Notas sobre Background de Nitrato em Águas Subterrâneas

  Notas sobre Background de Nitrato em Águas Subterrâneas Artigo de Carlos Augusto de Medeiros Filho [EcoDebate] Poluição por nitratos das águas subterrâneas é um problema antropogênico cada vez mais grave. Com o rápido crescimento populacional, em muitas áreas metropolitanas, especialmente cidades industriais, ocorre um aumento na carga de N lançado dentro do sistema aquático, através de atividades antropogênicas, incluindo descargas de industriais, aplicação de fertilizantes agrícolas com nitrogênio, esgotos domésticos e resíduos

Importância da Geoquímica de Metais Tóxicos nas Águas Subterrâneas

    Artigo de Carlos A. de Medeiros Filho Fonte https://achetudoeregiao.com.br/animais/quimica_da_agua.htm [EcoDebate] As águas subterrâneas são essenciais para o sistema doméstico de abastecimento, fornecendo um recurso relativamente limpo, confiável e econômico. No entanto, alguns aquíferos podem não ter qualidade explorável adequada devido a fatores naturais ou pressões antropogênicas (Monjerezi et al., 2012). A contaminação por metais pesados nas águas subterrâneas é um problema sério em todo o mundo devido ao crescimento populacional e ao

Mudanças climáticas estão afetando a disponibilidade de água e estão exacerbando os danos causados pelas inundações e secas em todo o mundo

  A ação da água relacionada ao clima é uma chave para nos trazer de volta aos trilhos para alcançar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6 , garantir o acesso à água e ao saneamento para todos e manter um ambiente saudável. A OMM realizou um briefing diplomático virtual em 2 de julho sobre os planos para uma Coalizão sobre Água e Clima, com o objetivo de criar impulso na ação sobre a água

Mistura de agrotóxicos na água continua sem controle, Fiocruz propõe regras mais rígidas

Brasil deveria seguir o padrão europeu para controle de agrotóxicos na água, sugere Fiocruz sobre novas regras do Ministério da Saúde. Fundação propõe número maior de substâncias a serem monitoradas, mais rigidez nos volumes permitidos e um sistema de alerta para a população Por Ana Aranha, Agência Pública/Repórter Brasil Nem todo mundo sabe, mesmo porque esses dados são pouco divulgados, mas a água que sai da nossa torneira pode carregar diversos agrotóxicos.

Grupo de Trabalho da Fiocruz divulga nota técnica sobre agrotóxicos em água potável

  Vinculado à Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Saúde (VPAAPS/Fiocruz), o Grupo de Trabalho (GT) de Agrotóxicos da Fundação avaliou o Anexo 20 da Portaria de Consolidação nº 05 do Ministério da Saúde (MS), que define os procedimentos para o controle e a vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. O parecer técnico do GT da Fiocruz aponta que os critérios definidos pela Portaria para seleção

Economia brasileira consumiu 6,3 litros de água para cada R$ 1 gerado em 2017

  Por Carlos Alberto Guimarães | Arte: Helga Szpiz IBGE Para cada R$ 1 de valor adicionado bruto gerado pela economia brasileira em 2017, foram consumidos, aproximadamente, 6,3 litros de água. A atividade que exigia maior volume de água era a Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, com 1.061 litros para cada R$ 1 gerado. Entre as grandes regiões, o Centro-Oeste apresentou a maior intensidade de consumo desse recurso natural, com 1.511,9

Água e saneamento – Covid-19 teria tido menos impacto no Brasil se a Agenda 2030 tivesse avançado

  O plano de ação da Organização Mundial da Saúde prega a necessidade de assegurar acesso à água limpa e saneamento básico a toda população até 2030 Por Ivanir Ferreira, do Jornal da USP A disseminação de várias doenças como diarreia, hepatite e verminoses tem relação direta com a falta de serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto. O novo coronavírus também está no radar de pesquisadores. Além da associação

Reaproveitamento de água pluvial ajuda edifícios a enfrentar estiagem

    Reservatório extra permite que os empreendimentos dependam menos das companhias de abastecimento de água e estejam preparados para lidar com períodos de racionamento, que atingiram cidades brasileiras este mês Além do combate ao novo coronavírus, a falta de água tem impactado muitos estados brasileiros nesse período de pandemia. Os empreendimentos que dispõem de um sistema de captação e reaproveitamento de água pluvial têm sofrido menos com o problema, pois a alternativa,

Estudo descreve coquetel de produtos farmacêuticos em águas no Bangladesh

    Por Charlotte Hsu* ** Na primavera de 2019, os pesquisadores começaram a investigar quais substâncias químicas poderiam ser encontradas nas águas do Bangladesh. Os cientistas - da Universidade de Buffalo e icddr, b, um importante instituto global de pesquisa em saúde em Bangladesh - testaram um lago, um canal e um rio em Dhaka, capital de Bangladesh e a maior cidade do país. A equipe também coletou amostras de água de valas,

Infraestrutura verde: um caminho para a sustentabilidade hídrica

Infraestrutura verde é um instrumento que permite obter benefícios ecológicos, econômicos e sociais através de soluções baseadas na natureza, podendo assegurar múltiplas funções e benefícios num mesmo espaço. Por Antonio Souza Na gestão dos recursos hídricos, por exemplo, as florestas são capazes de filtrar sedimentos, nutrientes e resíduos sólidos, impedindo que cheguem aos cursos d’água. A incorporação da infraestrutura natural — ou infraestrutura verde — nos planos de gestão hídrica pode

