Secas e estiagens: Quase metade dos municípios decretou emergência ou calamidade de 2003 a 2016

  ABr   Entre os anos de 2003 e 2016, praticamente metade dos 5.570 municípios do país foi obrigada a decretar, pelo menos uma vez em sete anos diferentes, situação de emergência ou estado de calamidade pública em virtude de secas e estiagens. De acordo com o relatório pleno de Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil 2017, divulgado hoje (4) pela Agência Nacional de Águas (ANA), do total de cidades afetadas por longos

Estudo internacional destaca que o mundo precisa repensar o valor da água

    UNIVERSIDADE DE OXFORD* Pesquisa liderada pela Universidade de Oxford destaca a pressão acelerada sobre medir, monitorar e gerenciar a água local e globalmente. Uma nova estrutura de quatro partes é proposta para valorizar a água para o desenvolvimento sustentável para orientar políticas e práticas melhores. O valor da água para as pessoas, o meio ambiente, a indústria, a agricultura e as culturas tem sido reconhecido há muito tempo, porque a obtenção de

Crise hídrica no Ceará, por conta das secas constantes e do uso excessivo de água pelas termelétricas, mobiliza a população

  Com 'estado em colapso' por conta das secas constantes e do uso excessivo de água pelas termelétricas, comunidades se unem para cobrar atitudes do governo Coesus - Coalizão Não Fracking Brasil e 350.org Brasil. O Ceará tem vivenciado nos últimos anos a maior sequência de secas jamais vista no estado. Isso movimenta uma engrenagem viciosa que tem colocado a população em alerta geral. A falta de chuvas afeta não só o consumo

Água: a pergunta não é ‘E agora’, mas ‘E amanhã?’ artigo de João Ricardo Raiser

    [EcoDebate] Falta água, no Meia Ponte (GO), e no Tocantins, Araguaia, São Francisco, Nordeste e outras regiões. Os motivos? É fácil citar 3: 1- Uso e ocupação do solo: a impermeabilização e ações que prejudicam a infiltração da água no solo, nosso principal reservatório, somado à poluição e degradação das bacias, em áreas urbanas quanto rurais; 2- Gestão e planejamento dos usos: a gestão, regulação e organização dos diversos usos é vital para

Água desviada do São Francisco é mais da metade da usada por 20 cidades da Paraíba

    ABr Em uma fiscalização conjunta, o Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) e o Ministério da Integração Nacional encontraram diversos pontos de captação irregular de água no Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco, todos voltados para irrigação de plantações. O desvio representa mais da metade do volume de água usado para abastecer Campina Grande e outras 19 cidades paraibanas, de acordo com o Ministério Público. Membro do

Chapada Diamantina: a caixa d’água da Bahia vai secar! por Cristiane Passos

  CPT Conhecida por ser uma das principais atrações turísticas do Brasil, por conta de suas belezas naturais, o mundo desconhece a importância que a Chapada Diamantina tem no fornecimento de água para o estado da Bahia, e para o equilíbrio da rede hidrográfica brasileira. (Cristiane Passos – CPT Nacional) Refém dos interesses comerciais de grandes produtores rurais, abandonada e maltratada pelo poder público, a Chapada está secando e seus rios estão morrendo. Comunidades

Uma seca de seis anos, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] Nesses quase 40 anos de sertão é a primeira vez que ficou um ano sem cair chuva no telhado de casa. A última chuva foi em Janeiro de 2016. No entorno da cidade, Juazeiro da Bahia, já choveu. O problema básico não é que fica sem chover, mas chover muito menos. Os cientistas estão perplexos, porque a cada ano se fala que teremos chuvas normais, até acima da média, mas

Depois de cinco anos de seca no Nordeste, a possibilidade de um colapso é significativa

  Depois de cinco anos de seca no Nordeste, a possibilidade de um colapso é significativa. Entrevista especial com David Ferran Os cinco anos consecutivos de seca no Nordeste brasileiro são explicados pela presença do El Niño e pela não ocorrência do fenômeno climático La Niña, que “favorece bastante a ocorrência de chuvas” na região, diz David Ferran à IHU On-Line, na entrevista a seguir, concedida por telefone. Segundo ele, a não

Cenários de seca extrema e seca excepcional cresceram no Nordeste, abrangendo partes de todos os 9 Estados

  Seca avança no Nordeste e assume contornos severos, mostra estudo  Os cenários de seca extrema e seca excepcional cresceram no Nordeste, abrangendo partes de todos os 9 estados. É o que mostra o mapa de setembro do Monitor de Secas do Nordeste do Brasil. O Ceará é um dos que apresentam maior avanço da estiagem. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), 75% do território do estado apresenta

País desperdiça 36,4% da água disponível, diz Ministério do Meio Ambiente

    No Brasil, 36,4% da água são desperdiçados e apenas 40,8% do esgoto são tratados, segundo o diretor do Departamento de Recursos Hídricos do Ministério do Meio Ambiente, Sérgio Antônio Gonçalves. Ele participou na quinta-feira (24) de seminário promovido pela pasta para fortalecer o intercâmbio de informações sobre a gestão de recursos hídricos e subsidiar ações e políticas públicas no setor. De acordo com informações do ministério, esse desperdício se refere às

Água do mar pode dar segurança hídrica para grandes cidades, diz diretor da ANA

  O diretor-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu, disse que é preciso considerar a dessalinização da água do mar como fonte alternativa para a segurança hídrica das grandes cidades brasileiras, mesmo sendo uma tecnologia cara. Andreu participou do seminário organizado pela ANA para o Dia Mundial da Água, celebrado ontem (22).   A quantidade de água no mundo é finita, mas renovável, porém, segundo Andreu, além do aumento contínuo da

Fósforo, a próxima guerra? Depois da água, claro! artigo de Fábio José Gomes

    [EcoDebate] Nos últimos séculos, especialmente após a revolução industrial, os recursos naturais do planeta sofreram intensa exploração pelo homem. Isso se deve ao aumento explosivo da população humana e à mudança de seus hábitos. Hoje a população mundial passa de sete bilhões de indivíduos, com estimativa para 2100 de onze bilhões, de acordo com o artigo publicado na revista Science “World population stabilization unlikely this century”, sendo que essa população

Top