Impactos ambientais da agricultura, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Impactos ambientais da agricultura assustam numa primeira aproximação, mas podem ser listados e discutidos sem sobressaltos. A produção de alimentos é um dos maiores desafios do mundo moderno. A agricultura hoje produz alimentos para uma população estimada em 7 bilhões de pessoas em todo o planeta. O crescimento populacional excessivo tem feito com que o ser humano consuma quase tudo aquilo que o planeta tem para oferecer. Com uma população tão

Um pequeno número de culturas está dominando globalmente e isso é uma má notícia para a agricultura sustentável

  Um novo estudo sugere que, globalmente, estamos cultivando mais os mesmos tipos de culturas, e isso apresenta grandes desafios para a agricultura sustentável em escala global. University of Toronto Scarborough*     O estudo, feito por uma equipe internacional de pesquisadores liderados pelo professor assistente Adam Martin, usou dados da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) para analisar quais plantações foram cultivadas onde em fazendas industriais de larga escala de 1961

Grande maioria dos cultivos agrícolas do país depende de polinizadores, alertam cientistas

Relatório ressalta a alta diversidade de polinizadores, as oportunidades, o valor monetário agregado e as principais ameaças, como o uso intensivo de agrotóxicos Por Isabela Santos     Em meio a várias ações controversas para o afrouxamento do uso de agrotóxicos no país, a Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (BPBES) e a Rede Brasileira de Interações Planta-Polinizador (Rebipp) lançaram esta tarde, em evento na Fapesp, o “Relatório Temático sobre Polinização, Polinizadores e

Serviço ecossistêmico: Estudo estima em R$ 43 bi a contribuição econômica dos polinizadores à agricultura brasileira

    O serviço ecossistêmico prestado pelos animais polinizadores à agricultura brasileira contribuiu com um valor econômico estimado de R$ 43 bilhões em 2018. A estimativa se refere ao valores que seriam gastos pelos agricultores caso os polinizadores não contribuíssem para a produção de alimentos. O cálculo foi feito pela Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (BPBES) e pela Rede Brasileira de Interações Planta-Polinizador (Rebipp), que lançou ontem (6) o Relatório Temático

Publicação da Embrapa apresenta perguntas e respostas sobre a criação galinhas caipiras e codornas

  Foto: Eugênia Ribeiro Está disponível para download na página da Embrapa Meio-Norte na internet a publicação “Perguntas e respostas sobre criação de galinhas e codornas na agricultura familiar do Meio-Norte”. O documento apresenta respostas às perguntas mais frequentes ou relevantes encaminhadas à Embrapa Meio-Norte por produtores rurais interessados na criação de galinhas caipiras e codornas. As galinhas e as codornas são criadas em propriedades rurais e também nos arredores das cidades. Os produtos obtidos (carne

Narrativa de agricultora familiar nos leva à valorização ecossistêmica e humanística, artigo de Sucena Shkrada Resk

  Ouvir a narrativa de agricultores familiares sempre é algo revigorante e que nos leva à ligação afetiva à terra, à água, à fauna e flora. Estimula nossa recepção sensorial e dá sentido à máxima de que quanto mais simples, mais estamos sintonizados com o equilíbrio ambiental. Por essa sensação, passei no último dia 18, quando Eunice Pimenta, agricultura agroecológica e professora da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da região

Projeto transforma espaços ociosos em verdadeiras hortas urbanas e estimula cultivo orgânico em Roraima

  Hortas urbanas - Um quintal de possibilidades Ter um quintal à disposição e vontade para aprender a cultivar os próprios alimentos unem famílias carentes participantes de um projeto inovador em Roraima. São os ‘Quintais Sustentáveis’, uma iniciativa da Embrapa em parceria com o Lar Fabiano de Cristo (unidade Casa de Timóteo) e fomento do CNPq, que busca estimular a produção e consumo de hortaliças, frutas e plantas medicinais em quintais de

Produzir alimentos saudáveis de forma agroecológica se tornou uma necessidade imperiosa e uma questão ética imprescindível, artigo de Gilvander Moreira

Por que produzir de forma agroecológica? Por Gilvander Moreira1 Diante da grande diversidade de frutas produzidas no Assentamento Primeiro do Sul, do MST2, em Campo do Meio, no sul de Minas Gerais - banana, goiaba, maracujá, laranja, mamão etc. - um grupo de mulheres assentadas organizou e está trabalhando em uma microindústria de doces para o consumo próprio e venda do excedente na Feira da Agricultura Camponesa na Praça da Caixa D’água

Aumento da contaminação do solo ameaça segurança alimentar global

  É necessário adotar medidas urgentes para abordar a contaminação do solo e conter as múltiplas ameaças que isto representa para a inocuidade e para a segurança alimentar global. Milhares de produtos químicos – produzidos comercialmente em grande escala –, resíduos plásticos e eletrônicos ou águas residuais não tratadas podem se converter em fontes de contaminação do solo, abrindo espaço para que os produtos contaminantes entrem na cadeia alimentar, com graves consequências

A agricultura pode não atender a demanda de alimentos nas próximas décadas, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] Existe um mito de que a Terra tem amplas condições de atender a demanda mundial por alimentos até 2050. Mas a realidade mostra que o quadro alimentar no mundo é mais complexo e há dificuldades crescentes para produzir comida de forma sustentável. Artigo de Chris Clayton (17/10/2018) utilizando o Índice de Produtividade Agrícola Global (GAP, em inglês) - compilado pela Global Harvest Initiative – mostra que a produção de alimentos

Em 2050, quase 10 bilhões de pessoas viverão no planeta. Podemos produzir alimentos suficientes de forma sustentável?

  Transformando nosso sistema alimentar para garantir um futuro sustentável Em 2050, o mundo terá quase 10 bilhões de pessoas. Será impossível alimentar todos sem exacerbar a pobreza, acelerar o desmatamento e aumentar as emissões de GEE, a menos que comecemos a fazer mudanças substanciais em nosso sistema alimentar agora. Esta questão é abordada em um novo relatório, Creating a Sustainable Food Future , publicado em 5 de dezembro na série Relatório

Agroecologia ganha importância no debate sobre o que fazer para superar o modelo da ‘Revolução Verde’

  Agroecologia, uma questão de saúde - Movimentos sociais, sanitaristas e organizações internacionais apontam as contradições do atual sistema agroalimentar, produtor de doença e injustiça social. Por André Antunes - EPSJV/Fiocruz O atual sistema agroalimentar é produtor de doença, iniquidade social e injustiça ambiental. As evidências disso se acumulam: da contaminação de alimentos e intoxicação de trabalhadores rurais por agrotóxicos, passando pela poluição do ar, dos rios e dos solos pelos resíduos de

Top