Agência Nacional de Águas vai adiar cobrança pela captação de água bruta

  Medida terá validade de quatro meses e atende pedido do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) A cobrança pela captação de água bruta em rios e reservatórios de domínio da União está suspensa pelos próximos quatro meses. A decisão, tomada pela Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Águas (ANA) em 6 de abril, segunda-feira, beneficia detentores de outorga para captação da água bruta, como indústrias, produtores rurais, irrigantes e empresas de saneamento,

Pesquisadores mostram relação de água contaminada com a epidemia do vírus zika na Região Nordeste

  A presença de toxinas na água consumida pela população nordestina contribuiu para aumentar o número de casos de microcefalia associados à epidemia do vírus zika na Região Nordeste, principalmente nos anos de 2015 e 2016. Essa é a conclusão da pesquisa desenvolvida em conjunto pelo Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Universidade Federal Rural

Impacto potencial de medicamentos na qualidade da água

    Quando as pessoas tomam medicamentos, esses medicamentos e seus metabólitos podem ser excretados e chegar às estações de tratamento de águas residuais. A partir daí, os compostos podem acabar em cursos d'água. American Chemical Society (ACS)* As águas residuais de empresas farmacêuticas podem começar com quantidades ainda maiores dessas substâncias. Na Environmental Science & Technology, da ACS, os pesquisadores relatam que uma única instalação de fabricação farmacêutica pode estar influenciando a qualidade

O desafio mundial de proteger a Água, por Rodrigo Berté e André M. Pelanda

    [EcoDebate] A ONU (Organização das Nações Unidas) declarou em 1993, o dia 22 de março como o Dia Mundial da Água, a partir das recomendações da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. A água é fonte de vida e essencial para a sobrevivência das espécies, inclusive do homem. O nosso organismo possui mais de 70% de água, suprindo as necessidades básicas e de saúde de qualquer indivíduo. O

Dia da água: 75 milhões de brasileiros ainda não têm acesso a saneamento, artigo de Elias Oliveira

    [EcoDebate] Presente em uma extensa massa no planeta e fonte de vida para a humanidade, a água é considerada símbolo de riqueza, um recurso importante para o mundo. Não por acaso, um dos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU é o de assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e o saneamento para todos. Com o objetivo de colocar em discussão a importância de preservação deste recurso, o

Baixo Jequitinhonha, MG – Minerar no Parque Alto Cariri deixará Salto da Divisa sem água, artigo de Gilvander Moreira

Minerar no Parque Alto Cariri deixará Salto da Divisa sem água Por Gilvander Moreira1 [EcoDebate] Na cidade de Salto da Divisa, no Baixo Jequitinhonha, MG, e em frente ao portão de entrada da Barragem da Usina Hidrelétrica da empresa Itapebi Geração de Energia S.A, que atinge vários municípios em Minas Gerais e na Bahia, dia 14 de março de 2020, aconteceu a Romaria das Águas e da Terra da Diocese de

Sedimentos de fundo e contaminação de rios. Exemplo do Rio Pitimbu, RN, artigo de Carlos Augusto de Medeiros Filho

  [EcoDebate] Os sedimentos de fundo de rio ou sedimentos de corrente são meios amostrais aplicados na avaliação das condições ambientais de um rio e, consequentemente, de águas fluviais. Os sedimentos de corrente têm sido sugeridos como um consistente meio de amostragem para rastrear fontes de metal, podendo ser um forte indicativo do comportamento geoquímico de águas fluviais (Owens et al., 2001). Assim, sedimentos de corrente têm sido cada vez mais empregados

Nem Neruda imaginaria o hidronegócio dos Rios Voadores da Amazônia, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

  - Semana da Água de 15 a 22 de Março – [EcoDebate] Tempos atrás, quando andei no Chile, numa das casas de Neruda, comprei uma de suas antologias poéticas. Lendo aqueles poemas, de repente fiquei surpreso: já na década de 40 do século passado ele pedia que o ar permanecesse livre. Tentei reencontrar a passagem na antologia e não consegui. Hoje o Nordeste é tomado por torres eólicas e empresas privadas ganham

Partículas em nanoescala – Plásticos invisíveis na água potável

  Por Jakob Thorington, Faculdade de Engenharia e Arquitetura de Voiland* Uma equipe de pesquisa da Universidade Estadual de Washington descobriu que as partículas em nanoescala dos plásticos mais usados tendem a se mover pelo suprimento de água, especialmente em água doce, ou se instalar em estações de tratamento de águas residuais, onde acabam como lodo, em aterros sanitários e frequentemente como fertilizante. Nenhum dos cenários é bom. "Estamos bebendo muito plástico", disse Indranil

Do governo Collor ao governo Bolsonaro – O avanço da privatização da água no Brasil, artigo de Flávio José Rocha da Silva

Do governo Collor ao governo Bolsonaro - O avanço da privatização da água no Brasil, artigo de Flávio José Rocha da Silva Do governo Collor ao governo Bolsonaro: O avanço da privatização da água no Brasil Flávio José Rocha da Silva1 [EcoDebate] Com a força crescente do Neoliberalismo nas últimas décadas, grupos econômicos nacionais e internacionais têm se mobilizado para tomar a distribuição da água das empresas públicas de saneamento básico administradas por Estados

Top