Da senzala às periferias, o racismo estrutural continua implacável

  Da senzala às periferias, o racismo estrutural continua implacável Racismo é um processo dinâmico que ocorre nas ações e omissões que moldam a opinião pública − da educação ao entretenimento − e na construção de políticas institucionais IHU "Concluímos que o racismo não é estático, é um processo dinâmico que ocorre nas ações e omissões que moldam a opinião pública − da educação ao entretenimento − e na construção de políticas institucionais. Ele faz com que lidemos com comportamentos

Racismo está enraizado na educação escolar

  Racismo está enraizado na educação escolar Racismo na educação escolar - De acordo com especialistas, o ensino de história e cultura afro-brasileira nas escolas pode criar uma sociedade mais cidadã Por Laura Oliveira / Jornal da USP no Ar / Rádio USP https://jornal.usp.br/wp-content/uploads/2022/04/HISTORIA-NEGRA-LAURA-OLIVEIRA.mp3   O Brasil tem a maior população negra do mundo fora da África. De acordo com a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), realizada em 2019, 46,8% dos brasileiros se

As vozes negras e indígenas na encruzilhada civilizacional

  As vozes negras e indígenas na encruzilhada civilizacional, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó) Há uma explosão de vozes negras e indígenas – masculinas e femininas – no mundo contemporâneo, o que constitui um fenômeno inovador. Uma das sugestões do Papa Francisco no Sínodo para a Amazônia é que tivéssemos a capacidade de ouvir a fala dos povos originários e tradicionais. Ele chega a afirmar no “Querida Amazônia” que, muitas vezes, a extinção

Motivação racial é a violência mais comum sofrida por adolescentes infratores no Brasil

  Motivação racial é a violência mais comum sofrida por adolescentes infratores no Brasil Segundo pesquisa da ONG Visão Mundial, orçamento insuficiente, falta de treinamentos, vieses raciais e violência institucionalizada prejudicam a eficácia das medidas socioeducativas nos municípios Motivação racial é a mais comum entre as violências sofridas por adolescentes infratores no País; Violência policial aos jovens foi relatada por 71% dos entrevistados; 86% dos juízes, 83% dos promotores de

Algoritmos e inteligência artificial podem promover racismo no Brasil

  Algoritmos e inteligência artificial podem promover racismo no Brasil Dados de estudo da Ação Educativa e da REDE Negra em Tecnologia e Sociedade, realizado com apoio da Fundação Mozilla, mostram a invisibilidade de pessoas negras no desenvolvimento de tecnologias; Consulta a especialistas revela também que falta de diversidade e baixa inclusão são problemas a serem combatidos no ambiente digital; Uma pesquisa inédita realizada pela Ação Educativa e a REDE Negra em Tecnologias e

Maioria da população brasileira é negra e feminina mas é governada por homens e brancos

  Maioria da população brasileira é negra e feminina mas é governada por homens e brancos No país onde a maioria é julgada como minoria, o padrão de político não é a representação da maior parte da população do Brasil Por Leonardo Fontes | Arebo No Brasil, elegemos políticos que são intitulados de representantes do povo, através do voto em urnas eletrônicas distribuídas por todo o território nacional. Vivemos em um país com mais

Adolescentes sentem desamparo quando expostos ao racismo online

  Adolescentes sentem desamparo quando expostos ao racismo online O ano passado foi transformador em termos não apenas de uma pandemia global, mas também de um foco sustentado no racismo e na injustiça sistêmica. Tem havido ampla circulação de imagens e vídeos em notícias e online. Assim como os adultos, os adolescentes estão expostos a imagens com consequências importantes para sua saúde emocional e seu enfrentamento. No entanto, poucos estudos buscaram compreender a

Como a política anti meio ambiente brasileira reforça o racismo ambiental

  Como a política anti meio ambiente brasileira reforça o racismo ambiental Posicionamento da Uneafro Brasil em relação aos últimos acontecimentos da área ambiental e sobre como o movimento negro pretende atuar pela sobrevivência da população negra e periférica através da soberania alimentar e preservação do meio ambiente O Brasil chegou à Cúpula do Clima, que teve início ontem (22) e segue até hoje (23), liderado por um governo que apresenta ameaça à

Manifestações racistas por autoridades dobram em novembro

  Manifestações racistas por autoridades dobram em novembro Manifestações racistas por autoridades públicas no mês da consciência negra em 2020 é o dobro das registradas no ano passado Monitoramento realizado por Conaq e Terra de Direitos evidencia alarmante crescimento de discursos racistas por pessoas em cargos eletivos e da magistratura. Por Matheus Zanon No mês da Consciência Negra foi registrado o dobro de falas racistas de autoridades públicas em comparação com novembro de 2019. De

Basta de negação. Há racismo estrutural no Brasil, SIM!

  Há racismo estrutural, SIM! Por Gilvander Moreira1 Na noite de 19 de novembro de 2020, véspera do Dia da Consciência Negra, nosso irmão negro JOÃO ALBERTO SILVEIRA FREITAS foi barbaramente linchado e assassinado, em Porto Alegre, RS, em um supermercado da Rede Carrefour. Primeiro, nosso abraço solidário à família do João Alberto, ao pai João Batista Freitas, aos filhos, à companheira Milena Borges Alves, aos amigos e amigas. João Alberto Silveira Freitas,

Negação do racismo é recorrente entre autoridades públicas

    Negação do racismo é recorrente entre autoridades públicas O assassinato de João Alberto Silveira Freitas, homem negro, por seguranças do supermercado Carrefour, em Porto Alegre, na última quinta-feira (19), foi comentado nesta sexta pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão. Mourão lamentou o ocorrido, mas afirmou que não existe racismo no Brasil. Por Matheus Zanon De acordo com levantamento inédito publicado da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq) e da

Como acabar com expressões preconceituosas no ambiente de trabalho?

