Como escolher espécies corretas para plantio de árvores nativas e exóticas

  Cuidado na hora de plantar árvores Por Ana Claudia Proença Plantar árvores é fundamental para a preservação do meio ambiente. Porém, não basta comprar mudas aleatoriamente e começar o plantio. É preciso saber qual é o objetivo e quais espécies podem ser cultivadas no local. Caso contrário, espécies erradas podem ser plantadas em uma região e, assim, trazer mais problemas do que soluções. "Plantar uma espécie de árvores exótica em um projeto de reflorestamento

Mata Atlântica: Grandes propriedades apresentam maiores áreas de déficit de APPs

  Gestores de 117 municípios podem utilizar dados para a tomada de decisão quanto ao uso e conservação do bioma A Fundação SOS Mata Atlântica e o Imaflora (Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola) lançam o sumário executivo "Resumo Fundiário, Uso do Solo e de Remanescentes Florestais de 117 Municípios da Mata Atlântica", como parte de um relatório mais abrangente que reúne uma série de estudos sobre conservação, uso e

Territórios indígenas da Amazônia são cruciais para a conservação

  Um novo estudo da Universidade de Helsinque mostra que os territórios indígenas representam cerca de 45% de todas as áreas selvagens remanescentes na Amazônia, compreendendo uma área de três vezes a superfície da Alemanha. University of Helsinki* Em um momento em que as florestas amazônicas enfrentam pressões sem precedentes, superar as divergências e alinhar os objetivos dos defensores da natureza e dos povos indígenas é fundamental para evitar maior degradação ambiental. "Em nosso

Minimal forest loss on Indigenous territories across the Amazon

  Some of the best-conserved forests in the Amazon have been actively shaped and managed by Indigenous peoples Amazonian Indigenous territories are crucial for conservation - A new study from the University of Helsinki shows that Indigenous territories represent around 45% of all the remaining wilderness areas in the Amazon, comprising an area of three times the surface of Germany. University of Helsinki At a time when the Amazon forests face unprecedented pressures, overcoming

Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) – 20 anos

O Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) completou 20 anos de existência no dia 18 de julho e apesar de suas duas décadas de vida ainda é um ilustre desconhecido de muitos brasileiros. Por esse motivo, o WWF-Brasil está lançando um pacote informativo que explica, de forma didática e ilustrativa, a importância dessas áreas e os principais riscos que enfrentam. Por Rita Silva e Sandra Miyashiro Disponível para download

Economia das florestas – Áreas com vegetação nativa trazem oportunidades de geração de emprego e renda

  Funções sociais e econômicas das florestas garantem saúde e desenvolvimento   Além de fundamentais para a manutenção da biodiversidade, as florestas desempenham funções sociais e econômicas essenciais aos seres humanos. Entre os bens e serviços ecossistêmicos oferecidos estão o fornecimento de água, alimentos e medicamentos, o sequestro de carbono, a regulação do clima e o controle de erosões. “Quando falamos em proteção às florestas, temos de considerar três âmbitos essenciais: ecológico, econômico e

Benefícios econômicos da proteção de 30% da terra e do oceano do planeta superam os custos pelo menos 5 em 1

Protegendo 30% do planeta para a natureza: custos, benefícios e implicações econômicas O primeiro relatório mostra que a economia global estaria melhor com mais proteção à natureza Por Campaign for Nature* No relatório mais abrangente até o momento sobre as implicações econômicas da proteção da natureza, mais de 100 economistas e cientistas descobriram que a economia global se beneficiaria do estabelecimento de áreas muito mais protegidas em terra e no mar do que

Você sabe a diferença entre Amazônia e Mata Atlântica?

  Assim como o ministro das Comunicações, Fabio Faria (PSD-RN), algumas pessoas ainda têm essa dúvida, então vamos explicar! "Na Amazônia, nós temos 87% de Mata Atlântica e 13% de queimadas". Essa foi uma das frases do ministro das Comunicações, deputado federal Fábio Faria (PSD-RN), em entrevista na noite de quinta-feira (09) à CNN Brasil. Na ocasião, ele repercutia a reunião que ministros e o vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB), fizeram com investidores

Cientistas apontam situação gravíssima das florestas na Amazônia Maranhense

  Amazônia Maranhense - Assegurar medidas de proteção, assim como de restauração das florestas secundárias, é a saída para evitar o colapso ambiental na região Um artigo recentemente publicado na revista Land Use Policy mostra que a porção de Amazônia existente no estado do Maranhão já perdeu 76% das suas florestas originais e que um quarto da vegetação florestal remanescente está degradada por incêndios criminosos e pela atividade madeireira ilegal. Segundo os autores, a região também tem

É alto o risco de surgir uma nova pandemia a partir da Amazônia, avalia cientista

  Carlos Nobre, membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza, afirma que desmatamento e perturbação da vida selvagem são alguns dos elementos que originaram o novo coronavírus Por Renato Santana Fogo, desmatamento, fragmentação florestal, perturbação da vida selvagem, aumento do fluxo de humanos (garimpeiros, madeireiros, desmatadores, etc) entre áreas perturbadas de floresta e concentrações urbanas são elementos que criam sérias condições para o surgimento de pandemias a partir da Amazônia. “Os fatores

Arborização Urbana: Estudo vincula o crescimento da copa das árvores à diminuição da mortalidade humana

