Estudo revela que bitucas de cigarro liberam substâncias tóxicas em praias e no oceano

  Estudo revela que bitucas de cigarro liberam substâncias tóxicas em praias e no oceano Análise comprovou alta incidência do lixo tóxico nas praias de Santos (SP) Não é novidade que a bituca de cigarro é um resíduo que se configura entre os maiores contaminantes dos oceanos. De acordo com um relatório da ONG Cigarette Butt Pollution, de 2018, ao longo de 32 anos o item foi o mais coletado nas praias em

Triste Mensagem no Sargaço

  Triste Mensagem no Sargaço, artigo de Carlos Augusto de Medeiros Filho Um estudo global revelou que 80% do lixo encontrado nos oceanos é composto por plástico, sobretudo sacolas e garrafas Gosto quando a brisa do mar traz o cheiro produzido pelo acúmulo de sargaço à beira mar. É uma sensação ocasional, mas comum e que sempre me foi familiar, nessa minha inata e forte relação com o mar. Como vivi muito tempo fora

Aumento da acidez na atmosfera afeta o equilíbrio ecológico dos oceanos

  Aumento da acidez na atmosfera afeta o equilíbrio ecológico dos oceanos O primeiro estudo a examinar o impacto da acidez no transporte de nutrientes para o oceano demonstra que a forma como os nutrientes são entregues afeta a produtividade do oceano e sua capacidade de absorver CO 2 da atmosfera . A pesquisa, 'Changing atmospheric acidity as a modulator of nutrient deposition and ocean biogeochemistry', foi publicada na Science Advances . A

Aquecimento dos oceanos e a perda de corais podem reduzir mais de 40% na diversidade de peixes de recife

  Aquecimento dos oceanos e a perda de corais podem reduzir mais de 40% na diversidade de peixes de recife Prever os efeitos potenciais da perda de corais nas comunidades de peixes em todo o mundo é uma tarefa fundamental, especialmente considerando que os peixes de recife fornecem proteínas a milhões de pessoas. Um novo estudo liderado pela Universidade de Helsinque prevê como a diversidade de peixes responderá aos declínios na diversidade de

Recifes de coral do mundo podem parar de se calcificar por volta de 2054

  Recifes de coral do mundo podem parar de se calcificar por volta de 2054   Se a tendência de declínio do crescimento do coral continuar no ritmo atual, os recifes de coral do mundo podem parar de se calcificar por volta de 2054. Se a tendência de declínio do crescimento do coral continuar na taxa atual, os recifes de coral do mundo podem parar de se calcificar por volta de 2054, descobriu um

Estudo identifica as principais barreiras ao financiamento de uma economia oceânica sustentável

  Estudo identifica as principais barreiras ao financiamento de uma economia oceânica sustentável O financiamento de uma economia oceânica global sustentável pode exigir um esforço do tipo do Acordo de Paris, de acordo com um novo relatório de uma equipe internacional de pesquisadores liderada pela University of British Columbia. Isso porque um aumento significativo no financiamento oceânico sustentável será necessário para garantir uma economia oceânica sustentável que beneficie a sociedade e as empresas

Desmatamento escurece o mar e afeta o segundo maior recife do mundo

    Desmatamento escurece o mar e afeta o segundo maior recife do mundo Converter as florestas tropicais da América Central em terras agrícolas está mudando a cor e a composição do material natural que corre para os rios próximos, tornando menos provável que se decomponha antes de chegar ao oceano, mostrou um novo estudo conduzido por Southampton. O fluxo de material orgânico dissolvido, como o solo, da terra para os oceanos desempenha um

Correntes marítimas levam poluição plástica às ilhas Galápagos

  Correntes marítimas levam poluição plástica às ilhas Galápagos A poluição por plástico foi encontrada na água do mar, nas praias e no interior de animais marinhos nas Ilhas Galápagos. Um novo estudo - da Universidade de Exeter, Galapagos Conservation Trust (GCT) e do Galapagos Science Center - encontrou plástico em todos os habitats marinhos na ilha de San Cristobal, onde Charles Darwin pousou pela primeira vez em Galápagos. Nos piores "pontos de acesso"

A proteção dos oceanos começa em nossas casas

  A proteção dos oceanos começa em nossas casas, artigo de Ronaldo Christofoletti A partir do momento que as pessoas entenderem que o oceano começa dentro de casa e que ele pode ser bem cuidado por todos nós com base em gestos simples Todos nós, em qualquer lugar do Brasil, temos uma relação com o oceano e nem sempre nos damos conta disso. Ele cobre mais de dois terços da superfície da Terra

Salvar nossos oceanos para proteger nossa saúde

  Salvar nossos oceanos para proteger nossa saúde Costas, mares e oceanos nos fornecem alimentos, comércio, cultura, energia renovável e muitos outros benefícios. Há fortes evidências de que o acesso a costas saudáveis ​​pode melhorar e preservar nossa saúde física e bem-estar mental Cientistas propuseram os primeiros passos em direção a um plano global unido para salvar nossos oceanos, para o bem da saúde humana. Uma colaboração europeia interdisciplinar chamada Projeto Mares, Oceanos e Saúde

Pesquisadores criam primeiro atlas para a célula de corais de pedra (construção de esqueletos)

