Futuro do pretérito: o ocaso da energia fóssil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “This is the way the world ends Not with a bang but a whimper." T. S. Eliot     [EcoDebate] Os combustíveis fósseis impulsionaram a economia mundial nos últimos 240 anos, desde que entrou em operação a máquina a vapor, aperfeiçoada por James Watt, em 1776 e que utilizava o carvão mineral como fonte primária de energia. Foi com base na energia fóssil que a população mundial cresceu cerca de dez vezes (de cerca

O Chile está se tornando potência energética com base no sol, no vento e em vulcões, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] O Chile caminha para ser uma potência energética na área renovável. Enquanto isto, o Brasil e a Venezuela atrelaram o desenvolvimento nacional ao poder poluidor dos combustíveis fósseis. O Chile está prestes a se tornar um exportador líquido de energia investindo em fontes mais limpas, especialmente o sol, o vento e a força geotérmica dos vulcões. Reportagem do jornal New York Times mostra que o Chile caminha para se tornar

Seminário regional debateu sobre impactos ambientais e sociais dos parques de energia eólica no Nordeste

IRPAA Fortes relatos de quem sente na pele todas as consequências da instalação dos parques eólicos nos seus territórios de origem e a certeza de não ser viável esse modelo de geração de energia, marcaram o Seminário sobre os impactos ambientais e sociais dos parques eólicos no Nordeste brasileiro. O evento reuniu de 22 a 24 de setembro deste ano, em Juazeiro – BA, cerca de 50 pessoas impactadas pela instalação

O futuro do Brasil está na abundância de fontes renováveis e não nos combustíveis fósseis

  Com abundância de fontes renováveis no país, governo brasileiro insiste em investir em energias do passado, ofertando blocos para exploração de petróleo e gás, que financiam a crise climática, fomentam a corrupção e enfraquecem as economias mundo afora Por Nathália Clark e Silvia Calciolari Fato já constatado até por especialistas do setor, a era do “ouro negro” está definitivamente ficando no passado. O mundo tem experimentado um processo de renovação energética sem

Fonte eólica responde por 60% do abastecimento de energia do Nordeste, diz ONS

  ABr     A estiagem que há mais de seis anos atinge a Região Nordeste do Brasil, com forte impacto nas usinas da Bacia do São Francisco e afetando a geração de energia hidrelétrica, levou a fonte eólica a responder por mais de 50% da energia fornecida à região. A afirmação foi feita ontem (30) pelo diretor-geral do Operador Nacional do Sistema (ONS), Luiz Eduardo Barata, ao participar da conferência e exposição Brazil Windpower

Geração de energia eólica atinge 12 gigawatts (GW) de capacidade acumulada no Brasil

    ABr A fonte de geração de energia eólica atingiu 12 gigawatts (GW) de capacidade acumulada no Brasil. O patamar foi anunciado na abertura da 8ª edição do Brazil Windpower, o maior evento de energia eólica da América Latina, que até quinta-feira (31), vai reunir investidores e representantes do segmento, no centro do Rio de Janeiro. O encontro é promovido pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), pelo Conselho Global de Energia

A transição energética: da energia fóssil às renováveis, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “O futuro será das energias renováveis. Ou não haverá futuro”     [EcoDebate] A edição do relatório “Renewables Global Status Report (GSR)”, de 2017, da Renewable Energy Policy Network for the 21st Century (REN21) revela que o mundo está passando por uma transição energética e que deve se acelerar nos próximos anos. Esta transição é fundamental para superar a Era dos combustíveis fósseis e para dissociação das atividades econômicas e as as emissões

Em 2016, a energia eólica representou 5,4% da matriz

Energia eólica deve responder por 6,6% da matriz de oferta elétrica     A energia eólica deve representar 6,6% da matriz de oferta elétrica este ano. No ano passado, a força gerada por ventos representou 5,4% da matriz. Os dados são do Boletim Mensal de Energia, do Ministério de Minas e Energia (MME). De acordo com o documento, a demanda total de energia pode crescer entre 1,5 e 2,5% em 2017. Além disso, a

Crise hídrica no Nordeste impulsiona geração de energia eólica

  ABr   Os números não deixam dúvida quanto à condição favorável do Brasil, com ventos fortes e contínuos, para a geração de energia eólica. No ano de 2016, por exemplo, a média da relação entre a capacidade instalada nas usinas eólicas no país e a efetiva geração de energia foi de 40,7%, enquanto a média mundial é de apenas 23,8%. Essas usinas têm sistema muito parecido com o de um catavento gigante, que

Especialistas defendem energias renováveis para diminuir impactos como a emissão de gases de efeito estufa

    ABr Em meio a danos ambientais cada vez mais aparentes no mundo, especialistas defendem o uso de energias renováveis para diminuir impactos como a emissão de gases de efeito estufa e o aquecimento global. Um dos meios para isso é a substituição do petróleo como elemento principal da matriz energética global por formas de maior eficiência, como solar e eólica. Segundo o diretor do Departamento de Desenvolvimento Energético do Ministério de

Superar a dependência do petróleo e construir uma matriz energética 100% renovável, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “The future will be renewable-based or there won´t be a future” (Adolfo Rebollo, CEO of Ingeteam)     [EcoDebate] Os Estados Unidos se envolveram em uma série de guerras visando garantir o egoístico acesso aos recursos petrolíferos globais. As guerras do Afeganistão e do Iraque são exemplos recentes de intervenções militares desastrosas para todos os países envolvidos e para o mundo. Calcula-se que os EUA gastaram cerca de US$ 6 trilhões de dólares

Em dez anos, fontes de energias renováveis podem ser mais baratas que combustíveis fósseis, estima ONU

  ONU Segundo a ONU Meio Ambiente, 100% da energia consumida no mundo pode ser proveniente de fontes renováveis até 2050, número que chega a 20% atualmente; custos desse sistema energético podem ser mais baratos do que combustíveis fósseis em dez anos. Foto: Banco Mundial / Dana Smillie Cem por cento da energia consumida no mundo pode ser proveniente de fontes renováveis até 2050 – e os custos desse sistema energético podem ser mais

Top