Lei de pagamentos por serviços ambientais do Acre beneficia mercado financeiro, por Amyra El Khalili e Arthur Soffiati

    [EcoDebate] A Lei nº 2.308, de 22 de outubro de 2010, do Estado do Acre, que cria o Sistema Estadual de Incentivos a Serviços Ambientais (SISA), o Programa de Incentivos por Serviços Ambientais (ISA), Carbono e demais Programas de Serviços Ambientais e Produtos Ecossistêmicos parece já manifestação da economia verde, antes que este conceito fosse badalado na Rio+20. Se o trabalho dos polinizadores pode ser valorado e precificado, quem receberá

A teoria dos bens públicos e o meio ambiente, artigo de Roberto Naime

artigo

    [EcoDebate] A teoria dos bens públicos discutida em finanças públicas por Musgrave e Musgrave (1980) apresenta a justificativa da função distributiva da política orçamentária. Serviços que envolvem concessão pública como serviços de fornecimento de energia elétrica e de saneamento se encaixam nesta discussão, pois entram em um contexto que envolve monopólio natural. Apesar de envolver problemas de complexa solução, a economia do setor público e a discussão do uso de bens

O Valor das Áreas Protegidas, artigo de Geovana Neves Madruga

opinião

    [EcoDebate] O Projeto de Lei nº 792/2007, que institui a Política Nacional de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), está em discussão no Congresso Nacional há quase dez anos. Ele é uma forma de compensar e incentivar aqueles que decidem proteger as matas de suas propriedades. Felizmente, na falta de uma política nacional, algumas louváveis iniciativas estaduais e municipais, públicas e privadas, têm surgido pelo país. A Secretaria Estadual do Meio Ambiente

Fauna amazônica presta serviço de US$ 5 tri

  Estimativa corresponde ao carbono mantido na floresta por macacos e antas ao dispersar sementes de grandes árvores, afirmam pesquisadores do Reino Unido e do Brasil     Por Claudio Angelo, do Observatório do Clima Enquanto Dilma Rousseff e Nelson Barbosa se estapeiam com o Congresso por alguns bilhões de reais de CPMF, um serviço cujo valor é estimado em pelo menos US$ 5 trilhões, quase três vezes o PIB do Brasil, vai sendo literalmente

A biodiversidade do dia-a-dia, por Tiago Egydio Barreto e Sara Juarez Sales

    [EcoDebate] Você já observou do que é feita sua casa? Quantas espécies fazem parte de seu cardápio? Sabe do que é feita sua roupa? Qual é o caminho da água até você abrir uma torneira e desfrutar deste valioso recurso? O que mantém o ar fresco todos os dias? Já parou para observar o estado de tranquilidade que sua mente fica ao contemplar uma bela paisagem natural ou escutar o

Apropriação de custos ambientais, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] A Organização das Nações Unidas (ONU) mantém um Programa voltado para o meio ambiente conhecido pela sigla PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente). Esta agência patrocina uma importante iniciativa, de atribuir valores para a natureza, tornando os recursos naturais disponibilizados, evidenciados e visíveis em termos contábeis. Conhecido pela sigla inglesa de “TEEB” que resume a denominação de “The Economics of Ecosystems and Biodiversity”, esta iniciativa globalizada pode

Estudos do IPAM mostram a relação entre as florestas, os serviços ambientais e o clima

    Na Amazônia brasileira, os povos indígenas detêm uma parcela significativa das florestas da região. O conjunto de suas Terras cobre cerca de 110 milhões de hectares e agrega aproximadamente 30% do carbono florestal da região, o que corresponde a algo por volta de 13 bilhões de toneladas de carbono. As Terras Indígenas (TIs) amazônicas desempenham um papel fundamental na contenção do avanço do desmatamento na região. Por conseguinte, têm um

Livro para download ‘Serviços Ambientais em sistemas agrícolas e florestais do Bioma Mata Atlântica’

    A Embrapa acaba de publicar o livro "Serviços Ambientais em sistemas agrícolas e florestais do Bioma Mata Atlântica". São 32 capítulos redigidos por 104 autores que discorrem sobre questões importantes sobre serviços ambientais, tema bastante presente atualmente nas discussões sobre a sustentabilidade do mundo rural, em especial na formulação de políticas públicas. Dividido em três partes, o livro primeiramente discute aspectos conceituais sobre serviços ambientais. Segundo a pesquisadora Lucilia Maria Parron

Desmatamento das Unidades de Conservação ameaça serviços ecossistêmicos. Entrevista com Elis Araújo

  “A produção de chuva local e para outras regiões do país também pode diminuir com a perda de floresta nas UCs”, diz a advogada do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia - Imazon. Foto: Portal Envolverde   Apesar de o Brasil ter assumido o compromisso de reduzir as taxas de desmatamento no país, somente entre 2012 e 2014 a Amazônia “perdeu 1,5 milhão de hectares de florestas e cerca de 10% desse

Serviços ambientais, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Está sendo cada vez mais disseminado o conceito de pagamento por serviços ambientais. O ministro do meio ambiente no governo do ex-presidente Lula, o sr. Carlos Minc já asseverava que era necessário inverter a visão de que cortar e vender árvores dá dinheiro para a visão de que conservar a floresta dá dinheiro. Esta concepção é extremamente discutida entre produtores rurais das regiões onde a existência de biomas, como

Paraná terá pagamento de serviços ambientais em três bacias hidrográficas

    Os esforços de preservação ambiental dos produtores rurais das bacias hidrográficas dos rios Miringuava, Piraquara e Iapó vão render remuneração. As três bacias, nos municípios de São José dos Pinhais, Piraquara e Castro, fazem parte do projeto-piloto de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. O tema foi debatido nesta quarta-feira (8), em Curitiba, com mais de 10 instituições públicas e organizações não

Proprietários rurais são pagos para garantir produção de água

  Enquanto a água se torna cada vez mais escassa, iniciativa premia quem conserva     Em tempos de crise da água no Brasil, diferentes setores da sociedade buscam estratégias eficientes para combatê-la, tentando garantir a continuidade da produção desse patrimônio tão importante para as pessoas. Muitas ações emergenciais estão sendo tomadas apenas agora, com a segurança hídrica do país já comprometida. Porém, instituições ambientalistas já investiam em inciativas relacionadas à água bem antes

Top