A transposição do rio São Francisco, artigo de Aroldo Cangussu

opinião

    [EcoDebate] Considerado um dos maiores projetos do governo Lula e estimado em quatro bilhões de reais, a transposição do Rio São Francisco para alimentar os rios secos do nordeste setentrional já custou mais de 12 bilhões e ainda falta muito para ser concluído. Tanto é que o atual governo interino ainda pretende gastar mais dez bilhões de reais na obra. Este projeto tem a intenção de integrar o Rio São Francisco

Transposição do Rio São Francisco: má gestão dos recursos hídricos leva Nordeste brasileiro à exaustão

  Transposição do Rio São Francisco: má gestão dos recursos hídricos leva Nordeste brasileiro à exaustão. Entrevista especial com João Suassuna “É preciso saber que percentual de água o São Francisco pode dispor para depois avaliarmos que tipo de projeto vamos realizar, inclusive para saber se vamos resolver todo ou parte do problema hídrico e de abastecimento da região”, adverte o engenheiro agrônomo. Foto: Divulgação/Ministério da Integração Nacional / Fickr   “Depois de analisar e acompanhar

A Transposição e o Golpe, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

opinião

    [EcoDebate] Sabíamos, desde o início, que muitas águas turvas rolariam na obra da Transposição de Águas do São Francisco para o chamado Nordeste Setentrional. Aos poucos elas vão se revelando, incluindo até mortes. A primeira denúncia de corrupção aconteceu quando o Exército era o responsável exclusivo por ela. Caiu no silêncio. A segunda, na Operação Vidas Secas, em 2015, envolveu empresas a partir da Lava-Jato na ordem de R$ 200 milhões. Agora a

Transposição do São Francisco: o elefante branco nordestino? Entrevista com João Suassuna

  “Estou apostando e quero que esse projeto saia e que seja oferecido para a sociedade para fins de abastecimento, pois não vai ter volume para tudo. Com todos esses usos que se quer, esse projeto se transformaria no futuro num grande elefante branco”, alerta o pesquisador João Suassuna é nordestino. O engenheiro agrônomo, e sobrinho do escritor Ariano Suassuna, destaca que essa relação com o nordeste o faz acompanhar há mais

TCU alerta: País pode ficar sem transposição e mesmo sem o próprio São Francisco

  Auditoria do tribunal aponta que negligência no cumprimento de recomendações sobre as obras vem provocando assoreamento do rio, diminuindo a vazão do Velho Chico e de seus afluentes.     Uma auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União) acionou um alerta: o programa de transposição das águas pode gerar sérios comprometimentos ambientais ao rio São Francisco. De acordo com o relatório, obtido pelo Fato Online, auditores do TCU constataram uma série de irregularidades

Transposições de Pirro, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

  O pânico da irrigação do vale do São Francisco [EcoDebate] A transposição de águas do Tocantins para o São Francisco tomou conta da mídia de Juazeiro e Petrolina por esses dias. Juntos, autoridades e empresários do setor pedem imediata transposição para salvar seus projetos irrigados. O pedido chegou a ser feito diretamente pelo prefeito da cidade à presidenta Dilma quando ela veio inaugurar mais unidades do “Minha Casa, Minha Vida” aqui em

Debate sobre o Projeto da Transposição do Rio São Francisco e comentários de João Suassuna

  Programa Roda Viva - 24/10/2005 Assista ao programa na íntegra, clicando no endereço abaixo: https://www.youtube.com/watch?v=IYVfkLkKzBU&feature=youtu.be&t=3705    Sobre o assunto: Transposição do Rio São Francisco: um crime de lesa-pátria, por João Suassuna http://remabrasil.org:8080/virtual/r/remaatlantico.org/sul/Members/suassuna/campanhas/transposicao-do-rio-sao-francisco-um-crime-de-lesa-patria-por-joao-suassuna   COMENTÁRIOS João Suassuna - Pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco Pela lamentável situação em que se encontra o Rio São Francisco atualmente, dá para perceber o quanto o ex-ministro Ciro Gomes errou em suas previsões, ao tentar defender o projeto da Transposição do São Francisco. Errou, e errou

Especialistas dizem que transposição do São Francisco pode ficar pronta e faltar água no rio

    A transposição do rio São Francisco começou em 2007 e, segundo o Ministério da Integração Nacional, já está 70% pronta. A obra pretende levar água para o semiárido nordestino e beneficiar 12 milhões de pessoas de 390 municípios de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Mas tem um problema que preocupa os especialistas: a degradação do rio, que enfrenta poluição e desmatamento em suas margens. E é para este

A sustentável leveza das águas do São Francisco

Com o objetivo de analisar o projeto de transposição das águas do rio São Francisco, foram considerados neste texto os aspectos: vantagens e desvantagens para a população envolvida; prejuízos naturais versus desenvolvimento regional; e instrumentos de política ambiental. Acrescentamos fator primordial para análise de qualquer ação governamental no Brasil, que é o comportamento corrupto e descompromissado com os interesses coletivos dos políticos brasileiros, para pontuar como a condução do desenvolvimento

Transposição: uma análise cartesiana, estudo de Manoel Bomfim Ribeiro ( 23/12/1930 e + 03/12/2012)

1) Introdução Este trabalho mostra o quadro real da Transposição, como tudo ocorreu desde o início e as razões subterrâneas que levam à execução desta mega-obra que, em nada, resolverá os problemas hídrico do Semi-Árido brasileiro. Esta região já possui um grande manancial de água construído pela tenacidade do homem do Nordeste. É um grande cubo de 37 quilômetros cúbicos de água armazenados nos milhares de reservatórios espalhados por todos os

