Edital para redes de agroecologia recebe inscrições até dia 15/12

    Iniciativa tem recursos da Fundação BB, BNDES e Fundo Amazônia Termina no dia 15 o prazo de inscrições para o edital destinado a novas propostas de redes de agroecologia ou ao fortalecimento das já atendidas pela seleção do Ecoforte em 2014, desde que integrem novos grupos ou organizações produtivas. A iniciativa é da Fundação Banco do Brasil, em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Fundo

Percepção ambiental da agroecologia, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] SCHMITT et al (2013) avaliam a percepção de consumidores, produtores e dirigentes pertencentes às cooperativas de agricultura familiar de cinco municípios da microrregião de Santa Rosa/RS. O instrumento de pesquisa utilizado foi a entrevista, onde houve preocupação em determinar o tempo percebido como necessário para a depuração do solo e suas percepções sobre o uso de metodologia agroecológica ou convencional. Os dados obtidos revelaram que, metade dos entrevistados, julgaram necessário

A indução da crise na sustentabilidade agrícola de Cuba, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] BUENO (2015) assevera que um modelo de agricultura que maximiza o uso de produtos ecologicamente corretos, minimiza o uso de agrotóxicos e pesticidas químicos, recicla os compostos orgânicos, promove o uso adequado de biofertilizantes e enfatiza o uso sustentável dos recursos biológicos, parece utopia. Mas não é. Este é o modelo de produção agrícola adotado em Cuba desde meados da década de 1980, quando o país teve que modificar suas

Encontro de Povos e Comunidades destaca agroecologia como ferramenta de luta em defesa do Cerrado

  No segundo dia do Encontro de Povos e Comunidades do Cerrado, quinta-feira, 28, realizado em Balsas, no Maranhão, a atividade “Partilhando Vida e Resistência no Cerrado” foi o palco de apresentações de experiências de luta vindas dos nove estados que abrigam o bioma. O ambiente foi propício para propostas e estratégias de atuação e, dentre elas, a Agroecologia, abordada na “Fonte Rio Tocantins” – um dos espaços de discussão do

Agroecologia e sinergia social, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] A missão da AS-PTA está centrada no combate à fome e à pobreza no meio rural brasileiro. Para o desempenho desta missão, a organização está dedicada à promoção da assistência técnica inteiramente gratuita na dimensão do desenvolvimento sustentável e da agroecologia. A AS-PTA - Agricultura Familiar e Agroecologia é uma associação de direito civil, sem fins lucrativos, que desde 1983, atua para o fortalecimento da agricultura familiar e da

Agricultura Urbana: Técnica de cultivo em palha reduz necessidade de irrigação e adubação

  ABr     Uma técnica de plantar, que diminui as necessidades de irrigação e adubação das plantas para quem tem pouco tempo para cuidar de pequenas hortas urbanas, está tendo boa receptividade em São Paulo. Trata-se da técnica do cultivo em palha, que além das vantagens acima possibilita deixar os recipientes das plantas mais leve, podendo ser deslocado facilmente. Numa oficina realizada este final de semana no Sesc Vila Mariana, na capital paulista, o

Universidade e a ecologia de saberes, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] A universidade é constituída não só por diferentes concepções de mundo, como por arranjos antagônicos, e a produção de conhecimento, as atividades de extensão e o aprimoramento curricular universitário, são processos apropriados por relações de poder. A articulação dos conhecimentos existentes com o sistema econômico vigente orienta a formação de profissionais para as demandas explícitas do mercado. Isto fica evidente nas formas curriculares, na escolha de quais conhecimentos devem fazer

Agroecologia na prática: Comunidades mostram que é possível produzir alimentos saudáveis sem agredir o meio ambiente

  Reportagem de André Antunes - EPSJV/Fiocruz     Divulgar experiências exitosas de produção agroecológica e de organização comunitária foi um dos objetivos da Caravana Agroecológica do Semiárido Baiano, que percorreu localidades ao longo do São Francisco, no norte da Bahia, entre os dias 26 e 30 de junho. Com esse objetivo, a caravana, que reuniu cerca de 70 pessoas de diversas organizações, entre elas a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz), visitou, no

Caravana Agroecológica do Semiárido Baiano aponta os (des)caminhos do São Francisco

  Caravana Agroecológica visitou comunidades da bacia do São Francisco no norte da Bahia para visibilizar os conflitos e a degradação ambiental gerados pelos projetos de desenvolvimento apoiados pelo Estado brasileiro Reportagem de André Antunes - EPSJV/Fiocruz   Sabiá, São Tomé, Goiabeira, Brejão da Caatinga, Pacuí. São muitas comunidades diferentes, com problemas comuns: conflitos fundiários e por água envolvendo agricultores familiares e o agronegócio, uso indiscriminado de agrotóxicos, falta de saneamento básico e ausência

Gestão ambiental indígena no Acre: Paralelos com a ‘Ética do Bem Viver’ e a ‘Ecologia Profunda’ (parte 2, final), por Roberta Graf

Gestão ambiental indígena no Acre: Paralelos com a “Ética do Bem Viver” e a “Ecologia Profunda” (parte 2) Roberta Graf1 (Artigo vinculado à palestra da autora no Seminário Agroecol-2016, na UFGD - Universidade Federal Grande Dourados, em novembro de 2016) maio de 2017 ___________________________________________________________________________ 3. A Ética do Bem Viver Para introduzir os temas, cito aqui o documento final de uma das edições do importante movimento social indígena “Acampamento Terra Livre” (ATL), que ocorre anualmente em Brasília, nos meses

Conhecimento tradicional e manejo de agroecossistemas elevam produtividade da agricultura familiar

  Pelo projeto BioREC, técnicos do Instituto Mamirauá trabalham em parceria com as comunidades ribeirinhas do interior da Amazônia para reduzir a abertura de novas áreas de floresta para o plantio, a degradação ambiental e a emissão de gases de efeito estufa, elevando a produtividade da agricultura familiar e a renda dos produtores com estímulo à produção sustentável.     Uma usina de beneficiamento, resfriamento e armazenamento de polpas de frutas, que funcionará à

Agrobiodiversidade, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] FERNANDES et al (2014) asseveram que rápidas mudanças sociais e os processos de aculturação econômica e social afetam fortemente a agrobiodiversidade de propriedades. A fim de identificar a agrobiodiversidade presente em propriedades em processos de transição agroecológica, investigam as plantas alimentícias, medicinais e condimentares presentes nos sistemas de produção familiares utilizando questionários semiestruturados. Observam ainda que plantas alimentícias são as mais consumidas quando comparadas com medicinais e condimentares. E que espécies

Top