Gervini, o médico, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Ao falarmos de uma pessoa, falamos de toda a humanidade; ao falarmos de um profissional, falamos de sua ciência. Roberto Lopes Gervini foi um grande médico e deixou um legado a seus milhares de pacientes e alunos, como professor universitário. Ele praticou a Medicina como Ciência e Arte, um profissional atencioso e zeloso a ponto de preferir prescrever medicamentos através de farmácias de manipulação ao invés dos produtos dos

Ecologia Profunda, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] A ecologia profunda é uma concepção filosófica proposta no início da década de 70 do século passado pelo pensador e filósofo norueguês Arne Naess. Sua evolução é atribuída a uma reação dos indivíduos à visão hegemônica, então dominante sobre a maximização de utilização dos recursos naturais. A ecologia profunda possui influência do pensamento de Mahatma Gandhi, Henry David Thoreau, Jean Jacques Rousseau, Aldo Leopoldo na “ética da terra” e de

Amor e interpretação de texto, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Um post interessante diz que “sim, o mundo precisa de amor, mas também de interpretação de texto”. Uma pessoa diz “azul” e a outra pode lembrar do mar, do céu, de uma companhia aérea, de um time de futebol ou de uma música do Djavan, depende do que for mais marcante na sua experiência emotiva. Nunca vimos tantas denúncias de corrupção, isso significa que estamos rumo a um caos social

São Paulo e seus 463 anos de histórias, artigo de Amadeu Roberto Garrido de Paula

    [EcoDebate] Cresceu sob as vinhetas do Rio de Janeiro. Este era - e ainda é para alguns estrangeiros - a figura urbana do Brasil, ornamentada pelo Cristo Redentor. São Paulo, sobretudo em seu centro histórico, também herdou as pompas de Paris e de Londres. A catedral da Sé, rodeada de automóveis feitos de aço, lanternas reluzentes, redondos e curtos como chalés, motoristas imponentes, cheios de boné e sabedoria, encimava nossa

Ano bom ou ano ruim? A escolha pode ser sua! artigo de Beatriz Diniz

[EcoDebate] Geral quis se livrar de 2016. E o ano mais desgraçado dos últimos tempos parecia não querer acabar de tanta coisa ruim e um segundo a mais. Só que teve algo muito bom demais da conta, sensacional mesmo, com desdobramentos nos próximos anos que podem ser ótimos pra gente. É a entrada em vigor do Acordo de Paris, reunindo nações e líderes mundiais pra enfrentar o maior desafio da

Zygmunt Bauman: Decifrando a ‘Era Líquida’, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Zygmunt Bauman em seus aos 91 anos de vida foi um observador sensível e corajoso, tanto que quando conheceu Janine, numa sala de palestras da Universidade, entendeu que era a mulher de sua vida e em 9 dias a pediu em casamento – uma parceria que deu certo na vida e no trabalho, vindo os dois a ser bons escritores. O legado de Bauman é originalíssimo, ele decifrou a “Era

Aonde vamos? artigo de Amadeu Roberto Garrido de Paula

    [EcoDebate] Daria meu reino (se o tivesse) para não escrever estas linhas. O crime organizado, segundo a ONU, fatura entre 3 e 4 trilhões, dos quais o narcotráfico 1 trilhão. Impossível, sem conexão com o sistema bancário. As repugnantes condições carcerárias do Brasil fomentam a formação de organizações dentro dos próprios presídios. O preso se organiza para sobreviver. O governador Geraldo Alckmin diz que o PCC não existe. "Há coisas que se

Elis, o filme, artigo de Montserrat Martins

  Foto: Youtube   [EcoDebate] Assistir “Elis” no cinema é como assistir a um show dela ao vivo: Elis Regina “baixou” na atriz que fez seu papel, vemos a cantora viva à nossa frente em todos os seus trejeitos, gargalhadas, expressões, dramas. O Oscar para Andréia Horta seria pouco, seria um caso para investigação espírita, nunca vi um ator fazer “reviver” um personagem com tamanha veracidade, nem nos melhores filmes de Hollywood. “Elis” é

O Brasil sem futuro, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] Um dos mitos nacionais mais recorrentes é que o “Brasil é o país do futuro”. No hino nacional está escrito que o Brasil é um “gigante pela própria natureza” e, por suposto, em constante crescimento e com um futuro grandioso pela frente. Vários sociólogos e ícones da brasilidade difundiram a ideia de que esse gigante, em algum momento, iria se levantar de seu berço esplêndido e surgiria uma maravilhosa sociedade

A mulher de César, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Se aplica ao Juiz Sérgio Moro o ditado que “a mulher de César não basta ser honesta, tem de parecer honesta”, o mais clássico sobre a postura de pessoas públicas. As fotos de Moro, agora em dezembro, em evento às gargalhadas junto com Aécio Neves, em evento com este e outros tucanos investigados pela Justiça, como Serra e Alckmin, além do Temer. Claro que os citados tem foro privilegiado e

Chapecoense e consciência humana, artigo de Amadeu Roberto Garrido de Paula

    [EcoDebate] O homem tem consciência, é dizer, percebe quais são os efeitos dos atos da humanidade e de seus próprios. É o que o distingue de seus companheiros do reino animal. No entanto, essa consciência, em geral, não aflora imediatamente ao limiar da psique. Muitos fatos negativos se sucedem e suas consequências são aceitas com banalidade. O mal, assim, persevera. É preciso que um evento de forte impacto, não raro, seja

Somos todos planetários, porém divididos, artigo de José Monserrat Filho

    Artigo de José Monserrat Filho, vice-presidente da Associação Brasileira de Direito Aeronáutico e Espacial, para o Jornal da Ciência   “O despertar da humanidade será um processo coletivo ou não será nada. A mesma luz atravessa todas as gotas.”   Pierre Lévy (1)   Nem sempre fomos tão planetários e tão divididos como hoje. Tempo houve, há milênios, quando não tínhamos a mais ínfima noção do planeta que habitávamos. Nascemos na África Oriental entre um

Top