Mais de 50 entidades pedem que Brasil rejeite inclusão de florestas no mercado de carbono

  ABr   Mais de 50 entidades protocolaram ontem (11), nos ministérios do Meio Ambiente e das Relações Exteriores, uma carta em defesa da posição histórica do Brasil contra a inclusão das florestas em mecanismos de compensação de carbono – chamados de offsets. De acordo com as entidades, esta é uma “falsa solução à crise do clima” que vem à tona em um contexto de negociações internacionais e da conjuntura nacional de crise. “Alguns

De projetos de REDD+ para ‘REDD+ jurisdicional’: mais notícias ruins para o clima e as comunidades, por Jutta Kill, WRM

  Para muitas pessoas, os projetos de REDD+ pretendem salvar florestas. Na realidade, no entanto, o REDD+ nunca teve a ver com a proteção de florestas. E também, o REDD+ não é mais exatamente sobre projetos, mas sim sobre programas que abrangem regiões ou províncias inteiras dentro de um país, embora muitos projetos específicos continuem existindo e causando danos a povos indígenas e comunidades  que dependem de florestas ao restringir suas

Unesco garante título de patrimônio mundial à Chapada dos Veadeiros

    ICMBio / MMA A comunidade internacional assegurou o título de patrimônio mundial à Chapada dos Veadeiros, em Goiás. O Comitê do Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) afastou o risco que o Brasil corria de perder o título conferido à unidade de conservação (UC). A reação faz parte dos resultados da 41ª sessão do Comitê, que ocorre nesta semana em Cracóvia,

Pnud/ONU premia organizações indígenas por projetos de sustentabilidade comunitária na Amazônia brasileira

    ABr O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) premiou o trabalho de duas organizações indígenas que desenvolvem projetos de desenvolvimento sustentável na Amazônia brasileira. As duas organizações não-governamentais indígenas são as duas únicas entidades brasileiras entre os 15 vencedores do Prêmio Equatorial 2017. Criado em 2002, o concurso recebeu, em junho, mais de 800 inscrições de 120 países. A Associação Ashaninka do Rio Amônia - Apiwtxa (termo indígena que significa

Parque Nacional do Itatiaia faz 80 anos, Nilo Sergio S. Gomes

    [EcoDebate] A primeira área de conservação ambiental e da biodiversidade, no Brasil, foi criada há exatos 80 anos: o Parque Nacional do Itatiaia. Era o Governo de Getúlio Vargas e a região do Itatiaia, com suas vastas florestas, rios, nascentes e o Pico das Agulhas Negras, com 2.791 metros de altura, concentrava uma das maiores biodiversidades do país. Em 14 de junho de 1937, o parque foi criado e, a

48% das unidades de conservação (UCs) federais sofrem com espécies exóticas da fauna

  O dado consta de estudo feito por analista do ICMBio, que comprovou a presença de 104 dessas espécies nas unidades de conservação, sendo que 59 põem em risco a biodiversidade     Cães, gatos, cabras e até um inofensivo peixinho dourado de aquário podem se tornar uma grande dor de cabeça para gestores de unidades de conservação (UCs). Segundo estudo da analista ambiental Tainah Guimarães, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade

Floresta com Araucárias, com menos de 3% da sua área original, ainda é motivo de preocupação

  Produção sustentável de pinhão e erva-mate agrega valor ao ecossistema e contribui para sua conservação     Um dos ecossistemas mais característicos da região sul do Brasil e bastante ameaçado, a Floresta Ombrófila Mista (FOM), ou Floresta com Araucárias, tem hoje menos de 3% da sua área original. O motivo são os anos de degradação e o corte de seus pinheiros que a levaram a essa situação crítica. Como consequência, uma das espécies

Aproximadamente 22% das Unidades de Conservação da Caatinga sofreram degradação ambiental em 15 anos

  Aproximadamente 22% das Unidades de Conservação da Caatinga sofreram degradação ambiental em 15 anos. Entrevista especial com Neison Cabral Ferreira Freire IHU O resultado do monitoramento e da análise de 14 Unidades de Conservação localizadas no bioma Caatinga, que correspondem a 1% da ocupação do território, não é muito animador, porque “nos últimos 15 anos houve uma degradação ambiental de graus variados” em todas as unidades estudadas, diz o pesquisador Neison Cabral Ferreira

Temer veta integralmente a MP 756 e parcialmente a MP 758, que poderiam reduzir áreas de preservação ambiental

    ABr O presidente Michel Temer vetou na segunda-feira (19), integralmente, a Medida Provisória (MP) 756/16 que altera os limites da Floresta Nacional (Flona) do Jamanxim, no Pará, desmembrando parte de sua área para a criação da Área de Proteção Ambiental (APA) do Jamanxim. O presidente também sancionou com vetos parciais a MP 758/16. Em mensagem ao presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (PMDB-CE), Temer registrou que o veto deve-se à “contrariedade do

Nota Pública: Entenda porque veto às MPs que reduzem proteção de florestas não garante nada

    Veto a Medidas Provisórias não garante proteção de floresta Nota pública de organizações da sociedade civil contra a manobra do governo Temer para reduzir nível de proteção de quase 600 mil hectares de unidades de conservação. As Medidas Provisória 756 e 758 reduzem o nível de proteção de quase 600 mil hectares de unidades de conservação (UCs). A MP 756 transforma 480 mil hectares da Floresta Nacional (Flona) do Jamanxim, no Pará,

ONU recomenda revisão de Medidas Provisórias que alteram limites de unidades de conservação

    Em visita ao Brasil, o diretor-executivo da ONU Meio Ambiente, Erik Solheim, recomendou ao presidente Michel Temer na segunda-feira (12) que altere ou vete o texto das Medidas Provisórias 756 e 758, ambas de 2016. Propostas foram ratificadas em maio de 2017 pelo Senado. Caso sancionadas pelo Executivo, reformas alterarão os limites da Floresta Nacional do Jamanxim, no Pará, e de outras unidades de conservação. Solheim falou sobre encontro com

Governo cria Parque Nacional dos Campos Ferruginosos (PA) e amplia três UCs

  Veadeiros, em Goiás, teve a área quadruplicada. No total, Brasil ganhou 282 mil ha de áreas protegida, totalizando 79,4 milhões de ha 328 UCs. O presidente da República, Michel Temer, assinou nesta segunda-feira, 5 de junho, durante a solenidade de comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente, no Palácio do Planalto, decreto criando mais uma unidade de conservação (UC) – o Parque Nacional (Parna) dos Campos Ferruginosos, no Pará – e

Top