Voos da NASA detectam milhões de hotspots de metano no Ártico

    Por Esprit Smith*, Equipe de Notícias de Ciências da Terra da NASA O Ártico é um dos lugares de aquecimento mais rápido do planeta. À medida que as temperaturas aumentam, a camada perpetuamente congelada do solo, chamada permafrost, começa a derreter, liberando metano e outros gases de efeito estufa na atmosfera. Essas emissões de metano podem acelerar o aquecimento futuro - mas, para entender até que ponto, precisamos saber quanto metano pode ser

Atuais emissões de gases de efeito estufa podem levar a um aquecimento global de 3 graus Celsius (3ºC)

    Alerta é de Thelma Krug, do Painel sobre Alterações Climáticas Por RTP* Lisboa As atuais emissões de gases de efeito estufa podem levar a um aquecimento global de 3 graus Celsius (3ºC), o dobro do que foi estabelecido em acordo, diz a especialista Thelma Krug. Para ela, o limite para o aquecimento é "quanto mais baixo melhor". Thelma é vice-presidente do Painel Intergovernamental sobre Alterações Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), organização científica

Emergência Climática: Concentrações de gases de efeito estufa na atmosfera atingem novo recorde em 2018

  Os níveis de gases de efeito estufa na atmosfera atingiram outro novo recorde, de acordo com a Organização Meteorológica Mundial. Essa tendência contínua de longo prazo significa que as gerações futuras serão confrontadas com impactos cada vez mais severos das mudanças climáticas, incluindo temperaturas crescentes, clima mais extremo, estresse hídrico, aumento do nível do mar e perturbações nos ecossistemas marinhos e terrestres. O  Boletim de Gases de Efeito Estufa da OMM  mostrou que as

Entenda as emissões de gases de efeito estufa do Brasil em 2018

Brasil tem emissões estáveis em 2018 - Aumento foi de 0,3% em relação ao ano anterior, segundo novos dados do SEEG; queda no setor de energia, puxada por renováveis, compensou alta no desmatamento da Amazônia. Observatório do Clima As emissões brasileiras de gases de efeito estufa se mantiveram estáveis em 2018, segundo nova estimativa do SEEG, o Sistema de Emissões de Gases de Efeito Estufa do Observatório do Clima. No ano passado, o

Emergência Climática – Emissões de gases de efeito estufa subiram 1,6% ao ano entre 2008 e 2017

  A ONU Meio Ambiente divulgou uma retrospectiva de dez anos de seu Relatório de Emissões — uma publicação que compara os níveis de emissão de gases de efeito estufa para evitar os piores impactos das mudanças climáticas. O mundo parece ter passado a última década fazendo exatamente o oposto do que deveria. Apesar dos avisos nos relatórios anuais, as emissões de gases de efeito estufa cresceram a uma média de 1,6%

IPCC aponta que agricultura e usos do solo representam 23% das emissões de gases do efeito estufa

  Novo relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) aponta que mudanças no uso do solo são necessárias para limitar o aquecimento global a 2º C, conforme previsto pelo Acordo de Paris. Atualmente, a agricultura, a silvicultura e outros tipos de uso do solo representam 23% das emissões humanas de gases do efeito estufa. Ao mesmo tempo, a publicação alerta que as mudanças climáticas poderão agravar a degradação do solo no mundo,

Derretimento do manto de gelo da Groenlândia libera toneladas de metano na atmosfera, diz estudo

  Derretimento do manto de gelo da Groenlândia emite toneladas de metano de acordo com um novo estudo, mostrando que a atividade biológica subglacial afeta a atmosfera muito mais do que se pensava anteriormente. Bristol University*     Uma equipe internacional de pesquisadores, liderada pela Universidade de Bristol, coletou amostragem da água de degelo que escorre uma grande bacia (> 600 km 2 ) do manto da Groenlândia durante os meses de verão. Conforme relatado na

As mudanças climáticas podem trazer múltiplos desastres simultâneos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  As emissões contínuas e crescentes de gases de efeito estufa (GEE) estão provocando mudanças climáticas desastrosas não só para toda a humanidade, mas também para todos os seres vivos do Planeta.     [EcoDebate] São, cada vez, mais notórios os sinais de caos climático e ambiental, como os furacões, tufões e ciclones que atingiram diversas partes do mundo em 2018 (Jebi no Japão, Mangkhut na Filipinas e China, Florence e Michael nos EUA, etc.),

O custo ambiental das embalagens de comida para viagem

  Cientistas dizem que mais deveria ser feito para combater o crescente impacto ambiental das embalagens de comida para viagem. Por Jordan Kenny * **     Um novo estudo estima que 2 bilhões de embalagens por ano sejam usados apenas na União Européia (UE). Ele também diz que encontrar uma maneira de reciclar recipientes descartáveis para viagem poderia ajudar a reduzir as emissões equivalentes de gases de efeito estufa gerados anualmente por 55.000 carros. Os

Você conhece a pegada de carbono de suas escolhas alimentares?

  Pegada de Carbono - Entre 19% e 29% das emissões globais de gases de efeito estufa são provenientes da produção de alimentos Por Leilah Schubert * ** Os compradores subestimam a diferença que suas escolhas alimentares podem fazer para a mudança climática, mas favorecerão itens com menor pegada de carbono se receberem informações claras sobre o rótulo, de acordo com uma nova pesquisa da Universidade de Tecnologia de Sydney e da Duke

A COP24 diante da emergência planetária e do Armageddon ecológico, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  Emergência Planetária - A afluência e a influência humana sobre a Terra nos tempos modernos têm sido tão significativas (e ambientalmente tão negativas) que pôs fim à estabilidade climática existente nos cerca de 12 mil anos do Holoceno   “É triste pensar que a natureza fala e que o ser humano não a ouve” Victor Hugo [EcoDebate] A Terra é a nossa casa comum. A humanidade é uma das inúmeras formas de vida que

Emissões globais de dióxido de carbono (CO2) aumentam mesmo com a diminuição do carvão e o aumento das energias renováveis

  Emissões globais de dióxido de carbono aumentaram pelo segundo ano consecutivo, impulsionadas pelo crescente consumo de energia Escola de Ciências da Terra, Energia e Meio Ambiente de Stanford (Stanford Earth)* As emissões globais de dióxido de carbono se encaminham para aumentar pelo segundo ano consecutivo, principalmente devido ao crescente consumo de energia, de acordo com novas estimativas do Projeto Carbono Global, uma iniciativa liderada pelo cientista Rob Jackson, da Universidade Stanford. As novas

Top