  Pesquisadores criam primeiro atlas para a célula de corais de pedra (construção de esqueletos) Um estudo conjunto da Universidade de Haifa, do Center for Genomic Regulation (Barcelona) e do Weizmann Institute conseguiu sequenciar - pela primeira vez - o programa genético de cada tipo de célula em corais rochosos. Isso permite que os pesquisadores entendam exatamente quais células participam de processos-chave no desenvolvimento do coral, como a formação do esqueleto, o sistema

Os oceanos do mundo podem absorver menos carbono no futuro

  Os oceanos do mundo podem absorver menos carbono no futuro Os oceanos são um "sumidouro" vital de carbono - sem esses sumidouros naturais, os níveis de carbono atmosférico estariam agora perto de 600 partes por milhão (ppm), quase 50% mais alto do que os 410 ppm registrados em 2019. University of Exeter* O relatório reúne os conhecimentos mais recentes sobre o papel dos oceanos no ciclo do carbono e visa fornecer aos tomadores

Impactos combinados da pesca e do aquecimento do oceano nas populações de peixes

  Impactos combinados da pesca e do aquecimento do oceano nas populações de peixes O efeito combinado do rápido aquecimento do oceano e a intensa pesca comercial está afetando a viabilidade das populações selvagens e do estoque global de peixes, afirma uma nova pesquisa da Universidade de Melbourne e da Universidade da Tasmânia. University of Melbourne* Ao contrário de estudos anteriores que tradicionalmente consideravam a pesca e o clima de forma isolada, a pesquisa

Microplásticos afetam o ciclo global de nutrientes e os níveis de oxigênio no oceano

  Microplásticos afetam o ciclo global de nutrientes e os níveis de oxigênio no oceano Os efeitos do aumento constante da quantidade de plástico no oceano são complexos e ainda não totalmente compreendidos. Cientistas do GEOMAR Helmholtz Center for Ocean Research Kiel mostraram pela primeira vez que a absorção de microplásticos pelo zooplâncton pode ter efeitos significativos no ecossistema marinho, mesmo em baixas concentrações. O estudo, publicado na revista internacional Nature Communications, indica ainda

25% das áreas dos manguezais já foram perdidas no Brasil

  25% das áreas dos manguezais já foram perdidas no Brasil, artigo de Janaína Bumbeer e Liziane Ceschim Alberti Manguezais: imenso valor ecológico e econômico entre terra e mar Sinopse em áudio, mp3, do artigo “25% das áreas dos manguezais já foram perdidas no Brasil” Arquivo de áudio mp3 [EcoDebate] Um dos ecossistemas mais produtivos e generosos da Terra, os manguezais estão presentes em 338 municípios brasileiros, onde vivem 44 milhões de pessoas, o que

Serviços ecossistêmicos dos oceanos são essenciais para o planeta e a humanidade

  Serviços ecossistêmicos dos oceanos são essenciais para o planeta e a humanidade Segurança alimentar, estabilidade climática, biodiversidade, energias alternativas, biotecnologia e lazer são alguns dos benefícios oferecidos pelos mares à humanidade Por Luciano Fontes e Giovanna Leopoldi Criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 22 de março de 1992, o Dia Mundial da Água surgiu como esforço da comunidade internacional para colocar em pauta questões essenciais que envolvem os recursos hídricos. Embora

Projeto cria banco de gametas congelados de corais, preservando espécies da extinção

  Projeto cria banco de gametas congelados de corais, preservando espécies da extinção Banco de gametas congelados deve garantir a sobrevivência de espécies de corais em caso de extinção; uma série de artigos científicos deve ser publicada em 2021 com as descobertas Foto: Enrico Marcovaldi Por Giovanna Leopol e Luciano Fontes Um projeto pioneiro no sul da Bahia está desenvolvendo uma tecnologia inédita no Brasil para criar um banco de gametas congelados de corais e,

Atitudes que você pode tomar para ajudar na proteção dos oceanos

  Atitudes que você pode tomar para ajudar na proteção dos oceanos Verão, sol, praia. O mar traz diversão e alívio nessa época do ano. Mas os oceanos e a vida marinha estão ameaçados por causa da superexploração dos biomas, da gestão inadequada do lixo e do esgoto e de padrões produtivos altamente poluentes. Você pode fazer a sua parte e ajudar a ONU a proteger a natureza. Confira essas dez dicas de como

Ambiente costeiro fornece importantes serviços ecossistêmicos

  Ambiente costeiro fornece importantes serviços ecossistêmicos Áreas naturais protegem costa brasileira e evitam o colapso da economia litorânea Ambiente costeiro depende de ecossistemas como manguezais, restingas e recifes de corais; eventual degradação da costa pode colocar em risco populações inteiras do litoral e acabar com atividades pesqueiras e turísticas nessas regiões Morar perto da praia é o sonho de muita gente, em qualquer lugar do planeta. Estimativas da Organização das Nações Unidas (ONU)

Aumento da temperatura nos oceanos já afeta a vida marinha

  Aumento da temperatura nos oceanos já afeta a vida marinha Aquecimento global ou mudança climática. Não importa como você o chame. O que importa é que agora está tendo um efeito direto e dramático nos ambientes marinhos em todo o nosso planeta. Nova Southeastern University's (NSU)* “Mais urgente do que as mudanças climáticas futuras é a frequência crescente e a gravidade das 'ondas de calor subaquáticas' extremas que já estamos vendo em todo

Top