Governo e agência garantem que seca não vai atrapalhar transposição do Rio São Francisco, comentário de João Suassuna

    Meus Prezados, Na reportagem do Jornal Nacional, de 30/11, sobre a transposição do São Francisco, as assertivas do presidente da Agência Nacional de Águas (ANA) e do Ministro da Integração, de que os volumes retirados do rio, pelo projeto, são irrisórios, mostrou um semblante de preocupação em ambos. Pudera: afirmar que serão insignificantes os volumes que serão transpostos, em um momento no qual o rio está praticamente seco, bem retrata a

Obras da Transposição do rio São Francisco ameaçam terras indígenas

  Povos Truká e Pipipan sofrem impactos das obras e temem ver terras alagadas antes de demarcação oficial Por Renata Bessi, especial para a Repórter Brasil Cabrobró (PE) e Floresta (PE) - Fincados na caatinga do semiárido pernambucano, em terras secas por onde andou o cangaceiro Lampião, estão os povos indígenas Truká e Pipipan. Vivem nas proximidades do Rio São Francisco, respectivamente nas cidades de Cabrobó e Floresta, distantes 94 quilômetros uma da

Reedição Crítica da Transposição do Rio São Francisco, artigo de Luiz Alberto Rodrigues Dourado

  Como avaliar o processo de transposição do rio São Francisco diante da grave crise sócio-hidroambiental que perpassa sua Bacia Hidrográfica? INTRODUÇÃO [EcoDebate] Após diversas peripécias e descalabros licitatórios, financeiros e de manifesta insustentabilidade em todos os âmbitos o projeto é retomado agora, mesmo contra o interesse majoritário do CBHSF, então ente legitimado para os processos decisórios. O escancarado desrespeito à definição prioritária do Projeto de Revitalização, a partir da Decisão Plenária em

Transposição do rio São Francisco: via de mão única

  Por Marcia Dementshuk, em A Pública. Na primeira matéria do projeto Reportagem Pública, a repórter viaja ao Eixo Leste – e mostra como a população está sendo afetada pelas obras “Sem dúvida, com a transposição do rio São Francisco será oferecida segurança hídrica para o Nordeste”, garantiu o diretor-presidente da Agência Nacional das Águas (ANA), Vicente Andreu Guillo, durante nossa entrevista. A aposta do governo federal é alta: o orçamento atual da

Transposição do rio São Francisco, um projeto dos tempos do Império

  Por Marcia Dementshuk, em A Pública.   Existem registros de ocorrência de secas no nordeste do país desde o século 17, e desde o século seguinte o poder central português já planejava meios de combatê-la, como registrou o pesquisador Francisco Jácome Sarmento.  “A primeira aprovação de verbas para combater consequências de secas deu-se pós-independência (1822), resultante da grande estiagem de 1824-35. (…) Antes registrou-se a gênese das frentes de emergência (no período

Na Paraíba, as águas da transposição do rio São Francisco vão se misturar a águas poluídas por esgotos

  Por Marcia Dementshuk, em A Pública. Na Contramão da Transposição - Na Paraíba, as águas limpas da transposição do rio São Francisco vão se misturar a águas poluídas por esgotos sem tratamento de diversos municípios Definidas as últimas licitações para a execução das obras da transposição do rio São Francisco, redimensionados os prazos de conclusão, restabelecidas as metas e retomado o andamento, a obra avança inexoravelmente. Na contramão da construção, porém, alguns

Gestão da água no semiárido. Entrevista com Cristina Nascimento, da Articulação Semiárido Brasileiro – ASA

  “Em Fortaleza, não teve problema de abastecimento de água no período de seca, e a transposição do Rio São Francisco não foi finalizada. Então, quer dizer, o Ceará tem água, mas a distribuição e gestão dela faz com que algumas pessoas passem sede”, afirma a coordenadora executiva da Articulação Semiárido Brasileiro - ASA. Foto: http://bit.ly/153Qz7Y O investimento do governo na transposição do Rio São Francisco “poderia ter sido transformado em obras de infraestrutura

A Peregrinação no São Francisco, 20 anos depois. Entrevista com Ruben Siqueira

  “A peregrinação e os jejuns tornaram-se referências de luta não só para o São Francisco e o Nordeste, neste início de século XXI, ao fazer a ponte entre fé e vida, ecologia e política, indivíduo e sociedade, espiritualidade e luta. Para nós, ribeirinhos e lutadores do São Francisco, revisitar, reviver e manifestar este legado é reencontrar, a despeito da conjuntura adversa, as forças que nos movem a continuar até vencer”,

As desilusões hídricas do velho Chico

  transposição do rio São Francisco   Maior obra de engenharia hidráulica em curso no mundo, a transposição do rio São Francisco foi severamente criticada durante a 65ª Reunião Anual da SBPC, em Recife Ele outra vez. O projeto de transposição do rio São Francisco continua em debate. Ainda é, em verdade, um tema deveras sensível aos nordestinos, e esteve na pauta da 65ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência,

Transposição do Rio São Francisco: ‘Não há absolutamente nenhum benefício para a população até agora’

  Foto da Diocese de Juazeiro   Recentemente, o governo federal anunciou que as obras de transposição do Rio São Francisco ficariam prontas até 2015. A promessa veio em meio a denúncias de lentidão nas obras, de sucessivos anúncios de aumento dos custos, de problemas no saneamento do rio e críticas de movimentos sociais sobre a validade da transposição para abastecer as famílias. Confira entrevista de Roberto Malvezzi, o Gogó, da Articulação Popular

Top