Emergência Climática – Estudo sugere que as mudança climáticas podem causar seca em áreas de cultivo de trigo

    Por Bob Whitby* Em um novo estudo, os pesquisadores descobriram que, a menos que sejam tomadas medidas para mitigar a mudança climática, até 60% das áreas atuais de cultivo de trigo em todo o mundo poderão ver secas simultâneas, severas e prolongadas até o final do século. O trigo é a maior colheita alimentada pela chuva do mundo em termos de área colhida e fornece cerca de 20% de todas as

Estudo indica que extinção das Reservas Legais causaria prejuízo trilionário ao Brasil

  Estudo traça cenário do que aconteceria se áreas de preservação obrigatória fossem revogadas. Perda de serviços ecossistêmicos, como regulação climática e proteção da biodiversidade, levaria a prejuízos de R$ 6 trilhões por ano Por Herton Escobar, Jornal da USP O que aconteceria se o Brasil abrisse mão de suas Reservas Legais e todas essas áreas fossem legalmente desmatadas? O prejuízo seria da ordem de R$ 6 trilhões por ano — sim, trilhões, com tê de

Água Virtual, a água que você não vê, artigo de Renato Atanazio

  [EcoDebate] Feche a torneira ao escovar os dentes! Banho de 5 minutos! Lave o carro e o quintal com balde e não com mangueira! Fomos acostumados a pensar que essas são as únicas ações possíveis para pouparmos água. Obviamente, ao adotarmos esse tipo de prática em nosso dia a dia, não só economizamos este importante benefício natural, mas também comprovamos que é totalmente possível (sobre)viver com menos. Segundo um levantamento da

Tese revela que dá para viver bem de agricultura familiar na Amazônia

  Amazônia: Além de gerar seis vezes mais renda que o gado por hectare, produção de cacau tende a ocupar menores áreas e conservar mais florestas Do Jornal da USP Moradia de agricultores familiares rodeada por sistema agroflorestal com cacau conectando-se com a floresta conservada na Reserva Legal – Foto: cedida pelo pesquisador . Qual é o padrão de vida que pequenos agricultores familiares, produtores de cacau e/ou gado, podem alcançar em termos de bem-estar

Relatório do IPCC e o efeito perverso entre produção de alimentos e mudanças climáticas, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “De pé ó vítimas da fome; De pé famélicos da terra” Hino da Internacional Socialista     [EcoDebate] O relatório “Climate Change and Land”, do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) da ONU, publicado dia 08 de agosto de 2019, trata da conexão entre o uso da terra e seus efeitos sobre a mudança climática. Existe um efeito perverso de retroalimentação, pois a produção de alimentos aumenta o aquecimento global, enquanto as mudanças climáticas

Pesquisa indica que o modelo proposto para a agricultura da UE não é viável para o futuro

  Pesquisadores analisam planos de reforma da Comissão Europeia para a Política Agrícola Comum (PAC) Por Sebastian Tilch * **     As atuais propostas de reforma da Comissão Européia sobre a Política Agrícola Comum (PAC) não devem melhorar a proteção ambiental, dizem pesquisadores liderados pelo Centro Alemão de Pesquisa Integrativa em Biodiversidade (iDiv), o Centro Helmholtz de Pesquisa Ambiental (UFZ) e a Universidade de Göttingen na revista Science. Embora a UE se tenha comprometido com

Aumento dos níveis de CO2 pode aumentar o rendimento do trigo, mas pode reduzir a qualidade nutricional

    Os níveis de dióxido de carbono atmosférico (CO 2 ) estão subindo, o que, segundo especialistas, pode produzir mais secas e temperaturas mais altas. Embora essas mudanças climáticas tenham um impacto negativo no crescimento de muitas plantas, a maior disponibilidade de CO 2 pode realmente ser vantajosa porque as plantas usam o gás de efeito estufa para produzir alimentos pela fotossíntese. Agora, pesquisadores relatando no Journal of Agricultural and Food Chemistry

Relatório da ONU pede mudanças na forma como o mundo produz e consome alimentos

    Com a previsão de que a população mundial chegará a quase 10 bilhões em 2050, um novo relatório mostra que o sistema global de alimentos deve passar por mudanças urgentes para garantir que haja comida adequada para todos, sem destruir o planeta. O “Relatório de Recursos Mundiais: Criando um Futuro Alimentar Sustentável” revela que enfrentar esse desafio exigirá o fechamento de três lacunas: uma “lacuna alimentar” de 56% entre o que

A falta de diversidade de culturas e a redução de polinizadores podem ameaçar a segurança alimentar

    Uma nova pesquisa sugere que as tendências globais nas práticas agrícolas estão minando os polinizadores que dependem das culturas e colocando em risco a produtividade e a estabilidade agrícolas, particularmente em alguns países da Ásia e da América do Sul. University of Maryland* College of Computer, Mathematical, and Natural Sciences Uma equipe multinacional de pesquisadores identificou países onde a crescente dependência da agricultura em relação à polinização, juntamente com a falta de diversidade

Para especialistas, investir em agricultura urbana melhoraria a alimentação e reduziria a poluição

  Como é possível produzir alimentos na cidade? Por Denis Pacheco, Radio USP   Foto: USP   Para especialistas, investir em agricultura urbana melhoraria a alimentação e reduziria a poluição, já que com alimentos sendo produzidos mais próximos dos consumidores a logística de transporte e do consumo de combustíveis mudaria drasticamente As primeiras cidades surgiram, entre outros motivos, por causa da produção de alimentos. Foi o excedente dessa produção que deu origem às grandes civilizações antigas. Entretanto,

Impacto da expansão de terras cultiváveis sobre a biodiversidade é muitas vezes maior do que a intensificação do uso

  Impacto da expansão de terras cultiváveis sobre a biodiversidade Um novo estudo compara os efeitos da expansão versus intensificação do uso das terras cultiváveis nos mercados agrícolas globais e na biodiversidade, e descobre que a estratégia de expansão representa uma ameaça particularmente séria à biodiversidade nos trópicos. Ludwig-Maximilians-Universität München* A produção agrícola global deve ser aumentada nos próximos anos, a fim de atender à crescente demanda e à mudança nos padrões de consumo.

Seminário em Brasília discute desafios da preservação dos Sistemas Agrícolas Tradicionais – 08 e 09 de julho 2019

  Os Sistemas Agrícolas Tradicionais (SATs) têm possibilitado, ao longo de milênios, a domesticação de diversas espécies centrais na alimentação mundial, como a mandioca, batata doce, amendoim e abacaxi. No Brasil, os saberes e as práticas associadas à complexidade de um Sistema Agrícola Tradicional são preservados principalmente por comunidades tradicionais e povos indígenas, tendo como desafios o reconhecimento e, em alguns casos, vencer uma situação de vulnerabilidade. Para preservar e valorizar as

Top