Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.825, de 30/04/2013

    Premissas das normatizações ISO, artigo de Roberto Naime Os 20 países mais populosos do mundo em 1950, 2010, 2050 e 2100, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Manifesto dos Movimentos Sociais por Ação Imediata contra a Seca e a favor da Reforma Agrária Secretários de meio ambiente são presos por fraudes em licenças ambientais no Rio Grande do Sul PF estima que até 50 pessoas podem responder por envolvimento com fraudes ambientais no Rio

Premissas das normatizações ISO, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] A premissa básica de todo esforço nasce a partir da consideração hegemônica dentro da International Standardization Organization (ISO) de que o potencial de impacto de normas internacionais sobre o comércio global é muito significativo. Isto determina especial cuidado nos processos de formulação, votação e publicação das normas, e por isso a ISO estabeleceu princípios para compor uma matriz política: Desenvolver normas que aprimorem o gerenciamento ambiental: quando implementadas, as normas resultarão

Os 20 países mais populosos do mundo em 1950, 2010, 2050 e 2100, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  Clique na imagem para ampliar.   [EcoDebate] A população mundial era de 2,5 bilhões de habitantes em 1950, 6,9 bilhões em 2010 e deve alcançar 9,3 bilhões em 2050 e 10,1 bilhões em 2100, de acordo com a projeção média da Divisão de População da ONU. Os 20 maiores países do mundo, em termos demográficos, tem apresentado variações ao longo do tempo. Em 1950, a China era o país mais populoso e possuía

Manifesto dos Movimentos Sociais por Ação Imediata contra a Seca e a favor da Reforma Agrária

    Manifesto dos Movimentos Sociais por Ação Imediata Contra A Seca, A Favor Da Reforma Agrária e Territórios Tradicionais Os movimentos sociais CETA, MTD e PASTORAL RURAL decidiram realizar contundentes ações de protesto em quatro regiões da Bahia (Sul, Lapa, Senhor do Bonfim e Cícero Dantas) para denunciar o descaso dos poderes públicos baianos e nacionais em relação (1) aos efeitos da seca, que já dizimou quase todo nosso rebanho; (2) a

Secretários de meio ambiente são presos por fraudes em licenças ambientais no Rio Grande do Sul

  Delegado da Unidade de Repressão a Desvios de Recursos Públicos da PF-RS, Tiago Machado e da Repressão a Crimes Ambientais e ao Patrimônio Público, Roger Soares Cardoso coordenador a Operação Concutare. | Foto: Bernardo Jardim Riberio/Sul21   Os secretários de Meio Ambiente do Rio Grande do Sul, Carlos Niedersberg, e de Porto Alegre, Luiz Fernando Záchia, foram presos na madrugada de ontem (29), durante operação deflagrada pela Polícia Federal (PF). Até às

PF estima que até 50 pessoas podem responder por envolvimento com fraudes ambientais no Rio Grande do Sul

  Ministério Público Federal (MPF) realizou operação conjunta com a Polícia Federal para apurar fraude nas licenças ambientais no RS | Foto: Ramiro Furquim/Sul21   Até 50 pessoas suspeitas de fraudar processos de licenciamento ambiental no Rio Grande do Sul poderão ser indiciadas pelos crimes ambiental, de corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. A expectativa é dos agentes da Polícia Federal (PF) que participam da Operação Concutare, deflagrada na

Uma (bem-vinda) bomba sacode a área ambiental, no Rio Grande do Sul, por Marco Weissheimer

    Operação da PF colocará a prova argumentos dos defensores da flexibilização da legislação ambiental. [Sul21]  Ambientalistas não cansaram de denunciar nos últimos anos atropelos à legislação para acelerar a aprovação de obras e empreendimentos das mais variadas naturezas. Imaginava-se que a situação na gestão ambiental de Porto Alegre e do Estado estava cheia de problemas. Mas, se alguém dissesse que, numa determinada manha de segunda-feira, os secretários do Meio Ambiente da

Soja, cana e pecuária ocupam novas áreas e avançam sobre o Centro-Oeste

  O crescimento da produção de soja, cana-de-açúcar e pecuária bovina no Centro-Oeste do Brasil, registrado em anos recentes, se deu principalmente por causa da ocupação de novas áreas. Como consequência do avanço da fronteira agrícola, a região tem registrado a substituição de culturas, a degradação de solo e o desflorestamento. As constatações fazem parte da tese de doutorado de Vivian Helena Capacle Correa, defendida no Instituto de Economia (IE) da

Recuperação de 19 milhões de hectares de pastagens degradadas diminuiria a emissão de 132 milhões de tCO2eq

  Acusada de ser uma das vilãs do aquecimento global, a agropecuária pode reverter totalmente esse papel e se tornar uma grande sequestradora de carbono da atmosfera, contribuindo de maneira significativa para que o Brasil cumpra a proposta que apresentou na 15ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 15), em Copenhagen: a de reduzir, voluntariamente, a emissão de gases de efeito estufa (GEE) entre 36% e 39% até 2020

Concentração de CO2 se aproxima de limite simbólico dos 400 ppm (partes por milhão)

  Concentração mensal de CO2, dados até 25/04/2013, indicando 399.72 ppm. Fonte: Scripps Institution of Oceanography   A funcionária da ONU responsável pelo clima, Christiana Figueres, expressou nesta segunda-feira preocupação e fez um apelo por uma ação "urgente", ante a evolução da concentração de CO2 na atmosfera, a ponto de superar o limiar simbólico dos 400 ppm (partes por milhão). Matéria da AFP, no Yahoo Notícias. De acordo com o Observatório Mauna Loa, no

UE proibirá três inseticidas neonicotinoides mortais para as abelhas durante dois anos

    Três inseticidas mortais para as abelhas estarão proibidos na União Europeia (UE) durante dois anos a partir de julho, anunciou nesta segunda-feira a Comissão Europeia após uma votação que demonstrou as fortes pressões da indústria e dos "lobbies" agrícolas. Matéria da AFP, no UOL Notícias. Quinze países, entre eles França e Alemanha, votaram a favor da proposta de proibição apresentada pela Comissão Europeia. Oito países, entre eles Reino Unido, Itália e

MPT flagra trabalho escravo em obra do Ministério da Educação em Ilhéus, sul da Bahia

    Trabalhadores foram resgatados em construção de estádio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia Cinco trabalhadores foram resgatados em situação de trabalho escravo no município de Ilhéus, sul da Bahia. Os operários trabalhavam na construção de um ginásio poliesportivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), órgão do Ministério da Educação. A irregularidade foi flagrada durante operação do Ministério Público do Trabalho (MPT) e

Top