Vídeo da Embrapa Agrobiologia mostra como fazer adubo orgânico 100% vegetal

    Os adubos orgânicos, em sua maioria, utilizam esterco bovino e cama de aviário que, além de difícil obtenção e custo elevado, podem apresentar problemas de contaminação química e biológica. Mas a Embrapa Agrobiologia (Seropédica, RJ) desenvolveu uma tecnologia para produção de adubos e substratos orgânicos de origem 100% vegetal. E esta tecnologia já está ao alcance dos produtores de todas as regiões do País por meio do vídeo "Composto 100%

Visão ambiental da produção orgânica, Parte 3/3, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] As substâncias químicas dos agrotóxicos também são consideradas poluentes. Sabe-se que apenas 3% dos agrotóxicos pulverizados atingem o seu alvo e os demais permanecem como resíduos nos produtos e são levados pela deriva ou caem no solo. Produzindo eutrofização, após serem lixiviados dos solos e levados para os corpos de água. Cultivos orgânicos tendem a não produzir eutrofização dos mananciais hídricos. Eutrofização é o fenômeno ou processo no qual o

Visão ambiental da produção orgânica, Parte 2/3, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] É permitido na agricultura orgânica, o preparo convencional do solo com uso de arados e grades, desde que não seja profundo e excessivo, capaz de desestruturar o solo. A permanente cobertura do solo é essencial para a manutenção da umidade, do solo e seus nutrientes, ajudando no controle de invasoras e melhorando com o tempo as características químicas, físicas e biológicas. Medidas para conservação da área devem ser adotadas, como o

Visão ambiental da produção orgânica, Parte 1/3, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] O grande desafio da atualidade é garantir a segurança alimentar, com alimentos saudáveis sem comprometer o meio ambiente e as gerações futuras. Com as características de sustentabilidade e produtos de qualidade com certificação de origem, a agricultura orgânica se apresenta como alternativa em ampla expansão em nível mundial. Esse aumento é consequência do alto do custo da agricultura convencional, da degradação do meio ambiente e da crescente exigência dos consumidores por

Produção orgânica, reforma agrária e preservação florestal: a história do sítio A Boa Terra, Parte 3/3, artigo de Roberto Naime

artigo

    [EcoDebate] Pelo tamanho das árvores da mata no local e a densidade da ocupação pelas plantas mais baixas, se percebe que é uma mata jovem, que 35 anos antes simplesmente não existia. No entanto, a riqueza da flora e da fauna já se mostra, com muitos pássaros, insetos e sapos. Produzir água, hoje, talvez seja tão importante quanto produzir alimento. Quem vive na capital paulista sabe muito bem o que isso

‘Adubos verdes’ são opção para proteger o milho orgânico contra ervas daninhas

  Por José Tadeu Arantes | Agência FAPESP     A agricultura orgânica vem crescendo de forma expressiva no Brasil. Atendendo à expansão do consumo, a quantidade de agricultores que optaram por esse sistema de produção aumentou cerca de 51,7% entre janeiro de 2014 e janeiro de 2015, passando de 6.719 para 10.194, de acordo com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Nos últimos meses de 2015, o Cadastro Nacional de

Produção orgânica, reforma agrária e preservação florestal: a história do sítio A Boa Terra, Parte 2/3, artigo de Roberto Naime

artigo

    [EcoDebate] Em meados dos anos 1970, o grande sucesso no cultivo de flores não impedia que as pessoas estivessem atentas às transformações que o mundo vinha sofrendo. Com sensibilidade raramente cultivada entre empreendedores de sucesso, perceberam que sua acelerada prosperidade tinha consequências sociais visíveis, que implicava concentração de terras e de renda. Essa percepção tinha ressonâncias de outra discussão que surgia naquele momento, relacionando as questões econômica e ecológica. Um marco deste

Produção orgânica, reforma agrária e preservação florestal: a história do sítio A Boa Terra, Parte 1/3, artigo de Roberto Naime

artigo

    [EcoDebate] Maurício Ayer, do site Outras Palavras desenvolve didática explanação do histórico do sítio “A Boa Terra”, com produção totalmente orgânica, reforma agrária, preservação florestal e moradia para os agricultores. Como funciona o projeto agrícola alternativo do Sítio A Boa Terra. Eles ganhavam um bom dinheiro com o cultivo de flores em Holambra. “Até demais”, ironizam. Com o tempo, contudo, observaram que, enquanto concentravam terras e recursos, os moradores da região

O Brasil orgânico do século XXI, artigo de Ming Liu

    [EcoDebate] Não é novidade que hoje, no mundo e no Brasil, a demanda por produtos orgânicos está em alta. Este crescimento reflete maior conscientização do consumidor na busca por produtos cada vez mais saudáveis e menos industrializados, que no processo de produção minimize o impacto ambiental, que garanta ser seguro, bom para a saúde e que possa ser adotado em programas de prevenção para a saúde. Queremos o futuro num

Benefícios da alimentação com produtos orgânicos, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] A produção de orgânicos otimiza recursos naturais e socioeconômicos, além de respeitar a cultura das comunidades rurais e incrementar e melhorar as relações de saúde. Produção orgânica objetiva a sustentabilidade econômica e ecológica, e minimizando o uso de energias não-renováveis e sem utilizar organismos modificados geneticamente ou radiações ionizantes. Nas últimas décadas houve um crescimento muito grande com relação à preocupação a alimentação e sua relação com a saúde, e por

RS: Na capital da soja, assentados driblam uso de agrotóxicos e investem na produção orgânica

  Entre os motivos para o fortalecimento desta atuação no último ano, está a busca de um novo modelo de produção e a localização dos assentamentos.     Por Catiana de Medeiros Da Página do MST O incentivo à produção de alimentos saudáveis, sem o uso de venenos e agroquímicos, integrou as principais ações desenvolvidas por meio do Programa de Assessoria Técnica, Social e Ambiental à Reforma Agrária (Ates), do Instituto Nacional de Colonização e Reforma

Horta orgânica de Terra Estrela, Várzea Grande (MT), artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] PANTALEÃO et. al. (2014) descrevem e relatam a experiência agroecológica cuja origem se deu em função da adequação a uma alimentação saudável para o consumo familiar e se desdobrou em um negócio próspero e sustentável na horta orgânica de Terra Estrela, em Várzea Grande no estado do Mato Grosso. Hortas orgânicas materializam a relevância do equilíbrio dinâmico entre o homem e a natureza que pode ser uma alternativa ao processo

Top