  A primeira avaliação de impacto na saúde em toda a cidade dos efeitos estimados de uma iniciativa de copa de árvores na mortalidade prematura na Filadélfia sugere que o aumento da copa de árvores poderia impedir entre 271 e 400 mortes prematuras por ano. O estudo de Michelle Kondo , cientista social de pesquisa da Filadélfia do Serviço Florestal do Departamento de Agricultura dos EUA , e seus parceiros sugerem que

Bandeira Verde, um programa das Capitais Brasileiras pela Biodiversidade, artigo de Bernardo Egas

  A Covid-19, ainda longe de ser superada, atingiu diretamente o cotidiano de todos. Cedo ou tarde, viveremos um ‘novo normal’ e, qualquer que seja, exigirá renovado compromisso com as questões ambientais. Por isto, em meio a tantas dificuldades, acredito que a Semana do Meio Ambiente não deve ser esquecida, servindo como sinalização de nosso futuro. 2020 é considerado pela ONU o ‘Ano da Biodiversidade’ e o CB27 – Fórum de Secretários

Nova Zelândia observa reaparecimento de pássaros e respiro da natureza durante lockdown

  O trabalho de conservação de espécies em extinção se manteve no período e trouxe vida ao país, enquanto as pessoas estavam em suas casas Pássaro Kiwi Por Bruna De Rosa A Nova Zelândia, país conhecido pela preservação do meio ambiente e pela sua fauna abundante, com espécies peculiares de animais, notou um fenômeno muito interessante da natureza durante o recente período lockdown (restrição de circulação). Em meio a esse período em que a

MPF alerta para risco de destruição da Mata Atlântica sob novo entendimento do MMA

  Despacho permite a consolidação de ocupações ilegais e o desmatamento em áreas de preservação permanente Arte: Secom/PGR Em homenagem ao Dia Nacional da Mata Atlântica, celebrado em 27 de maio, o Ministério Público Federal (MPF) divulga em suas redes sociais vídeos, post e stories que alertam a população para o risco de destruição do bioma, considerado patrimônio nacional pela Constituição Federal. A iniciativa faz parte de ação coordenada pela Câmara de Meio

Reserva Legado das Águas abriga 13% de toda fauna ameaçada de extinção na Mata Atlântica

  Balanço de espécies catalogadas na área reforça a importância da Reserva para conservação de espécies que só podem ser encontradas nesse bioma Por Gabriel Santos Um levantamento realizado pelo Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, mostrou que em seus oito anos de existência, as pesquisas científicas e monitoramento de fauna e flora já registraram 1.765 espécies na área, localizada no Vale do Ribeira paulista. Deste total, 809

COVID-19, SARS, H1N – o que estas doenças têm a nos dizer sobre os problemas ambientais? artigo de Rodrigo Silva

    [EcoDebate] Há grandes especulações sobre a origem do coronavírus. Alguns dizem que o vírus veio de morcegos, outros mencionam o pangolim — um animal que vive na região da China e cuja carne e pele são altamente apreciados pela gastronomia local, além de suas possíveis propriedades afrodisíacas. Há quem diga que ele é uma quimera (um monstro mitológico com cabeça de leão, corpo de cabra e cauda de serpente, ou

Ação civil pública pede anulação de despacho do Ministério do Meio Ambiente (MMA) que coloca em risco a preservação da Mata Atlântica

MPF, SOS Mata Atlântica e Abrampa protocolam ação civil pública para anular despacho do Ministério do Meio Ambiente (MMA) que coloca em risco a preservação da Mata Atlântica Ato administrativo pode anistiar, somente no Ibama, mais de 1.400 multas O Ministério Público Federal (MPF), em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica e a Associação Brasileira dos Membros do Ministério Público do Meio Ambiente (Abrampa), protocolou nesta quarta-feira (6) a

Invasão de habitats naturais intensifica surgimento de doenças zoonóticas

  ONU Em entrevista ao Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), o especialista ugandês Bernard Bett, que lidera pesquisas sobre doenças infecciosas negligenciadas e emergentes, afirma que as zoonoses estão mais frequentes no mundo. Isso ocorre devido à invasão de habitats naturais, à urbanização e ao desenvolvimento socioeconômico, que impõe práticas como a agricultura intensiva. “Quando as pessoas degradam os habitats da vida selvagem ou estabelecem seus próprios assentamentos em

Fechado para visitação, Parque Nacional da Tijuca vê aumento na frequência de animais silvestres durante isolamento social

  Parque Nacional da Tijuca - Sete espécies diferentes foram vistas em locais que costumavam estar cheios de gente e não de bichos desde março, quando a visitação foi interrompida pela pandemia de coronavírus Parque Nacional da Tijuca. Foto: ICMBio   Por Marcus Vinicius   O Parque Nacional da Tijuca, o maior em visitação do país, tem registrado um aumento de visitantes que não costumam entrar para as estatísticas turísticas. Desde o dia 17 de março

Possível novo decreto pode reduzir a Mata Atlântica para beneficiar interesse do setor imobiliário

Governo avança sua ofensiva contra a Mata Atlântica que pode perder área de 110 mil km² No manifesto "Continuam Tirando o Verde da Nossa Terra", a SOS Mata Atlântica alerta para o que considera ser o maior atentado contra o bioma e os patrimônios ambientais do Brasil. Conforme notícia do portal Direto da Ciência , (24/04), está na Casa Civil da Presidência da República uma minuta de decreto que altera

Top