Fórum Mundial da Água: povos indígenas defendem a proteção dos recursos hídricos

    Por Renata Martins, da Radioagência Nacional Para os povos indígenas a água é um elemento sagrado e que precisa ser protegido esse foi o tom da sessão realizada nesta quarta-feira, no Fórum Mundial da Água, sobre Culturas de água dos povos indígenas da América Latina. O destaque foi a importância das comunidades tradicionais na proteção dos recursos hídricos. Maria Alice Campos, do Conselho Internacional das 13 Avós Nativas, lembra do ritual que

Pegada hídrica: marca do consumo de água do brasileiro é de 154 litros por dia

  Por Victor Ribeiro*, da Radioagência Nacional   http://audios.ebc.com.br/75/75fec6c759179627b2bb900c1bf613fc.mp3   Cada brasileiro consome, em média, 154 litros de água por dia, segundo o Sistema Nacional de Informações Sobre Saneamento, do Ministério das Cidades. Pode parecer pouco, mas a ONU garante que gastamos, todos os dias, 34 litros a mais que os 110 necessários. Esse consumo é o que aparece todos os meses na conta de água que chega à nossa casa. Mas tem uma forma indireta

Água de reúso pode ser solução para crises hídricas provocadas pela falta de chuvas

  Por Nelson Lin*, da Radioagência Nacional   http://audios.ebc.com.br/ab/abf34f32a1297a2339eebcd9d743790a.mp3   O reuso da água é geralmente utilizado para fins industriais e em grande escala, mas você sabia que essa tecnologia também pode ser usada de forma potável? Pelo menos é o que afirmam especialistas ouvidos pela reportagem. Os custos para isso são competitivos, segundo eles, mas, para disseminar a prática é preciso ampliar a coleta e o tratamento de esgoto e também esclarecer a população

Governo alemão estuda combater os altos níveis de poluição ambiental com transporte público gratuito

    Em sua coluna semanal, Raquel Rolnik comenta a intenção da Alemanha de tornar o transporte público gratuito Por Redação, Rádio USP Para combater os altos níveis de poluição ambiental, o governo da Alemanha estuda, entre outras medidas, implantar o transporte público gratuito em algumas cidades do país. Numa primeira etapa, seriam cinco as cidades escolhidas para abrigar essa experiência, dentre elas algumas importantes, como Bonn e Dresden. A partir da análise dos

Inteligência artificial: Capacidades cognitivas humanas podem ser substituídas na nova era de automação

    Por Giovanna Grepi, Rádio USP Como serão os empregos daqui 20 ou 30 anos? Eles se reinventarão? Essas dúvidas surgem quando falamos de inteligência artificial. Isso porque muitas profissões serão substituídas e darão lugar à automação. Como ficará o mercado de trabalho? Para a professora Adriana Cristina Ferreira Caldana, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (Fearp) da USP, a inteligência artificial tem aspectos positivos, como o armazenamento de

Donos de dragas são denunciados por exploração ilegal de ouro no Rio Madeira

  Por Renata Martins, da Radioagência Nacional Vinte e cinco proprietários de dragas foram denunciados por exploração ilegal de ouro e outros minérios no Rio Madeira.     O crime ambiental teria corrido no município de Humaitá, distante 590 quilômetros de Manaus, no Amazonas. Os acusados foram identificados durante fiscalização em outubro o ano passado. As dragas que faziam a retirada ilegal de ouro estavam montadas sobre botes. Motores marítimos a diesel alimentavam bombas centrífugas que

Rio Araguaia pode secar em 40 anos por causa do desmatamento

    Por Maísa Penetra, da Radioagência Nacional O nível do rio Araguaia, no norte do Tocantins, preocupa os especialistas. Numa seca histórica, as queimadas e o desmatamento fizeram o nível baixar para 20 centímetros em alguns trechos. Vídeos divulgados nas redes sociais mostram que em vários locais é possível caminhar onde há um ano só era possível atravessar de barco. Segundo informações da prefeitura de Xambioá, a pesca, principal motor da economia local,

Com aumento da temperatura e secas extremas, Amazônia pode ter incêndios mais intensos nas próximas décadas

    Por Bianca Paiva, da Radioagência Nacional O Brasil registrou neste mês o maior número de queimadas de todos os tempos. Foram mais de 90 mil focos em pouco mais de 20 dias. E o cenário para o futuro não é nada animador, principalmente, para a floresta amazônica.   http://audios.ebc.com.br/49/49142d8c8577047dc46fd2e22eb8e4cf.mp3   Um estudo feito por pesquisadores brasileiros e publicado recentemente em uma revista internacional científica criou um modelo que avaliou como ficaria a situação na região

Vídeos alertam sobre os projetos de construção de estradas em áreas ambientalmente sensíveis

  Caro Henrique, O meu grupo de pesquisa produziu recentemente um quarto vídeo dinâmico e breve em português, que destaca os sérios riscos da rápida expansão das estradas, focalizando amplamente as questões ambientais, econômicas e sociais. Aqui está o link para o novo vídeo:   Porque os grandes projetos podem ser tornar investimentos arriscados   Aqui estão os links para nossos dois vídeos anteriores:   1. Porque razão como estradas são tão perigosas   2. Porque as estradas se parecem como

Estudo aponta altos níveis de mercúrio no sangue de moradores de Santarém, PA

  Por Marcia Wonghon, da Radioagência Nacional Pesquisadores da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) identificaram, em estudo, altos níveis de mercúrio no sangue de moradores de Santarém, que têm hábito de consumir de peixes. A suspeita é que os peixes da região estejam contaminados pela substância, por conta de desmatamentos, queimadas e construção de usinas hidrelétricas. A bióloga Heloísa, de Moura Meneses, responsável pelo estudo com 144 pessoas, residentes na zona

Corte de R$ 200 mi da Noruega para Amazônia tem efeito político, análise do professor Marcelo Pereira de Souza

    Análise é do professor Marcelo Pereira de Souza, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP Por Redação, Rádio USP Em recente viagem à Europa, o presidente Michel Temer fez uma parada na Noruega. A visita oficial àquele país foi marcada por constrangimentos. Além de se referir ao país como sendo a Suécia, a comitiva em que estava o ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, ouviu

Dois mil botos são mortos na Amazônia ao ano para pesca da piracatinga

  Por Bianca Paiva, da Radioagência Nacional A pesca e a comercialização da piracatinga estão proibidas desde janeiro de 2015 como forma de conter a matança indiscriminada de botos na Amazônia. Apesar disso, cerca de dois mil animais ainda são mortos todos os anos. Isso demonstra que o boto ainda é utilizado como isca para a captura desse peixe, que pode ser encontrado nos supermercados com o nome de douradinha. Para ajudar fiscais ambientais

Top