Vídeos alertam sobre os projetos de construção de estradas em áreas ambientalmente sensíveis

  Caro Henrique, O meu grupo de pesquisa produziu recentemente um quarto vídeo dinâmico e breve em português, que destaca os sérios riscos da rápida expansão das estradas, focalizando amplamente as questões ambientais, econômicas e sociais. Aqui está o link para o novo vídeo:   Porque os grandes projetos podem ser tornar investimentos arriscados   Aqui estão os links para nossos dois vídeos anteriores:   1. Porque razão como estradas são tão perigosas   2. Porque as estradas se parecem como

Estudo aponta altos níveis de mercúrio no sangue de moradores de Santarém, PA

  Por Marcia Wonghon, da Radioagência Nacional Pesquisadores da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) identificaram, em estudo, altos níveis de mercúrio no sangue de moradores de Santarém, que têm hábito de consumir de peixes. A suspeita é que os peixes da região estejam contaminados pela substância, por conta de desmatamentos, queimadas e construção de usinas hidrelétricas. A bióloga Heloísa, de Moura Meneses, responsável pelo estudo com 144 pessoas, residentes na zona

Corte de R$ 200 mi da Noruega para Amazônia tem efeito político, análise do professor Marcelo Pereira de Souza

    Análise é do professor Marcelo Pereira de Souza, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP Por Redação, Rádio USP Em recente viagem à Europa, o presidente Michel Temer fez uma parada na Noruega. A visita oficial àquele país foi marcada por constrangimentos. Além de se referir ao país como sendo a Suécia, a comitiva em que estava o ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, ouviu

Dois mil botos são mortos na Amazônia ao ano para pesca da piracatinga

  Por Bianca Paiva, da Radioagência Nacional A pesca e a comercialização da piracatinga estão proibidas desde janeiro de 2015 como forma de conter a matança indiscriminada de botos na Amazônia. Apesar disso, cerca de dois mil animais ainda são mortos todos os anos. Isso demonstra que o boto ainda é utilizado como isca para a captura desse peixe, que pode ser encontrado nos supermercados com o nome de douradinha. Para ajudar fiscais ambientais

Uso indiscriminado de agrotóxicos pode levar à extinção de abelhas

    Estudos projetam para 2035 o ano da extinção das abelhas, se nada for feito para mudar o atual panorama mundial Por Rádio USP http://jornal.usp.br/wp-content/uploads/ABELHA-ACABA-MATERIA-FECHADA-FERRAZ-JUNIOR-6.48.mp3   O uso indiscriminado de agrotóxicos está acabando com as abelhas e esse é um problema mundial. As consequências são sentidas diretamente na produção de alimentos. É que as abelhas são responsáveis pela polinização das plantas. As plantas que têm flor precisam ser polinizadas para produzir sementes e sobreviver. Quem faz

Cracolândia é fruto da degradação do centro da cidade de São Paulo

  As intervenções do poder público descaracterizaram a região central da cidade e abriram caminho para a Cracolândia Por Redação, Rádio USP http://jornal.usp.br/wp-content/uploads/CRACOLANDIA-IMOVEIS-TOMBADOS-SIMONE.mp3   A Cracolândia, que significa terra do crack, fica no bairro da Santa Ifigênia, um dos mais antigos da cidade. É a região das avenidas Duque de Caxias, Ipiranga, Rio Branco, Cásper Líbero, Rua Mauá, Estação Júlio Prestes e da Praça Princesa Isabel. Em toda ela se desenvolveu, ao longo do tempo,

Código Florestal, de 2012, ainda enfrenta desafios para que a lei se torne uma realidade

    Radioagência Nacional / Rádio Nacional da Amazônia. http://audios.ebc.com.br/77/77bbb4bf8f5c7862c151ec162a4fbcfc.mp3 A Lei do Código Florestal, de 2012, nasceu da necessidade de se atualizarem os dispositivos legais para garantir o desenvolvimento econômico de forma sustentável. Mas, segundo relatório divulgado pelo Observatório do Código Florestal, formado por instituições da sociedade civil voltadas para a questão ambiental, embora existam motivos para comemorar, o país precisa percorrer um longo caminho para que a lei florestal se torne uma realidade. Das

Código Florestal ainda enfrenta desafios de implementação

    Radioagência Nacional / Rádio Nacional da Amazônia. http://audios.ebc.com.br/6d/6d828e111f15d92203bd02e151e99ebb.mp3 Cinco anos da publicação do Código Florestal Brasileiro e, segundo especialistas, ainda há muito a ser feito para que ele saia do papel. Mas quais os principais desafios e prioridades? Segundo um relatório divulgado pelo Observatório do Código, que reúne entidades da sociedade civil voltadas a questão ambiental, entre os pontos a serem priorizados estão a análise e a validação do Cadastro Ambiental Rural (CAR),

Pelo menos 10 mil plantas alimentícias não convencionais (pancs) podem reforçar prato do brasileiro

    Por Maísa Penetra, da Radioagência Nacional Você já pensou em comer vitória-régia ou umbigo de banana? Pois saiba que muitas plantas que descartamos no dia a dia e que consideramos apenas mato têm valor nutritivo e até gastronômico.   http://audios.ebc.com.br/1c/1cfaccd2700eca2be949ce25e346c9d0.mp3   Essas são as plantas alimentícias não convencionais (Pancs). São, pelo menos, 10 mil espécies de plantas que além da rúcula, alface e do tomate são boas para a saúde humana. No Brasil, as Pancs já

Raça, gênero e classe: Triplos obstáculos sociais marcam a trajetória das mulheres negras

  Raça, gênero e classe são os obstáculos que as mulheres negras enfrentam no Brasil desde a época da abolição Por Carolina Marins Santos, Rádio USP http://jornal.usp.br/wp-content/uploads/MULHERES-NEGRAS-1.mp3   O dia 13 de maio marca os 129 anos de assinatura da Lei Áurea, conhecida por ter libertado os escravos após 388 anos. Entretanto, a data não costuma ser considerada motivo de comemoração, afinal, a situação dos negros nesse período foi bastante conturbada. A libertação não veio

Povo indígena Gavião denuncia ameaças por parte de madeireiros no Maranhão

    Por Luanda Belo, da Radioagência Nacional A não demarcação de terras indígenas que resultou no confronto entre Gamelas e fazendeiros no município de Viana não é um fato isolado. Os conflitos pela posse da terra acontecem até em territórios já demarcados pela Funai, como é o caso da Terra Indígena Governador, em Amarante, no Maranhão. Lá, o povo Gavião é constantemente ameaçado pela ação de madeireiros. Confira na reportagem especial: http://audios.ebc.com.br/03/03d78db76375be6d2bfcd39be41531c0.mp3 A Terra

Suicídio entre jovens hoje é um fenômeno mundial e uma questão de saúde pública

Aumento nos últimos 24 anos foi de 27,2% e as drogas estão entre os principais fatores de risco Por Gabriel Soares, Rádio USP   http://jornal.usp.br/wp-content/uploads/SUICIDIO-ENTRE-JOVENS-MATERIA-FECHADA-T-7.37.mp3   Para o psiquiatra assistente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP) da USP, Cristiano Cardoso Moreira, o aumento do suicídio na população jovem hoje é um fenômeno mundial e uma questão de saúde pública. O psiquiatra afirma que atualmente um dos principais fatores de

Top