Artistas e ambientalistas fazem ato contra os retrocessos ambientais e em defesa da Amazônia no Congresso Nacional

ABr   Um grupo de artistas entregou ontem (12) ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), uma carta de repúdio aos projetos de caráter ambiental que tramitam no Congresso Nacional e ameaçam, na opinião do grupo, a preservação da Amazônia. No documento, os artistas afirmam que não aceitarão “a destruição da floresta nem ataques aos direitos dos povos indígenas e tradicionais”. Entre as celebridades estavam Suzana Vieira, Alessandra Negrini, Cristiane Torloni, Paula Lavigne,

Partículas da fumaça de queimadas na Amazônia induzem inflamação e danos genéticos em células de pulmão

    Por Karina Toledo | Agência FAPESP Quando são expostas em laboratório a concentrações comparáveis de poluentes encontrada na atmosfera amazônica em época de queimadas, células do pulmão humano sofrem severos danos em seu DNA e param de se dividir. Após 72 horas de exposição, mais de 30% das células em cultura já estão mortas. O principal responsável pelo estrago? Ao que tudo indica é o reteno, um composto químico pertencente à classe

A Amazônia é aqui, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Gisele Bündchem e Ivete Sangalo entraram nessa causa, mas você talvez não tenha pensado ainda: o que muda na sua vida se o Temer extinguir essa Reserva na Amazônia, para liberar a exploração mineral na área? Fotos de perfil no Facebook estão com a tarja “SOS Amazônia” porque a medida abre a Amazônia à devastação por negócios predatórios, sem cuidados com a preservação dos nossos tesouros naturais. A derrubada da floresta

Mineração na Amazônia: os impactos sociais e ambientais que não se pode deixar de lado

  Exploração de minérios traz mais perdas que ganhos e enfraquece a conservação de áreas naturais, afirmam especialistas Após a decisão do Governo Federal, na última segunda-feira (28), de revogar o Decreto número 1.942 e editar um novo, especificando as áreas que serão exploradas pela mineração na Amazônia, o assunto voltou à tona com força. Nas últimas duas semanas o maior bioma do Brasil tem sido foco de notícias e especulações, e

Amazônia: Ministério de Minas e Energia paralisa processos sobre Renca e diz que vai debater mineração

    ABr Um dia após a Justiça Federal em Brasília suspender os efeitos do decreto do presidente Michel Temer que extinguiu a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca), o governo decidiu ontem (31/08) paralisar todos os procedimentos relativos a eventuais direitos minerários na área da reserva, incrustada em uma região entre os estados do Pará e do Amapá. Segundo nota assinada pelo ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, a partir

Mineração é o motivo das iniciativas para reduzir áreas protegidas também no sudoeste do Pará

    Emendas ao PL 8107 colocam em risco mais três unidades de Conservação, cerca de um milhão de hectares. Do WWF-Brasil Não é só na região da Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca), entre Pará e Amapá, que áreas protegidas estão sob ataque para beneficiar a mineração. A Floresta e o Parque Nacional de Jamanxim, no sudoeste do Pará, também estão na mira. Após o governo apresentar ao Congresso em regime de

#RetrocessoAmbientalNão: Nota Técnica do MPF reitera riscos da extinção da Renca no Amapá e Pará

  Desmatamento na região é de apenas 0,33% da área da Renca. Decreto libera mais de 3,2 milhões de hectares para mineração     O Ministério Público Federal divulgou nesta quarta-feira (30) nota técnica contra o Decreto nº 9147/2017, que regulamenta a atividade minerária na área da Reserva Nacional do Cobre e seus Associados (Renca), nos estados do Pará e Amapá. No texto, de autoria da Câmara de Meio Ambiente e Patrimônio Cultural (4CCR),

Estamos caminhando para o desaparecimento irreversível das florestas

  Estamos caminhando para o desaparecimento irreversível das florestas. Entrevista especial com Luiz Marques IHU Uma das evidências que confirma o “declínio” das florestas tropicais no mundo é que a “taxa de desmatamento no primeiro decênio deste século foi 62% maior que no último decênio do século passado, e desde 2011 constata-se uma aceleração dessa aceleração, sobretudo na Ásia e na Oceania”, adverte o historiador Luiz Marques à IHU On-Line. No Brasil, afirma, embora tenha

Amazônia: Juiz federal suspende qualquer decreto sobre extinção da Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca)

  ABr O juiz Rolando Spanholo, da 21ª Vara Federal de Brasília, determinou a suspensão dos efeitos de “todo e qualquer ato administrativo tendente a extinguir a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca)”. A reserva foi extinta por decreto do governo federal no último dia 23 de agosto. O magistrado atendeu a um pedido feito em ação popular aberta pelo cidadão Antônio Carlos Fernandes, segundo a qual a área de proteção não

Amazônia: Área desmatada registrada pelo PRODES 2016 indica uma taxa de aumento de 27% em relação a 2015

  INPE apresenta dados consolidados do PRODES 2016 A consolidação da medida da área de desmatamento na Amazônia do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (PRODES), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), foi finalizada com o cálculo de 7.893 km2 de corte raso no período de agosto de 2015 a julho de 2016. A área desmatada registrada pelo PRODES 2016 indica uma taxa de aumento de 27% em

Em defesa da Amazônia e do Cerrado; análise de Luiz Marques

  Do Jornal da UNICAMP Texto LUIZ MARQUES Fotos REPRODUÇÃO | Daniel Beltra - Greenpeace Edição de imagem LUIS PAULO SILVA Em 2014, a FAO lançou um manifesto intitulado “Não podemos viver sem florestas” [I]. Seu primeiro parágrafo reitera o que todos sabemos: “As florestas são imprescindíveis para sustentar a vida no planeta (...) e são o lar de 80% da biodiversidade terrestre”. Em 22 de agosto último, Michel Temer deu mais um passo para

Pressionado, governo anuncia novo decreto sobre exploração mineral na Reserva Natural do Cobre e Associados (Renca)

    Do WWF Decreto mantém a extinção da Renca e apenas reforça o que já prevê a legislação ambiental para mineração em áreas protegidas; Segundo a ONG, o novo decreto para a Renca é tímido e mantém os riscos socioambientais à região. Pressionado pela repercussão negativa causada pelo decreto que extinguiu na semana passada a Reserva Natural do Cobre e Associados (Renca), o governo anunciou nesta terça-feira (28) um novo decreto que define

Top