa cresceram a uma média de 1,6%

Top