Onças-pintadas são reinseridas na natureza, no Pantanal Matogrossense

  Experiência inédita, realizada no Pantanal Matogrossense, é bem sucedida e serve de modelo para futuras reintroduções na Mata Atlântica, onde a situação da espécie é mais crítica.     A primeira experiência de reintrodução de onças-pintadas na natureza, realizada numa área do Pantanal, no Mato Grosso do Sul, por meio de parceria entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o Projeto Onçafari, mantido por uma ONG, mostrou-se bem sucedida

Manutenção das três principais bacias hidrográficas do país depende da preservação do Cerrado

  Manutenção das três principais bacias hidrográficas do país depende da preservação do Cerrado. Entrevista especial com Fernando Tatagiba IHU     Depois de quatro anos de negociação e da realização de estudos fundiários, socioeconômicos e ambientais envolvendo o governo estadual de Goiás e o Ministério do Meio Ambiente – MMA, a comunidade que reside nas proximidades do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, está na expectativa de que a área do parque

Estudo analisa impactos econômicos do turismo em Unidades de Conservação (UCs)

  Tese de doutorado identifica grande potencial turístico e econômico nas unidades de conservação federais O uso público é um serviço ambiental e cultural oferecido pelas unidades de conservação (UCs) que, além de movimentar a economia, deve ser encarado como um aliado da natureza – afinal, quanto mais as pessoas têm acesso e conhecem as UCs, mais elas advogarão a favor do meio ambiente. Essa é uma das conclusões da

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros perdeu 90% da sua extensão em cinco décadas

  Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros perdeu 90% da sua extensão em cinco décadas. Entrevista especial com Mercedes Bustamante IHU     Criado com uma área de 625 mil hectares em 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, localizado em Goiás, mantém apenas 10% da sua área original, e hoje está reduzida a 65 mil hectares, informa a bióloga Mercedes Bustamante à IHU On-Line, na entrevista a seguir, concedida por e-mail. Diante desse

Proposta de Zoneamento Ecológico-Econômico ameaça áreas verdes e praias de Ubatuba, SP

  Nova proposta de Zoneamento Ecológico-Econômico pode liberar cais em ilhas, marinas em praias preservadas, pequenos prédios e até resort de luxo; Reunião de Conselho Estadual de Meio Ambiente é a última chance para modificações em proposta; petição online pede mais discussão em torno do ZEE A revisão do Zoneamento Ecológico-Econômico do Gerenciamento Costeiro (ZEE-Gerco) de Ubatuba e do Litoral Norte pode afetar seriamente áreas até agora protegidas da especulação dos setores imobiliário e

Estudos sobre conservação da natureza em Bornéu e África, por William F. Laurance

  Caros colegas, Encontram-se, abaixo, links para acesso/download de dois documentos que acabam de ser publicados, centrados na conservação da natureza em Bornéu e na África: Laurance, W. F. 2016. Lições da pesquisa para o desenvolvimento sustentável e conservação em Bornéu. Forests 7: 314; Doi: 10.3390 / f7120314. Laurance 2016-Borneo conservation   Sloan, S., B. Bertzky e W. F. Laurance. 2016. Corredores africanos de desenvolvimento cruzam áreas-chave protegidas. African Journal of Ecology, DOI: 10.1111/aje.12377. Sloan et al.

Ampliação proposta para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros pode garantir proteção a 50 espécies

  ABr Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, no município de Alto Paraíso. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil  O simpático pato mergulhão, de penacho na cabeça e bico longo e serrilhado para capturar peixes diretamente dentro d'água, tem apenas 200 exemplares em todo o mundo, 70 deles na região na Chapada dos Veadeiros (GO), de acordo com o pesquisador da Universidade de Brasília (UnB) e doutor em ecologia Reuber Brandão. Considerado uma das dez

Impasse com governo de Goiás ameaça ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

  ABr Vista dos Saltos do Rio Preto, a partir do Mirante da Janela, área que faz parte da proposta de ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil  Na rodovia GO-118, que liga Brasília a Alto Paraíso de Goiás, a paisagem denuncia o avanço do agronegócio sobre o Cerrado, com lavouras de soja que alcançam a linha do horizonte. A região, uma das últimas fronteiras agrícolas de Goiás,

COP 13: Brasil propõe integração de áreas protegidas na América Latina e no Caribe

  MMA O Brasil defendeu uma proposta para integrar as áreas protegidas da América Latina e do Caribe. O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, e o secretário de Biodiversidade Florestas do MMA, José Pedro de Oliveira Costa, apresentaram na segunda-feira (05/12) o projeto Corredores Ecológicos, na 13ª Conferência das Partes (COP 13) sobre Diversidade Biológica, que ocorre até o fim da próxima semana, em Cancun, no México. O objetivo é alinhar

Human footprint & strange species / Pegada humana e espécies desconhecidas

    Olá a todos, Aqui estão dois novos artigos populares que podem ser de interesse. O primeiro ( footprint-australasian-science-2016  ) é um resumo rápido e fácil de ler, de artigos recentes na Nature Communications e Current Biology, sobre a expansão da pegada humana global e áreas de áreas de extinção, escritas por mim e James Watson. É o tipo de texto que seria útil para os alunos ou um colega não-cientista. O segundo artigo,

Tubarões e raias ameaçados de extinção são consumidos no Brasil

  Vendidos como cação, as duas espécies estão em declínio     Tubarões e raias que estão sob ameaça de extinção têm sido consumidos amplamente no mercado brasileiro. Comercializados pelo nome de cação, mais de 16 espécies de tubarões e raias foram encontradas em pontos de venda do Sul do país, região que possui uma das maiores indústrias pesqueiras do Brasil. Dentre elas, destaca-se a raia-viola (Squatina occulta), considerada criticamente ameaçada e o tubarão-martelo-entalhado

Resgatando o Cerrado da extinção, artigo de Rafael Loyola

    [EcoDebate] O Brasil e o mundo se preocupam com o desmatamento da Amazônia e o país se comprometeu no Acordo de Paris sobre o clima em zerar o desmatamento ilegal até 2030. Mas, o Cerrado tem taxa de desmatamento 2,5 vezes maior que a Amazônia e pouco se fala sobre isso. Agora, o Governo começa a dar sinais de preocupação com a morte do Cerrado. O Cerrado alimenta grandes rios como

Top