  Como acabar com expressões preconceituosas no ambiente de trabalho? Artigo de Carla Catelan [EcoDebate] A nossa sociedade está habituada desde sempre a utilizar expressões discriminatórias, das quais, por muitas vezes, as pessoas não sabem o significado e acabam sendo preconceituosas, pois muitos termos já se tornaram ditados populares. Por causa da naturalização desses termos, muitas vezes, essas expressões são utilizadas no ambiente de trabalho, onde também existem pessoas com religiões, culturas e orientações sexuais

Racismo estrutural no Brasil: desigualdades entre brancos e pretos ou pardos persistem no país

  Racismo estrutural no Brasil: desigualdades entre brancos e pretos ou pardos persistem no país IBGE Estatísticas Sociais | Adriana Saraiva | Arte: Brisa Gil Um dos principais indicadores do mercado de trabalho, a taxa de desocupação foi, em 2019, de 9,3%, para brancos, e 13,6% para pretos ou pardos. Entre as pessoas ocupadas, o percentual de pretos ou pardos em ocupações informais chegou a 47,4%, enquanto entre os trabalhadores brancos foi de

Como o racismo contamina a linguagem cotidiana

  Como o racismo contamina a linguagem Artigo de Maristela dos Reis Sathler Gripp [EcoDebate] O Brasil foi um dos últimos países a abolir a escravidão. São apenas 132 anos que nos separam desse regime cruel que transformou homens livres em propriedade de outros. O nosso modelo social ainda está impregnado pelo racismo e pelo preconceito gerados por esse período lamentável da nossa história como nação. De acordo com a professora Lilia Schwarcz, o

Black Lives Matter – Menino do Rio

  Black Lives Matter - Menino do Rio Artigo de Márcia Gomes de Oliveira [EcoDebate] “Menino do Rio…. Eu canto para Deus proteger-te“, escreveu Caetano Veloso, em 1978. Hoje, 8 em cada 10 presos em flagrante no Rio de Janeiro são negros. Praias em tempos de Covid-19. Ipanema, 10 horas da manhã de sexta-feira. Corpos ao sol e cangas estendidas na areia, em desrespeito solene ao decreto municipal de contenção do Novo Coronavírus.

Vidas negras importam? artigo de Maristela dos Reis S. Gripp e Mariana dos R. Sather Gripp

  Vidas negras importam? artigo de Maristela dos Reis S. Gripp e Mariana dos R. Sather Gripp “Naquela esquina ali De frente àquela praça Veio os homens E nos pararam Documento por favor Então a gente apresentou Mas eles não paravam Qual é negão? qual é negão? O que que tá pegando? Qual é negão? qual é negão?” (O Rappa) [EcoDebate] Um adolescente de 14 anos é baleado dentro de casa no Rio de Janeiro. Uma menina de oito anos é atingida

Povos Ciganos na luta pelos seus Direitos: basta de preconceito, perseguição étnica e racismo institucional em Minas Gerais, por Alenice Baeta e Gilvander Moreira

Povos Ciganos na luta pelos seus Direitos: basta de preconceito, perseguição étnica e racismo institucional em Minas Gerais Alenice Baeta1 e Gilvander Moreira2 Imagem 1 - Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) debate a violação dos Direitos dos Povos Ciganos, no dia 30/10/2019 na ALMG, em Belo Horizonte. Foto: Willian Dias/ALMG. Fonte: https://www.almg.gov.br/sala_imprensa/fotos/index.html?idAlb=16848&albPos=18 No dia 30 de outubro de 2019 aconteceu na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG)

No Brasil, o racismo é ‘coisa rara’? O posicionamento presidencial e os reflexos de uma abolição inconclusa, artigo de Sheila de Carvalho

    [EcoDebate] O atual Presidente da República, Jair Bolsonaro, em entrevista para uma rede de televisão nacional, alegou que “o racismo no Brasil é coisa rara”, e que “isso já encheu o saco”. A enfática afirmação presidencial nos obriga a olhar o que foi e o que é ser negro no Brasil. E todos os dados e pesquisas aqui apontam que o racismo não somente existe na sociedade brasileira, como é

O filme Chico Rei e a luta pela superação do racismo e da escravidão, artigo de Gilvander Moreira

  Chico Rei e a luta pela superação do racismo e da escravidão Por Gilvander Moreira1 “Feliz Ano Novo”, diziam pessoas, em uma padaria, enquanto compravam o pão de cada dia. Em Brasília, com o maior aparato militar de segurança e repressão da história, Jair Bolsonaro tomava posse como presidente do Brasil. Em 8 de dezembro de 1967, o papa Paulo VI propôs a criação do Dia Mundial da Paz a ser celebrado

TRAGAM OS BERIMBAUS! O que significa o assassinato de um Mestre da Capoeira? Breve história da Arte e da Resistência Negra, por Alenice Baeta e frei Gilvander Moreira

TRAGAM OS BERIMBAUS! O que significa o assassinato de um Mestre da Capoeira? Breve história da Arte e da Resistência Negra Por Alenice Baeta1 e frei Gilvander Moreira2 Mestre Moa. Fonte: https://nossapolitica.net/2018/10/mestre-moa-triste-fim-capoeira Romualdo Rosário da Costa, de 63 anos, o Mestre de Capoeira “Moa do Katendê”, conhecido em nível nacional e internacional, inclusive, também era compositor, percussionista, artesão, educador e fundador do bloco carnavalesco Afoxé Badauê em maio de 1978. Ele foi brutalmente assassinado

Top