Atualização da lista suja do trabalho escravo conta com 204 empregadores

 

 

Publicação da lista suja do trabalho é de responsabilidade do Governo Federal e traz empresas flagradas com mão de obra em condições análogas à de escravo

Foi publicada no dia 4 de janeiro pelo Governo Federal uma atualização do Cadastro de Empregadores, mais conhecido como Lista Suja do Trabalho Escravo. A relação conta com 204 empregadores flagrados submetendo trabalhadores a condições análogas à de escravo. A publicação da lista suja é de responsabilidade da Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), do Ministério da Economia. Clique aqui para acessar a relação.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) disponibiliza a publicação atualizada da lista suja no portal da instituição. A iniciativa tem como intuito dar maior visibilidade ao documento, que também pode ser acessado na página inicial do site do MPT, em banner acessível no canto direito da parte inferior.

A publicação da Lista Suja do Trabalho Escravo está prevista na Portaria Interministerial nº 4 de 11 de maio de 2016, do Governo Federal.

Fonte: Ministério Público do Trabalho

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 16/01/2019

Atualização da lista suja do trabalho escravo conta com 204 empregadores, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 16/01/2019, https://www.ecodebate.com.br/2019/01/16/atualizacao-da-lista-suja-do-trabalho-escravo-conta-com-204-empregadores/.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top