PE: Usina Trapiche criminaliza Relatores Nacionais de Direitos Humanos

Adital - A Plataforma Brasileira de Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais (Plataforma DhESCA Brasil) repudia a criminalização do Relator para os Direitos Humanos à Alimentação Adequada e Terra Rural, Clóvis Roberto Zimmernann e da Relatora para o Direito Humano ao Trabalho, Cândida Costa. Os relatores estão sendo processados criminalmente pela Usina Trapiche S/A em função de suas atuações em defesa dos direitos humanos da comunidade tradicional ribeirinha das

Presidente da Funaguas esclarece da vitória sobre a Bunge

"A Funaguas não faz nada, tampouco a Bunge, o Governo do Estado, os Ministérios Públicos, o IBAMA; quem faz são os homens. E a diferença essencial entre estes é o caráter de cada um, que faz com que uns acreditem que podem, e estes podem, outros acreditem que não podem e estes, de fato, nada podem. A vitória da Funaguas é uma vitória do caráter dos cidadãos que fazem o

Poluição, destruição de matas e retirada de areia já causaram a redução de 73% do volume do Itapecuru, no Maranhão

Um rio ameaçado de sumir - O Itapecuru corta 52 municípios e liga o sul do Maranhão ao Atlântico. A bacia é a mais importante das 12 que abastecem a região São Luís (MA) - Com 1,2 mil km de extensão, o Rio Itapecuru, que liga o sul do estado do Maranhão ao Atlântico, corta 52 municípios e abastece cerca de 65% da população da capital, São Luís, corre o risco

trabalho degradante: Fiscais localizam 1.500 em situação precária em GO e MT

O grupo móvel do Ministério do Trabalho encontrou em Goiás e Mato Grosso mais de 1.500 trabalhadores contratados pela Brenco, empresa do ramo de biocombustíveis, em moradias precárias. Dezessete deles foram resgatados, sob o argumento de estarem em condições degradantes. Por João Carlos Magalhães e Thiago Reis, da Agência Folha, na Folha Online, 08/03/2008 - 09h02. 331

MT: Fazendeiros armados ameaçam Enawene-Nawe na região do Rio Preto

No dia 06 de março(quinta-feira), indígenas da etnia Enawene Nawe que realizavam sua pescaria ritual, na região do rio Preto, em Juína foi surpreendido por um grupo formado por proprietários locais armados e acompanhados pela Polícia Militar de Juína, que chegou ao acampamento de pesca com armas em punho. Diante dessa cena, houve grande tumulto e as crianças que acompanhavam seus pais correram para a mata ou se atiraram no

Pará: Pilotos atestam aumento da devastação

Para os pilotos que sobrevoam a região amazônica, a percepção de que as queimadas e os desmatamentos mudaram a paisagem da floresta é real. Entre pequenas clareiras abertas na mata e largas fronteiras expandidas em grande velocidade, para estes homens veteranos na aviação, a imagem das densas florestas vai ficando para trás. Mas apesar da intensa atividade madeireira, a devastação causada pela atividade agropecuária, sobretudo no sul do Estado do

Evasão escolar cresce entre beneficiados do Bolsa-Família. Abandono de estudo aumenta na maioria das 200 cidades dependentes do programa

LAGOA DOS GATOS (PE) - O mais importante programa social do governo Lula, o Bolsa-Família, atende hoje quase um quarto da população do País (45,8 milhões), mas não está conseguindo cumprir um de seus principais objetivos: fazer com que as crianças completem ao menos os oito anos do ensino fundamental. Cruzamento de informações feito pelo Estado, com dados dos Ministérios do Desenvolvimento Social e da Educação, revela que nos 200

Energia alternativa, limpa e renovável: um excelente negócio para as empresas e a natureza…, artigo de Nelson Batista Tembra

[EcoDebate] As sobras de madeira que eram jogadas no lixo, poluindo o meio ambiente, agora terão reaproveitamento como matéria-prima na produção de briquetes. O que era lixo vai virar energia, ajudando a preservar a natureza, contribuindo com a economia de energia e com o controle do desmatamento ilegal na Amazônia. 326

As voltas que o clima dá, artigo de Washington Novaes

[O Estado de S.Paulo] No momento em que estas linhas são escritas, realiza-se mais uma reunião do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas (FBMC), para que representantes dos governos federal e estaduais, ONGs e instituições científicas definam “as contribuições ao projeto de lei que institui a Política Nacional sobre Mudança do Clima, a ser encaminhado ao Comitê Interministerial sobre Mudanças do Clima”. Estranho - 15 anos depois de haver assinado a

Cientista diz que aumento de biocombustíveis trará fome e falta d’água

Assessor científico do governo britânico criticou plantios para produzir energia. Para ele, não há como suprir demanda energética sem criar problemas agrícolas. O recurso crescente dos biocombustíveis representa uma ameaça para a produção mundial de alimentos e pode colocar em perigo a vida de milhões de pessoas de todo o mundo. Matéria Agencia EFE, publicada pelo portal G1, 07/03/2008 - 09h09 - Atualizado em 07/03/2008 - 09h53 324

Top