Pará tem seis das dez áreas de proteção ambiental mais ameaçadas de desmatamento na Amazônia, revela Imazon

  Estudo que analisa índices de ameaça e pressão por desmatamento em Áreas Protegidas (AP) mostra ainda que a Reserva Extrativista Chico Mendes, no Acre, é a mais ameaçada. Por Stefânia Costa Um novo estudo divulgado pelo Imazon mostra quais são as Áreas de Proteção da Amazônia mais ameaçadas e pressionadas por desmatamento. O relatório analisa os dados do sistema de monitoramento do Instituto e cruza as informações com células de desmatamento para

‘Querida Amazônia’, Francisco se manifesta, por Rosel Antonio Beraldo e Anor Sganzerla

    [EcoDebate] Passou-se pouco tempo da esperada publicação do Papa Francisco sobre o Sínodo da Amazônia, ocorrido entre os dias 06 a 27 de outubro de 2019. O texto de Querida Amazônia, que, antes de qualquer coisa, é preciso enquadrá-la no tempo e espaço deste Papa que ainda não foi e não está sendo compreendido devidamente, talvez nem os seus colaboradores mais próximos ao que tudo indica assimilaram suas ideias que estão

Amazônia e outros grandes ecossistemas podem entrar em colapso dentro de 50 anos

    Grandes ecossistemas, como a floresta amazônica, entrarão em colapso e desaparecerão de forma alarmante rapidamente, quando um ponto crucial for atingido, de acordo com cálculos baseados em dados do mundo real. Por Bangor University* Escrevendo em Nature Comms ( 10.1038 / s41467-020-15029-x ), pesquisadores da Universidade de Bangor, da Universidade de Southampton e da Escola de Estudos Orientais e Africanos da Universidade de Londres, revelam a velocidade com que desaparecerão ecossistemas de

O incansável e falacioso mito da internacionalização da Amazônia, por Henrique Cortez

    [EcoDebate] Retornam as alegações do risco de internacionalização da Amazônia, inclusive servindo de lastro para acusar os ambientalistas, ONGs e críticos da devastação, como se estivessem a soldo de interesses escusos. Como pano de fundo, supostos inimigos externos interessados em ocupar a nossa Amazônia. Aliás, freqüentemente falamos da nossa Amazônia, das ameaças à nossa Amazônia, dos desafios da nossa Amazônia e por aí vai, sempre esquecendo que a região não é

Janeiro registra aumento de 74% no desmatamento da Amazônia, mostra monitoramento do Imazon

  No primeiro mês de 2020, a floresta perdeu 188 km² de área verde. O Pará está pelo sétimo mês consecutivo no topo do ranking dos estados que mais desmatam a Amazônia. Por Stefânia Costa O ano de 2020 começa com notícias ruins para a floresta Amazônica. Somente no primeiro mês do ano, o desmatamento cresceu 74% em comparação a janeiro de 2019. Os dados são do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD)

Pesquisa mostra que El Niño 2015 e incêndios contribuíram para o colapso de insetos na Amazônia

A seca e o fogo que atingiram as florestas durante o El Niño 2015 causaram uma perda de mais de 50% nas populações dos besouros chamados rola-bosta. Esses insetos são essenciais para a recuperação dos ecossistemas através da dispersão de sementes e nutrientes. Universidade Federal de Lavras Uma equipe internacional de pesquisadores, entre os quais estão representantes da Universidade Federal de Lavras (UFLA), foi até a Amazônia para investigar como a seca

Imazon avalia que medida provisória sobre terras na Amazônia pode aumentar o desmatamento de 11 a 16 mil km até 2027

Análise de pesquisadores do Imazon mostra ainda que a MP 910 pode estimular invasão de terras públicas na região Por Stefânia Costa Ainda no começo deste ano, o Congresso Nacional tem a tarefa de decidir sobre a Medida Provisória 910/2019, que visa mudar, novamente, a Lei de Regularização Fundiária, apenas dois anos após sua última modificação. Pesquisadores do Imazon divulgaram nota técnica mostrando que, na prática, a MP beneficiará casos recentes de grilagem,

Desmatamento na Amazônia cresce em 2019, apontam dados do Imazon

  Amazônia: Nos últimos meses do ano, as áreas de florestas derrubadas cresceram 67% em comparação com o mesmo período de 2018. Por Stefânia Costa Os índices de desmatamento na Amazônia cresceram nos últimos meses de 2019, em comparação com o mesmo período do ano anterior. É o que mostram os dados do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) do Imazon, instituição brasileira que faz o monitoramento das áreas de floresta. De

Segundo dados do INPE, o desmatamento na Amazônia cresce 85% em 2019

IHU Segundo dados do Inpe, área desmatada chegou a 9.165,6 quilômetros quadrados no ano passado. Esse foi a maior devastação no bioma registrada nos últimos cinco anos. O artigo foi publicado por Deutsche Welle, 14-01-2020. O desmatamento na Amazônia cresceu 85,3% no ano passado em comparação com 2018, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (14/01) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Segundo o Sistema de Detecção do Desmatamento na Amazônia Legal em

Ou as vacas de Bolsonaro na Amazônia, ou as uvas dos gaúchos no Sul, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

  [EcoDebate] O governo Bolsonaro vai enviar projeto para liberar a pecuária, extrativismo mineral e cultivo de soja em territórios indígenas. O pretexto é sempre o desenvolvimento, geração de renda e emprego, essa trilogia mortal que é a permanente bandeira do mundo capitalista, inclusive o mais predador. Estudos comparativos já demonstram com absoluta solidez que a floresta amazônica em pé gera mais riqueza que as monoculturas empobrecedoras da população e da biodiversidade.

Espécies exóticas invadem áreas degradadas da Amazônia

    Caros(as) colegas, Uma surpresa comum é que ecossistemas perturbados frequentemente sustentam tantas (ou até mais) espécies quanto aquelas que são intocados. Por quê? A resposta é que ambientes perturbados, como os afetados pela exploração madeireira, mineração ou poluição, geralmente contêm muitas espécies exóticas ou não nativas que invadiram o ecossistema. O estudo Avian ecological succession in the Amazon: A long-term case study following experimental deforestation, que é bastante singular, mostra esse processo de

Desmatamento na Amazônia cresceu 23% em novembro de 2019, mostra Imazon

  Segundo o Imazon, a degradação florestal, destruição da floresta por queimadas ou retirada seletiva de madeira, saltou de 10 km², em novembro de 2018, para 471 km² no mesmo mês, em 2019. Por Stefânia Costa O Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) do Imazon detectou, em novembro do ano passado, 354 km² de desmatamento na Amazônia. Esse número representa um aumento de 23%, em comparação com novembro de 2018. Pelo quinto mês

Top
Betway Casino Roulette Image Banners
Betway Casino Roulette Image Banners