Catálogo sobre espécies plantadas em ações de reflorestamento na Amazônia é lançado

  Catálogo sobre espécies plantadas em ações de reflorestamento na Amazônia é lançado Baixe gratuitamente o catálogo com informações de mais de 90 espécies adequadas ao reflorestamento na região amazônica Um guia prático e de fácil leitura com informações detalhadas para orientar o produtor rural sobre as espécies plantadas na recuperação de áreas degradadas e/ou alteradas de sua propriedade através das ações do Plantar Rondônia, projeto implementado pelo Centro de Estudos Rioterra para

Cultivo de árvores nativas brasileiras permite retorno de investimento com mediana de 15,8%

  Cultivo de árvores nativas brasileiras permite retorno de investimento com mediana de 15,8% Estudo analisou 40 projetos em quatro biomas brasileiros e comprovou também benefícios ambientais, como melhora dos recursos hídricos e remoção de carbono da atmosfera O estudo constatou ainda que modelos produtivos com espécies nativas podem retirar de 6,7 a 12,5 toneladas de dióxido de carbono equivalente da atmosfera por hectare ao ano Por Karol Domingues Um retorno de investimento com mediana

Reflorestamento de Unidade de Conservação em Rondônia sofre ameaça de grileiros

  Reflorestamento de Unidade de Conservação em Rondônia sofre ameaça de grileiros Grileiros ameaçaram profissionais que atuam nas ações de reflorestamento O primeiro reflorestamento realizado em uma Unidade de Conservação do Brasil, que aconteceu no final de 2020 na Reserva Extrativista Rio Preto-Jacundá, no município de Machadinho D’Oeste, em Rondônia, tem sido alvo de ameaça por parte de grileiros. O fato coloca em questão como a segurança se torna um desafio para a conservação

Reflorestamento de áreas degradadas da Amazônia no combate ao aquecimento global

  Reflorestamento de áreas degradadas da Amazônia no combate ao aquecimento global O Dia da Amazônia é um momento oportuno para falar sobre compromissos e contribuições do Brasil no combate às mudanças climáticas A Amazônia é um bioma que inclui a maior floresta tropical do mundo, com a maior riqueza em biodiversidade do planeta, além de ser uma importante fonte de recursos naturais, serviços ecossistêmicos fundamentais e lar de várias comunidades tradicionais e

Reflorestamento de manguezais com participação comunitária no Pará

  Reflorestamento de manguezais com participação comunitária no Pará Na Amazônia, são mais de 8 mil quilômetros quadrados de florestas de mangue, cerca de 80% das existentes em todo o litoral brasileiro Com objetivo de reflorestar áreas degradadas de manguezais da Amazônia, novos viveiros estão sendo trabalhados na zona costeira de Bragança (PA) para a produção de mudas, com um importante diferencial: o engajamento das comunidades que vivem da pesca, captura de caranguejo

Introdução à Agrossilvicultura: Tipos, Relevância e Vantagens

  Introdução à Agrossilvicultura: Tipos, Relevância e Vantagens Com o fim de combater a mudança climática, nosso sistema agrícola precisa mudar e adotar práticas que sejam mais sustentáveis para o planeta. A agrossilvicultura constitui uma opção sustentável para poder continuar fornecendo os produtos para alimentar a uma população crescente ao mesmo tempo que reduz os efeitos negativos da atual agricultura intensiva. A agrossilvicultura é uma combinação da agricultura e a silvicultura pois este

Reflorestamento passivo pode expandir a regeneração natural das florestas

  Reflorestamento passivo pode expandir a regeneração natural das florestas Um estudo de reflorestamento passivo de longo prazo mostrou que a regeneração natural da floresta poderia dar uma contribuição significativa para cumprir as ambiciosas metas de plantio de árvores do Reino Unido - potencialmente sem custo e em prazos relativamente curtos. A pesquisa, liderada pelo Centro de Ecologia e Hidrologia do Reino Unido (UKCEH), descobriu que o crescimento natural devido à dispersão de

Plantar árvores para salvar o planeta: a experiência chinesa

  Plantar árvores para salvar o planeta: a experiência chinesa Um esforço global coordenado para reduzir a produção de emissões de gases de efeito estufa da indústria e de outros setores pode não impedir a mudança climática, mas a Terra tem um poderoso aliado com o qual os humanos podem se associar para alcançar a neutralidade de carbono: a Mãe Natureza. Advances in Atmospheric Sciences* Uma equipe internacional de pesquisadores pediu o uso de

Restauração florestal pode combater a desertificação no norte do Espírito Santo

  Restauração florestal pode combater a desertificação no norte do Espírito Santo A restauração de paisagens e florestas e a adequação legal de propriedades rurais pode melhorar a produção e a qualidade da água e fortalecer a segurança hídrica nas bacias hidrográficas de Itaúnas e São Mateus Por Karol Domingues A restauração de mais de 142 mil hectares de áreas que hoje estão degradadas no norte do Espírito Santo é uma oportunidade para enfrentar

Restaurar florestas degradadas recupera serviços ecossistêmicos e armazena carbono

  Restaurar florestas degradadas recupera serviços ecossistêmicos e armazena carbono Mais da metade do carbono acima do solo do mundo é armazenado em florestas tropicais, cuja degradação representa uma ameaça direta à regulação climática global. Arizona State University* O desmatamento remove o carbono acima do solo na forma de árvores, reduzindo o tamanho dos estoques globais de carbono no processo. Uma vez que as florestas são degradadas, muitas vezes são percebidas como tendo pouco

