População e avanços científicos e tecnológicos

  População e avanços científicos e tecnológicos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Os avanços da engenhosidade humana devem ocorrer num quadro de diminuição da presença humana e de aumento da regeneração ecológica “Acreditar que o crescimento econômico exponencial pode continuar infinitamente num mundo finito é coisa de louco ou de economista” Kenneth Boulding (1910-1993) A população mundial cresceu 2 mil vezes nos últimos 12 mil anos, passando de cerca de 4 milhões de pessoas

Demografia e Economia nos 200 anos da Independência do Brasil

  Demografia e Economia nos 200 anos da Independência do Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Entender a história e a dinâmica das transições que ocorrem no país é essencial para se erguer, no século XXI, uma nação estruturada na concepção de equidade, justiça, prosperidade e felicidade O Brasil completará 200 anos da Independência, no dia 07 de setembro de 2022. Na verdade, ao longo dos séculos, foram muitas as ações em

A pandemia acelerou a transição demográfica na Tailândia

  A pandemia acelerou a transição demográfica na Tailândia, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A transição demográfica permitiu que a Tailândia aproveitasse o bônus demográfico e aumentasse a renda média da população “Não tive filhos, não transmiti a nenhuma criatura o legado da nossa miséria” Machado de Assis (1839-1908) em Memórias póstumas de Brás Cubas A transição demográfica na Tailândia foi uma das mais precoces e mais rápidas do Terceiro Mundo. As taxas de

A redução do eleitorado jovem no Brasil

  A redução do eleitorado jovem no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves O Brasil está passando pela transição demográfica, que é a passagem de altas a baixas taxas de natalidade e mortalidade. Em consequência, o país também está passando por uma transição da estrutura etária, com redução do percentual de jovens e o aumento do percentual de idosos. O gráfico abaixo mostra que, em 2010, o número de jovens de 16

A República Democrática do Congo na armadilha da pobreza

  A República Democrática do Congo na armadilha da pobreza, artigo de José Eustáquio Diniz Alves “Enquanto houver pobreza no mundo, nenhuma pessoa poderá ser totalmente rica mesmo se tiver um bilhão de dólares” Martin Luther King (1929-1968) A República Democrática do Congo (RDC) é o país mais rico do mundo em reservas de cobalto, um metal essencial para a produção de turbinas de avião, baterias de celulares, computadores, carros, etc. Mas em termos de

O tamanho demográfico e econômico da Rússia

  O tamanho demográfico e econômico da Rússia, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A Rússia é o maior país do mundo em termos geográficos, com 17,1 milhões de km2, mais do dobro da área do Brasil. Também é uma potência militar. Porém, tem uma dimensão bem menor em termos demográficos e econômicos. O gráfico abaixo, da Divisão de População da ONU (projeções de 2019), mostra que a população da Rússia já vem

O declínio demográfico da Ucrânia

  O declínio demográfico da Ucrânia, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A Ucrânia é um país que tem sofrido muito com as guerras e isto tem afetado a dinâmica demográfica do país. O Brasil e a Ucrânia tinham aproximadamente o mesmo tamanho de população em 1920, em torno de 30 milhões de habitantes. Mas em, 2020 o Brasil já tinha mais de 210 milhões de pessoas e a Ucrânia cerca de 42

A Índia com fecundidade abaixo da reposição

  A Índia com fecundidade abaixo da reposição, artigo de José Eustáquio Diniz Alves “Precisamos nos preocupar com a explosão populacional” Narendra Modi, 15/08/2019 A Índia está na iminência de ultrapassar a China e se tornar o país mais populoso do mundo. Mas a novidade é que a Taxa de Fecundidade Total (TFT) indiana caiu abaixo do nível de reposição, o que vai ter um grande impacto na dinâmica demográfica nas próximas décadas. Segundo as

A China com menos gente e mais robôs e automação

  A China com menos gente e mais robôs e automação, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Em vez de pensar em manter o incremento populacional a China está se preparando para crescer economicamente com menor desigualdade e com uma força de trabalho mais produtiva “Todos os nossos problemas ambientais se tornam mais fáceis de resolver com menos gente e mais difíceis e, em última instância, impossíveis de resolver com cada vez mais pessoas”.

