Água desviada do São Francisco é mais da metade da usada por 20 cidades da Paraíba

    ABr Em uma fiscalização conjunta, o Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) e o Ministério da Integração Nacional encontraram diversos pontos de captação irregular de água no Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco, todos voltados para irrigação de plantações. O desvio representa mais da metade do volume de água usado para abastecer Campina Grande e outras 19 cidades paraibanas, de acordo com o Ministério Público. Membro do

Chapada Diamantina: a caixa d’água da Bahia vai secar! por Cristiane Passos

  CPT Conhecida por ser uma das principais atrações turísticas do Brasil, por conta de suas belezas naturais, o mundo desconhece a importância que a Chapada Diamantina tem no fornecimento de água para o estado da Bahia, e para o equilíbrio da rede hidrográfica brasileira. (Cristiane Passos – CPT Nacional) Refém dos interesses comerciais de grandes produtores rurais, abandonada e maltratada pelo poder público, a Chapada está secando e seus rios estão morrendo. Comunidades

Uma seca de seis anos, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Nesses quase 40 anos de sertão é a primeira vez que ficou um ano sem cair chuva no telhado de casa. A última chuva foi em Janeiro de 2016. No entorno da cidade, Juazeiro da Bahia, já choveu. O problema básico não é que fica sem chover, mas chover muito menos. Os cientistas estão perplexos, porque a cada ano se fala que teremos chuvas normais, até acima da média, mas

Depois de cinco anos de seca no Nordeste, a possibilidade de um colapso é significativa

  Depois de cinco anos de seca no Nordeste, a possibilidade de um colapso é significativa. Entrevista especial com David Ferran Os cinco anos consecutivos de seca no Nordeste brasileiro são explicados pela presença do El Niño e pela não ocorrência do fenômeno climático La Niña, que “favorece bastante a ocorrência de chuvas” na região, diz David Ferran à IHU On-Line, na entrevista a seguir, concedida por telefone. Segundo ele, a não

Cenários de seca extrema e seca excepcional cresceram no Nordeste, abrangendo partes de todos os 9 Estados

  Seca avança no Nordeste e assume contornos severos, mostra estudo  Os cenários de seca extrema e seca excepcional cresceram no Nordeste, abrangendo partes de todos os 9 estados. É o que mostra o mapa de setembro do Monitor de Secas do Nordeste do Brasil. O Ceará é um dos que apresentam maior avanço da estiagem. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), 75% do território do estado apresenta

País desperdiça 36,4% da água disponível, diz Ministério do Meio Ambiente

    No Brasil, 36,4% da água são desperdiçados e apenas 40,8% do esgoto são tratados, segundo o diretor do Departamento de Recursos Hídricos do Ministério do Meio Ambiente, Sérgio Antônio Gonçalves. Ele participou na quinta-feira (24) de seminário promovido pela pasta para fortalecer o intercâmbio de informações sobre a gestão de recursos hídricos e subsidiar ações e políticas públicas no setor. De acordo com informações do ministério, esse desperdício se refere às

Água do mar pode dar segurança hídrica para grandes cidades, diz diretor da ANA

  O diretor-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu, disse que é preciso considerar a dessalinização da água do mar como fonte alternativa para a segurança hídrica das grandes cidades brasileiras, mesmo sendo uma tecnologia cara. Andreu participou do seminário organizado pela ANA para o Dia Mundial da Água, celebrado ontem (22).   A quantidade de água no mundo é finita, mas renovável, porém, segundo Andreu, além do aumento contínuo da

Fósforo, a próxima guerra? Depois da água, claro! artigo de Fábio José Gomes

    [EcoDebate] Nos últimos séculos, especialmente após a revolução industrial, os recursos naturais do planeta sofreram intensa exploração pelo homem. Isso se deve ao aumento explosivo da população humana e à mudança de seus hábitos. Hoje a população mundial passa de sete bilhões de indivíduos, com estimativa para 2100 de onze bilhões, de acordo com o artigo publicado na revista Science “World population stabilization unlikely this century”, sendo que essa população

ONGs lançam campanha para alertar sobre crise hídrica no Rio de Janeiro

  Voluntários da Greenpeace e da rede Meu Rio lançaram neste domingo (24), na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, a campanha Rio Maravilha Sem Água. A iniciativa visa informar os cariocas sobre a situação de crise hídrica que está ocorrendo nos reservatórios do estado. Segundo a coordenadora da campanha de água do Greenpeace, Fabiana Alves, a ideia é pedir que as pessoas se juntem aos voluntários para

No meio do caminho tinha uma seca … artigo de João Ricardo Raiser

crise hídrica

    [EcoDebate] Gosto de escrever, de rascunhar versos, em sua maioria feitos de rimas pobres, sem muita métrica, mas que sempre me ajudaram a organizar as ideias e a pensar. Recentemente resolvi enveredar por outras formas de escrita, e tomei a liberdade de usar um poema de Drumond - “E agora, José?” - como inspiração para escrever algumas linhas sobre outra paixão, o meu oficio, a gestão de recursos hídricos, intitulado

E a água, José? Como garantir que a ‘festa’ não acabe? artigo de João Ricardo Raiser

    [EcoDebate] E a água, José? Estranho falar sobre água, parece um assunto menor diante de tantas outras necessidades, como o famoso tripé: saúde, educação e segurança. Mas não se engane, é um assunto de igual relevância. Quando perguntam sobre o meu trabalho, respondo rápido: “- Trabalho com gestão de recursos hídricos.”. Frequentemente ouço de volta: “- Ah, essas coisas de meio ambiente?”. Por amor ao que faço, e não é fácil

Comitê de Bacia reduz novamente a vazão de barragens do Rio São Francisco

    Na expectativa reduzir o consumo, aumentar o volume dos reservatórios e assegurar o fornecimento de energia mais tarde, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco decidiu que, a partir de quinta-feira (7), terá início uma fase de testes para ver se é possível reduzir a vazão da represa de Sobradinho para 800 metros cúbicos por segundo (m³/seg) de água. Hoje a vazão está em 970 m³/seg. Na primeira

Top