Pesquisadores mostram relação de água contaminada com a epidemia do vírus zika na Região Nordeste

  A presença de toxinas na água consumida pela população nordestina contribuiu para aumentar o número de casos de microcefalia associados à epidemia do vírus zika na Região Nordeste, principalmente nos anos de 2015 e 2016. Essa é a conclusão da pesquisa desenvolvida em conjunto pelo Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Universidade Federal Rural

Impacto potencial de medicamentos na qualidade da água

    Quando as pessoas tomam medicamentos, esses medicamentos e seus metabólitos podem ser excretados e chegar às estações de tratamento de águas residuais. A partir daí, os compostos podem acabar em cursos d'água. American Chemical Society (ACS)* As águas residuais de empresas farmacêuticas podem começar com quantidades ainda maiores dessas substâncias. Na Environmental Science & Technology, da ACS, os pesquisadores relatam que uma única instalação de fabricação farmacêutica pode estar influenciando a qualidade

O desafio mundial de proteger a Água, por Rodrigo Berté e André M. Pelanda

    [EcoDebate] A ONU (Organização das Nações Unidas) declarou em 1993, o dia 22 de março como o Dia Mundial da Água, a partir das recomendações da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. A água é fonte de vida e essencial para a sobrevivência das espécies, inclusive do homem. O nosso organismo possui mais de 70% de água, suprindo as necessidades básicas e de saúde de qualquer indivíduo. O

Dia da água: 75 milhões de brasileiros ainda não têm acesso a saneamento, artigo de Elias Oliveira

    [EcoDebate] Presente em uma extensa massa no planeta e fonte de vida para a humanidade, a água é considerada símbolo de riqueza, um recurso importante para o mundo. Não por acaso, um dos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU é o de assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e o saneamento para todos. Com o objetivo de colocar em discussão a importância de preservação deste recurso, o

Baixo Jequitinhonha, MG – Minerar no Parque Alto Cariri deixará Salto da Divisa sem água, artigo de Gilvander Moreira

Minerar no Parque Alto Cariri deixará Salto da Divisa sem água Por Gilvander Moreira1 [EcoDebate] Na cidade de Salto da Divisa, no Baixo Jequitinhonha, MG, e em frente ao portão de entrada da Barragem da Usina Hidrelétrica da empresa Itapebi Geração de Energia S.A, que atinge vários municípios em Minas Gerais e na Bahia, dia 14 de março de 2020, aconteceu a Romaria das Águas e da Terra da Diocese de

Sedimentos de fundo e contaminação de rios. Exemplo do Rio Pitimbu, RN, artigo de Carlos Augusto de Medeiros Filho

  [EcoDebate] Os sedimentos de fundo de rio ou sedimentos de corrente são meios amostrais aplicados na avaliação das condições ambientais de um rio e, consequentemente, de águas fluviais. Os sedimentos de corrente têm sido sugeridos como um consistente meio de amostragem para rastrear fontes de metal, podendo ser um forte indicativo do comportamento geoquímico de águas fluviais (Owens et al., 2001). Assim, sedimentos de corrente têm sido cada vez mais empregados

Nem Neruda imaginaria o hidronegócio dos Rios Voadores da Amazônia, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

  - Semana da Água de 15 a 22 de Março – [EcoDebate] Tempos atrás, quando andei no Chile, numa das casas de Neruda, comprei uma de suas antologias poéticas. Lendo aqueles poemas, de repente fiquei surpreso: já na década de 40 do século passado ele pedia que o ar permanecesse livre. Tentei reencontrar a passagem na antologia e não consegui. Hoje o Nordeste é tomado por torres eólicas e empresas privadas ganham

Partículas em nanoescala – Plásticos invisíveis na água potável

  Por Jakob Thorington, Faculdade de Engenharia e Arquitetura de Voiland* Uma equipe de pesquisa da Universidade Estadual de Washington descobriu que as partículas em nanoescala dos plásticos mais usados tendem a se mover pelo suprimento de água, especialmente em água doce, ou se instalar em estações de tratamento de águas residuais, onde acabam como lodo, em aterros sanitários e frequentemente como fertilizante. Nenhum dos cenários é bom. "Estamos bebendo muito plástico", disse Indranil

Do governo Collor ao governo Bolsonaro – O avanço da privatização da água no Brasil, artigo de Flávio José Rocha da Silva

Do governo Collor ao governo Bolsonaro: O avanço da privatização da água no Brasil Flávio José Rocha da Silva1 [EcoDebate] Com a força crescente do Neoliberalismo nas últimas décadas, grupos econômicos nacionais e internacionais têm se mobilizado para tomar a distribuição da água das empresas públicas de saneamento básico administradas por Estados e municípios no Brasil. A investida pode ser pela compra das empresas, pela societarização ou ainda através das Parcerias Público-Privadas –

Agência Nacional de Águas (ANA) lança cinco novos cursos gratuitos abertos à população

Cursos gratuitos e a distância abordam temas, como: água e gênero, segurança de barragens e Ciência Política aplicada à gestão de recursos hídricos   Neste mês de março, quando se celebra o Dia Mundial da Água, a Agência Nacional de Águas (ANA) está lançando cinco novos cursos gratuitos e na modalidade de ensino a distância (EaD) abertos à população. São eles: Guia de Orientação e Formulários do Plano de Ação de

#Água: no eixo central nos cenários de conflito no mundo, por Sucena Shkrada Resk

  A água, apesar de ser um direito humano, tem sido menosprezada através dos séculos no planeta. Experiências que exemplificam este extremo são vivenciadas diariamente por meio de conflitos contemporâneos com relação aos recursos hídricos, cada vez mais escassos, em nações principalmente da África, do Oriente Médio e na Ásia. As causas mesclam origens climáticas, geográficas, de intervenções de grandes obras que reduzem a capacidade de vazão nas bacias, poluição hídrica,

Pesquisa mostra que geosmina, substância encontrada em água contaminada, pode ajudar na reprodução do mosquito da dengue

  O composto químico, chamado de geosmina, é o mesmo que tem afetado o fornecimento no Rio de Janeiro Agência do Rádio Uma substância encontrada na água contaminada com esgoto pode ajudar na proliferação do mosquito da dengue. O composto químico, chamado de geosmina, é o mesmo que tem afetado o fornecimento no Rio de Janeiro, deixando a água com gosto e cheiro de terra. A geosmina atrai o mosquito da dengue, facilitando

Top
Betway Casino Roulette Image Banners
Betway Casino Roulette Image Banners