Emissões globais de gases de efeito estufa aumentam em 2017, diz relatório da ONU

  As emissões de gases de efeito estufa aumentaram no ano passado, depois de três anos de estabilização, segundo relatório das Nações Unidas divulgado ontem (27) em Paris.   O estudo mostra que as emissões globais atingiram níveis históricos de 53,5 gigatoneladas de gás carbônico equivalente. Os cientistas alertam que, se persistir a tendência atual, até o fim do século, a temperatura global poderá subir pelo menos 3º Celsius (º C).     Diante do crescimento

Níveis de gases do efeito estufa na atmosfera atingem novo recorde

  Níveis de gases do efeito estufa na atmosfera atingiram mais um novo recorde, segundo a Organização Meteorológica Mundial (OMM). Não há sinais de reversão nesta tendência, que está levando a mudanças climáticas de longo prazo, aumento do nível do mar, acidificação dos oceanos e condições climáticas mais extremas.     O Boletim da WMO sobre Gases de Efeito Estufa mostrou que as concentrações globais médias de dióxido de carbono (CO 2 ) atingiram 405,5

Emissões de gases de efeito estufa do Brasil caem 2,3% em 2017

As emissões brasileiras de gases de efeito estufa caíram 2,3% em 2017 em comparação com o ano anterior Emissões de gases de efeito estufa do Brasil - Redução do desmatamento na Amazônia puxou queda, que foi parcialmente cancelada por aumento da destruição no Cerrado, indicam dados do SEEG, sistema do Observatório do Clima, em sua sexta edição As emissões brasileiras de gases de efeito estufa caíram 2,3% em 2017 em comparação com

Novo estudo avalia aumento do nível do mar nos últimos 25 anos

  Nos últimos 50 anos, mais de 90% do excesso de calor acumulado no sistema climático devido às emissões de gases de efeito estufa foram armazenados no oceano. O resto tem aquecido a atmosfera e os continentes, e derretendo o gelo do mar e da terra.     O aumento do nível do mar é uma das consequências mais graves da mudança climática decorrente das atividades humanas, com potenciais impactos importantes nas sociedades costeiras.

Vários gases de efeito estufa são emitidos à medida que plásticos comuns se degradam no meio ambiente

  A produção em massa de plásticos começou há quase 70 anos e a taxa de produção deve dobrar nas próximas duas décadas. Ao servir muitas aplicações devido à sua durabilidade, estabilidade e baixo custo, os plásticos têm um impacto negativo no meio ambiente. O plástico é conhecido por liberar uma variedade de produtos químicos durante a degradação, alguns dos quais afetam negativamente organismos e ecossistemas. Manoa School of Ocean and Earth

Rios em aquecimento fazem uma contribuição marcante para os níveis globais de gases de efeito estufa

  O aquecimento de rios e córregos pode estar contribuindo desproporcionalmente para a quantidade de gases do efeito estufa que aquecem o planeta, de acordo com um novo estudo - Globally, rivers and streams are important sources of carbon dioxide and methane, with small rivers contributing disproportionately relative to their size   University of Birmingham* Muitos desses cursos de água com altos níveis de sedimentos finos e materiais orgânicos acumulados em seus leitos podem

Pressão pró-desmatamento e barganhas políticas comprometem metas brasileiras de emissão de gás carbônico

    Pressão pró-desmatamento e barganhas políticas comprometem metas brasileiras de emissão de gás carbônico. Entrevista especial com Raoni Rajão IHU Apesar de a política brasileira de combate ao desmatamento ter sido aprimorada nos últimos anos, um estudo recente realizado por pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG e da Universidade de Brasília - UnB demonstra que as barganhas concedidas pelo Estado brasileiro até 2016 podem reverter os índices de desmatamento no país e

Aproximadamente 20% das emissões de gases do efeito estufa são causadas pelo desmatamento, revela relatório da FAO

  Desmatamento é 2ª maior causa das mudanças climáticas ONU As florestas são aliadas do homem no combate às mudanças climáticas, absorvendo por ano cerca de 2 bilhões de toneladas de CO2. Mas quando são desmatadas, as coberturas vegetais do planeta se transformam em motores do aquecimento global. Aproximadamente 20% das emissões de gases do efeito estufa são causadas pelo desmatamento. Em relatório divulgado neste mês (6), a Organização das Nações Unidas para

Para compensar emissões de gases estufa, o Brasil devia ‘exportar’ a preservação de florestas, diz especialista

    A migração mundial para uma indústria de baixo carbono – obrigação que hoje faz parte da agenda dos 195 países signatários do Acordo de Paris – é uma das tarefas mais difíceis, pois cada nação que assinou o acordo precisa de alternativas para cumprir sua meta. Dentre as ações para mitigar o impacto ambiental está à compensação de carbono – ações para equilibrar (compensar) a emissão de gases de efeito

Análise aponta que rebanho bovino responde por 17% das emissões de gases de efeito estufa no Brasil

  Gado é o principal emissor do setor de agropecuária, mas também tem o maior potencial de redução de poluição indica nova análise do SEEG. O rebanho bovino brasileiro emitiu 392 milhões de toneladas de gases de efeito estufa em 2016. Isso equivale a 17% de todas as emissões de gás carbônico do Brasil naquele ano, ou 79% de tudo o que foi emitido no setor de agropecuária. Se fosse um país,

Publicação científica internacional descreve metodologia do SEEG (Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa)

      Metodologia do sistema de estimativas de emissões do OC foi publicada no periódico Scientific Data, do grupo Nature A metodologia usada por organizações integrantes do Observatório do Clima para produzir os dados anuais de emissões e remoções de gases-estufa do Brasil foi descrita num periódico científico internacional. É o primeiro artigo científico contendo o passo a passo completo do SEEG (Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa). Ele

Descongelamento do permafrost produz mais metano do que o anteriormente estimado

  Helmholtz Center Potsdam - GFZ German Research Center for Geosciences*     Com um teste de laboratório com duração de sete anos, uma equipe liderada por Christian Knoblauch do Universität Hamburg’s Center for Earth System Research and Sustainability (CEN) provou pela primeira vez que significativamente mais metano pode ser formado no descongelamento de solos de permafrost do que se supunha anteriormente. Os resultados foram publicados na revista Nature Climate Change . Eles permitem projeções

Top