Restauração ecológica, caminho para superarmos a crise hídrica

  Restauração ecológica, caminho para superarmos a crise hídrica A restauração ecológica, aliada à conservação de remanescentes florestais, é a maneira mais estratégica para salvar o sistema hídrico Artigo de Natasha Choinski [EcoDebate] Como jamais visto, o Paraná enfrenta há meses uma séria crise hídrica, potencializada por um momento de pandemia, que não será tão simples de superar. A maioria dos reservatórios de abastecimento público, principalmente os da capital paranaense, estão muito abaixo

Plantio de novas florestas é parte da solução para as mudanças climáticas, mas não é tudo

  Plantio de novas florestas é parte da solução para as mudanças climáticas, mas não é tudo Por Anne Manning* ** O plantio em larga escala de novas florestas em áreas anteriormente livres de árvores, uma prática conhecida como florestamento, é aclamada como uma maneira eficiente de remover o excesso de dióxido de carbono da atmosfera - a chamada solução climática natural. Mas um novo estudo liderado por um pesquisador de biologia da Universidade

Rio conclui plantio de 13.725 mudas na Floresta dos Atletas

  A prefeitura do Rio de Janeiro concluiu ontem (10) o plantio da Floresta dos Atletas, no Parque Radical de Deodoro, na zona oeste da cidade. O espaço recebe as 13.725 mudas de 207 espécies da Mata Atlântica, promessa feita durante a Olimpíada Rio 2016. O evento marca a revitalização da área degradada nas últimas décadas. Atletas olímpicos, representantes de clubes, alunos da rede municipal de ensino, de projetos sociais e estudantes

Reflorestamento: compromisso com o futuro, artigo de Bernardo Egas

    Já são 3,4 mil hectares reflorestados, espalhados em 92 bairros, com o Programa de Reflorestamento do Município do Rio de Janeiro. O Programa de Reflorestamento do Município do Rio de Janeiro, ao longo de seus 33 anos, apresenta números que impressionam. Já são 3,4 mil hectares reflorestados, espalhados em 92 bairros, com a capacitação de 15 mil trabalhadores de comunidades carentes que passaram pela experiência de trabalho no mutirão. Este é um

Rio dá início ao plantio das 13.725 mudas, de 207 espécies da Mata Atlântica, na Floresta dos Atletas

  A prefeitura do Rio iniciou ontem (25) no Parque Radical, em Deodoro, zona oeste da cidade, o plantio da Floresta dos Atletas, promessa feita durante a Olimpíada Rio 2016.   Estudantes da rede municipal do Rio ajudam a plantar. mudas na Floresta dos Atletas. Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio ABr O espaço vai abrigar 13.725 mudas de 207 espécies da Mata Atlântica e honrar o compromisso assumido ao vivo, anunciado para 3 bilhões

Reflorestamento de áreas degradadas da Amazônia requer participação da sociedade

    Pedro Brancalion atua na Amazônia há anos e revela uma ausência assustadora do Estado: “É terra sem lei” Por Jose Carlos Ferreira, Jornal da USP no Ar   https://jornal.usp.br/wp-content/uploads/2019/08/REFLORESTAMENTO-AMAZONIA.mp3   Agosto registra mais focos de queimadas na Amazônia que a média dos últimos 21 anos, aponta o Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Essa situação crítica, na maior floresta tropical do planeta, faz com que os olhos do mundo se voltem para

É possível recuperar 12 milhões de hectares de vegetação nativa do país até 2030, indica relatório

  É possível recuperar 12 milhões de hectares de vegetação nativa do país até 2030, indica relatório Documento lançado pela Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos estima que restauração florestal sequestraria 1,39 megatonelada de CO2 da atmosfera e aumentaria em 200% a conservação da biodiversidade, sem prejuízos à agropecuária   (foto: Leticia Garcia)   Elton Alisson | Agência FAPESP – O Brasil perdeu 71 milhões de hectares de vegetação nativa nos últimos 30 anos –

Em campanha histórica, Etiópia planta mais de 350 milhões de árvores em um dia

    País conseguiu estabelecer novo recorde mundial; iniciativa visa combater os efeitos do desmatamento e da mudança climática na Etiópia. ONU News Em um dia recorde esta semana, no Jardim Botânico Gulele, em Adis Abeba, a Etiópia lançou uma campanha histórica de plantio de árvores. Mais de 350 milhões de árvores foram plantadas em um movimento para combater os efeitos do desmatamento e da mudança climática. As Nações Unidas estimam que a cobertura florestal

11% das florestas tropicais úmidas degradadas podem ser restauradas para maiores benefícios de carbono, água e vida selvagem

  11% das florestas tropicais úmidas degradadas podem ser restauradas para maiores benefícios de carbono, água e vida selvagem Pesquisadores apontam pontos críticos de restauração em 15 países, incluindo o Brasil, a Indonésia, a Índia e a Colômbia, em quatro continentes, onde as florestas revitalizantes proporcionariam os maiores benefícios de carbono, água e vida selvagem PARTNERS Reforestation Network*     Em um relatório revisado por pares divulgado, os pesquisadores identificaram mais de 100 milhões de hectares

Estudo mostra que o reflorestamento seria o método mais eficaz para combater as mudanças climáticas

  Estudo mostra que o reflorestamento seria o método mais eficaz para combater as mudanças climáticas Cerca de 0,9 bilhão de hectares de terra em todo o mundo seriam adequados para o reflorestamento, o que poderia capturar dois terços das emissões de carbono produzidas pelo homem. O Crowther Lab da ETH Zurich publicou um estudo na revista Science , que mostra que este seria o método mais eficaz para combater a mudança climática. O reflorestamento seria

Top