Concentrar terra para crescer o capital e a violência, artigo de frei Gilvander Moreira

    Concentrar terra para crescer o capital e a violência Por frei Gilvander Moreira1 [EcoDebate] Segundo o Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR), do INCRA, de 2012, as propriedades rurais, com áreas com menos de 10 hectares, são 34,1% do total e ocupam somente 1,5% da área total do Brasil, com média de 4,7 hectares, enquanto os imóveis com mais 100.000 hectares (apenas 225 propriedades, menos de 1%) ocupam 13,4% da área total,

Estrutura fundiária iníqua e luta pela terra, por frei Gilvander Moreira

Estrutura fundiária iníqua e luta pela terra Por frei Gilvander Moreira1 “A população do território hoje conhecido como Brasil em 1500 era, calcula-se, de mais de cinco milhões2 de pessoas distribuídas por centenas de povos, com línguas, religiões, organizações sociais e jurídicas diferentes” (MARÉS, 2003, p. 49). Há mais de cinco séculos o latifúndio continua sendo a estrutura básica fundiária no Brasil e, ultimamente, sob a hegemonia do agronegócio, a luta pela

Luta pela terra no Pará, entre pistoleiros, milicos, ‘puliça’ e milicianos, artigo de Rogério Almeida

  Ao longo dos anos a conivência e cumplicidade tem marcado ação do Estado no cenário de violência no Pará Sebastiao da Teresona, Quincas Bonfim e Barreirito (José Serafim Sales) são celebres pistoleiros que prestavam serviços nas terras dos Carajás. Melhor situando, na região do Bico do Papagaio, (sul do Pará, oeste do Maranhão e norte do Tocantins). Os cabras tinham em sua carteira de serviços, entre outros, fazendeiros e donos de

A escalada da violência no campo: 2016 foi o mais violento dos últimos 13 anos

  Número de vítimas de conflitos agrários no ano passado foi o maior desde 2003. Comissão Pastoral da Terra critica omissão do Estado em relação à violência e denuncia que medidas do governo Temer têm trazido retrocessos em políticas para as populações do campo, como a reforma agrária Por André Antunes - EPSJV/Fiocruz     O ano passado foi o mais violento dos últimos 13 anos no campo. É o que apontam dados preliminares sobre

Comissão Pastoral da Terra (CPT) divulga balanço e avaliação da Reforma Agrária no ano de 2016

O contexto político-institucional vivido no Brasil com o Golpe que levou Michel Temer ao poder arremessou o país para tempos temerosos e de caos. Forças reacionárias, hostis a tudo o que cheire aos direitos e aspirações do povo, consolidaram-se, dando início a um ciclo que exigirá de nós muita resistência, luta, teimosia e clareza no caminho a seguir. Além do já conhecido contexto de paralisação da Reforma Agrária e de

Menos de 1% das propriedades agrícolas detém 45% da área rural no país

  ABr  Quase metade da área rural brasileira pertence a 1% das propriedades do país, de acordo com o estudo inédito Terrenos da desigualdade: terra, agricultura e desigualdades no Brasil rural divulgado ontem (1º) pela organização não governamental (ONG) britânica Oxfam. Os estabelecimentos rurais a partir de mil hectares (0,91%) concentram 45% de toda a área de produção agrícola, de gado e plantação florestal. Por outro lado, estabelecimentos com menos de 10 hectares

Barcelos (AM): Terras onde havia trabalho escravo serão incorporadas ao patrimônio da União

    A Gleba Padauiri, em Barcelos (AM), será incorporada ao patrimônio da União, conforme decisão do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Na área de 700 mil hectares, na faixa de fronteira de 150 km do estado do Amazonas com a Venezuela, foram identificadas famílias em condições de trabalho análoga ao escravo, na atividade da extração de piaçava, na região do Médio Rio Negro. O relatório final feito pelo Incra sugeriu

Modelo agrícola e reforma agrária, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] Leonam Bueno Pereira e Raimundo Pires Silva realizam fundamentada reflexão denominada 'Quando os gafanhotos constroem o amanhã' sobre o modelo de agricultura convencional. A metáfora dos Gafanhotos que dá título a este artigo é bem a dimensão do significado da questão ambiental no país, e em especial, da preservação de nossas florestas. Por economia de espaço não se vai reproduzir as narrativas sobre a 'praga de gafanhotos' que sobrevêm sobre

Reforma agrária e meio ambiente, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] As relações entre meio ambiente e questão agrária são temas de extrema importância para uma nação que busca construir o seu desenvolvimento. Esta construção tem sido objetivo de governo. A função social da propriedade da terra foi colocada na Constituição de 1988 como um avanço no ordenamento jurídico do país que trata das funções da propriedade privada. Trouxe para o debate nacional a necessidade de se estabelecer direitos e deveres a

PFDC/MPF quer inconstitucionalidade de decisão do TCU que paralisa reforma agrária no país

  Foi encaminhado ao procurador-geral da República pedido de proposição de ADPF junto ao Supremo Tribunal Federal   Foto: Agência Brasil   A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC/MPF) solicitou ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que apresente ao Supremo Tribunal Federal pedido de inconstitucionalidade de acórdão do Tribunal de Contas da União que paralisou a política de reforma agrária no Brasil. No pedido ao PGR, a procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat,

Produção orgânica, reforma agrária e preservação florestal: a história do sítio A Boa Terra, Parte 3/3, artigo de Roberto Naime

artigo

    [EcoDebate] Pelo tamanho das árvores da mata no local e a densidade da ocupação pelas plantas mais baixas, se percebe que é uma mata jovem, que 35 anos antes simplesmente não existia. No entanto, a riqueza da flora e da fauna já se mostra, com muitos pássaros, insetos e sapos. Produzir água, hoje, talvez seja tão importante quanto produzir alimento. Quem vive na capital paulista sabe muito bem o que isso

Produção orgânica, reforma agrária e preservação florestal: a história do sítio A Boa Terra, Parte 2/3, artigo de Roberto Naime

artigo

    [EcoDebate] Em meados dos anos 1970, o grande sucesso no cultivo de flores não impedia que as pessoas estivessem atentas às transformações que o mundo vinha sofrendo. Com sensibilidade raramente cultivada entre empreendedores de sucesso, perceberam que sua acelerada prosperidade tinha consequências sociais visíveis, que implicava concentração de terras e de renda. Essa percepção tinha ressonâncias de outra discussão que surgia naquele momento, relacionando as questões econômica e ecológica. Um marco deste

Top