A revisão da encíclica Humanae Vitae e os direitos sexuais e reprodutivos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

“Aquí y ahora declaro la guerra a este sistema y no descansaré hasta que sea liberado el camino para una libre maternidad y una saludable, alegre y feliz niñez”. (Emma Goldman, 1916). “Amem-se mais uns aos outros e não se multipliquem tanto” Maria Lacerda de Moura (1887-1945) “l'utero è mio e lo gestisco io” Palavra de ordem das feministas italianas [EcoDebate] A encíclica Humanae Vitae ("Da vida humana"), lançada pelo Papa Paulo VI, no dia

Justiça socioambiental: No RJ, centenas de vozes ecoam homenagem póstuma à pescadora Nicinha, artigo de Sucena Shkrada Resk

  A pescadora Nilce de Souza Magalhães, mais conhecida por Nicinha, liderança feminina do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), no estado de Rondônia, defendia os direitos das populações afetadas pelo Complexo Hidrelétrico, no rio Madeira e seus afluentes, em especial pela implementação da Usina Hidrelétricas de Jirau. No dia 7 de janeiro de 2016, aos 50 anos, ela teve sua voz calada ao ser assassinada, entretanto, sua mensagem continua a ecoar

Precisaremos de mais um planeta? artigo de Aroldo Cangussu

    [EcoDebate] Voltando ao livro de Kevin Ashton, A História Secreta da Criatividade (Sextante, 2016) e a Thomas Malthus vamos refletir sobre o seguinte: A população humana dobrou entre 1970 e 2010. Em 1970, as pessoas viviam em media até os 52 anos. Em 2010, até os 70 anos. Não somente somos o dobro de pessoas, cada qual vivendo um terço a mais: o consumo dos recursos naturais por parte de cada

Enriquecer antes de envelhecer, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  [EcoDebate] O envelhecimento populacional é, ao mesmo tempo, uma conquista e um desafio. Conquista, pois a transição demográfica e o aumento da esperança de vida ao nascer possibilitam maior tempo de vida para as pessoas. Desafio, porque a alta proporção de idosos na população diminui a proporção da força de trabalho no conjunto da população e aumenta a carga da dependência demográfica. Um país é considerado envelhecido quando o Índice de

Hidrocídio Brasileiro, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] A cada dia chega a notícia da morte de um rio, ou que um rio famoso agoniza. Afluentes dos grandes rios brasileiro estão sendo mortos às centenas, aos milhares, num verdadeiro hidrocídio, isto é, a matança das águas. Esses dias nos chegou a visão do leito seco do Paracatu, um dos maiores afluentes do São Francisco. No ano passado, em Macapá, me contaram que a pororoca do rio Araguari estava extinta. Esse

A importância dos Rios Voadores e da Floresta Amazônica, por Marco Antonio Ferreira Gomes e Lauro Charlet Pereira

    [EcoDebate] A expressão Rios Voadores passou a ser mais conhecida do público brasileiro a partir de 2006 com o trabalho denominado “Projeto de aventura, pesquisa, divulgação e educação ambiental Rios Voadores”. Naquela época poucas pessoas tinham conhecimento sobre o significado e a importância desse fenômeno em suas vidas, principalmente os moradores das regiões centro-sul do país (entendidas popularmente como sudeste, sul e centro-oeste). Infelizmente, parece que esse nível de conhecimento

Resíduos de Construções e Demolições no Brasil em 2016, artigo de Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] Os dados a seguir tem como base o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil em 2016, uma publicação da Associação das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais – Abrelpe que anualmente divulga os dados estatísticos relacionados com suas atividades no país. Nos artigos anteriores, estão descritos os dados gerais e também os relacionados com a disposição final dos resíduos sólidos urbanos - RSU e outras informações complementares. Neste

Os 500 anos da Reforma Protestante, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “A religião é o ópio do povo" Karl Marx     [EcoDebate] No dia 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero afixou na porta da Igreja de Todos os Santos, no castelo de Wittenberg, na Alemanha, as suas 95 teses e a denúncia da corrupção na Igreja Católica Romana, pela venda maciça de indulgências aos pecados dos fiéis. Foi o início de uma grande divisão na Igreja e de uma revolução que teve

A mandioca é o cheiro de Belém no Círio de Nazaré (PA), por Raimundo Nonato Brabo Alves e Moisés de Souza Modesto Júnior

  Além de cultura, a mandioca é sinônimo de emprego, renda e segurança alimentar aos paraenses.   [EcoDebate] Não há cultura mais tradicional no Brasil e mais ligada à vida do paraense que a mandioca. Principalmente neste momento que antecede o Círio de Nazaré, no segundo domingo de outubro. No município de Acará, maior produtor de mandioca do Brasil, distante 33 quilômetros da capital paraense, mais especificamente no ramal da Samaumeira, a movimentação

Disposição Final dos Resíduos Sólidos Urbanos no Brasil em 2016, artigo de Antonio Silvio Hendges

    [EcoDebate] No artigo anterior foi avaliado o panorama dos resíduos sólidos urbanos - RSU no Brasil em 2016 com base nas informações publicadas pela Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais – Abrelpe. O relatório deixa evidente a diminuição de 2% na geração global de RSU com 214.405 toneladas/dia em comparação com as 218.874 toneladas/dia, geradas em 2015. Na escala individual, a queda foi de 2,9% com

As agonias dos rios Mudo e Guajiru, RN, artigo de Carlos Augusto de Medeiros Filho

    [EcoDebate] A histórica Lagoa de Extremoz tem cerca de 4 quilômetros quadrados de extensão e participa com 70% da água necessária para o abastecimento da região Norte de Natal. A complementação restante da água é obtida através de poços. A Lagoa de Extremoz recebe contribuições de águas subterrâneas do aquífero Barreiras e, especialmente, de águas superficiais dos rios do Mudo e Guajiru. Essas correntes, ao longo de seus 25 km de

Produção de comidas típicas movimenta a agricultura e a economia no Círio de Nazaré, artigo de Alfredo Homma

  Pesquisa estima produção agrícola de ingredientes típicos para atender o consumo no almoço do Círio. Belém do Pará, na época do Círio, o inconfundível aroma do pato-no-tucupi, maniçoba e tacacá espalham-se pelos quatro quadrantes da cidade. Patrick Süskind, autor do best seller “Perfume”, lançado em 1985, que criou o personagem Jean-Baptiste Grenouille, com a capacidade de criar aromas que transmitiam atração, menosprezo, nojo, prazer, amor e ódio, não teria um cenário

Top