Em ação por trabalho escravo em MT, MPT pede indenização de R$ 100 mi e expropriação da fazenda

    A ação é contra a família Xavier, que tem inúmeras denúncias de crimes ambientais e trabalhistas. Também é pedida a expropriação da fazenda O Ministério Público do Trabalho (MPT) ajuizou ação civil pública contra integrantes da família Xavier, que tem inúmeras denúncias de crimes ambientais e trabalhistas. Em junho deste ano, 23 trabalhadores, incluindo uma grávida de oito meses e um adolescente de 17 anos, foram resgatados de condições análogas às

Famílias de classe alta mantêm imigrantes em condições análogas à escravos em São Paulo

    Homens e mulheres das Filipinas e de outros cinco países foram trazidos ao Brasil por agências com promessas falsas de emprego Força-tarefa que uniu Ministério Público do Trabalho (MPT) em São Paulo e demais órgão parceiros investiga esquema de agenciamento de pessoas para trabalho doméstico em residências de alto poder aquisitivo no Brasil. As agências Global Talent e SDI são apontadas como responsáveis pelo aliciamento de trabalhadores em investigação que começou

Mais de 90% dos trabalhadores resgatados da escravidão vêm de municípios com baixos índices de desenvolvimento

  ONU Lançado na quarta-feira (31/05) pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Observatório Digital do Trabalho Escravo no Brasil fornece dados sobre a escravidão detalhados de forma inédita. A partir de uma interface intuitiva e do cruzamento de informações socioeconômicas, a plataforma contextualiza a escravidão contemporânea. Foto: Thiago Foresti   Criado pelo Smart Lab de Trabalho Decente, uma parceria do Ministério Público do Trabalho (MPT) e da

MS: Condição análoga a de escravo marca rotina de trabalho em fazenda no pantanal

    Cinco homens dormiam em barraco sem instalações sanitárias e há quase 60 dias não recebiam pagamento O pantanal de Mato Grosso do Sul voltou a protagonizar o resgate de trabalhadores em regime de escravidão. Dessa vez, o flagrante ocorreu em fazenda localizada a 240 km do município de Corumbá, na região conhecida como Nabileque. Um grupo de cinco homens, contratado para construção e reparo de cercas, foi encontrado por representantes do

Fiscalização resgata 21 trabalhadores em condições análogas às de escravo em Guapó (GO)

Trabalho escravo Operários haviam sido recrutados em cidades do entorno de Goiânia e estavam alojados de forma extremamente precária em cinco barracos     O Ministério do Trabalho resgatou 21 trabalhadores em condições análogas às de escravo em Guapó (GO). Os auditores fiscais do flagraram a situação em um canteiro de obras onde estão sendo construídas 263 unidades habitacionais. Os 21 trabalhadores resgatados receberam verbas rescisórias, um montante de R$ 68.000,00. Além disso, o Ministério

MPF denuncia dono de fazenda no Tocantins onde grupo de combate ao trabalho escravo resgatou sete trabalhadores

  Caso teve atuação do Grupo de Apoio ao Combate à Escravidão Contemporânea, coordenado por procuradora da PRR3. Procuradoria da República em Araguaína (TO) também recorreu contra o indeferimento do pedido de prisão preventiva do fazendeiro Foto: Grupo de Apoio ao Combate à Escravidão Contemporânea. #Paracegover: Pessoas com colete do MPF no local da operação. O proprietário da Fazenda Pontal, onde uma ação do Grupo Móvel de Combate ao Trabalho Escravo

MT: Indústria de processamento de produtos agrícolas mantinha 31 pessoas em situação análoga à escravidão

    Por Maíra Heinen, da Radioagência Nacional Trinta e uma pessoas foram resgatadas esta semana de uma multinacional chinesa em Mato Grosso, em situação semelhante à escravidão. O resgate ocorreu no município de Nova Maringá. As vítimas trabalhavam no manejo da soja para a empresa COFCO Agri, indústria de processamento de produtos agrícolas com sede nacional em São Paulo. Os trabalhadores foram recrutados pelo Sindicato dos Trabalhadores de Movimentação de Mercadorias de Nova

Operação resgata oito trabalhadores em situação análoga à escravidão no TO

  Oito trabalhadores em situação análoga à escravidão foram resgatados em ação coordenada pelo Ministério do Trabalho no Tocantins. A operação foi motivada por denúncias de condições degradantes de trabalhadores que estariam alojados em um curral, sem banheiros, água potável e salários. As denúncias foram confirmadas na investigação, que continua até o dia 7 de abril.     Na Fazenda Pontal, no município de Arapoema, foram encontrados sete trabalhadores. Entre eles, dois adolescentes, um

Trabalho escravo e desmatamento na Amazônia: homens cortam árvores sob risco e ameaça

  IHU Entre acidentes fatais e ameaças dos donos de serrarias, homens cortam árvores de modo ilegal no Pará. Crime afeta os trabalhadores, os indígenas e a floresta A reportagem é de Ana Aranha e Tania Caliari, publicada por Repórter Brasil, 14-03-2017.   Novato no ofício de derrubar árvores em regiões que deveriam ser preservadas, João se perguntava porque aceitara aquele ganha-pão “errado demais”. Estavam em meio à floresta amazônica nativa, a 90 quilômetros da rodovia

Odebrecht pagará R$ 30 milhões para encerrar processo por trabalho escravo em obra em Angola

    A construtora Odebrecht e duas de suas subsidiárias, Odebrecht Serviços de Exportação e Odebrecht Agroindustrial, terão que pagar R$ 30 milhões por danos morais coletivos em razão de terem mantido mais de 400 trabalhadores em condições análogas à escravidão na construção da usina de açúcar e etanol Biocom, em Angola, na província de Malanje, em 2011 e 2012. As empresas também são acusadas de tráfico de pessoas. Em primeira instância, as

TRABALHO ESCRAVO: Quatro trabalhadores são resgatados de fazenda no Mato Grosso do Sul

  Um idoso que trabalhava há 20 anos em situação degradante estava entre os resgatados     Quatro trabalhadores em condição análoga à escravidão foram resgatados de uma fazenda em Corumbá, no Mato Grosso do Sul. Um deles tem cerca de 70 anos (como ele não possui documentos, não soube precisar a idade) e vivia nessa situação há pelo menos 20 anos. A operação durou cinco dias, devido à dificuldade de acesso e deslocamento

Com menos fiscalizações, casos de trabalho escravo caem em 2016, diz Pastoral da Terra

    Dados parciais, divulgados pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), apontam que em 2016 foram identificados no Brasil 766 trabalhadores em situação análoga à escravidão, dos quais 752 foram libertados. Os números se baseiam em informações de fiscalizações do Ministério Público do Trabalho que ainda não foram repassadas ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Já conforme dados da Divisão de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo do Ministério do Trabalho, mais

Top