Portal EcoDebate: Índice da edição nº 1.639, de 20/07/2012

  Crescimento econômico e populacional e redução da biocapacidade, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Evolução da terra, artigo de Roberto Naime Solidariedade para mudar o planeta: exercício da cidadania precisa sair do discurso e ir além do ativismo [Áudio] Governo do AM autoriza mercúrio em garimpos e gera polêmica Conclusões da investigações do acidente da Chevron no Campo de Frade ANP responsabiliza Chevron por vazamento de óleo na Bacia de

Crescimento econômico e populacional e redução da biocapacidade, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  [EcoDebate] A humanidade já ultrapassou os limites da sustentabilidade, conforme mostra os estudos mais recentes. A pegada ecológica da população mundial ultrapassou a biocapacidade do Planeta. A Pegada Ecológica serve para avaliar o impacto que o ser humano exerce sobre a biosfera. A Biocapacidade avalia o montante de terra e água, biologicamente produtivo, para prover bens e serviços do ecosistema à demanda humana por consumo, sendo equivalente à capacidade regenerativa

Evolução da terra, artigo de Roberto Naime

  [EcoDebate] A evolução da terra começou com a separação das camadas com propriedades químicas e físicas distintas no interior do globo terrestre. Há cerca de 4 bilhões de anos, formou-se o núcleo, constituído por ferro e níquel no estado sólido, com um raio de 3.700 km. Em torno do núcleo formou-se uma camada denominada Manto, que possui aproximadamente 2.900km de espessura, constituída de material em estado pastoso, constituída por silício

Solidariedade para mudar o planeta: exercício da cidadania precisa sair do discurso e ir além do ativismo

  Reciclagem incipiente do lixo no Rio de Janeiro e a volta das sacolas plásticas em São Paulo mostram que o exercício da cidadania ainda precisa sair do discurso e ir além do ativismo demonstrado na Cidade Maravilhosa Em meio à movimentação da Rio+20, infindáveis papéis, sacolas, CD-ROMs e kits diversos divulgavam as tecnologias de ponta em eficiência energética e as práticas sustentáveis de governos, empresas e institutos de pesquisa. Grupos da

[Áudio] Governo do AM autoriza mercúrio em garimpos e gera polêmica

  Críticos à resolução afirmam que reconhecer o garimpo e o mercúrio irá agravar problemas com a contaminação dos rios e o uso do metal. Apresentação de Leonardo Catto, da Radioagência Nacional / ABr. EcoDebate, 20/07/2012 [ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ] Inclusão na lista de distribuição do

Conclusões da investigações do acidente da Chevron no Campo de Frade

  A ANP informa que concluiu as investigações do acidente do Campo de Frade, ocorrido em 07/11/2011, decorrente da atividade de perfuração do poço 9-FR-50DP-RJS pela Chevron Brasil Upstream Frade Ltda. Os elementos avaliados e descritos pela ANP em seu relatório demonstram, detalhadamente, que o acidente poderia ter sido evitado, caso a Chevron tivesse conduzido suas operações em plena aderência à regulamentação, em conformidade com as boas práticas da indústria do petróleo

ANP responsabiliza Chevron por vazamento de óleo na Bacia de Campos no ano passado

  A Agência Nacional de Petróleo (ANP) disse ontem (19) que a petroleira Chevron descumpriu a legislação brasileira na exploração de petróleo no Brasil e não observou o manual dela de procedimentos exigido pela agência para controlar riscos na operação. "Se tudo tivesse sido feito de acordo com esse mesmo manual da empresa, o acidente não teria ocorrido", disse a diretora-geral da ANP, Magda Chambriard. De acordo com o relatório da agência, a

MPF quer anulação de licenciamento de hotel na Ponta do Coral, em Florianópolis

  Gestores das unidades de conservação da região não foram consultados pela Fatma O Ministério Público Federal em Santa Catarina ajuizou ação civil pública contra o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), a Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (FATMA), a Hantei Construções e Incorporações e a Nova Próspera Mineração, pedindo que o Ibama substitua a FATMA na condução do licenciamento ambiental do empreendimento Parque Hotel Marina Ponta do Coral, em

Avanços nos indicadores de Trabalho Decente no Brasil é tema de relatório inédito da OIT

  O Brasil registrou avanços significativos em diversas áreas do trabalho decente nos anos recentes, mas ainda persistem inúmeros desafios. É o que constata o relatório “Perfil do Trabalho Decente no Brasil – Um Olhar sobre as Unidades da Federação”, que está sendo divulgado ontem (19) pelo Escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil. Os avanços se verificaram nas dez dimensões do trabalho decente analisadas pelo relatório: Oportunidades de Emprego;

Relatório da OIT aponta que mulheres trabalham dez dias a mais por ano

  Foto: Marcello Casal Jr/ABr As mulheres trabalham mais horas do que os homens, considerando o tempo trabalhado fora e dentro de casa. Dados do relatório Perfil do Trabalho Decente no Brasil: um Olhar sobre as Unidades da Federação, divulgado ontem (19) pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), mostram que, no total, os homens têm jornada de 52,9 horas semanais. As mulheres, de 58 horas, 5,1 horas a mais do que o

Jovens negras têm menos acesso a escola e a trabalho, mostra relatório da OIT

  Uma em cada quatro jovens negras brasileiras entre 15 e 24 anos não estuda ou não trabalha – o que corresponde a 25,3% dessa faixa da população. Os dados são da Organização Internacional do Trabalho (OIT), divulgados ontem (19) no relatório Perfil do Trabalho Decente no Brasil: um Olhar sobre as Unidades da Federação. Entre a população jovem em geral, o percentual das pessoas que não trabalha ou não estuda

Diminui o trabalho infantil, mas ainda atinge 4,2 milhões de crianças e adolescentes

  Lixão da Estrutural, a 15 quilômetros da região central de Brasília, concentra o maior número de casos de exploração do trabalho de crianças e adolescentes. Foto de Wilson Dias/ABr De acordo com o relatório “Perfil do Trabalho Decente no Brasil – Um Olhar sobre as Unidades da Federação”, divulgado ontem (19) pelo Escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, o número de crianças e adolescentes ocupados entre 5 e

Top