Os EUA tiveram a menor taxa de crescimento demográfico de todos os tempos

  Os EUA tiveram a menor taxa de crescimento demográfico de todos os tempos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A pandemia da covid-19 aumentou as taxas de mortalidade e diminui as taxas de natalidade e a migração internacional dos Estados Unidos da América (EUA). Desta forma, a população dos EUA cresceu a uma taxa mais lenta em 2021 do que em qualquer outro ano desde a fundação da nação. Com base em

200 cidades gaúchas com decrescimento populacional em 2021

  200 cidades gaúchas com decrescimento populacional em 2021, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A pandemia da covid-19 afetou a dinâmica demográfica, de modo geral, aumentando o número de mortes e diminuindo o número de nascimentos em todo o país. Para o Brasil como um todo, em 2021, houve 2,62 milhões de nascimentos e 1,73 milhão de mortes, representando um crescimento de 895 mil pessoas. No Rio Grande do Sul houve 126,3

Cidades fluminenses com decrescimento populacional em 2021

  Cidades fluminenses com decrescimento populacional em 2021, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A pandemia da covid-19 afetou a dinâmica demográfica aumentando o número de mortes e diminuindo o número de nascimentos. Para o Brasil como um todo o número de nascimentos ficou acima do número de óbitos tanto em 2020, quanto em 2021. Mas o crescimento vegetativo (Nascimentos – óbitos e migração zero) diminuiu desde 2019. Este fenômeno aconteceu em todas as

O impacto da covid-19 na dinâmica demográfica brasileira

  O impacto da covid-19 na dinâmica demográfica brasileira, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A pandemia da covid-19 afetou a dinâmica demográfica brasileira, aumentando o número de óbitos e diminuindo o número de nascimentos O Brasil tem passado pelo fenômeno da transição demográfica, que significa uma queda nas taxas de mortalidade e natalidade e que, deterministicamente, gera uma mudança na estrutura etária com redução da base da pirâmide e um alargamento, no

Cidades gaúchas com decrescimento populacional em 2020

  Cidades gaúchas com decrescimento populacional em 2020, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Nas próximas duas décadas o RS deve continuar tendo aumento da população, mas em ritmo cada vez menor A pandemia da covid-19 afetou a dinâmica demográfica aumentando o número de mortes e diminuindo o número de nascimentos em todo o país. No Rio Grande do Sul houve 114 municípios com número de óbitos acima dos nascimentos, apresentando variação vegetativa

Cidades do Rio de Janeiro com decrescimento populacional em 2020

  Cidades do Rio de Janeiro com decrescimento populacional em 2020, artigo de José Eustáquio Diniz Alves “Não é só a morte que iguala a gente. O crime, a doença e a loucura também acabam com as diferenças que a gente inventa” Lima Barreto (1881-1922) A pandemia da covid-19 afetou a dinâmica demográfica aumentando o número de mortes e diminuindo o número de nascimentos. No território fluminense, 22 cidades apresentaram variação vegetativa (Nascimentos – óbitos

A redução da expectativa de vida em 2020 e a Tábua de Vida do IBGE

  A redução da expectativa de vida em 2020 e a Tábua de Vida do IBGE, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Sem conhecer o tamanho real da população e sua estrutura por sexo e idade fica impossível calcular com exatidão a expectativa de vida O século XX foi marcado por um grande aumento da expectativa de vida ao nascer no Brasil e na maioria dos países. O avanço foi excepcional e a

Aumenta o número de mortes e diminui o número de nascimentos no Brasil

  Aumenta o número de mortes e diminui o número de nascimentos no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Os dados das estatísticas do Registro Civil, do IBGE, confirmam que houve aumento dos óbitos, redução dos nascimentos e redução dos casamentos no Brasil em 2020. Este quadro deve se repetir em 2021 “Não há vivos, há os que morreram e os que esperam a vez” Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) O IBGE divulgou, no

Pandemia aumentou a mortalidade e reduziu a natalidade no Brasil

  Pandemia aumentou a mortalidade e reduziu a natalidade no Brasil No ano de 2020, marcado pela chegada da pandemia da Covid-19 ao país, o número de óbitos no Brasil aumentou 14,9% em comparação a 2019, a maior variação desde 1984 Por Cristiane Crelier / Arte: Brisa Gil / IBGE Resumo No ano de 2020, marcado pela chegada da pandemia da Covid-19 ao país, o número de óbitos no Brasil aumentou 14,9% em

Rio de Janeiro com crescimento demográfico zero em 2021

  Rio de Janeiro com crescimento demográfico zero em 2021, artigo de José Eustáquio Diniz Alves O período de crescimento populacional contínuo do estado do Rio de Janeiro vai, em pouco tempo, ficar para trás. Isto é, nas próximas duas décadas a população fluminense deve continuar crescendo, mas em ritmo cada vez mais lento “Ninguém ainda sabe se tudo apenas vive para morrer ou se morre para renascer” Marguerite Yourcenar (1903 - 1987) O dia

As estimativas populacionais do IBGE para 2021 no Brasil

  As estimativas populacionais do IBGE para 2021 no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves O fato é que as estimativas populacionais para 2021 estão sobrestimadas, pois não considerou o aumento dos óbitos e a redução dos nascimentos provocados pela pandemia O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou as estimativas da população brasileira, no dia 27 de agosto de 2021. Desde meados da década de 1970, o IBGE divulga as

Top