Índice da edição nº 2.784, 2017 [de 29 e 30/06/17]

    As cinco cidades fluminenses com maior redução das filiações católicas, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Parque Nacional do Itatiaia faz 80 anos, Nilo Sergio S. Gomes Luta pela terra no Pará, entre pistoleiros, milicos, 'puliça' e milicianos, artigo de Rogério Almeida A transposição do Rio São Francisco e a seca no Nordeste. Entrevista com João Abner Guimarães Júnior Mudanças Climáticas: Humanidade tem só mais três anos para salvar o

As cinco cidades fluminenses com maior redução das filiações católicas, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  [EcoDebate] Por cerca de 500 anos, o Brasil e a América Latina conseguiram resistir ao avanço dos evangélicos, que se espalharam pelo mundo desde o início da Reforma Protestante de 1517. Porém, no século XXI, assim como outros países latino-americanos, o Brasil está passando por uma rápida transição religiosa, com declínio das filiações católicas e aumento das filiações evangélicas, além do aumento do percentual de outras religiões e do percentual

Parque Nacional do Itatiaia faz 80 anos, Nilo Sergio S. Gomes

    [EcoDebate] A primeira área de conservação ambiental e da biodiversidade, no Brasil, foi criada há exatos 80 anos: o Parque Nacional do Itatiaia. Era o Governo de Getúlio Vargas e a região do Itatiaia, com suas vastas florestas, rios, nascentes e o Pico das Agulhas Negras, com 2.791 metros de altura, concentrava uma das maiores biodiversidades do país. Em 14 de junho de 1937, o parque foi criado e, a

Luta pela terra no Pará, entre pistoleiros, milicos, ‘puliça’ e milicianos, artigo de Rogério Almeida

  Ao longo dos anos a conivência e cumplicidade tem marcado ação do Estado no cenário de violência no Pará Sebastiao da Teresona, Quincas Bonfim e Barreirito (José Serafim Sales) são celebres pistoleiros que prestavam serviços nas terras dos Carajás. Melhor situando, na região do Bico do Papagaio, (sul do Pará, oeste do Maranhão e norte do Tocantins). Os cabras tinham em sua carteira de serviços, entre outros, fazendeiros e donos de

A transposição do Rio São Francisco e a seca no Nordeste. Entrevista com João Abner Guimarães Júnior

  IHU   A crise de abastecimento urbano no Nordeste Setentrional, embora tenha relações com os últimos períodos de seca que a região tem enfrentado há cinco anos, é explicada pela falta de integração do sistema de distribuição de água, diz João Abner à IHU On-Line, na entrevista a seguir, concedida por telefone. Segundo ele, a cobertura de abastecimento de água nas cidades do Nordeste é de 92%, em condições normais, entretanto, a crise

Mudanças Climáticas: Humanidade tem só mais três anos para salvar o planeta, diz grupo de especialistas

  IHU Principais autoridades ligadas ao clima se unem em campanha colaborativa para mobilizar setores-chave da economia; sua missão: reduzir a liberação de gases de efeito estufa até 2020 e evitar os piores efeitos das mudanças climáticas. A reportagem é publicada por Luciana Vicária e publicada por Observatório do Clima, 28-06-2017. O ano de 2020 será crítico para o futuro do clima. Caso as emissões continuem a subir além dessa data, os objetivos do

RJ: Relatório compila violações de direitos cometidas pela TKCSA

    Foi lançado na manhã desta segunda-feira, 26, o relatório Violações de direitos humanos na siderurgia: o caso TKCSA – ThyssenKrupp Companhia Siderúrgica do Atlântico. A publicação compila diversas denúncias e destrincha o passivo socioambiental causado pela siderúrgica instalada em 2007, em Santa Cruz, bairro da Zona Oeste do município Rio de Janeiro. A publicação foi produzida pelo Instituto Pacs e pela Justiça Global a partir de pesquisa de campo realizada entre

Degelo: Mudança climática poderia aumentar a área livre de gelo na Antártida em 25% até 2100

    Da Agência EFE / ABr O fenômeno da mudança climática poderia aumentar em 25% a área livre de gelo na Antártida até o fim deste século, o que provocaria efeitos drásticos na biodiversidade do continente, informaram nesta quinta-feira (29) fontes oficiais. A área sem gelo representa atualmente 1% da superfície do Continente Polar - cuja extensão total é de aproximadamente 14 milhões de quilômetros quadrados -, local onde se concentra quase toda

Atlas Brasileiro de Energia Solar, elaborado pelo Inpe, traça o mapa da produção de energia solar no território nacional

  Segundo o Atlas Brasileiro de Energia Solar, país tem enorme potencial para produção de energia solar. Área que vai do Nordeste ao Pantanal reúne as principais condições para ampliar a capacidade produtiva. "O potencial para gerar energia solar no Brasil é gigantesco, especialmente no Cinturão Solar", diz o físico Enio Pereira     O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) – unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC)

Índice da edição nº 2.783, 2017 [de 28/06/17]

    Dos limites do crescimento ao decrescimento da Pegada Ecológica, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Seriam mesmo exageradas as exigências ambientais? artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos Cerca de um terço dos solos do mundo está degradado devido a problemas de manejo, diz a FAO 48% das unidades de conservação (UCs) federais sofrem com espécies exóticas da fauna Povos indígenas do Teles Pires querem sair da invisibilidade nos processos de

Dos limites do crescimento ao decrescimento da Pegada Ecológica, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “Acreditar que o crescimento econômico exponencial pode continuar infinitamente num mundo finito é coisa de louco ou de economista” Kenneth Boulding (1910-1993)     [EcoDebate] A economia é um subsistema da ecologia. Desta forma, a Pegada Ecológica gerada pela economia não pode ser maior do que a biocapacidade fornecida pela ecologia. Para manter a sustentabilidade e garantir o adequado padrão de vida da humanidade, sem degradar as condições ambientais, a Pegada Ecológica, no

Seriam mesmo exageradas as exigências ambientais? artigo de Álvaro Rodrigues dos Santos

    [EcoDebate] Vêm crescendo em número e intensidade as críticas e alegações sobre eventuais excessos nas exigências de cunho ambiental para a implantação de empreendimentos de médio e grande porte dos mais variados tipos. Adicionalmente, essas críticas também incidem sobre a lentidão e a exagerada burocracia com que esses processos são tratados no âmbito das diversas instâncias públicas normalmente envolvidas na análise documental pertinente aos processos abertos pelos empreendedores interessados. Essas críticas,

Top