Pessoas, ambientes, desigualdade e doença: um enfoque ecossistêmico, artigo de André Francisco Pilon

  [Jornal da USP] O filósofo francês Marcel Gauchet (da heteronomia à autonomia), ao analisar a evolução, ao longo da história, da crença de que os eventos, antes atribuídos a fatalidades externas, estariam agora sob o domínio humano, chegou à conclusão de que os indivíduos e as sociedades atuais, longe de se emanciparem, tornaram-se impotentes e não dispõem de autocontrole e verdadeira autonomia. A definição dos problemas é fragmentada e reduzida por

Comércio global de répteis é um viveiro de doenças, indica pesquisa

  A Proteção Animal Mundial, organização não-governamental que atua em prol do bem-estar dos animais, lança um estudo sobre o comércio internacional de cobras pítons bola, o animal vivo mais negociado – legalmente – da África. O comércio desse tipo de réptil representa cerca de 20% do comércio global de animais exóticos. Contudo, as péssimas condições de confinamento tornam este tipo de comércio uma bomba-relógio para doenças infecciosas e mortais. A pesquisa

Coronavírus: Qual a relação do meio ambiente com a pandemia? Artigo de Bernardo Egas

  A aviação comercial global, em 2019, transportou 4.5 bilhões de passageiros, com eficiência e rapidez. Este mundo interconectado tem inúmeras vantagens que aceleram o desenvolvimento global e multiplicam oportunidades, mas também aproxima e globaliza problemas de uma forma que não estamos preparados para suportar.  Com o novo coronavírus (Covid-19) enfrentamos uma grave pandemia, que segue se disseminando em velocidade sem precedentes. Quase todos os países já contam com casos confirmados e

O coronavírus nos obriga a reconsiderar a biodiversidade e seu papel protetor

    IHU “O aquecimento global e outras formas de alteração dos ecossistemas, como a mineração, estão expondo e reativando bactérias resistentes a antibióticos e vírus antigos potencialmente perigosos para a nossa saúde”, denuncia Fernando Valladares, doutor em Biologia e membro do Conselho Superior de Investigações Científicas da Espanha (CSIC), em artigo publicado por El Diario, 20-03-2020. A tradução é do Cepat. Eis o artigo. Se seguirmos o ditado segundo o qual nos lembramos de Santa Bárbara quando troveja, em plena crise do coronavírus, deveríamos nos

Papagaio-de-cara-roxa tem a menor taxa de reprodução da década no Paraná

  Predadores naturais, interferências humanas e mudanças climáticas podem ter influenciado nos resultados do período 2019/2020 Por Laís Adriana de Almeida     Durante o período reprodutivo 2019/2020, o Paraná registrou o menor número de nascimento de papagaios-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis) dos últimos dez anos. Além da baixa taxa de nascimentos, o número de filhotes que conseguiram se desenvolver e alçaram o primeiro voo – o que os especialistas chamam de sucesso reprodutivo – foi de

Preservação ambiental é a chave para a contenção de doenças, artigo de Allan C. Pscheidt

  [EcoDebate] Epidemias como o Ebola, Sars, Mers e, recentemente, o Covid-19 (coronavírus), que tem infectado milhares de pessoas na China e ao redor do mundo, têm em comum a sua origem vinda dos morcegos, segundo alguns estudos. Esses mamíferos vivem em grandes populações que abrangem diversos territórios e convivem com muitos vírus, sem adoecer. Isso os torna um reservatório natural de diferentes tipos de coronavírus e também de outros vírus

Terras protegidas reduzem a perda de habitat e protegem espécies ameaçadas, diz estudo

  Perda de habitat significativamente maior ocorre em terras privadas, indicando a necessidade de esforços de conservação mais uniformes Tufts University* Usando mais de 30 anos de imagens de satélite terrestre, cientistas da Universidade Tufts e da organização de conservação sem fins lucrativos Defenders of Wildlife descobriram que a perda de habitat para espécies ameaçadas nos EUA esse período foi duas vezes maior em terras privadas não protegidas do que em terras protegidas

Eufemismos Ambientais: Uma Crônica Potiguar, por Carlos Augusto de Medeiros Filho

Assisti algumas palestras e participei de debates e conversas sobre o novo Plano Diretor de Natal (PDN) que vai ser discutido e definido pela nova Câmara Municipal a ser eleita nas eleições municipais de 2020. Essa futura responsabilidade é, creio, o principal motivo de se estudar criteriosamente em que vereador votar. Deve-se escolher um candidato que tenha posições claras e embasadas sobre pontos críticos do PDN e que defenda uma

Conversão de multas ambientais e criação de Reservas Particulares do Patrimônio Nacional, artigo de Bruno Versiani dos Anjos

    [EcoDebate] As Reservas Particulares do Patrimônio Nacional (RPPN) constituem importante e valioso instrumento de conservação e preservação ambiental, mecanismo esse ainda relativamente sub-utilizado e pouco difundido. Atualmente existem 698 RPPNs no Brasil, cobrindo uma superfície de aproximadamente 521850 Km2 (equivalmente a área aproximadamente do estado de Minas Gerais). Isso significa que apenas 1/16 do país está sob regime de RPPN. O estado da federação que conta com maior número de RPPNs

Como reservas particulares contribuem com a qualidade de vida nas cidades, artigo de Nicholas Kaminski

    [EcoDebate] Com incentivos para proteção de áreas naturais particulares, Curitiba tem a chance de movimentar um mercado baseado em natureza e de sair na frente no combate às mudanças climáticas Poucos sabem que no Brasil existe uma categoria de Unidade de Conservação de domínio privado, em que pessoas físicas e jurídicas estão envolvidas por iniciativa própria. As chamadas Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN) representam iniciativas de proprietários de áreas de

Metade do PIB mundial é mais depende da natureza e da biodiversidade do que o estimado, afirma novo relatório

• A ciência mais recente nos diz que cerca de 25% de nossas espécies vegetais e animais catalogados estão ameaçadas por ações humanas, com um milhão de espécies em extinção, muitas em décadas • As empresas são mais dependentes da natureza do que se pensava anteriormente, com aproximadamente US $ 44 trilhões em geração de valor econômico moderada ou altamente dependente da natureza • Construção, agricultura, alimentos e bebidas são

Quatro riscos ambientais que podem comprometer o turismo e a economia do Brasil

  Áreas naturais possuem grande relevância nas atividades turísticas brasileiras, contribuindo diretamente com a geração de renda e empregos em todo o País Rico em biodiversidade e paisagens naturais, o Brasil é o País número um em atrativos naturais na América Latina e segundo no mundo, segundo o ranking de 2019 do Relatório de Competitividade em Viagens e Turismo do Fórum Econômico Mundial. O segmento turístico foi responsável por movimentar cerca de

Top
Betway Casino Roulette Image Banners
Betway Casino Roulette Image Banners