Padronização agrícola ameaça animais polinizadores, alerta pesquisa internacional

    Pesquisa divulgada, nesta terça-feira (9), na revista científica PeerJ, periódico que aborda estudos nas áreas de Biologia e Ciências Médicas, aponta ameaças e oportunidades para abelhas e demais espécies polinizadoras em agricultura, nos próximos 30 anos. A investigação, apoiada pela rede SuperB, financiada pela União Europeia, foi conduzida por um grupo internacional de 17 cientistas, pesquisadores de órgãos de governos e organizações não governamentais liderados pelo Prof. Mark Brown, da

Jardim Botânico do Rio inaugura projeto de criação de abelhas sem ferrão

    Um projeto que tem por objetivo a preservação de abelhas sem ferrão começou a ser executado esta semana pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Um espaço para a criação desse tipo de abelha está funcionando ao lado do Orquidário e é aberto ao público. A iniciativa do projeto chamado de Meliponário é do Laboratório de Fitossanidade da instituição. A engenheira agrônoma Maria Lucia Teixeira Moscatelli, responsável pelo laboratório, disse que

A produtividade agrícola está intimamente relacionada ao trabalho realizado pelos agentes polinizadores

  Abelhas ajudam a aumentar a produtividade agrícola Por Débora Motta, FAPERJ Abelhas Exomalopsis auropilosa, importantes polinizadoras do tomateiro no Norte Fluminense (Fotos: Divulgação) A produtividade agrícola está intimamente relacionada ao trabalho realizado pelos agentes polinizadores, como as abelhas e outros insetos. Essa é a conclusão de uma ampla pesquisa, realizada simultaneamente em diversos países, principalmente da América Latina, África e Ásia, e que contou com a participação da professora Maria Cristina Gaglianone, do Centro de Biociências

Segurança alimentar ameaçada: Especialistas alertam para o risco de extinção de animais polinizadores no mundo

    A preservação de espécies de animais polinizadores é importante não apenas para a biodiversidade do planeta, mas para garantir a oferta de alimentos para a população. Mais de três quartos das principais lavouras de alimentos no mundo dependem, em algum grau, dos serviços de polinização animal, seja para garantir o volume ou a qualidade da produção e cerca de 90% das plantas  também dependem dessas espécies. Essas informações e os

Relatório da IPBES alerta para as consequências da extinção de polinizadores

  Por Karina Toledo, Agência FAPESP     Um número crescente de espécies de animais polinizadores está ameaçado de extinção em todo o mundo em decorrência de fatores como mudança no uso da terra, uso indiscriminado de pesticidas e alterações climáticas. Caso não sejam adotadas medidas para reverter o quadro, as consequências para a economia global, a produção de alimentos, o equilíbrio dos ecossistemas e a saúde e o bem-estar humanos poderão ser desastrosas. O alerta

Ampliar densidade de polinizadores aumenta produção agrícola

  Estudo comprova que o maior número de polinizadores em pequenas propriedades melhora rendimento de culturas     Promover a biodiversidade pode ser um caminho sustentável para ampliar a oferta de alimentos no mundo, principalmente a produção vinda de pequenos agricultores. Um estudo publicado na sexta-feira, 22 de janeiro, na revista Science, comprova que a diferença de produtividade entre pequenas áreas agrícolas com baixa e alta produção poderia ser melhorada 24%, em média, somente

Fabricantes de pesticidas gastam milhões para ocultar desaparecimento de abelhas

abelha morta

    Dois neonicotinoides amplamente usados na fabricação de pesticidas parecem prejudicar seriamente as colônias de abelhas,  segundo um estudo da Escola de Saúde Pública de Harvard. Em abril de 2015, a revista Science publicou dois estudos adicionais que corroboram as descobertas de Harvard sobre neonicotinoides utilizados no tratamento de sementes para mais de 140 cultivos. Estes pesticidas sistêmicos fabricados pela Bayer, Syngenta e Monsanto são absorvidos pelas raízes e folhas e

Irapuá, abelha nativa brasileira, é capaz de compensar o declínio de outros polinizadores

    Por Elton Alisson | Agência FAPESP Em quase toda a América do Sul é possível encontrar uma espécie de abelha sem ferrão nativa do Brasil, de cor negra reluzente e bastante agressiva, conhecida popularmente como irapuá ou arapuá (Trigona spinipes). Um estudo realizado no Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (IB-USP), em colaboração com a University of Texas em Austin, nos Estados Unidos, constatou que a onipresença da irapuá na

Síndrome do Colapso das Colônias das abelhas é pesquisada pela APTA

  Agência é referência brasileira nas pesquisas com patógenos das abelhas –possível causa de colapsos, enfraquecimentos e queda de produtividade das colmeias     No mundo todo, pesquisas têm sido conduzidas com o objetivo de explicar as causas do fenômeno designado Colony Collapse Disorder – CCD (Síndrome do Colapso das Colônias), que afeta as abelhas. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio da Agência Paulista de Tecnologia dos

Brasileiro desconhece importância da polinização na produtividade em lavouras, pomares e matas

    Pesquisas do projeto Polinizadores do Brasil constataram, nos últimos cinco anos, que abelhas, insetos e aves são fundamentais para o aumento da produtividade em lavouras, pomares e matas. Em alguns casos de polinização com abelhas, principalmente, a produtividade pode aumentar em até 70%, de acordo com o projeto coordenado pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) e Ministério do Meio Ambiente. Apesar dessa contribuição, técnicos do Funbio revelaram que 78% da

Sim, todos nós precisamos das abelhas… artigo de Sucena Shkrada Resk

abelha morta

    Onde estão as abelhas, os principais polinizadores do planeta? Quantas vezes temos ouvido esta pergunta nos últimos anos se acentuando cada vez mais, desde os anos 90? O desaparecimento ocorre gradativamente por causa da intervenção humana, isso já é uma constatação. Mas o que está sendo feito para remediar esta situação? Afinal, o resultado deste desequilíbrio é a instalação de uma zona de perigo que afeta a biodiversidade, a produção

Pesquisadores de Sergipe desenvolvem floresta para atrair abelhas e restaurar áreas do semiárido

    Por Edna Ferreira / Jornal da Ciência - SBPC Projeto Floresta Apícola quer ajudar também na geração de renda de forma sustentável As abelhas são um dos insetos mais importantes para a natureza e para a humanidade. Os cientistas estimam que elas são responsáveis por quase 80% da polinização das plantas cultivadas do planeta. A polinização é um processo importante na formação de frutos em diversas plantas, que se transformam em alimento

Top