Os três tipos de campanha, artigo de Gaudêncio Torquato

    [EcoDebate] A partir de 31 de agosto, estaremos submetidos, durante 35 dias, a uma bateria de mensagens de cunho eleitoral, que se desdobrarão em três vértices: a) a glorificação de candidatos, com ênfase no potencial do “EU” e slogans de arremate: eu fiz, eu faço, eu farei; b) a demonização do ELE, que tentará desconstruir adversários, tendo como linha de argumentação o despreparo, a ameaça ideológica/retrocesso que ele representa; c)

Está aberta a temporada do ‘eu vou fazer’, artigo de Montserrat Martins

  Está aberta a temporada do “eu vou fazer”, que é a propaganda política na TV.     [EcoDebate] O povo gosta de promessas contundentes, por isso se fala assim. As pessoas estão cansadas do “empurration” dos órgãos públicos empurrando as responsabilidades uns para os outros, querem que alguém diga “eu vou resolver”. Esse personalismo no entanto pode atrapalhar boas ideias, problemas que precisariam ser enfrentados por todos os governantes. Quando alguém se intitula “dono”

O maior inimigo da democracia brasileira é a própria democracia, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “A democracia é apenas a substituição de alguns corruptos por muitos incompetentes” Bernard Shaw   “O grande problema do nosso sistema democrático é que permite fazer coisas nada democráticas democraticamente” José Saramago     [EcoDebate] O Brasil vive, atualmente, o seu mais longo e profundo período democrático, dos mais de 500 anos de história. O processo de redemocratização teve início com a eleição indireta de Tancredo Neves (PMDB), vencendo Paulo Maluf na reunião do colégio eleitoral, em 15

Governo Temer acabou antes do fim! artigo de Adrimauro Gemaque

    [EcoDebate] Michel Temer (MDB), tido hoje como o presidente mais impopular da história pós-redemocratização, bateu novamente seu próprio recorde negativo. Pesquisa publicada pelo Datafolha, divulgada no último domingo (10/06), apresentou números da avaliação de seu governo. O percentual daqueles que consideraram a sua administração ruim ou péssima chegou a 82% contra os 70% do mês de abril, em pesquisa realizada pelo mesmo instituto. Veja abaixo o gráfico da pesquisa de

Os 200 anos do nascimento de Karl Marx e o futuro da luta de classes, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “Os proletários nada têm a perder, a não ser os seus grilhões” Karl Marx (05/05/1818-14/03/1883)     [EcoDebate] Karl Marx disse no manifesto comunista que a história da humanidade era a história da luta de classe. Sob o capitalismo, a luta entre os trabalhadores e a burguesia, chegou ao seu ponto mais crítico e agudo, pois os ricos capitalistas tendiam a ficar cada vez mais ricos e os pobres trabalhadores dominados e explorados

O Frankenstein de Mary Shelley na Sapucaí, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  Imagem: Twitter - @luizzffilipe   [EcoDebate] A Escola de Samba Beija-flor de Nilópolis trouxe para a Sapucaí, no carnaval 2018, uma justa homenagem ao livro “Frankenstein, ou o moderno Prometeu”, de Mary Shelley, que foi publicado originalmente no dia 01 de janeiro de 1818 e que, portanto, acabou de completar 200 anos. O samba-enredo, comandado por Neguinho da Beija-flor e acompanhado pelo público na Avenida, teve como título “Monstro é aquele que não

Empresas flagradas com trabalho escravo financiaram 10% dos deputados federais

  Por Piero Locatelli, Repórter Brasil Mais de 50 deputados receberam R$ 3,5 milhões de empresas responsabilizadas por trabalho escravo. Lista tem 21 representantes da bancada ruralista e é liderada por secretário de Alckmin Pelo menos um em cada dez deputados federais teve sua campanha financiada por empresas flagradas utilizando mão de obra análoga à escrava. Na eleição de 2014, 51 dos 513 parlamentares eleitos receberam R$ 3,5 milhões de empresas que estão

Maioria dos deputados recebeu doação de empresas e pessoas que cometeram crimes e infrações ambientais

  Por Ana Aranha e Guilherme Zocchio – Repórter Brasil Empresas e pessoas que cometeram crimes e infrações ambientais doaram R$ 58 milhões para mais da metade da Câmara. Entre eles, está Cristiane Brasil e o ministro do Meio Ambiente Mais da metade dos deputados federais eleitos para a atual legislatura recebeu financiamento de doadores que estão na lista de autuados do Ibama. Dos 513 eleitos, 249 receberam um total de R$ 58,9

Ruralômetro: atuação de 60% dos deputados federais prejudica meio ambiente, indígenas e trabalhadores rurais

  Repórter Brasil Essa é uma das descobertas do Ruralômetro, ferramenta online e gratuita desenvolvida pela Repórter Brasil lançada nesta terça-feira, 30 de janeiro Investigação dos projetos de lei e votações mostrou as más e boas práticas dos deputados. Quanto pior a prática ruralista, maior é a febre do deputado. Ruralômetro revela relação entre parlamentares e financiadores de campanha Pelo menos 323 deputados federais, ou 63% da Câmara*, têm atuação

Democracia sem risco, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Seja justa ou injusta, a condenação de Lula não afeta a democracia – pois essa, ao contrário da monarquia, não depende de uma única pessoa. Dentro das próprias instituições jurídicas, ele ainda pode recorrer a outras instâncias, como STJ e STF, motivo pelo qual nem mesmo a sua candidatura a Presidente está descartada. Mas mesmo que não possa concorrer e seja preso, suas ideias políticas podem ser defendidas por outros.

O golpe é sistêmico, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

    [EcoDebate] “Não disse muita coisa para não desanimar os missionários, mas esse golpe é sistêmico”. Foi esse o comentário que D. Erwin Krautler me fez num evento da Laudado Sí em Feira de Santana, Bahia. Ele vinha da assembleia do Conselho Indigenista Missionário. O massacre sobre os povos indígenas, constante em nossa história, volta a níveis indescritíveis mesmo para um país que nunca foi civilizado. O golpe ataca todas as dimensões da

Voto branco e voto nulo, artigo de Gilson Alberto Novaes

    [EcoDebate] Os brasileiros têm vivido de sobressalto nos últimos anos. Quando se pensa que as notícias ruins chegaram ao fim e que a corrupção chegou ao fundo do poço, descobrimos que elas continuam. Daqui a pouco estaremos em 2018, um ano de eleições para presidente da república, governadores, senadores e deputados federais e estaduais. Uma festa da democracia! Seria uma festa da democracia se pudéssemos ter eleições em que o povo participasse

Top